quinta-feira, 16 de março de 2017

Em França, os jovens já não escondem que gostam da Frente Nacional


Le Pen é mais forte junto dos eleitores jovens e mais fraca junto dos pensionistas. O partido aumenta o apelo à juventude com uma mudança na sua imagem.
Jovens da Frente Nacional colando cartazes em Lyon
Foto
Jovens da Frente Nacional colando cartazes em Lyon ROBERT PRATTA/REUTERS
Há apenas alguns anos era difícil encontrar jovens dispostos a admitir que eram militantes da Frente Nacional (FN). Quando um jornalista foi à procura de membros da juventude partidária da FN durante a última campanha presidencial, a maioria só estava disposta a falar se os seus nomes fossem omitidos.
Cinco anos depois, os jovens activistas que apoiam a candidatura de Marine Le Pen dizem que já não têm nada a esconder, à medida que ela avança para um primeiro lugar na primeira volta, a 23 de Abril.
“Isto gera discussões animadas”, diz Corentin Corcelette, estudante de Economia de 21 anos que, longe de manter em segredo as suas opiniões, afirma que na universidade conversa sobre as vertiginosas eleições presidenciais com amigos de todas as cores políticas.
Sentado no mesmo carro, enquanto percorriam Lyon para afixar cartazes “Marine Président”, o estudante de Biologia de 21 anos Rémi Berthoux também teve todo o gosto em dizer o nome ao jornalista. Juntou-se à FN há dois anos, contou com orgulho, “para defender os valores da França”.
Outrora limitados a ficar na sombra, os jovens apoiantes da Frente Nacional vieram para a rua, à medida que os eleitores da sua idade se alinham atrás de Le Pen. Sondagens diárias da empresa Ifop demonstram, de forma consistente, que a candidata consegue obter quase um terço do voto jovem à primeira volta, derrotando facilmente todos os adversários, embora ainda se preveja que perca a segunda volta, a 7 de Maio.
Le Pen tem mais sucesso junto dos eleitores com menos de 25 anos do que junto da população em geral, por uma margem que chega a 7 pontos percentuais. Isto é uma grande reviravolta face à sua primeira candidatura à presidência, há cinco anos, quando obteve 15% do voto jovem, uma percentagem cerca de três pontos abaixo dos seus resultados globais.

Desintoxicar a marca

Conquistar os eleitores jovens tem sido um êxito para a campanha de Le Pen no sentido de “desintoxicar” a marca Frente Nacional. No passado, quando os membros da FNJ, a juventude partidária da FN, afixavam cartazes, “faziam-no a meio da noite”, diz Sylvain Crepon, um investigador da Universidade de Tours que estuda a extrema-direita francesa. “Andavam com tacos de basebol para se protegerem e muitas vezes estavam acompanhados de skinheads”, prossegue. “Agora podem fazer isso em plena luz do dia, o que mostra que as pessoas já estão mais habituadas à FN. Tornou-se mais aceitável.”
Não havia qualquer taco de basebol nem skinhead à vista naquele fim de tarde do mês passado, em que um grupo de jovens bem-parecidos que incluía Corcelette e Berthoux pendurava cartazes de Le Pen nas ruas e no campus da universidade de Lyon. “Não nos vemos de todo como sendo de extrema-direita, mas como patriotas que estão desiludidos com os outros partidos”, adianta David Sedoff, um empregado de armazém de 26 anos.
Os dados demográficos são uma das grandes diferenças entre a vaga de extrema-direita na Europa continental e a ascensão de populistas na Grã-Bretanha e nos Estados Unidos, ocorrida no ano passado. O Presidente norte-americano, Donald Trump, e a campanha para tirar o Reino Unido da União Europeia sofreram pesadas derrotas entre os eleitores jovens, mas conquistaram vitórias com o apoio esmagador dos pensionistas.
No caso de Le Pen, os dados demográficos são quase exactamente o oposto. Ela obtém bons resultados junto de todas as categorias de eleitores jovens: os menores de 25 anos, os menores de 35 e os menores de 45. Os seus piores resultados são entre os pensionistas: os maiores de 65 anos são a única faixa etária em que Le Pen aparece consistentemente atrás dos rivais nas sondagens para a primeira volta.
Ao contrário dos seus primos anglo-saxónicos, os políticos populistas da Europa continental como Le Pen, o holandês Geert Wilders e o italiano Beppe Grillo transformaram os eleitores jovens no seu eleitorado mais importante. Eles alimentam-se do ressentimento de uma geração que parece ter poucas esperanças de conseguir igualar o nível de vida dos pais.
Em França, quase um quarto dos trabalhadores com menos de 25 anos estão desempregados, em comparação com uma taxa de desemprego nacional de 10%, segundo os dados oficiais do ano passado.
Mesmo os jovens que têm a sorte de arranjar emprego trabalham geralmente sob condições muito menos generosas do que as gerações anteriores. Mais de metade dos trabalhadores com menos de 24 anos só tem contratos temporários ou postos em empresas que trazem poucas garantias e direitos, em comparação com 85% dos trabalhadores franceses, que têm contratos a tempo inteiro com fortes protecções laborais.
Enquanto o tema de mudança dramática usado por Le Pen apela a muitos eleitores jovens, os seus avós beneficiam das pensões generosas do statu quo e estão preocupados com os efeitos que o plano de Le Pen para abandonar a UE e o euro poderá ter nas suas poupanças.
Os eleitores jovens também têm menos probabilidade de associar a Frente Nacional ao seu fundador, Jean Marie Le Pen, pai de Marine, que atingiu um máximo de 17,8% dos votos nas suas repetidas corridas à presidência e que nunca fez a transição para a corrente dominante.
Jean Marie Le Pen foi condenado repetidamente por ódio racial até que a filha o baniu do partido.

Mudança de visual

Desde então, Marine Le Pen reconstruiu cuidadosamente a imagem do partido e distanciou-se do pai. O site oficial da campanha e os cartazes referem-se a ela como “Marine” – sem o apelido – e ela evita o símbolo em forma de tocha do FN, usando em vez disso um novo logótipo, uma rosa azul.
Marine Le Pen costuma insistir nas questões económicas, apresentando a FN como defensora dos eleitores de classe operária deixados para trás na década que se seguiu à crise financeira global e culpando a União Europeia em geral, e o euro em particular, por tornar a França menos competitiva.
Contudo, a hostilidade para com a imigração e a desconfiança face ao islão continuam a ser princípios centrais do partido. Num país que tem a maior minoria muçulmana da Europa e que sofreu uma sucessão de ataques do islamismo militante nos últimos dois anos, a xenofobia da FN já não é o obstáculo para atrair eleitores jovens que costumava ser.
O site do movimento jovem FNJ declara orgulhosamente: “100% Frente Nacional! 0% imigrantes!”
“A Europa, a imigração, sou contra isso tudo”, declara Éric Barbosa, um padeiro de 20 anos, numa reunião da secção de Paris da FNJ.
A chegada relativamente recente da Frente Nacional enquanto força eleitoral de sucesso dá-lhe uma vantagem em relação aos partidos tradicionais no que diz respeito a atrair jovens activistas que procuram fazer carreira política.
A FN oferece mais oportunidades a jovens ambiciosos de deixarem a sua marca do que os partidos do pós-guerra de centro-esquerda e centro-direita, nos quais as vagas para ocupar cargos estão bloqueadas por titulares mais velhos e por veteranos. Os candidatos da FN às eleições locais e regionais são sistematicamente os mais novos da área e muitas vezes têm vinte ou trinta e poucos anos.
Isto implica uma entrada rápida na política de primeira linha para pessoas como Victor Birra, de 23 anos, um aluno de Gestão que aderiu à juventude FNJ há cinco anos e actualmente é o seu dirigente na região de Lyon. Birra descreve a juventude partidária como uma “academia para quadros da FN”, comparando-a aos grandes institutos públicos que tradicionalmente produzem grande parte dos políticos franceses. Mas as ambições futuras dependem, em primeiro lugar, de conseguir obter votos para Le Pen, admite Birra. “Estamos a lutar para vencer as presidenciais.”

Santana desafia Sampaio para debate televisivo sobre crise política de 2004

1.263
23
O antigo primeiro-ministro desafiou o ex-Presidente da República para um debate civilizado perante as câmaras de televisão sobre os factos ocorridos em 2004 e que resultaram no fim do seu mandato.
"Fartei-me do Santana como primeiro-ministro", revelou Jorge Sampaio, no segundo volume da sua biografia agora publicado
Sebastião Almeida/Observador
Pedro Santana Lopes desafiou Jorge Sampaio para um frente-a-frente televisivo para esclarecer todos os factos sobre o processo que resultou na dissolução da Assembleia da República e consequente convocação de eleições em 2004.
Se o Dr. Jorge Sampaio porventura quiser falar disto civilizadamente perante as câmaras de televisão, eu tenho todo o gosto”, afirmou na terça-feira à noite o ex-primeiro-ministro, no seu espaço de comentário na SIC Notícias.
O ex-presidente da Câmara de Lisboa comentava assim as declarações do ex-Presidente da República no segundo volume da sua biografia, da autoria do jornalista José Pedro Castanheira. Segundo a obra biográfica, Jorge Sampaio revela o seguinte: “Fartei-me do Santana como primeiro-ministro, estava a deixar o país à deriva, mas não foi uma decisão ad hominem. Ninguém gosta de dissolver o Parlamento e eu tomei essa decisão em pouco mais de 48 horas. Hoje faria o mesmo, porque era preciso”.
No mesmo espaço de opinião, Pedro Santana Lopes sugere que Jorge Sampaio tem “peso na consciência” por ter deixado caminho aberto à ascensão de José Sócrates, primeiro-ministro que se viu forçado a pedir a intervenção da troika e que está agora envolvido como principal suspeito da Operação Marquês.
Compreendo que Jorge Sampaio tenha peso na consciência porque a decisão dele é que pôs o país à deriva. Veja a semana em que o livro aparece, veja só. Eu acho que ele [Sampaio] deve viver nesse tormento. Essa dissolução deu origem aquilo de que andamos a falar todos os dias”, afirmou Santana Lopes.
No livro, o biógrafo de Sampaio, apoiando-se em revelações do próprio, sugere que o ex-Presidente da República desconfiava há muito dos planos de Santana Lopes e Durão Barroso. Para Santana Lopes, as alegações de que ele e Durão já tinham há muito tempo arquitetado que o primeiro sucederia ao segundo no cargo de primeiro-ministro, quando chegasse o momento de Durão rumar a Bruxelas, são “coisas de criança”.
Na mesma obra, o antigo Presidente da República garante que a dissolução “não foi vingança”, até porque “tinha boas relações pessoais” com Pedro Santana Lopes. “A minha relação com Santana era muito franca e cordial. Não tinha (nem tenho) nada de pessoal contra ele – tenho até estima. O Presidente tem de ter um diálogo com o primeiro-ministro na base da confiança e tive conversas muito positivas com ele. Pediu-me opinião várias vezes, dei-lhe conselhos francos, mas estive sempre preocupado com o desenrolar dos acontecimentos, que se precipitaram muito rapidamente até descambarem na confusão.”
A 28 de julho, Jorge Sampaio e Pedro Santana Lopes fizeram finalmente as pazes quando assinaram o memorando que permitia a atribuição de dez bolsas de estudo, no valor de cerca de 50 mil euros por ano, a jovens estudantes sírios. Para a história, no entanto, ficam as “memórias de um Governo curto onde aconteceu tudo“.

Pedro Santana Lopes desafiou Jorge Sampaio para esclarecer todos os factos sobre o processo que resultou na dissolução da Assembleia da República e consequente convocação de eleições em 2004.
O antigo primeiro-ministro desafiou o ex-Presidente da República para um debate civilizado perante as câmaras de televisão sobre os factos ocorridos em 2004.
observador.pt
Joao Oliveira
12 h
O que é que vinha agora adiantar o debate pretendido ao povo português? É um assunto que o Santana tem mal resolvido dentro dele mas terá que procurar um psiquiatra que o ajude e não nos vir incomodar com o revisitar do caso. Aliás, os personagens envolvidos (Santana, Sampaio,Sócrates) nem mereceriam o incómodo.
Jesus Cristo laico
13 h
E porque Sampaio não quer perder vai inventar uma esfarrapada  desculpa para não aceitar o debate!
João Magalhães
15 h
Este tipo que fez sair o Santana para fazer entrar o sócrates, só parece aquele visionário que quando chegou à presidência do Benfica tratou logo de tirar o Mourinho para meter o Toni. Se tivesse vergonha, escondia-se para sempre.
Fernando Ferreira
15 h
Debate? Mas o Pedrocas está convencido que alguém ainda tem pachorra par o ouvir?. Andamos há quarenta anos a levar com os delirios dele pelo que já toda a gente está mais que saturada de o ouvir. Ó Pedro já não te lembras dos resultados das inumeras sondagens que o teu partido fez para ver se tinhas condições para concorrer por Lisboa? Os numeros foram tão pequeninos, tão pequeninos e isso não te diz nada. Ó pá dedica-te a acarinhar o tachinho que tens porque possivelmente é o ultimo. Também foram demasiados anos a viver de tachinhos.
Alguma diferença com o Sampaio?
Amon Rá
16 h
 Contrariamente a Santana Lopes, que se apresenta quase sempre em bicos de pés e sedento de protagonismos, a vasta e riquíssima obra política de Jorge Sampaio está aí registada para a posteridade. Quem desejar, é só consultá-la. Ele está na invejável condição de poder dispensar quaisquer deslumbramentos mediáticos. Ao formular tal provocação para o debate televisivo, Santana já conseguiu algum protagonismo; já quanto à probabilidade de Jorge Sampaio aceitar tal repto, ela estará próxima do zero, e o ex-primeiro-ministro “laranja”, compulsivamente demitido pelo ex-Presidente da República, terá perfeita consciência disso mesmo.
Jesus Cristo laicoAmon Rá
13 h
Qual obra política?

Fernando RibeiroAmon Rá
1 h
O Sr. Jorge Sampaio foi  pior  politico que depois do 25  de Abril, se o povo Português fosse só mais um bocadinho instruído chegaria facilmente a essa conclusão, todas as  más decisões que teve tiveram os efeitos que se sabem... infelizmente muitos tiveram que amargar e irão continuar enquanto esse Sr. se alvora um grande democrata...se houvesse justiça a cadeia era pena  pouca ..infelizmente só muitos poucos é que tem consciência do mal que ele  fez  ao País e ao Povo..mas o resultado é que são muitos que sofrem as consequências.."quem se mete com o PS leva"...
Carla Westwood
16 h
Jorge Sampaio foi o Presidente da República, após o 25 de Abril, que fez o primeiro golpe institucional e que toda a comunicação social ficou muda, calada e cúmplice com tal atitude vergonhosa. Tem razão Santa Lopes quando diz que Sampaio está com remorsos.
Joel Gabriel
16 h
Olá , Sr Santana . Até que enfim , se mostra como um HOMEM  pq tem sido  um nem nem  para estar bem com todos . por ter um altar na sc . deve falar e esclarecer o que não fez em divide tempo.
Mas nunca é tarde para repor a verdade.
Espero que não faça marcha a traz .
Verbo PrincipalJoel Gabriel
16 h
Ou melhor, marcha atrás...
Fernando FerreiraVerbo Principal
15 h
Ele enganou-se na mudança
Alberto Ramalho
17 h
Aquilo que JORGE SAMPAIO fez chama-se "CANALHADA"
E está na linha daquilo que é normal no PARTIDO DE QUE FAZIA parte e da viagem politica que fez após vinte e cinco de abril

Victor Batista
18 h
Ainda bem   que foi um presidente xuxa a demitir um governo com maioria absoluta! 
Os xuxas ficaram melhor servidos com o 44, 
Desde entao, tem sido sempre a enriquecer, à custa do Ze-povinho! Estou a falar da xuxalhada. 
Ha muito que o golpe tinha sido orquestrado. 
Sampaio excusa vir com paininhos quentes, e ar de "carpideira "ofendida, porque ele foi o principal arquitecto da desgraca. 

Afonso Aguiar Perdigão
18 h
Pois é ... 
Um debate televisivo precisa-se para esclarecer o assunto muito controverso e totalmente arbitrário assumido então por Jorge Sampaio de ter decidido a arbitrariedade, totalitária e facciosa de demitir um um governo com maioria absoluta no Parlamento.

E na sequência disso (talvez premeditado...) tivemos pela primeira vez um governo do PS com maioria absoluta no Parlamento com o Eng. José Sócrates ( um feito de uma maioria absoluta que o Dr. Mário Soares sempre esteve muito  longe de obter...).

Os governos que se seguiram do Eng. José Sócrates na seguência dessa atitude descabida totalitária do ex-PR Jorge Sampaio, tal como se viu,  foram muito negativos e nocivos para o país, pelo que tudo indica que com o Dr. Pedro Santana Lopes não teria sido pior para o país.

Seria um debate indispensável, esclarecedor e muito interessante quer para os mídia quer para o público.


MaxMartins Martins
18 h
"Ainda bem" que Sampaio demitiu Santana... não fora isso e nunca teríamos o 44...
A"enterrar" Portugal...
Gato Fuji
18 h
Faz muito bem. Sempre teve direito (ele e o povo português interessado) a ver esclarecida a sua destituição.
Gato FujiGato Fuji
18 h
Mas, claro, o Sampaio não vai aceitar tal repto.
Joel GabrielGato Fuji
16 h
Porque ,não aceitará ? 
em moço quando punha saliva atras  da orelha de outro , era para desafiar e chapada a seguir , quem não fosse era  cobarde , será que é ?
Joao MA
19 h
Bem jogado por Santana.
Há muito por explicar nesse autêntico golpe de estado. 
O que a máquina de propaganda faz a Passos Coelho também fez a Santana Lopes que há uns anos atrás era o alvo número 1.

Carlos Quartel
19 h
Sampaio foi mais perniciosas figuras  da democracia nacional. Resolveu candidatar-se em 24 horas, porque temia conspirações, demitiu Santana em 48 horas por motivos que só ele conhece, apoiou Durão na sua fuga para Bruxelas (algo que devia ter recusado), demitiu Fuzeta de Ponte só para mostrar quem manda, enxovalhou publicamente um capitão da GNR por se ter enganado no caminho para Tancos, lixou o Ferro, por receio de que estivesse misturado na Casa Pia, mandando às urtigas as tais amizades de 30 anos e , de tudo isso, resultou o aparecimento da peste socrática.
Objectivamente,pode dizer-se que, sem Sampaio, o país estava melhor, onde tocou só fez miséria. Sobre ética e decência, lembrar que aceitou aparecer na comissão de Guimarães capital da cultura. mas tiveram que lhe pagar 15 mil por mês (a pensão de PR, o carro e o gabinete, não chegam).Melhor esquecer...............
J Sm
19 h
Boa malha Santana! Oh Sampaio, então foi o Sócrates que deu bom rumo à nau lusitana?! E de facto a oportunidade do livro é sintomática. Eu vou mais longe e atrevo-me a suspeitar, é só uma suspeita, que a ascensão do Sócrates teve em vista matar o processo da Casa Pia que já estava a salpicar alguns socialistas. Um dia se saberá toda a verdade sobre aquela dissolução apressada...
João GuerraJ Sm
11 h
há por ai muito gato escondido com o rabo de fo
Pedro Anjos
Pedro Anjos Sempre disse que foi o segundo golpe de estado que houve em portugal e toda a gente se riu na altura. O que aconteceu a seguir? Veio o engenheiro que tirou o curso a um domingo e o resto já se sabe o que aconteceu
Remove
Pedro Quaresma
Pedro Quaresma 2004 foi o verdadeiro inicio da, ainda vigente, ditadura de esquerda em Portugal.
Remove
David Cazegas Carvalho
David Cazegas Carvalho ainda não se sabe tudo.......
6 · 17 hrs
Remove
Patricia Cardoso
Patricia Cardoso Pedro Quaresma Sim que os que assaltaram o poder não são mais do que socráticos a começar pelo Costa.
Remove
Maria Pinto
Maria Pinto Dizem as más linguas que Sampaio .demitiu o Santana Lopes, porque este estava a criar legislação para fazer os bancos (na alturas cheios de dinheiro) pagar mais impostos...Salgado (dono disto tudo) não gostou e ordenou ao pau mandado do Sampaio para demitir o Santana Lopes...senão acabavam os contributos do BES para o PS.....
2 · 13 hrs
Remove
Pedro Anjos
Pedro Anjos As boas línguas
2 · 13 hrs
Remove
José Francisco Torgal
José Francisco Torgal Ora nem mais, saiu o tiro pela culatra.
Remove
Luis Cadete
Luis Cadete Gostava que nesse debate, o tema casa pia, fosse discutido, já que o nome de Sampaio veio à coação, pela voz do Ferro, por causa da libertação de Paulo Pedroso, é que a culpa, deste caso hediondo, não deve morrer solteira.
Remove
Lourdes Trigueira
Lourdes Trigueira Concordo...
8 · 18 hrs
Remove
Fernandapereira Nanda
Fernandapereira Nanda Concordo
8 · 17 hrs
Remove
Jose Martins
Jose Martins Assino por baixo
9 · 17 hrs
Remove
Patricia Cardoso
Patricia Cardoso A Catalina Pestana disse há tempos numa entrevista que tem documentos sobre a Casa Pia que serão disponibilizados ao público à sua morte. Sítio e guardião são secretos. Não os revela antes por medo que façam mal à família dela, pois recebeu muitas ameaças e acha que o factor tempo as diluirão. Lembro-me bem de ela ter dito que lhe deu náuseas ver pessoas como o Alegre e outros (que tanto enchem a boca com o 25 abril) a receberem apoteoticamente o Pedroso. Note-se que a actual mulher dele é o braço direito do Costa. Uma rede...
Remove
Fernando Santos
Fernando Santos Patricia Cardoso , um tentáculo "" polvo "" e a famosa frase é em real , quem se mete com o PS leva .
2 · 13 hrs
Remove
Anibal Delgado
Anibal Delgado Quem não se lembra daqueles famosos abraços, sem camisa, na Assembleia da respública, a um ex presidiário, a que um jornalista Espanhol, disse:---Baia cum la liberdad, que bai por Portugal...
Remove
Jorge Barata
Jorge Barata Muito bem Sr. Luis Cadete . Também nunca ficou totalmente esclarecido o " papel" de algumas "figuras" .....
Remove
Pedro Quaresma
Pedro Quaresma Infelizmente, Santana Lopes é demasiadamente cavalheiro para trazer ao de cima toda a podridao do "reinado Sampaio"..
Remove
Patricia Cardoso
Patricia Cardoso Também acho. Mas, se fosse ao contrário nem hesitavam. Assim, a matilha iria atacar Santana descredibilizando-o como sempre fizeram.
5 · 17 hrs
Remove
Pedro Henriques
Pedro Henriques Sampaio mais não quis do que esperar que o PS se organizasse (leia - se nova liderança já que sobre Ferro Rodrigues recaiam certas suspeitas) em vez de convocar novas eleições que era o que deveria ter feito. Não foi capaz de despir a camisola cor de rosa....
Remove
Adriana Sardinha
Adriana Sardinha Exactamente assim .... Contas à PS
1 · 14 hrs
Remove
José Martins De Zinolhos
José Martins De Zinolhos Grande Santana. Serem grandes ou pequenos não importa muito, a questão está em tê-los no sítio e hoje a maioria dos políticos não os têm.
Remove
José Francisco Torgal
José Francisco Torgal Então, sendo assim, o Sócrates qualquer dia pede um debate com o Cavaco. Ainda seria mais engraçado de se assistir. Mas, o Pedro Santana Lopes tem o direito de não ser colocado em causa. Tem o direito de sair da política e não ver o seu nome constantemente manchado. Tem o direito de dar explicações, mas também tem o direito de confrontar quem coloca em causa o seu bom-nome há mais de 10 anos, seja Sampaio ou outros, mas se não fala Sampaio, falam outros, como se fossem delegados. Se Sampaio fala, então tem de sair do exílio, mas não estará " farto" dele. Mas se estava farto de uma pessoa enquanto PM, e se o diz para a eternidade, então que não queira aparecer em praia, para ver Santana ir escalando ondas. Santana foi, porque Sampaio quis, então Sampaio terá de esclarecer " de uma vez por todas". Porque a botija não serve só para uma cama.
1 · 13 hrs · Edited
Remove
Manuel De Lima Ferreira
Manuel De Lima Ferreira A verdade é que a história deu razão a Santana Lopes....e de uma coisa tenho certeza...se o Sampaio não tivesse cometido " o erro crasso " de demitir o governo de Santana Lopes....o país estaria muito melhor....digo isto não querendo dizer que o Santana era um supra-sumo ( aliás ele nem tive tempo para provar o quer que fosse...) refiro-me ao rumo do país....que seria outro e para melhor!!!! Resultado: bancarrota, corrupção ao mais alto nível, geringonça e um PR a fazer de maestro desta palhaçada nacional......enfim!!!!!
Remove
Jorge LP
Jorge LP Exagerado... não viste como deixou a Câmara da Figueira da Foz? E Lisboa? Entre ele e Sócrates, venha o diabo e escolha...
Remove
Maria Pinto
Maria Pinto Jorge LP conte lá como ficou a camara da figueira e de Lisboa!!!! este governo esquerdalho sério se souber de falcatruas investiga logo......conte para se saber!!!!! espero que não seja só suspeição e calunias para tapar as vossas vigarices!!!!
1 · 13 hrs
Remove
Manuel De Lima Ferreira
Manuel De Lima Ferreira Estimado Jorge LP dizes que exagero???!!! As câmaras de Lisboa ou da figueira da foz...ficaram na bancarrota...o Santana Lopes foi alguma acusado ou sequer indiciado por crimes de corrupção???!!!...foi alguma vez preso ( ainda que preventivamente)??!!!....analisa os factos ( tu que és jornalista) desde 2004 a 2011....
Remove
Teobaldo Simões
Teobaldo Simões Mas quando precisou dele para pagar estadia e afins de refugiados e estudantes sírios, recorreu a Santana e à Santa Casa da Misericórdia e aí já não lhe custou engolir estar perto dele. Deve ter custado muito, mas como foi para seu proveito já não se importou com a malvadez da minoria em relaçāo às minorias. Devia ter provocado logo eleições em ver de vir agora derramar lágrimas de fogo. Como lhe bateram com a porta, Marcelo e Ferreira Leite, para não provocar eleições por causa do Ferro Rodrigues, agora vem com esta conversa da treta.
9 · 17 hrs
Remove
Nuno Ruão
Nuno Ruão Este cabeça de lâmpada fundida de discurso redondo e o responsável da situação a que chegámos. Tudo seria diferente hoje se o governo de Santana Lopes se mantivesse. Foi um presidente para esquecer.
Remove
Alexandre Pereira
Alexandre Pereira Santana, achas mesmo que o Paio ia se coloca nessa posição..:
Devia ter vergonha, que por interesses partidários, ou algo semelhante, colocou á frente de Portugal, o 44
3 · 16 hrs
Remove
Paulo Silva
Paulo Silva O Sampaio quer é umas bolachinhas e leitinho quente antes de ir dormir. Já nem se lembra do que fez no ano passado. Outro igual ao Costa e Sócrates. Amigos do peito.
Remove
Manuel Casas
Manuel Casas 2 Marretas do pior. Nem coisaram nem nunca saíram de cima. Para ficar tudo completo falta o nabo do Durão Barroso que fugiu para ir tachar para Bruxelas.
Remove
Margarida Ferreira
Margarida Ferreira Contra a ideia que eu tinha dele, Santana Lopes deve ter
enlouquecido. Para que quer ele ir desenterrar coisas
que se passaram há 13 anos?! Isto tem uma explicação.

Ele está apenas a tentar tirar os holofotes de cima do seu partido. Se essa "entrevista" acontecesse não tenho
dúvidas nenhumas de que Jorge Sampaio, como politico
experiente que é, arrumava-o em três tempos como fez em 2004.
2 · 17 hrs
Remove
Fernandapereira Nanda
Fernandapereira Nanda Força DR Santana Lopes trocaram um governo estavel por uma banca routa
Remove
Anibal Delgado
Anibal Delgado Não creio que o Sampaio vá aceitar, pois ele nunca esquecerá que o Teixeira dos Santos disse:-- Vamos embora e deixamos o país sem dinheiro para pagar 2 meses de salários, se isso não é dizer :--- que o Sócrates deixou Portugal na miséria, dêem-lhe os nomes que quiserem .....Pode ser pré banca rota, ou mesmo bancarrota, .....Mas que os cofres ficaram limpinhos, limpinhos , não há grandes dúvidas.
1 · 12 hrs
Remove
Al Montgomery
Al Montgomery É de uma absoluta falta de vergonha na cara fazer de um ato político (baixo diga-se de passagem), uma forma de divulgação para dar um impulso à venda da sua "biografia", mas tá claro vai na onda do Cavaco. Tudo farinha do mesmo saco...
Remove
José António Costa
José António Costa Era uma boa ideia. Muito ficou por esclarecer, incluindo as pequenas traições...
5 · 17 hrs
Remove
José Joaquim Calisto
José Joaquim Calisto Espero que o Dr. Jorge Sampaio mantenha a personalidade que sempre o caracterizou e nao desça ao nível do Santana Lopez e da sua area de apoio.
4 · 18 hrs
Remove
Andrade Albano Travelling Light
Andrade Albano Travelling Light e vice-versa!!!
8 · 18 hrs
Remove
Vitor Duarte
Vitor Duarte Há coisas que é melhor nem saber...
1 · 18 hrs
Remove
Lourdes Trigueira
Lourdes Trigueira Espero k não desça ao nível de pedophilo e maçónico... 👍
4 · 18 hrs
Remove
Luis Cadete
Luis Cadete Manter a personalidade de um tipo que apoiou um pedófilo, não deve ser fácil..
Remove
Lourdes Trigueira
Lourdes Trigueira lá diz o ditado, diz-me com quem andas e eu te direi quem és...
4 · 17 hrs
Remove
Pedro Henriques
Pedro Henriques Sampaio mais não quis do que esperar que o PS se organizasse (leia - se nova liderança já que sobre Ferro Rodrigues recaiam certas suspeitas) em vez de convocar novas eleições que era o que deveria ter feito. Não foi capaz de despir a camisola cor de rosa....
4 · 17 hrs
Remove
Basilio Garcia
Basilio Garcia Quem desceu abaixo do nível de Santana foi Sampaio. Vamos ser coerentes. .
Remove
Rui Simões
Rui Simões Dr. Santana Lopes, tenha juizo. Acha que já há poucas telenovelas?
2 · 17 hrs
Remove
Andrade Albano Travelling Light
Andrade Albano Travelling Light Quem está a começar esta novela é exactamente o SemPaio!!!
2 · 16 hrs
Remove
Basilio Garcia
Basilio Garcia Quando se trata de assuntos sérios e de defesa de honra, não é telenovelas, é a democracia a funcionar!
2 · 11 hrs
Remove
Fernando Aguiar
Fernando Aguiar Também gostava de saber o que levou ou golpe de estado.
Remove
Maria Pinto
Maria Pinto Sampaio .demitiu o Santana Lopes, porque este estava a criar legislação para fazer os bancos (na alturas cheios de dinheiro) pagar mais impostos...Salgado (dono disto tudo) não gostou e ordenou ao pau mandado do Sampaio para demitir o Santana Lopes...senão acabavam os contributos do BES para o PS.....não esquecer que salgado foi o particular que mais dinheiro doou para a fundação de Mario Soares!!! É o que consta....fico á espera do debate!!!!
1 · 13 hrs
Remove
Anita Coelho Da Palma
Anita Coelho Da Palma Houve mão de geringonça não podia ser de outra maneira eles são os donos de Portugal e são muito cobardes para um debate em Publico, mas era bom que o Sr. Santana Lopes se candidata-se para a Camara de Lisboa
3 · 17 hrs
Remove
Andrade Albano Travelling Light
Andrade Albano Travelling Light Ora ai está um debate interessante!!!
Remove
Nuno Rafael Raimundo Santana
Nuno Rafael Raimundo Santana Debate televisivo? Os golpes de estado deviam discutir-se em sede própria!
7 · 18 hrs
Remove
Sergio Costa
Sergio Costa A sede própria é todo português assistir e ficar esclarecido
2 · 17 hrs
Remove
Pedro Marques Das Neves
Pedro Marques Das Neves O tipo é maluco, mas se o provocam aguentem se.
Ele tem os ditos no sitio, já os xuxas é só compadrio e de fininho....
1 · 13 hrs
Remove
Fernando Duarte Bernardo
Fernando Duarte Bernardo Dass estamos em 2017,queremos lá saber do que aconteceu em 2004,, já foi passado,, só falta chamar Salazar e dar formação a todos políticos, e como se deixa uma fortuna em ouro, para ser desbundado
Remove
David Cazegas Carvalho
David Cazegas Carvalho este reformado da presidencia devia estar caladinho pois foi um dos que ajudou a levar o PAÍS á falencia.....
5 · 17 hrs
Remove
Nuno Ferreira
Nuno Ferreira Ao cúmulo que isto chegou... darem-se p trabalho de discutir um assunto com mais de 10 de anos. Vê-se mesmo que n têm nada para fazer. O Santana continua o mesmo inútil de sempre.
Remove
Fernando de Azevedo
Fernando de Azevedo Pois...justifica-se plenamente o direito ao contraditório ou será que a democracia é uma prerrogativa de esquerda?!
1 · 10 hrs
Remove
Jose Silva
Jose Silva Eu acho muito mal. Os debates televisivos vulgarizaram-se tanto que já ninguém liga! Ou por outra ; até liga.....mas é a televisão noutro canal.
Remove
Paulo Pimenta
Paulo Pimenta Este, eu via !!... Sempre achei um 'desplante' de JSampaio dissolver a AR quando o Governo era apoiado por uma Maioria absoluta.
4 · 17 hrs
Remove
Sergio Costa
Sergio Costa Blablabla.. Há medo??
2 · 17 hrs
Remove
Miguel Cordeiro
Miguel Cordeiro Já não sabe o que fazer para "aparecer". Alguém quer lá saber o que se passou em 2004.
Remove
Joaquim Braz
Joaquim Braz O tal que "ia andar por aí". Agora quer regressar e para isso quer fazer-se notar.
1 · 10 hrs
Remove
Catarina Eusébio
Catarina Eusébio Acha que ele precisa disso ?? Por feitos quem precisa. É o Sampaio , para promover o seu livro , teve que socorrer a Santana
Remove
Camilo Palhão
Camilo Palhão Ó Santana escreve um livro, a malta contigo gosta de se divertir.
Remove
Rogerio Cardoso
Rogerio Cardoso Já escreveu!
1 · 12 hrs
Remove
Manuel Conde
Manuel Conde foi a coisa pior que podia ter acontecido ao nosso paiz tirou uma pessoa seria para por lá uma que faliu o paiz e todo o resto que se sabe
Remove
Paula Sousa
Paula Sousa Pois o Jorge Sampaio pôs se a jeito! Essa mania de agora fazerem livros para contar essas coisas, não gosto. Tinha-o em melhor conta.
Remove
Zé Miguel Vargas
Zé Miguel Vargas Acho muito bem.
9 · 18 hrs
Remove
Ana Maria Pimenta
Ana Maria Pimenta Agora???? De que é que isso serve??? Já nos chega ter que ouvir sobre as crises actuais!
Remove
Capitolino Antonio
Capitolino Antonio Talvez esteja na hora de se fazer luz sobre o assalto ao poder pelo PS pela mão do alegado impoluto Sampaio. Espero que Sampaio aceite. Pelo menos pode ouvir-se o outro lado da História
Remove
Vitor Duarte
Vitor Duarte O tanto que havia para dizer.... mas não dá jeito.
5 · 18 hrs
Remove
Vasco Abecasis G F
Vasco Abecasis G F Santana faz muito bem. Foi uma vergonha o que Sampaio fez. E mais, vir falar nisso agora não se percebe. Santana foi completamente queimado naquela altura. E sim tudo deve ter sido premeditado, pois Sampaio era um político e advogado cheio de experiência, nada ingénuo e habituado a pensar e prever situações.
Remove
Artur Pereira
Artur Pereira Sampaio foi apenas um dos mais de 2 500 000 que votaram no 44.Não faz sentido culpar só uma pessoa : Sampaio.
Remove
Catarina Eusébio
Catarina Eusébio Eu estou fora
Remove
Esmeralda Gouveia
Esmeralda Gouveia Não me parece que o Sampaio aceite o desafio. É muito mais prático falar quando se está no poleiro e a faca e o queijo na mão !
2 · 17 hrs
Remove
Catarina Eusébio
Catarina Eusébio É não tem pedalada para isso
Remove
Gusmão José Carlos
Gusmão José Carlos Acho muito bem que haja debate. O "Cabeçudo" tem muitas explicações a dar!!!
Remove
Salome Albuquerque
Salome Albuquerque Ainda vamos desafiar o D. Afonso Henriques para um debate televisivo sobre a Batalha de Ourique,😂😂😂😂😂😂😂😂
Remove
Benedita Cerqueira Magro
Benedita Cerqueira Magro Para quê? Já passou muito tempo e tudo foi explicado na devida altura.
Já temos problemas que cheguem!!!
Remove
Eduarda Girardin
Eduarda Girardin Este Santana Lopes deve estar senil não há paciência para esta gentalha
Remove
Sergio Costa
Sergio Costa Medo?? 😂
4 · 17 hrs
Remove
Luis Guerra
Luis Guerra Acho muito bem. ..desmascarar esses socialistas
1 · 16 hrs
Remove
Josefa Martins
Josefa Martins Ouvi e concordei!
Venha o frente a frente!
2 · 14 hrs
Remove
Maria Mascarenhas
Maria Mascarenhas Olha só com quem o cenoura se foi meter! Ahahahahahah
1 · 18 hrs
Remove
Teobaldo Simões
Teobaldo Simões Vamos a isso. Vamos ver quem quer e quem não quer!
8 · 18 hrs
Remove
Oliveira Maria
Oliveira Maria
Remove
João Maria Barradas
João Maria Barradas Assim é que é, não esperava outra forma de estar de SE.
Remove
Rui Silva
Rui Silva Digam a hora, que é para eu ter a certeza que não vejo!!
Remove
João Cerqueira
João Cerqueira Era interessante. 13 anos depois alguém nos contar a historis.
2 · 17 hrs
Remove
Carlos Pina
Carlos Pina Uma adivinha : em que escritório de advogados o Costa fez o seu estágio?
Remove
Jorge Pêgo
Jorge Pêgo Quero ver... !!!
1 · 17 hrs
Remove
Altino Parente
Altino Parente Reclamação ultrapassou prazo legal . Lá se vai o ' passemaker '
Remove
Augusta Alves
Augusta Alves É muito fácil ...
Remove
Camilo Palhão
Camilo Palhão Ó Santana , o que tu queres sei eu.
Remove
Jorge M. Viana Silva
Jorge M. Viana Silva
Remove
Nunovis Nunovis Nunovis
Nunovis Nunovis Nunovis Há ganda Santana
Remove
ZéJoão Silva
ZéJoão Silva O santanete a querer borga !!
Remove
Sergio Costa
Sergio Costa Borga porquê??! Querer a população portuguesa esclarecida não é Borga é democracia
5 · 17 hrs
Remove
Patricia Cardoso
Patricia Cardoso Sergio Costa Se vivêssemos numa!
2 · 17 hrs
Remove
Jorge Barata
Jorge Barata Mas acreditam que o ex PR tem coragem para o fazer ????
1 · 9 hrs
Remove
António Miguens
António Miguens Impensável
Remove
Maria Susana Beirão
Maria Susana Beirão É d'homem!! Vai-te a ele!
Remove
Alzira Mesquita
Alzira Mesquita Nossa . Paciência de JO. Para aturar isto.
Remove
José Serrano
José Serrano Este ainda aprecia tourada...kkkkkkkkkkkkk
Remove
Sergio Costa
Sergio Costa Quem não deve não teme
3 · 17 hrs
Remove
Teresa Brites
Teresa Brites
Remove
José António Marafuz
José António Marafuz Ele não vai! Olha olha...
Remove
Angela Vieira
Angela Vieira Outro!!!'
Remove
António Morais Rodrigues
António Morais Rodrigues O PSD como está agradecia....
Remove
Sergio Costa
Sergio Costa Há medo????!!! 😀
4 · 17 hrs
Remove
Mnauel Pereira Martins
Mnauel Pereira Martins Agora ! Deixe o velhote !
Remove
Adelino Amorim
Adelino Amorim Acha que esse covarde aparece?
1 · 16 hrs
Remove
Condeço Miguel
Condeço Miguel Lol
Remove
Luis Simões
Luis Simões Ahahahahah!
Remove
Victor Marques Pinto
Victor Marques Pinto ESTA FIGURA MESICORDIOSA DEVIA ESTAR CALADINHO POIS FOI SEMPRE UM POLITICO DO MELHOR QUE A FORNADA DEU AGORA DIZ ELE QUE NAO RECEBE NADA NEM QUE AGENTE ACREDITE
Remove
Jorge Norte
Jorge Norte Golpe palaciano
Remove
Joaquim Sergio Carmo
Joaquim Sergio Carmo Tirou o Santana Lopes e pôs o Sócrates...
2 · 17 hrs
Remove
Joaquim Sergio Carmo
Joaquim Sergio Carmo Fez um lindo serviço! Os portugueses agradecem...
Remove
José Manuel Norinho
José Manuel Norinho Não se iludam, o Sampaio não aceita, este é do tipo de ladrar pelas costas.
1 · 14 hrs

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.