quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

Teófilo Nhangumele nega o seu envolvimento nasd dividas ocultas




Já não há dúvidas. A suspeita está confirmada. O Eng. Teófilo Nhangumele está em maus lençóis. Ele é o terceiro acusado pela justiça americana, juntamente com Manuel Chang e António Carlos Rosário. Há dias, Teófilo disse à “Carta” que estava de consciência tranquila. Mas não é bem assim. “Carta” sabe também que ele é um dos arguidos no processo sobre as dívidas ocultas, aberto pela Procuradoria Geral da República (PGR).
A justiça americana encontrou contas bancárias, nos Emirados Árabes Unidos, em nome de Nhangumele, para as quais foram canalizados depósitos ordenados pela Privinvest. Em Moçambique investigadores encontraram evidências de ligação de seus sinais de riqueza com os dinheiros do calote. Parte desses fundos tinham sido guardados na conta da mãe de uma das suas filhas. (...)
Comentários

Sem comentários: