quarta-feira, 15 de março de 2017

Amurane: uma luta cultural entre Macuas e Ndaus?

Amurane, o ovo de ouro que o galo nao quer perder
Da pomposa acusação contra Amurane, resultou uma crise angustiosa do MDM que mereceu uma resposta jocosa de Daviz Simango. A gravidade épica do caso, insensivelmente, leva a nossa pena, ao escrever do assumpto, a cair em ecos que fazem rimas, como se o argumento estivesse a pedir epopeia. Camões há bastantes anos que desapareceu na poeira do sepulcro, e é de recear que não apareça por aí cantor á altura do feito, vate á prova de novos traidores. Dentro das fileiras emedemistas, formou-se e consolidou-se este dogma que, como dogma, já ninguém discute: Amurane já está de saída. Isto é dogma para os apoiantes do Daviz Simango, porque lhes convém que assim seja. E são eles que teimam em esbaforir-se por causa da sua crença numa aurora de reconciliação interna que, realmente, não chegará a ser dia. A força de tanto se ouvir esse preceito, também ele tem sido para nós um dogma, simplesmente sem a lata interpretativa que lhe possamos dar. Resta saber se Amurane sai sozinho ou por uma ordem de expulsão.
Em apuros, pesadelo prolongado, desespero, são algumas das palavras honestas para classificar o clima no MDM. Os seus conselheiros espirituais, os seus adeptos virtuais e reais estão divididos. Não sabem se apoiam ao galo ofendendo o pinto ou se ao pinto ofendendo o galo. “Amai-vos uns aos outros” é o apelo do momento. Amurane, o edil de Nampula, exige do Simango, o edil da Beira, um pedido público de desculpas. Sinango fala em democracia interna. O pomo da questão reside no facto de o primeiro julgar-se vítima de calúnias, aparentemente promovidas por testas-de-ferro nativos do segundo. O ambiente é, por assim dizer, de cortar á faca. Uns dizem que Amurane é um corpo de ferro com pernas de barro. Qualquer movimento em direcção a água irá causar danos porque o barro com que se moldaram as suas pernas irá derreter. Para eles, Simango pode dizer “Pai, se for possível afasta de mim este cálice”. Outros, em número reduzido, continuam dando razão ao Amurane.
Para nós, trata-se de uma luta cultural. Para o bem do partido e para o bem do próprio Amurane, uma cisao quanto cedo melhor, antes que se criem danos mútuos maiores. Haverá coragem para tal? Pelo sim ou pelo não, com ou sem machado na mão, pronto a cortar o mal pela raiz, a marginalização de Amurane será sinónimo de uma afronta cultural entre os fantoches de Simango e os macuas da casa, não só da cidade de Nampula como também dos distritos daquela província. Na verdade, a luta não pode ser vista como entre Amurane e MDM ou entre aquele e Simango, mas o início de uma resistência e necessidade de afirmação da cultura e das lideranças macua ante a expansão Ndau, representada primeiro por Dhlakama e agora por Simango. Amurane pode ser desses ovos que não aparecem por acaso. Os ovos de ouro. Terá algum suporte e coragem? Por quanto tempo, ninguém sabe dizer.
Gosto
Comentar
Comentários
Mario Albano
Mario Albano Com todo respeito este texto me cheira um calce de vinho envenado, maquiavelismo a mistura. Tipo "se não foi o quê nós esperávamos vamos 
inventar. Assim se faz política na minha terra, como dizia antes de hoje em diante vamos ouvir e ver os grandes analistas a serviço. Para tristeza de muitos é saber que Amurane não vai continuar a sua gestão 
pedagógica no município de Nampula. Haja o que hajar...😕
Gosto · Responder · 3 · 6 h
El Patriota
El Patriota Um belo texto. Parabéns
Gosto · Responder · 2 · 6 h
Eusébio A. P. Gwembe
Eusébio A. P. Gwembe Mario Albano, haja o que hajar, Amurane esta determinado a dar continuidade com o seu trabalho e ja colocou o lugar a disposicao. Havera coragem para um replacement?
Gosto · Responder · 2 · 6 h · Editado
Mario Albano
Mario Albano De antemão Eusébio A. P. Gwembe sabes como independente ele não vai dar esta continuidade. Sabendo disso estou preucupado.
Gosto · Responder · 2 h
Mario Albano
Mario Albano Mano Eusébio ele colocou a disposição o lugar na imprensa ou fez uma carta ao partido. Como é que se coloca o lugar a disposição afinal?
Gosto · Responder · 2 h
Imtiaz Vala
Imtiaz Vala Tentou evitar o caldo ja entornado!Todos assuntos continuam a serem tratados em praca publica e na imprensa!Lideranca e capacidade de gestao deste assunto voltou a faltar!Maturidade politica e lideranca exige-se!Praticar Populismo eh facil,mas liderar nao eh para todos!Nao eh tempo de aventuras politicas!Singela opiniao!
Gosto · Responder · 2 · 5 h
Josue Mucauro
Josue Mucauro Amurane pode ter suas razões, mas ele está a tratar as coisas de forma errada, como edil é nota 10, mas como político é off... Não há dúvida que MDM tem o pior modelo de gestão do partido, quando o presidente é o "A" e "Z" dá no que vemos, a maior parte dos deputados são de sofala, enquanto sofala elegeu três candidatos só, o presidente da liga da juventude tem 40 anos e é de sofala, o chefe da bancada parlamentar é o irmão do presidente, o secretário geral é alguém nomeado. Mas Amurane tinha tudo pra combater isso dentro do partido até porque o congresso séria lá.
Gosto · Responder · 2 · 5 h
Raimundo Pitagoras Lauma
Raimundo Pitagoras Lauma Nem na própria frelimo onde vcs militam, desde o presidente do partido Chissano até actual presidente Nyusi, nunca se deslocaram para resolver problemas do nível de base, a pouco tempo o presidente do município de Lichinga foi preso e ñ vimos o presidente do partido frelimo e nem SG a descer para ir resolver o caso, quem geriu o problema foi o comitê de cidade e caso Amurane k arranjou problemas com os membros da cidade Nampula, ñ precisa k seja presidente do partido a resolver recorra a delegação provincial do partido lá em Nampula, é assim como funcionam as coisas.
Gosto · Responder · 5 h
André Mahanzule
André Mahanzule Só q diferentemente do Dr Amurane o edil de Lichinga não envolveu a liderança partidária nas suas trafulhices. Amurane diz-se vítima de uma cabala montada superiormente pelo presidente do partido por sinal sei homólogo na gestão da cidade da Beira. Acho q sem q seja necessário faze-lo publicamente Davis Sim Angola tem a obrigação moral de se reconciliar com o seu companheiro e homólogo se não estaremos ante uma luta tribal mesmo mas, o tempo é o padrinho.
Gosto · Responder · 1 h
Raimundo Pitagoras Lauma
Raimundo Pitagoras Lauma Amurane faz acusações a liderança do partido e dos factos, ele está em conflito com os seus colegas em Nampula n lhe tiraram do anonimato para a candidatura no MDM e expulsou-os do Conselho Municipal acusando-os de ladrões e eles também acusam ao presidente Amurane nos casos de corrupção, infelizmente o k presidente ker é ajuda do presidente do partido é ele coloca via imprensa logo falta de coerência.
Eusébio A. P. Gwembe
Eusébio A. P. Gwembe Ca entre nos, Raimundo: quem dos dois é protector de ladroes e quem é corrupto entre ambos? O assunto é este e nao o seu tratamento em meios de comunicaçao!
Raimundo Pitagoras Lauma
Raimundo Pitagoras Lauma
0:00
Raimundo Pitagoras Lauma
Raimundo Pitagoras Lauma
-0:32
Raimundo Pitagoras Lauma
Raimundo Pitagoras Lauma Ele já disse nesse vídeo k os padres tinham sido manipulados pelo presidente Daviz Simango para lhe queixar, nesse carta tem haver com MDM?
Eusébio A. P. Gwembe
Eusébio A. P. Gwembe Macauro, eu penso que Amurane percebeu que lhe meteram na Comıssao Politica como forma de embrulha-lo. E que quando ha mas praticas tem que haver alguem que de o primeiro tiro, e ate aqui ele fez bem. Na verdade, respiram-se correntes de inconformismo político a cujo influxo nenhum membro escapará: ou é contra Simango ou é contra Amurane ou e afavor de Simango ou e a favor de Amurane. Não há meio-termo. Os espertos, que eram outrora fervorosos defensores do galo, calaram-se ou fingem não lerem nada. Raimundo- quem criou o problema em nampula, segundo as entrelinhas das falas de Amurane, é Beira, diferentemente do caso que evoca. Há tres anos, aquando da revolta de Ambasse em Angoche, escrevemos que essa política familiar terá consequências imprevisíveis. Apesar destas palavras terem três anos, nem uma virgula, creio, há que retirar-lhe no momento actual. E o desastre apocalíptico a que elas aludem, campeia no nosso ouvido, aliás por todos os meios. Os «dirigentes » naturais abdicam; que hão de fazer os « dirigidos»? Mas essa abdicação é um suicídio: eis o ponto em que, finalmente, deveria pensar a liderança.
Gosto · Responder · 5 h
Josue Mucauro
Josue Mucauro Já citei problemas do MDM, mas acho que Amurane podia tratar tudo isso nos outros fóruns, até para ser um bom partido precisa se de ter duas alas, e a ala dele seria bastante forte em Dezembro no congresso, pois será em nampula é nós já vimos o poder dos nampulenses no congresso em cabo delegado (Frelimo), com ele e outros a favor de uma democracia de verdade no MDM poderiam aproveitar se melhor... Há verdade é que a saída do Amurane fragiliza o MDM e acima de tudo fragiliza os membros contra tudo ser de confiança do clã Simango.. Diz se que ele Amurane vai concorrer independente, mesmo se ganhar não vai conseguir governar, por falta de apoio na assembleia municipal, Davis como independente teve apoio da renamo e uns partidos, nos 2 primeiro anos, depois teve apoio do partido frelimo, de referir que Davis Simango conseguiu sair da rensmo como vítima enquanto Amurane está sair como vilão, se ele tivesse apoio do MDM nampula eu diria que DS não tem escolha tem de pedir desculpas, mas o problema é que ele luta contra as suas bases, as pessoas que não dormiram no tempo de campanha
Gosto · Responder · 1 · 5 h
Jeronimo Matsolo
Jeronimo Matsolo Grande Eusébio A. P. Gwembe
Gosto · Responder · 5 h
Oreste Muatuca Muatuca
Oreste Muatuca Muatuca É Nampula, é macua. Como diz o grande Eusébio A. P. Gwembe, há que resistir contra expansão/império Ndau, conduzidos por Dhlakama e Simango, para, ou servir a um único imperador da descendência do Ngungunhane, cujo jugo já é suficiente e nem dá espaço para outros jugos e opressões, ou para autogovernar-se. Uma coisa é certa: há que começar. Alguém deve dar o primeiro passo/tiro. É preciso arriscar, dispor-se a tropeços e outros riscos para caminhar, ou então permanecer na cama.
Gosto · Responder · 5 h
Josue Mucauro
Josue Mucauro Tribalista
Gosto · Responder · 5 h
Eusébio A. P. Gwembe
Eusébio A. P. Gwembe Nao chame o avo Gungunhana para aqui, Oreste Muatuca. Nao ha nenhum jugo por ele criado que se faça sentir nos termos em que diz.
Gosto · Responder · 5 h
Raimundo Pitagoras Lauma
Raimundo Pitagoras Lauma Eusébio A. P. Gwembe se o MDM é uma ameaça para Frelimo, melhor o digam, ñ se aproveitem com esse problema do Amurane injectando algo para tirar dividendos esqueçam, o k ta se viver em Nampula nem faz sentir como problema da família Simango, o k vcs choram é k ñ conseguem infiltrar os vossos agentes no MDM, Daviz Simango ñ é Dhlakama k por via alegado processo democreatico interno a frelimo muninciou seus infiltrados como quadros e hj estão acabar com o partido. No MDM há pente fino, enviados com missão oculta vamos neutralizando um por um. Qual é partido k os líderes ñ tem familiar dentro do partido? O problema aqui família Simango, mas ñ estão a conseguir meter mão no MDM, este controlo cerrado continuará até depormos o regime.
Gosto · Responder · 5 h
Josue Mucauro
Josue Mucauro MDM é uma ameaça para frelimo? Querias escrever isso? Hmmm... Não é e não será tão já, porque MDM está a dar se tiro sozinho, o que deve acontecer, é no congresso MDM discutir novos modelos de gestão do partido, até porque uma oposição organizada, faz o país desenvolver
Gosto · Responder · 4 h
Vitorino David
Vitorino David Caro Eusébio A. P. Gwembe, Gostei da sua análise
Gosto · Responder · 1 · 5 h
Eusébio A. P. Gwembe
Eusébio A. P. Gwembe Raimundo, como pode falar assim se o proprio MDM é fruto de desertores? Quem é ali que se pode orgulhar de ser "original" ou seja, de gema? Nada! A Frelimo nao tem por que temer o MDM. Como pode, se mesmo o pai biologico do MDM ja esta com as maos no ar, em sinal de rendiçao a que deu o nome de tregua?
Gosto · Responder · 1 · 5 h
Raimundo Pitagoras Lauma
Raimundo Pitagoras Lauma Oreste Muatuca Muatuca em Moçambique o processo democrático é gradual e vez vez, ontem foram maxanganes, hj são macondes e amanhã serão, fomentar tribalismo pq ker defender a tua camisola vc virá inimigo da sua própria família, vc sentado e de braços cruzados ñ quer ver alguem a combater a frrlimo, a tua família ai em Nampula ñ quer a frelimo, é por isso eleição por eleição a frelimo perde, tudo por sua preguiça.
Gosto · Responder · 5 h
Vitorino David
Vitorino David Haaaaaaa
Gosto · Responder · 5 h
Raimundo Pitagoras Lauma
Raimundo Pitagoras Lauma Mesmo a frelimo é desertor dos colonos, ainda bem sabe k dos k compõem o MDM Serém oriundos de outros partidos, a experiência é razoável para derrotar a frelimo. Mesmo o colono foi derrotado por seus ex agentes do regime.
Gosto · Responder · 4 h
Vitorino David
Vitorino David Raimundo Pitagoras Lauma, Frelimo desertores dos colonos? Problemas com o conceito "desertor"?
Gosto · Responder · 1 · 4 h · Editado
Raimundo Pitagoras Lauma
Raimundo Pitagoras Lauma Agentes do colono revoltaram contra patrão, até o Guebuza e seus amigos foram presos na Rodesia.
Gosto · Responder · 4 h
Vitorino David
Vitorino David Eles eram.agentes do colono ou mera invenção sua Raimundo Pitagoras Lauma ?
Gosto · Responder · 4 h
Raimundo Pitagoras Lauma
Raimundo Pitagoras Lauma Ñ sabe de k os da frelimo foram empregados do colono? Pergunte aqueles kotas vão te contar.
Gosto · Responder · 4 h
Vitorino David
Vitorino David Kkkkkkkkkkkkkkkkk. Tudo isso por querer defender que os MDEMISTAS Não tenham sido.desertores da Renamo e.de outros?
Gosto · Responder · 4 h
Eusébio A. P. Gwembe
Eusébio A. P. Gwembe Hahaha, Raimundo, essa de vez vez de onde sai? Acha mesmo que durante as nossas vidas chegara a vez do galo? Huuum. O que distingue a Frelimo dos outros é que a Frelimo não aceita receber desertores e nao corresponde a verdade ser desertor do colono. A sua política da purificação das fileiras é o anátema do seu sucesso. A Frelimo, de tempos a tempos sente-se obrigada a reafirmar que é preciso purificarmos as nossas fileiras de modo que o comportamento deva corresponder a linha. Estranhar o comportamento que viola a linha, seja de quem for. A Frelimo sabe, pela experiencıa, que o mais veterano, o fundador, também pode ser contaminado pelo inimigo. Igualmente sabe que quando se purificam as fileiras fica bem claro qual é o seu comportamento, qual é o do inimigo.
Gosto · Responder · 1 · 4 h
Jossias Gimo
Jossias Gimo Kkkk,estas a viver um sonho ilustre de onde tirou isso de que a frelimo não aceita desertores?lembra daquele sr que era secretario distrital da frelimo ao nivel do distrito de maringue (nao sei se ainda continua no cargo até hoje) que alguns anos foi raptado e torturado pelos homens armados da Renamo,aquele sr que eu saiba foi guereiro e membro sénior da Renamo.e para o seu conhecimento s frelimo bate recorde em nr de membros falsos,isto é,so por serem funcionários públicos são obrigados a ter cartao vermelho e participarem nas reuniões do partido
Gosto · Responder · 2 h
Modesta Gabriel
Modesta Gabriel Ainda é cedo. Mahamudo Amurane só sai a ganhar e MDM a perder
Não gosto · Responder · 2 · 4 h
Raimundo Pitagoras Lauma
Raimundo Pitagoras Lauma Eusébio A. P. Gwembe a frelimo de turas o participei ñ tinha essas capacidades, essa frelimo k estás a dizer e' de Maputo k foi reforçada por antigos empregados do colono é a massa pensante de hj k orgulha como frelimo e meia dúzia de combatentes a baterem palmas.
Gosto · Responder · 4 h
Eusébio A. P. Gwembe
Eusébio A. P. Gwembe Vai pensando assim enquanto a Freli é muito mais do que isso, Raimundo. A sua Historia confunde-se com a Historia de Moz. Quem vai esmagar o galo é a Renamo e, uma vez vencido o galo, a Frelimo vai receber o trofeu das maos da perdiz. Simples. Mas depende da forma como vao resolver esse assunto
Gosto · Responder · 1 · 4 h
Oreste Muatuca Muatuca
Oreste Muatuca Muatuca Não entendi nada do que disse o caro Raimundo Pitagoras Lauma. Eu só comentei as últimas linhas da publicação de Eusébio A. P. Gwembe. A parte de que gostei mais, que fala do império Ndau, expandido para mais a Norte do país, em particular para Nampula, conduzido pelas hegemonias dhlakamista e simanguista, e eu aproveitei para me lembrar que esta terra é mesmo vítima dessas incursões. O jugo começou com o império ronga ou changana. Alguém também me chamou de tribalista. Agradeço o elogio. Eu não pratico idolatria a partidos nem a pessoas. Por isso, me vejo livre de falar o que sinto.
Gosto · Responder · 4 h
Raimundo Pitagoras Lauma
Raimundo Pitagoras Lauma A frelimo orgulha-se capaz qndo manipula os resultados de da Renamo, o dia k o povo decidir votar no MDM em todo o país será o fim da frelimo. Nós somos ant-fraudes pergunta a Fernanda Moçambique.
Gosto · Responder · 4 h
Eusébio A. P. Gwembe
Eusébio A. P. Gwembe Oreste, essa banda de Nampula nao foi submetida a nenhum jugo, senao o colonial. Como deve saber, ali era o quartel general e a influencia dos partidos e movimentos libertarios era limitada. Por isso mesmo nao, com todas as benesses, nao gerou lideres de gabarito nacional. E ha um elemento que joga o papel: o Nihimo.
Gosto · Responder · 1 · 4 h
Leo Marige
Leo Marige Nihia e nao Nihimo
Gosto · Responder · 4 h
Eusébio A. P. Gwembe
Eusébio A. P. Gwembe Leo Marige o que voce quer significar? Nihia nao é nome do general? Eu estou a falar do nucleo clanico e penso que é nihimo, o centro do poder entre os macua. Mas nao sou conhecedor da lingua
Gosto · Responder · 4 h
Yookeiha Wiiva Tata
Yookeiha Wiiva Tata Eh de facto NIHIMO ou diz a ele Tribo macua (maioritaria nas 4 provincias da regiao). Eusebio voce eh grande pesquisador. NIHIMO AMA N'LOCO NAMAKUA = Etnia ou tribo macua.
Gosto · Responder · 3 h
Leo Marige
Leo Marige Esta certo dr #Eusebio
Gosto · Responder · 2 h
Jose Chirruco
Jose Chirruco Boa observação. Grato mais uma vez
Não gosto · Responder · 1 · 3 h
Yookeiha Wiiva Tata
Yookeiha Wiiva Tata Felizmente o tempo chegou. Sempre os primos (SHANGANAS E N'DAUS) faziam destas regioes seu maior campo de bastagem do seu gado! Os primos N'daus na espectativa de sempre seguir e nao contrariar os primos FARELOS DE MILHO, sempre usaram mesmo caminho ou assim foram assessorados mas acredito que o tempo chegou e MAHAMUDO AMURANE mostrou se capaz de defender (sem bala) a sua tribo e parece me nao aceitar mais continuar a ser usado como melhor cavalo da batalha. E os atentos ja falam secretamente que a saida deste integro homem na fileira da capoeira podera complicar contas do GALO, nao eh por acaso que o SIMANGO foi obrigado a trazer novo vocabulario na politica nacional " DEMOCRACIA INTERNA". Mas os que entraram na capoeira por qualquer via no caso dos Raimundo "Pitagoras" Lauma, e Companhia, continuam pensando ao contrario e isso pode se associar ao desconhecimento da situacao no terreno e tipo de membros local.
Gosto · Responder · 1 · 3 h
Raimundo Pitagoras Lauma
Raimundo Pitagoras Lauma Abstenho debates com pessoas de falsa identidade, mostra cara vamos discutir.
Gosto · Responder · 3 h
Mario Albano
Mario Albano Quero ver se começaram a falar de federalismo alguns aqui que se batem por etnias vão dizer o quê? Este debate de tribu não é chamado aqui. As mesma pessoas ja na Frelimo não mugi ne tosse quando se trata de falar de tribu, disciplina partidária.
Gosto · Responder · 2 h
Vasco Abrao Francisco
Vasco Abrao Francisco Eusébio A. P. Gwembe, te entendo, pois há varias maneiras de choramingar pelas expectativas goradas...R.I.P.
Gosto · Responder · 1 h
Sergio Jamal
Sergio Jamal Kkkkkk força nos vossos comentario
Gosto · Responder · 1 h
 Edias Felipe Manditukakare com Elisabete Azevedo e 14 outras pessoas.
A crise no MDM
Vejo a crise no MDM como resultado da falta da disciplina partidária para além da incapacidade das lideranças dos partidos políticos de oposição de agregar todas as correntes dissonantes dentro da organização.
Noto que há tendência dos presidentes dos municípios eleitos suportados pelos respetivos partidos de governar como se fossem independentes o que traz confusão com os partidos, isso acontece não só no MDM como na Frelimo como no passado na Renamo. A diferença é que enquanto a Frelimo por governar o país consegui conter a tendência dos presidentes de município seus de ser mais independentes enquanto que a oposição caso MDM essa imposição é reduzida. A confusão começa com os partidários que deram tudo para a Vitória do seu candidato serem preteridos depois da Vitória porque os presidentes eleitos não acomodam os partidários que o ajudaram a o eleger alegadamente porque fora eleitos pelo povo aliás a acomodação não é só material mas também ideológico pois que a interesses que os partidários querem defenderem. Os presidentes querem comportar se como se fossem independentes, dizem que têm o seu programa! Como assim! Outrossim os partidários querem que o presidente seja um boneco a serviço do partido, o que não pode. Penso que há que haver um equilíbrio entre os interesses dos presidentes, partidários é do partido. Outra coisa é que a liderança do partido deve ter capacidade de reter os quadros e não permitir a sua saída porque tem outros tantos.
Caso de Nanpula acho que o Amurrane pode ter cometido erros ao ignorar o partido porque não sendo um presidente eleito como independentemente tinha a obrigação moral de se sujeitar se ao partido desde que essa submissão não implique a violação da lei e isso é possível também caberia ao MDM saber equilibrar as suas pretensões sem o prejuízo da autoridade do presidente do município. Quanto ao futuro esse pertence a Deus mas a história que se viveu na Beira acredito que não vai se repetir, Daviz fez história a ser primeiro independente a vencer eleições autárquicas não tenho fé que isso vá acontecer em Nanpula, por várias razões que poderei apresentar noutra ocasião. Daviz foi afastado como candidato à 5 meses das eleições e espontaneamente ou não levantou um movimento de solidariedade para com Daviz que foi visto como uma vítima de Dhlakama, veja que Dhlakama quase que ficou isolado. O factor surpresas favoreceu a Daviz o que não vai acontecer em Nanpula. Em fim talvez todos sairão a perder digo Amurrane, MDM e a própria oposição. Com este andar dificilmente a oposição quer liderado pela renamo como MDM chegaram ao poder.
Lucas Zabica
Lucas Zabica Não Existe crise no MDM. HÁ SIM , INDIVÍDUOS. OPORTUNITAS OU ENCOMENDADAS PARA DESFAZER UM SONHO DE MILHARES DE MOÇAMBICANO. NÓS MDM , ESTAMOS ATENTOS E ACAUTELADOS NESTES COMPORTAMENTOS. .
Edias Felipe Manditukakare
Edias Felipe Manditukakare Seja o que for há necessidade de gerir melhor a situação para não ter consequência que venha a prejudicar o partido
Eusébio A. P. Gwembe
Eusébio A. P. Gwembe Amurane é o lado mais fraco nesta historia. Ele deve ter as suas razoes que os moralistas nao querem debater.
Edias Felipe Manditukakare
Edias Felipe Manditukakare Mas acredito que o Amurrane esticou demais a corda e isso pode ser prejudicial não só ao MDM como a carreira política dele. Não se pode sair a dizer tudo em público mesmo Daviz quando foi afastado como candidato à presidência do município pela renamo preservou o nome de Dhlakama e da renamo e isso mobilizou membros da renamo e outros para seu lado e teve como resultado a sua Vitória. Mas desse jeito Amurrane corre risco de perder eleições mesmo como independente.
Edias Felipe Manditukakare
Edias Felipe Manditukakare Acredito que existem problemas que a liderança do MDM pode ter gerindo mal, penso que os líderes do partido nunca deviam ter permitido que a situação chega se a esse ponto
Arnaldo Tivana
Arnaldo Tivana Daviz simango, nao presta, a sua ambição sem medida esta a afundar a MDM, nos os outros o discubrimos muito cedo, por isso em 2008, não aceitamos a sua candidatura a sua propria sucessão. Nunca vi tribalismo, nepotismo, amiguismo, clientelismo e muito mas, a ser forte duma so pessoa como é o caso do traidor Daviz Mpebo Simango. Assim vamos acreditar na falsa histori da frelimo que intitilou o pai do daviz de traidor, sendo assim tal pai e tal filho.
Edias Felipe Manditukakare
Edias Felipe Manditukakare Arnaldo Tivana essa é sua opinião só espero que não seja pela divergência resultante de contradições com presidente do CMB mas seja como for todas as opiniões são para serem respeitada
Arnaldo Tivana
Arnaldo Tivana Edias Felipe Manditukakare, nada haver com o passado, é público que Daviz Simango, não gosta de mim, nem por isso o tenho retaliado. Mas a verdade deve ser dita, Daviz Simango não presta
Samuel Chemane
Samuel Chemane Aye!!!! Oh, é tua opinião e esta dentro do gozo do teu direito. Mas o que é certo é que o MDM Não esta em crise, está concentrado no 2o congresso em nampula e em vencer as eleições autarquicas mas vencer bem!!!
Gosto · Responder · 1 · 15 h
Edias Felipe Manditukakare
Edias Felipe Manditukakare Caro Samuel Chemane não sei se é relevante discutir se é ou não crise, o importante é reconhecer que existe um problema e se fosse possível resolver no sentido de manter a comunhão que exista antes de se levantar este caso seria melhor. Que se resolva e que vão as autárquicas como pensávamos que iriam.
Raimundo Pitagoras Lauma
Raimundo Pitagoras Lauma O presidente Amurane nos 4 anos de governação agiu com emoção por ter expulsado mais de 300 membros, pessoal k lhe conquistou do anonimato para a candidatura no MDM, fizeram tudo para conquistar o poder, hj este grupo insurgiu-se e Sr. Amurane já ñ aguenta com a reação, por outro lado a igreja católica k lhe formou deixou em mãos lenços ja em todas paróquias da cidade de Nampula nos crentes boca a boca fala-se da venda do terreno da paróquia Sao José. Das novas alianças k lhe seguem por dinheiro ñ lhe ajudam para melhor caminho, razão pela qual anda a fazer de vítima na comunicação social.
Gosto · Responder · 1 · 1 h
Edias Felipe Manditukakare Com certeza os membros saberão melhor que ninguém o que estão a passar, é o que eu escrevi que o presidente foi eleito tendo suporte o MDM e uma vez eleito despreza os que lhe apoiaram só pode dar em problema
-1:44
-12:24
Raimundo Pitagoras Lauma
Raimundo Pitagoras Lauma
Raimundo Pitagoras Lauma
Raimundo Pitagoras Lauma
Raimundo Pitagoras Lauma
Eusébio A. P. Gwembe
Eusébio A. P. Gwembe Afinal o MDM usou a tactica de envenenamento do poço? Ate naquele pequeno partido foi sujar o nome do homem? Nao tinha assistido ao primeiro video. Fico com a impressao de que entraram na vida do homem, Raimundo
Eusébio A. P. Gwembe
Eusébio A. P. Gwembe Afinal o MDM usou a tactica de envenenamento do poço? Ate naquele pequeno partido foi sujar o nome do homem? Nao tinha assistido ao primeiro video. Fico com a impressao de que entraram na vida do homem, Raimundo
Raimundo Pitagoras Lauma
Raimundo Pitagoras Lauma Ñ é nada disso, aquele partidinho foi formado por ex funcionários do Conselho Municipal, vereadores, técnicos k conheceram a vida do seu presidente, abandonaram o partido por causa do Amurane, aqui ficaram no silêncio esperando serem repescados e qndo Amurane inicia esta contenda contra a igreja católica, eles tbm levantaram a sua bandeira, logo confusão total. Até um deles é daqueles k foi demolido bar num dos mercados e tá mto ferido, foi vereador da polícia Municipal.



Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.