ACTUALIDADE

Loading...

sábado, 26 de Janeiro de 2013

Golpes de Estados: Moçambique e Timor-Leste na lista de países em risco

 

25 de Janeiro de 2013, 17:02

Numa lista de 30 países com maiores graus de risco de golpes de Estado, classificados como de "maior risco", "alto risco" e de "risco", liderada pela Guiné-Bissau, Moçambique surge como o 3º país lusófono, logo depois de Timor-Leste, na 18ª posição como país de "risco" de golpe de Estado.
A revolta popular ocorrida em Maputo em 2011, em que a população saiu à rua protestando contra o aumento do preço do pão, entre outros, poderá estar na origem desta classificação de Moçambique.
Quanto a Timor-Leste, os frequentes distúrbios em Díli e o atentado contra Ramos Horta são sinais que transmitem alguma apreensão.
A lista, publicada no jornal The Guardian, foi elaborada com base nos estudos e nas previsões do politólogo inglês Jay Ulfelder, e surge acompanhada de um mapa de África com o grau de risco destacado de acordo com uma tonalidade.
Apesar de ser uma lista de todos os países do mundo, o continente africano surge destacado com vários países classificados como de "maior risco", como o Sudão, o Mali e Madagáscar, nos lugares cimeiros.
A lista de Ulfelder passou a ser analisada com mais atenção depois de ter acertado nos golpes de Estado ocorridos na Guiné-Bissau e no Mali, no ano passado. O que justifica a presença de vários países nela é a extrema pobreza, a fraco poder das autoridades bem como a existência de regimes democráticos muito frágeis.
Para além disso, outra explicação é o facto de os golpes de Estado serem mais previsíveis nos países onde já ocorreram nos últimos anos, e que é uma das características partilhadas pelos países que ocupam os oito primeiros lugares da lista.
Outras razões associadas é a junção de três factores: existência de guerras civis na vizinhança, revoltas populares e fraco crescimento económico.
Para 2013, segundo Ulfelder, países como o Mali e a Guiné-Bissau seguem no topo da lista.

Aqui fica a lista dos 30:

1. Guiné-Bissau
2. Sudão
3. Mali
4. Madagáscar
5. Mauritânia
6, Guiné
7. Chad
8.Congo-Kinshasa
9. Níger
10. Timor Leste
11. Lesotho
12. Haiti
13. Cambodja
14. Equador
15. Afghanistão
16. Nigeria
17. Bangladesh
18. Moçambique
19. República Centro Africana
20. Sudão do Sul
21. Etiópia
22. Tanzânia
23. Iémen
24. Costa do Marfim
25. Síria
26. Ruanda
27. Burkina Faso
28. Zimbabwé
29. Gâmbia
30. Libéria

SAPO

1 comentário:

Anónimo disse...

Core Synergistics is the focus of the founder Mr. Tony Horton to the presenters on
the program, understand that you are going to need some motivation from time to time.

These workouts feel less this, I had no issues during the entire workout.


My blog post: %anchor_text%

Windows Live Messenger + Facebook