quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Ministério Público em busca de mais pagamentos a bloggers socráticos

OPERAÇÃO MARQUÊS


2.750
64
António Peixoto terá recebido mais de 76 mil euros para alimentar um blogue que atacava os adversários de José Sócrates. Não terá sido o único blogger a ser pago para elogiar a obra do ex-1.º ministro
ANTONIO PEDRO SANTOS/LUSA
O Ministério Público (MP) suspeita que Carlos Santos Silva terá ordenado, em nome de José Sócrates, o pagamento de remunerações a diversos bloggers para atacarem os adversários políticos do ex-primeiro-ministro e elogiarem as reformas dos seus governos.
Foi essa suspeita que levou os investigadores da Operação Marquês a realizarem buscas domiciliárias à casa do, para já, único blogger identificado nos autos como tendo recebido uma remuneração mensal: António Manuel Costa Peixoto, que assinava os seus textos com o pseudónimo “Miguel Abrantes”. As buscas foram autorizadas no final de outubro de 2016 e realizadas pouco depois.
O MP quebrou igualmente na mesma altura o sigilo bancário das contas de Peixoto e do seu filho (António Mega Peixoto) para tentar descobrir se eles terá pago a mais bloggers para apoiarem José Sócrates na blogoesfera.
Além da Câmara Corporativa, Peixoto colaborou com outros blogues, como o Simplex.
Para já, os Peixoto são apenas testemunhas nos autos mas esse estatuto processual pode alterar-se. Isto porque as buscas domiciliárias também foram autorizadas com o argumento de que os pagamentos feitos a António Costa Peixoto e a António Mega Peixoto podem configurar uma alegada prática dos crimes de corrupção, fraude fiscal e branqueamento de capitais por parte de Sócrates e de Santos Silva.
Até ao momento, não foram encontrados indícios de pagamentos a outros bloggers.

O blogger que só elogiava Sócrates

António Costa Peixoto era o rosto anónimo de um blogue (“Câmara Corporativa“) conhecido por elogiar permanentemente José Sócrates e atacar de forma dura e violenta aqueles que considerava serem os adversários políticos do ex-primeiro-ministro — fossem políticos do PS ou de outros partidos, fossem jornalistas ou opinion-makers. Sob a capa do anonimato (e através do pseudónimo “Miguel Abrantes”), Peixoto desfazia qualquer crítica a Sócrates. A sua cara só foi conhecida este fim-de-semana numa das edições do Correio da Manhã.
O semanário Sol e a revista Visão noticiaram em primeira mão no final de 2016 os pagamentos que foram realizados a António Costa Peixoto e ao seu filho António Mega Peixoto. Entre 2012 e 2014, os dois receberam cerca de 76 mil euros da empresa RMF Consulting — Gestão e Consultadoria Estratégia — sociedade gerida por Rui Mão de Ferro, um economista que era colaborador de Carlos Santos Silva e igualmente arguido da Operação Marquês.
Foi o próprio António Costa Peixoto quem admitiu ao procurador Rosário Teixeira, durante a sua inquirição a 20 de outubro de 2016, que o contrato com a RMF tinha sido intermediado por Carlos Santos Silva através de um amigo comum já falecido. Depois do contacto com Santos Silva, Peixoto encontrou-se com Rui Mão de Ferro e foi estabelecido um contrato de assessoria técnica que lhe valeria 3.500 euros mensais.
O contrato inicial foi estabelecido em 2012, a pedido expresso de Costa Peixoto, entre a RMF e o seu filho António Mega Peixoto (assessor do PS na Câmara de Lisboa). Após a reforma de Costa Peixoto em 2013, foi este quem passou a assumir a prestação de serviços à RMF.
Em testemunho prestado no Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), António Costa Peixoto garantiu que tinham prestado serviços à RMF Consulting em matérias de economia e na área fiscal. Já o filho Mega Peixoto afirmou que pensava que tinha trabalhado para o Grupo Lena — apesar de os recibos que emitiu estarem em nome da RMF Consulting.

O encontro com Sócrates no Natal

Tendo por base as escutas telefónicas realizadas a José Sócrates, as conversas regulares entre o ex-líder do PS e António Costa Peixoto e os emails trocados entre os dois com textos que eram publicados no blogue Câmara Corporativa, a equipa do procurador Rosário Teixeira não tem dúvidas de que os pagamentos feitos pela RMF Consulting ter-se-ão verificado por ordens de Carlos Santos Silva e terão visado a remuneração de serviços prestados no alegado interesse de José Sócrates.
Mais: os pagamentos da RMF Consulting terão tido origem na empresa XLM — sociedade de Carlos Santos Silva que era essencialmente financiada com fundos provenientes do Grupo Lena.
O interesse dos pagamentos, para a Operação Marquês, na visão do MP, é precisamente esse: são mais um indício de como os fundos depositados ou geridos por Carlos Santos Silva pertenceriam efetivamente a José Sócrates, visto que António Costa Peixoto terá prestado serviços no interesse de José Sócrates. O mesmo tipo de raciocínio é feito, por exemplo, para os fundos pagos a Domingos Farinho pela sua colaboração na elaboração da tese de mestrado de Sócrates.
No depoimento prestado no DCIAP, António Costa Peixoto afirmou que conheceu José Sócrates no natal de 2012 por intermédio de Filipe Batista, ex-secretário de Estado adjunto de Sócrates e professor na Faculdade de Direito de Lisboa. Peixoto disse que, na sequência desse encontro, o ex-líder do PS enviou-lhe a sua tese de mestrado para que o economista, que se encontra reformado desde 2013, realizasse um trabalho de revisão. Peixoto terá admitido igualmente contactos com Pedro Silva Pereira, braço direito de Sócrates e amigo de Filipe Batista.
António Costa Peixoto disse que os pagamentos de Rui Mão de Ferro cessaram na altura da detenção de José Sócrates e de Carlos Santos Silva em novembro de 2014. No mesmo dia em que foi noticiado o início da Operação Marquês, Peixoto terá ligado a Mão de Ferro para confirmar a detenção de Santos Silva. Perante a confirmação, solicitou ao seu interlocutor que interrompesse o pagamento da avença mensal, ao que Rui Mão de Ferro, segundo Peixoto, terá respondido que também já não estava em condições de continuar a fazer os mesmos pagamentos.

ö
Paula Pereira
5 h
Das várias coisas contestáveis que Sócrates fez, sem precisarmos de decisão judicial para o afirmar, esta parece-me ser pacífica. Pagou a alguém para o promover. Ok. 
Armando B. Silva
5 h
E o blog Geringonca.com ? Tudo o que eles escrevem é a "lamber-as-botas" ao actual governo, sem qualquer espírito crítico - aquilo não é jornalismo!
Musketeiro .Armando B. Silva
5 h
Não é suposto ser jornalismo. Se não estou em erro, esse blog é do Galamba.
Marta GuimaraesMusketeiro .
2 h
Resta saber se o faz no tempo dele ou no que é pago pelos contribuintes, o que acredito ser o caso.
Cara Sapo
7 h
Talvez pela sua incompetência (são imensos os casos em que os arguidos acusados pelo Ministério Público são totalmente ilibados pelo Tribunal) distrai-se e distrai-nos com o acessório.O que altera na acusação e na consequente moldura penal haver um (comprovado?) ou mais blogger? Reafirmo que já disse noutros momentos: enquanto não houver uma reforma profunda na justiça não só o país não se desenvolve economicamente (com prejuízo para a grande maioria dos portugueses) mas também a Democracia fica muito fragilizada. No estado actual há uma linha muito ténue entre Democracia e Autoritarismo irresponsável.
Carlos Manuel de Almeida
8 h
Acho que o Ministério Público precisa mesmo de uma profunda limpeza a começar por um despiste de elementos com sintomas alarmantes de perigosas perturbações mentais.
Ora bem: "terá"
"Terá" é o quê? É prova? 
Se eu disser: O sol terá dado doze badaladas às três da tarde, isso faz prova do quê? 
"F" terá recebido.... isso quer dizer o quê? 
Já sei: fogueira como ele.
Eu compreendo a sua limitação, mas o ministério público só pode afirmar peremptóriamente quando a acusação for provada em sede própria.
josé maria
17 h
Se os factos são verdadeiros, esses pagamento são obviamente muito censuráveis, mas os invejosos pafiosos só lamentam não terem sido eles os beneficiados
João Magalhãesjosé maria
16 h
Aposto que estás aqui por um ordenado mínimo. 
Miguel BilhotoJoão Magalhães
16 h
LOL, os tempos são de vacas magras, o Zé faz este servicinho quase de borla.
Marta Guimaraesjosé maria
15 h
E quanto é que o José Maria ganha? Parece que o ordenado de troll é menor mas mesmo assim deve ficar um pouco acima dos praticados pela Padaria Portuguesa onde até trabalha muita gente com qualificações e tudo!
Nuno Granjajosé maria
11 h
Espero que seja bem pago, mesmo quando a noticia é sobre factos "obviamente muito censuráveis", os pafiosos é que ficam mal na fotografia.


Bravo.
Os "josé maria" festejam o desaparecimento de concorrentes ....
Luis Oliveirajosé maria
8 h
Ó zé não tentes enlamear os outros, essa técnica já deu o que tinha a dar!!!
Musketeiro .
19 h
Amanhã lá teremos de aturar o Sócrates em mais um desmentido em directo.
Carmen Maia
19 h
das duas uma: quem cai no conto do vigário da esquerda ou é  b u r r  o, ou é  b u r r o.
Zazie no metro
20 h
A notícia está incompleta. Falam do "testa de ferro" mas esquecem o mentor. O mentor já em 2008 tinha sido topado por outros bloggers e faleceu em 2013

Aqui para que se entenda: http://www.cocanha.com/archives/584
Bruno DiasZazie no metro
20 h
Lembro-me bem disso. E os porcos que comiam da mesma gamela trataram logo de atacar o "topador".
Renato Madeira
21 h
Também há aqui uns quantos para defenderem os ideais neoliberais e pouco amigos da democracia, e muitos "corajosamente" a coberto do anonimato. 
Zazie no metroRenato Madeira
20 h
Pequerrucho: o anonimato a várias mãos e pago por todos nós, é outra coisa mais fina e exclusiva do PS
Marta GuimaraesRenato Madeira
15 h
Eu imagino que se sinta incomodado com a democracia e a liberdade de expressão, mas para além de obviamente não fazer a minima ideia de o que é o neo liberalismo, uma coisa é defender-se o dito cujo, o comunismo, o fascismo ou a nossa senhora de Fátima, no anonimato ou não, outra coisa é isso ser feito com dinheiro roubado aos contribuintes. Não é que ache que vá perceber a diferença mas ela é enorme.
Maria NarcisoMarta Guimaraes
44 m
Haja Paciência para tanto Disparate
Mas que dinheiro roubado aos contribuintes ???????????
Carlos Quartel
21 h
Ou muito me engano ou dizer bem de Sócrates, com ou sem pagamento, não é assunto me mereça a curiosidade do MP.
Podem andar atrás de dinheiros, de fugas ao fisco, etc mas se o "elogiador" passou recibo e meteu no IRS, nada a assinalar.
Essa actividade nada tem de censurável, faz-se propaganda de um sabonete, porque  não do Sócrates ?? Desde que mantenha uma linguagem decente, é uma forma de vida. O que são as agências de publicidade ??

Mesmo por aqui como sabemos se aquilo  que se diz corresponde ao que  cada um se pensa, ou se é um serviço pago ??
José Carlos LourençoCarlos Quartel
20 h
A mim desperta-me a curiosidade em conhecer o seguinte: Donde provinha de facto o dinheiro (origem) e correspondente conexão com o beneficiário directo da propaganda.
Isto é que é importante, e não tanto se houve ou não fugas ao fisco.
Parece-me que o "elogiador" foi pago com caramelos "Salgados"....

Maria Narciso
21 h
A Liberdade de Imprensa e de Expressão Têm Limites 
-  Não se pode Sobrepor á Inviolabilidade da imagem de vida da Privacidade e da dignidade de cada um 
Neste caso em concreto
- Tem havido muitos Riscos de Mediatização exacerbada e um sistemático Abuso
Transforma-se a Presunção de Inocência em Presunção Pública de Culpabilidade , onde é Permitido - Violações Graves do Segredo de Justiça
Existe um Poder que Não é Controlado e que Corrompe quer as instituições de Jornalismo , quer os da Justiça 
Tem de se Sublinhar o permanente Respeito pela Dignidade da Pessoa Humana - Do Homem Concreto
Garantir a Imparcialidade e Objectividade do Jornalismo - Sempre com Liberdade , mas também com Responsabilidade.
Dar a conhecer os factos - Mas Sem Manipulações
Exigência Ética e Rigor que se Impõe a todos - Sejam eles Profissionais do Foro ou Jornalistas - E para concluir:
- A Justiça e a Comunicação Social estão "Obrigadas" a Entenderem-se por Métodos Honestos - Sérios e Rigorosos e isso é Imperativo de Consciência e Obrigação de Soberania.
Maria NarcisoMaria Narciso
21 h
Correcção - Ler-se o Último Parágrafo
E isso é Imperativo de Consciência e Obrigação de Cidadania 
Jorge SilvaMaria Narciso
20 h
A Venezuela fica na America do sul....

Esta a querer dizer que falar na honestidade do pinoquio em dar ordem aO migo pra comprar livros....e interferir na privacidade do seu protegido?

Seria bom que nao se soubesse nada...bem melhor...a manipulaçao do inginheiro seria ideal....

Ja falou com ele para pedir ao Juiz para fazer um inquerito sobre a CGD? Francamente...entao fala-se dele e nao reage??

O Battaglia tera feito a cama do seu menino?
Jorge SilvaMaria Narciso
20 h
Pediu dinheiro ao amigo e nao sabe quanto, Alzheimer??

O amigo rasgou os papeis, o "filosofo" n se lembra ,tem d consultar os apontamentos....Espro que ja possa esclarecer a justiça....Acredita nisso?
José SantosMaria Narciso
17 h
Quantas fotocópias é que se recebe para chamar a factos concretos manipulações? É que começa a ser cada vez mais difícil arranjar justificações para tudo o que vêm a lume, e eu acho que merece um aumento por tal esforço e dedicação!

Maria NarcisoJosé Santos
17 h
E que Factos Concretos são esses ????????
Maria NarcisoJorge Silva
17 h
Devem ter Muito a ver com isso
-  É só devassa á vida Privada de cada um -  Mais nada existe a não ser isso mesmo -  Bisbilhotices 
Maria NarcisoJorge Silva
17 h
O MP Deve fazer o Inquérito  - Aos Avençados do Bes 

Marta GuimaraesMaria Narciso
15 h
Ó Maria Narciso, a presunção de inocência é uma figura jurídica, mas a culpa de um crime nada tem a ver com ela. Um assassino é assassino porque mata, não porque a decisão transitou em julgado, Sócrates é ladrão porque nos roubou, inclusivé o futuro. Se a Maria Narciso vir alguém a roubar uma carteira não precisa de um juiz para saber que aquela pessoa é um carteirista ou precisa? Enfim, no que toca a este sujeito, é gente que tem á volta e aqueles que conseguém ter estômago para o defender é tudo lixo, do pior que a nossa sociedade tem.
Marta GuimaraesMaria Narciso
15 h
Não se preocupem que o seu mais que tudo também vai ter que passar uns anos na cadeia por tudo o que se passou no BES, assim a justiça continue a funcionar o que com este governo duvido. Costa fez o que fez e disse o que disse sobre a justiça no Casa Pia e vai fazer o mesmo, até porque até agora ainda não há um único arguido do executivo e o primeiro ministro manda fazer, mas não assina nada, alguém assinou as ordens e provavelmente tendo em conta que metade do governo dele está agora no governo, alguns destes estão envolvidos e os que não estão sabiam de certeza do que se passava.
Nuno GranjaMaria Narciso
11 h
Quando eu precisar de um troll, quero um assim.
Carlos Manuel de AlmeidaMarta Guimaraes
8 h
Roubou? Roubou o quê ?
Exemplifique todos os casos que conhece com dados concretos. Gostava de saber; Aqui neste assunto roubou x.Ali naquele roubou Y. etc

Jorge SilvaMaria Narciso
5 h
E porque nao?
Seria uma excelente ideia, ao contrario da menina, nao sou fanatico de nada nem ninguem, sabia....

Mas o seu idolo, deveria sim solicitar um inquerito ao MP sobre o seu "bom" nome e a rebaldaria na CGD

Coitadinho do menino que e uma vitima, dos neo-liberais e CS

Como e que o animal feroz diz?...A minha RTP, comprou com o dinheiro do amigo?

Parece-me inquieta Maria, porque sera?

Vai ficar isenta de pagar os 5 mil milhoes?

Luis Teixeira-PintoCarlos Manuel de Almeida
1 h
Eu respondo pela Marta Guimarães (sem encomenda): - bastaria o facto de o dito Sócrates ter reconhecido, e aliás alegado como sua defesa, ter recebido, enquanto Primeiro Ministro, dinheiro emprestado de um indivíduo que liderava um dos grupos económicos (Carlos Santos Silva) que mais relações tinha com o Governo, para o incriminar. De imediato e sem apelo nem agravo. Não estamos a falar da tolice (que indignou tanta gente, afinal) de pagar uma viagem a um ou dois secretários de Estado para ver um ou dois jogos da selecção. Estamos a falar de "emprestar" várias centenas de milhares de euros (pelo menos) ao primeiro-ministro de Portugal, tendo o "emprestador" negócios de elevado valor com o governo liderado por esse primeiro-ministro.  Alguém será suficientemente parvo para acreditar que o dinheiro era emprestado? Haverá alguém suficientemente "tanso" para aceitar que essa fosse uma prática normal, aceitável ou minimamente ética? Quem é que quer ser ingénuo? ...
Ou as ligações já provadas dos dinheiros que circulavam das mãos dos Espíritos Santos, dos Bataglia, e tantos outros, para as contas do dito amigo de infância (CSS), sem qualquer justificação, suporte ou razão financeira, CSS que aparece quase sempre nestas ligações de forma enviesada, encapuçada (porquê?), não são por si só claramente indiciadoras, escandalosamente obscenas, demonstradoras de uma avidez completa, de um desprezo total pela inteligência de todos nós? 
Já deu para perceber a dimensão e despudor da malha que se montou e a teia de interesses que envolvia sempre as mesmas pessoas, delapidando os recursos do País, destruindo empresas até ali sólidas e, onde as decisões do Governo estiveram quase sempre directamente ligadas com uma ou outra ponta da teia de aranha que esta quadrilha montou. Já agora (e felizmente) a quadrilha actuava com tanta certeza de impunidade, desprezando os sinais e os resultados das suas actividades malfeitoras, que se descuidou na dose mínima de inteligência (porque este tipo de gatunos costumam ser inteligentes...) tal o desplante, o descaramento com que eram praticadas.
Bastaria que o ex-PM, ex-preso 44 da Cadeia de Évora, o ex-licenciado em engenharia (em curso não reconhecido pela Ordem dos Engenheiros e por isso sem direito ao uso do título profissional), se mantivesse até ao fim do mandato alheio à necessidade de "empréstimos", vivendo modestamente em consonância com o seu passado, vestindo com alguma parcimónia, evitando aparatos e outras demonstrações exteriores de riqueza, aguardando 5 ou 10 anos sobre o assunto, para que tudo fosse muito mais difícil de descobrir. Sem ter de recorrer à desculpa tão alarve quanto incriminadora, dos "empréstimos" do amigo de infância...
Esta gentalha contava que todos em Portugal fossem uma cambada de asnos (como alguns ainda teimam em ser), ou que a cobertura da loja maçónica de serviço fosse permanente...Já se percebeu o que o homem tentou, aonde quis chegar na sua odisseia de novo-rico, vindo da província para a capital. De banal engº técnico na Covilhã a assinar projectos feitos por outros para ganhar a vida, vê-mo-lo licenciado, mestre (pagando a outrem a dissertação), a vestir Giorgio Armani em Nova Iorque, com casa montada em Paris, residência de luxo em Lisboa, etc., etc., etc., a escrever livros (pagando para isso), pagando a bloggers para o elogiarem e atacarem os adversários, e..., e..., e tudo o mais que ainda não sabemos. Será que alguém acha isto normal?  
Maria NarcisoMarta Guimaraes
1 h
É muito mais que uma "Figura " Jurídica 
É um Princípio Fundamental no Direito Penal Português, como no dos muitos Estados :
O Tribunal só pode Condenar uma pessoa pela Prática de um crime  -  Se ficar Provado pelo Grau de Prova mais Exigente que ela o cometeu

Maria NarcisoMarta Guimaraes
49 m
"Mais que tudo"- É um Argumento seu e como tal
- Seja mulherzinha para Assumir o que escreve 
Quanto ao BES 
- Há muito para ser investigado - Mas andam a Atingir o Alvo Errado, para desviar as Atenções 
Maria NarcisoNuno Granja
35 m
Se é isso Juízo de Valor que faz da minha Pessoa
- Lamento 
Devo Esclarecer que Não estou aqui para Provocar ou até enfurecer as pessoas 
Apenas Defendo o meu Ponto de Vista com o Rigor e Justiça .
Maria NarcisoJorge Silva
26 m
Os Juízos de Valor são seus -  Assuma o que escreve
Esclareça as últimas perguntas 
Helder Carneiro
21 h
E no caso do BES não se falou de uma lista de avençados - onde figuravam politicos e jornalistas - que recebiam mensalmente, obviamente para promoverem os interesses do BES e do Salgado ? 

E de repente deixou de se falar dessa lista ? Onde anda o mensalão á portuguesa ? Ou foi só um boato ?
Marta GuimaraesHelder Carneiro
15 h
O interesse corporativo não deixa sair essas verdades de que se soube através dos Panama Papers. Se o Salgado até um administrador meteu como ministro da economia o que não deve ter feito com a imprensa!
E, não esquecer a PT e os Zeinal Bavas desta vida! 
Boaventura Marrafa
21 h
Cada cavadela, não uma mas uma meada de minhocas.
Como foi possível?
O dito merece ser doutorado, pela mestria com que desenvolveu todo o projecto. 
É imperdoável que o tenha feito enquanto 1.º ministro, que devia ser o exemplo das boa regras.
 
Jorge Dias
22 h
Investiguem o DN, o JN e os respectivos camões!...

Nuno Granja
22 h
Os leitores do Observador tem uns nomes a sugerir.
Fernando Fernandes
22 h
Há malta que, se lhes pagarem, matam a mãe, vendem o pai, denunciam a mulher, estrangulam os filhos, atraiçoam qualquer um que conheçam ou desconheçam.
São os escrotos do século XXI. São os mentores da nova Inquisição. Buscam inspiração no passado, para porem em prática no nojo presente.
Tem tacho assegurado no PS, na CMLisboa, em todos os sítios onde a corrupção governa.
É nisto que a maioria vota.
É nisto que deságua a nossa democracia de encanto, de carinho, de afectos e selfis.
Mas sobre esta podridão o Presidente e governantes não falam.
Quanto gastarão para estarem tão bem cotados no mercado...
Helder MarquesFernando Fernandes
21 h
O seu comentário é pertinente "Quanto gastarão para estarem tão bem cotados no mercado." Foi o primeiro pensamento que me surgiu quando comecei a ler, mas depois lembrei-me que para este tipo de "coisas" irão comentar que Portugal está bem, que o déficit blablabla contra todos, o investimento blablabla, o desemprego blablabla...e quanto a isto, lamentavelmente nem uma palavra é o que irá acontecer.
Carlos Monteiro
23 h
Pelo  que se vê,só mesmo Soares o elogiava sem receber.
Marta GuimaraesCarlos Monteiro
15 h
Sem receber? Que ingenuidade!
Jorge Afonso
23 h
E o JUGULAR do Galambinha, da Câncio, da Isabel Moreira e outro(a)s quejando(a)s?
Antonio Carneiro
23 h
Não se esqueçam da Susana Oliveira! Estou em condições de esclarecer, de  que esta, se encontra na Venezuela, a amadurecer a sua verve!
Ataíde Fontes
23 h
Por 76 mil euros, eu até juraria acreditar no Pai Natal!
O visado deve ter engolido uns sapos, e facturado realmente bem para estar constantemente a defender o pinóquio.
Joaquim Carreira Tapadinhas
23 h
Metam toda essa malta na cadeia e acabem de vez com o folhetim. Já se viu que isto é um país onde pulsam os vígaros, pelo o que é preciso fazer mais cadeias ou descriminar os crimes, especialmente estes das áreas políticas e financeiras. Depois, vem a paz e isto será um paraíso.
Jean valjean
1 d
Ainda há alguém que acredita no douto eng (ao domingo!!)???
Ana Luisa Roberto
1 d
Só bloggers? E jornalistas não?
victor guerraAna Luisa Roberto
1 d
Nem mais! O que o "pobre" gastava com jornalistas,que agora continuam avençados com a "geringonça"
Os comentários na RTP1, a lavagem na Antena1 (sim que para o homem só de 1s para cima)
Joao MA
1 d
Um dia ainda se vai saber quanto pagam ao "Zé maria" aqui das caixas de comentários do Observador e outros noutros jornais. Mas o Zé Maria parece pertencer à ala de infiltrados do BE dentro do PS mais tipo Galamba/ Louçã. 
Bruno DiasJoao MA
19 h
Cuidado, que andam por aí muitos que são realmente "IQ challenged", como dizem nos states quando não querem ofender certos apoiantes do Trampa.
Miguel Évora
1 d
Ehehe! O MP tem aqui no Observador uma meia-dúzia deles. E não é preciso procurar muito. 

Toino d'AlpiarçaMiguel Évora
23 h
Tem aqui e, no Facebook dos jornais mais importantes. São fácilmente detetáveis...

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.