sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Nossa Primeira-Dama, Isaura Nyusi, chegou à cidade de Pemba



Ericino de Salema adicionou 5 fotos novas.
23/2 às 15:09 ·



Nossa Primeira-Dama, Isaura Nyusi, chegou à cidade de Pemba às 13:05 horas de hoje. Pista do principal e único aeroporto da urbe que alberga a terceira maior baía do mundo transformou-se, por cerca de 40 minutos, em "palco de festa". Alunas e alunos bem comportados foram dar boas-vindas à nossa Primeira-Dama. O Estado, por via de alguns dos seus servidores, e um certo partido político e uma das suas organizações sociais, não quiseram perder a oportunidade, conforme o documentam as imagens!...
Atrasos da LAM? Considerando que a "inediticidade" é um dos mais importantes valores-notícia (critérios para que um certo acontecimento ganhe, em condições normais, o estatuto de notícia), acho que tal, sendo habitual, já nem tem "relevância noticiosa"...


13 comentários
Comentários


Claudio Nunes Mut triste os alunos foram obrigados a nao estudar pra receber a tal primeira dama...? So no país do padza mesmo
Gosto · 3 · 23/2 às 15:35


Dinis Chembene E até que os alunos devem ter gostado desta folga e de ter conhecido a primeira dama...
Gosto · 2 · 23/2 às 15:47


Calisto Cumbana Os alunos e professores foram obrigados abandonarem as aulas. Não de livre e espontânea vontade
Gosto · 1 · 23/2 às 15:55


Alírio Nicopola Depois queremos que os moçambicanos a todos os níveis sejam bem educados e produtivos ... Boa viagem quadro, até já.
Gosto · 2 · 23/2 às 16:05


Arnaldo Bande Jr. Esse certo partido me tira do sério, assim vão marcar aulas num dos sábados pra substituir o dia de hoje? É k no plano de actividades anuais do Mined não estava prevista essa peregrinação
Gosto · 1 · 23/2 às 17:01


Celio Mathe Até podem ser alunos que tem aulas no período da manhã e foram "convidados" a receber a 1 dama...
Gosto · 1 · 23/2 às 18:25


Nguila Nyangulane Ainda vigora a "Primeira Republica"?
Gosto · 3 · 23/2 às 18:55


António Botelho de Melo Tinhas dúvidas?
Gosto · 1 · 19 h


Julio Lacitela Cidade inteira no aeroporto. Bem vinda senhora!!!
Gosto · 23/2 às 20:00


Carlos Mauricio So queria ver se fosse outra figura do Estado, que nao fosse do partidão...
Gosto · 23/2 às 20:46


Luís Loforte Não vale a pena, Ericino, não só se faz com a Primeira-Dama, como com todos quanto apareçam pelos aeroportos vestidos de poder. Os gabinetes estão vazios, podes entrar e sair com o que quiseres, os alunos perdem aulas, não só naqueles dias, mas em outros tantos porque, entretanto, estão a ensaiar. Esta malta não tem sensibilidade para a importância do ensino, vive da celebração e para ser celebrada!
Gosto · 3 · 15 h · Editado


António Botelho de Melo Os "outros" que trabalhem para criar riqueza.
Gosto · 2 · 19 h


Luís Loforte Mesmo os que trabalham têm de parar para ir às hosanas. Dos passageiros a embarcar, não interessa se eles têm ou não compromissos nos respectivos destinos, se eles têm ou não ligações. Pior ainda é que estas práticas são replicada nos distritos, pelos governadores, tudo pára, na semana em que lá vai, na semana anterior (preparativos) e na semana seguinte (balanço). Alguma coisa tem de ser feita para acabar com esta paralisia do Estado moçambicano.
Gosto · 15 h · Editado


Queba M'pika Africa SEMPRE ATRASADA!!! Quem DEVE receber a Primeira Dama sao os membros do Governo,lideres comunitarios,etc.etc!!! Menos estudantes!!! O Donald Trump tem razao... Juro.
Gosto · 1 · 14 h


Luís Loforte É porquê membros do governo? A Primeira-Dama não é membro do governo. Ademais, movimentar membros do governo custa dinheiro ao Estado, há muita coisa que pára, há pessoas esperando pelas decisões deles. Ainda admito que a senhora seja recebida por responsáveis da área visada pela visita, mas nunca por todo um governo provincial. Às vezes, neste regabofe, gasta - se mais dinheiro do que se gastou para a consecução do projecto que vai visitar. Para mal dos nossos pecados, nunca vi uma reflexão sequer dos habituais "extensionistas" ideológicos cá do burgo. Diz algo, Julião João Cumbane!
Gosto · 13 h


Leví Matsinhe Ela merece!! e primeira dama da republica. Mas impedir crianças de estudar? não sei se e razoável. Mas, como e pratica. Todas administrações anteriores sempre o fizeram e ela tem que fazer também. Mas não reclamemos fraca qualidade de aprendizagem dos nos alunos.
Gosto · 11 h

1 comentário:

wilson angelo alfredo disse...

Eles prejudicam a nós visto que os filhos deles, mandam estudar nos paises por onde o ensino é de qualidade e onde as primeiras damas nao têm quase funcao na governacao!