quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

PARABÉNS PELA ADMISSÃO, NOSSOS FUTUROS DOUTORES


Ano passado andou por aqui uma pleiade de criticos de pautas em que certos professores universitários (desculpem, docentes, doutores, ohhh) reprovaram quase na totalidade turmas de 40 estudantes ou mais.
Para tais analistas - que entendidos nos problemas do sistema de educação - o professor-reprovador devia sentir vergonha, se retratar na pauta, pois aquilo ilustrava também o seu desempenho profissional. Para muitos desses mesmos criticos, o maior argumento era de que o problema daquelas pautas vermelhas residia naquele que ensina sem entender didácticas, pedagogias, ética, sobretudo numa situação em que muitos "doutores" são "turbos", que se não tem tempo para endireitar a camisa suja, tao pouco tempo teriam planificar as aulas, e outros etc.
Fora esses estudiosos das pedagogias, haviam os especialistas em criminalistica e ética, que asseveravam que "os estudantes nao soltaram guita para o teacher".
Estamos a falar de anos passados. Condenamos os professores anos passados. Categorizamos minimalisticamente os professores, sem no minimo atendermos que o pressuposto da reprovação é que o estudante (ou melhor, digo, discente!) não satisfez as condições fundamentais de avaliação - qualificativa e quantificativa - definidas nas competências/ objectivos/ conteúdos da disciplina.
Esta semana, as IES publicas começaram a publicar resultados de exames de admissão. Repetiu-se a mesma miséria dos anos transactos: candidatos a "doutores" a admitirem à universidade com nota média 2. (já vi admitidos com média 0.9). O meu problema nem está aí. O que me inquieta é que agora estamos todos a endereçar "parabéns pela admissao" com 2, e no final do semestre todos vamos abusar do nosso direito a amnesia selectiva... que síndrome colectiva.
Hoje são poucos os que questionam "são esses que admitem com 1 que devem ter 10 para transitar na faculdade?". Vejamos que esta pessoa só se preparou para ir fazer 2 exames, e a nota máxima que teve foi 2, e na faculdade vai ter um mínimo de 6 cadeiras que requerem nota 10 (salvo excepções, se houver) para transitar. São 6 "professores carrascos, que não entendem de pedagogia, anti-eticos, corruptos" e outras categorizacoes típicas nossas que usamos para servir de eufemismo aos nossos fracassos.
Assim, nós analistas do facebook vamos no final do semestre dizer "esse professor nem ele próprio entende de estatística, pois calculou mal a média dos estudantes", ou que "esse professor pensa que neste país só ele sabe disto", blablabla, e nos esquecemos que o professor tem nas suas turmas esses candidatos admitidos com nota 2 que hoje endereçamos os merecidos PARABÉNS PELA ADMISSÃO.
_______
Eu tenho saudades dos tempos em que o exame de admissão era de admissão mesmo. Aquele tempo em que nota 10 (dez) era a condução, se não conseguisse na primeira, tinha a 2a. epoca para ir se defender. Aquele tempo em que o exame era escrito, dissertativo-argumentativo, e não essa coisa de múltipla escola. (Nada contra a múltipla-escolha, mas heishhhhhhhhh, é tão prima daquelas famigeradas passagens automáticas).
Meter o bico em todos assuntos é normal - eu também o faço - mas ainda acho que se cada um fizesse análise sobre aquilo que entende mais-ou-menos, talvez houvesse um pouco de justiça e menos prostituição intelectual... pelo menos no Facebook.
GostoMostrar mais reações
Comentar
13 comentários
Comentários
Jamisse Amisse
Jamisse Amisse Melhor deixar portas abertas para qualquer um com nivel Medio ou equivalent entrar, uma vez k o actual cenario deixa a entender k nao existe minima nota pre estabelecida para admissao nas universidades.
Gosto · Responder · 1 · 3 h
Wilson Profirio Nicaquela
Wilson Profirio Nicaquela Tipo malta eu, analisando ensino. Que nem de ensino sei. hehehehehe. Mas como já abracei a carreira de múltiplo analista, vou fazendo. Fazer o quê mais? Essa "estória" de ir a Universidade para ser endireitado precisa de ser barrada ai onde reina o Minitro Reitor. A redefinição de requisitos de candidatura também clamam pela actualização. Acertos do calendário para todas instituições públicas irá impedir o uso da UP como alternativa.
Gosto · Responder · 1 · 3 h · Editado
Ser - Huo
Ser - Huo Jamisse Amisse, concordo e acordo contigo. sei que houve tempos que se fazia "seleccao" nas escolas, usando criterio "MELHOR ALUNO". Assim era mais justo, ou menos teatral que isto. Então, que se vá as escolas, e que o aluno comessem a candidatura logo no primeiro semestre da 11a. classe.
Wilson Profirio Nicaquela, eu NAO estou contra os "multiplo-analistas". Apenas acho que podemos ser mais logicos e racionais na hora. Muitos de nós dissemos isto agora e dia seguinte nos contrariamos sem nos dar conta da manipulacao mental/intelectual que sofremos, ou por nosso subconsciente, ou pelo meio.
Gosto · Responder · 1 · 3 h
Momade Ali
Momade Ali Muito bom. Apoio e subscrevo a epístola!!!
Gosto · Responder · 1 · 2 h
Bruno Gamito
Bruno Gamito Lá eles conseguirão 3 valores. Kkkk
Gosto · Responder · 1 · 2 h
Wilson Profirio Nicaquela
Wilson Profirio Nicaquela É. Repare que os contra proponentes das reprovações massivas, os mesmos, apareceram rasgando elogios ao Ministro Reitor no fim do seu curto mandato no MINEDH. Aquela medida de max-mini saias ha que se opôs e hoje é pró. Quando se fala de padronização de "Uniforme" escolar não tardaram emergir esses analistas com factor "G" na escala de Binet e Simon?. E encerro mesmo com aquela máxima de A. Inácio : Quando o assunto é educação deixe os que trabalham nela 1o e no fim teceer seu comentário.
Gosto · Responder · 2 · 2 h · Editado
Rui Abudas
Rui Abudas Tentei entender e não consegui...
Gosto · Responder · 1 · 2 h
Francisco Gaita
Francisco Gaita Hoje em dia é constrangedor ser professor, sobretudo quando se tem uma experiência que permite comparar o presente e o passado. se comparasse meus alunos da 7a classe da década 90, com os que tenho agora na Universidade, sentiria mais orgulho por aqueles da 7a. o grave disso é que em vez de pormos a mão na consciência e corrigirmos esse problema, como já tinha começado a acontecer, provemos políticas que intentam para o agravamento da situação.
Gosto · Responder · 2 · 2 h · Editado
Ser - Huo
Ser - Huo Francisco Gaita, bateste na mosca mano, no lugar de sentarmos e discutirmos sem palmadinhas nas costas, preferimos politicas paliativas. Vezes me pergunto onde andam os Doutores em Currículo, os especialistas em Educação quando os político "nos fazem" pinocas de trás? Alguém lá de dentro das Universidades, no Registo Académico, que assina Doutor aka PhD, assina essas pautas de admissão, e amanhã outro PhD de la Direcção Pedagógica vai questionar a pauta de muitos excluídos.
Bruno Gamito, problema é que sem "emulação socialista", ha quem nem 3 valores de 20 consegue ter. Te digo isso triste mano.
Gosto · Responder · 2 h
Francisco Gaita
Francisco Gaita Isso aí. são tantas as questões a levantar, hoje não temos tanta urgência, como aquela de 8de março quer dizer era chegada a hora de pautarmo pela qualidade e nao pela quantidade, que já temos de sobra.
Gosto · Responder · 1 · 2 h
Francisco Wache Wache
Francisco Wache Wache Kakakakakk, muita porcaria junta
Gosto · Responder · 1 h
Gervasioa Absolone Chambo
Gervasioa Absolone Chambo Cremildo Bahule, vejo este pensamento do Ser-Huo que reflecte mostra os dilemas daqueles que passaram com notas de 1 a 8 nos exames de admissão.
Gosto · Responder · 1 h
Cremildo Bahule
Cremildo Bahule Mano, tudo ja foi dito. Que pena que agora nao se admite; sen deixa entrar.
Ser - Huo
Ser - Huo Gervasioa Absolone , é mesmo dilema. Veja que nem tenho problemas com o admitir com nota 1, afinal, havia que s encontrar um mecanismo de selecção. Aliás, ficaria feliz desde que esses tais 'umistas' façam diferenca lá nas salas. 
Me indigno sim com o 
facto de uma sociedade inteira estar a celebrar a mediocridade (algumas daquelas notas de admissão não têm outro nome), e no fim do semestre a mesma sociedade que hoje celebra essas admissões voltar a encontrar bodes expiatórios, indicar os culpados pelo descalabro no aproveitamento pedagógico que resulta desta admissão X selecção...

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.