quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Mulher detida na Beira por falsificar Imposto Automóvel


PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  em 02 Fevereiro 2017
Share/Save/Bookmark
Uma cidadã encontra-se privada de liberdade, desde terça-feira (31), na cidade da Beira, província de Sofala, acusada de falsificação e venda do Imposto Autárquico Automóvel – vulgo manifesto, desde 2015.
A indiciada, identificada pelo nome de Noémia P., foi surpreendida pelas autoridades municipais numa reprografia a multiplicar uma cópia original do manifesto deste ano.
Consta que à data da sua detenção já tinha vendido pelo menos 400 unidades e o negócio não era feito apenas para singulares, como também para algumas empresas, lesando de tal sorte a autarquia local.
Segundo a Polícia, o esquema a que a mulher recorria consistia em pagar o manifesto e a partir da sua vinheta original obtinha várias unidades para a venda.
A ousadia da cidadã é de tal sorte que por vezes praticava o negócio nas imediações da repartição onde se efectua o pagamento do imposto em questão de modo a ter mais clientes.
Para o efeito, ela trazia consigo documentos falsos da edilidade, os quais indicavam que estava autorizada a fazer tal negócio.
Ainda em Sofala, uma outra mulher, por sinal dona de um frigorífico e vendeira de carne, está presa, também desde terça-feira (31), no distrito no Dondo, suspeita de mandar roubar cabeças de gado bovino.

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.