domingo, 30 de novembro de 2014

GRUPO MEDIACOOP NAO RESISTIU AOS MILHÕES DA FRELIMO

GRUPO MEDIACOOP NAO RESISTIU AOS MILHÕES DA FRELIMO
Em Mocambique ja nao ha nenhuma imprensa isenta. Canalmoz, @verdade e gunguTv sao raras excepcoes. Quer dizer, esta tudo vendido neste pais.

AS NUANCES DA PROSTITUIÇÃO INTELECTUAL OU JORNALÍSTICA.
COMO ESTÁ NA MODA DIZER PROSTITUIÇÃO VULGO PUTICE OU PUTARIA

Exemplo ... Mediacoop
Para exemplificar artigos ou artigo do Media Fax
É claro que Afonso Dlakama e a Renamo desmascararam toda uma clique da praça, suas falcatruas , manobras e roubalheiras. Resultado disso são as reacções ridículas e de um desespero comatoso de políticos, governantes, jornalistas, negociadores, ANAListas, G40s e por ai adiante.

O que é bom. Eu gosto de os ver ridículos, despidos de dignidade e honra que alguns demonstraram ter mas que nunca tiveram
De independente o jornal média fax não tem nada… Na sua saga prostituta quer impingir de manso que não houve fraude eleitoral. Que não gostam da Renamo e do Dlakama é uma coisa…Nem são obrigados. E mais, a Renamo e Afonso Dlakama não precisam do vosso amor. Amem a podridão e é isso que merecem. Agora que o queiram ridicularizar nos vossos escritos e textos é uma perca de tempo… Por isso deixem-se de putice jornalística.
O Fundador do vosso Jornal, o Carlos Cardoso disse um dia
- Não se pode por algemas nas palavras
E vocês ao longo do tempo vem afirmando que 
- Não se pode por algemas na mentira

NÃO CONFUNDAM NOTÍCIA COM OPNIÃO. NÃO MISTUREM O QUE E UMA NOTÍCIA COM AS VOSSAS GRACINHAS
Eu apenas tomarei como exemplo uma edição, porque se for a todos os escritos sobre a Renamo, irei escrever um livro sobre putice jornalística e eu não tenho tempo para isso.
Vamos ao exemplo do dia 25 de Novembro de Constantino André e Redacção
Titulo - Afonso Dhlakama na sua chegada à cidade da Beira

Depois de algum BLA BLA BLA
Retirei uns trechos e estou a citar
Trecho I
“As primeiras palavras da figura que continua a levar a Renamo nas suas costas incidiram na crítica aos órgãos eleitorais, particularmente ao posicionamento destes órgãos mediante aquilo que Dhlakama continua a considerar “fraude eleitoral”.”

Media Fax eu vos pergunto
1. Quem vos disse que Afonso Dlakama leva a Renamo nas costas? A Renamo tem secretário geral –O Bissopo. Conhecem? Porta voz – O Muchanga, Liga feminina, masculina, juvenil, infantil, ligas dos pit bulls e bul dogs, negociadores, sapadores, atiradores e por ai adiante. A Renamo é uma organização e Afonso Dlakama seu líder – Incontestável, amado e respeitado pelos seus membros e milhões de simpatizantes. Perceberam?
2. Quem vos disse que é apenas Dlakama que continua a considerar “fraude eleitoral? Se vocês não acreditam que houve fraude então é uma oportunidade para vos dizer que aquelas multidões de Beira e Manica e que vocês viram nas fotos acreditam que houve fraude eleitoral sim. Deixem-se de jargões enganadores e reportem a notícia com exactidão.
Vamos a outro trecho
Trecho II
“Exibindo um discurso pacifista apesar da revolta em torno das supostas fraudes, o líder da Renamo anunciou que, em nenhum momento passa pela sua cabeça, o país voltar ao conflito armado. Para ele, o povo irá encontrar outros mecanismos para resolver os crónicos problemas das fraudes.”

Eu pergunto media fax
1. Que revolta em torno das supostas fraudes? Primeiro – Não são supostas fraudes. São fraudes com factos apresentados, provados, reportados. Se para vocês do media fax a fraude que se registou é uma suposição… Melhor irem as barracas ou dormir porque de jornalistas não tem nada.
2. Torno a perguntar – que revolta? O Dlakama exaltou-se? Duas semanas atrás ele afirmou ao vosso Savana que estava calmo e relaxado. Agora vem desmentir o que escreveram? Alias, o ar jovial e saudável que ele apresenta não tem nada de revolta. Vou vos dizer uma coisa. Quem esta revoltado é o POVO e os JOVENS. Perceberam?
3. Porque andam a repetir que o dlakama disse que não há retorno a guerra? Estão com medo de quê? Quem vos disse que ele começou a guerra? Quem disse que não há possibilidade de retorno ao conflito armado? Quem está amassar tropas na Gorongosa? A não ser que vocês também façam parte activa dessa horda de ANAListas.. Começo a acreditar que sim. O que o Dlakama está a dizer é que não quer o retorno a guerra. O Dlakama quer privilegiar o dialogo. Ele disse que não é preciso AK 47.

Por favor não inventem. Dêem notícias ao povo. Não mintam. Não fiquem nervosos, não entrem em pânico. LIBERTEM-SE
Vamos ao último trecho
Trecho III
“Apesar de o processo negocial estar ainda em curso, a verdade é que em termos práticos, o governo já mandou passear a Renamo na proposta em torno do “governo de gestão”..”

1. Que palavreado é este? Isto é notícia, opinião, propaganda, excertos de um jornal zangado, confuso, prostituto, desnorteado, bêbado, pedrado sei-la mais o quê?
Caro media fax…Deixem me refrescar a vossa memória sobre alguns factos e situações que poderão ajudar juntar uns cacos que servirão para a vossa análise. Se é que podem fazer alguma
a) Lembram-se das aberrações? Aberração da paridade na CNE? Aberração da paridade das FADM? Mais outras aberrações que vocês tenham reportado. Lembram-se? 
Vou lembrar mais uma coisa 
A FRELIMO NÃO ACEITA NADA SEM PORRADA. QUEM PASSEIA A CLASSE PARA MILHÕES DE MOCAMBICANOS SEM PRECISAR DE PAGAR ALMOÇOS E COPOS A JORNALISTAS ? O NYUSSI?

SABEM? PROSTITUICAO TEM PRAZO. ESCREVAM NOTICIAS
Like ·  · 
  • 29 people like this.
  • Paulo Besteleve Besteleve Paulo Quando alguém excerce uma profissão por alternativa o resultado é esse.É difícil fazer o que não aprendemos
    11 hrs · Like · 6
  • Unay Cambuma A ultima entrevista de Dlhakama foi altamente tendeciosa. Andaram a subverter as palavras do marechal. Nao é preciso ir muito longe para ver que o savana esta feito com a frelimo, vejam a quantidade e qualidad d publicidad que tem. So empresas d gabarito.
    11 hrs · Like · 3
  • Francisco Pacheco Chigogoro Chigogoro Mercenarios com capa de jornalistas, gente k so escreve para ter uma tigela de sopa de feijão nhemba
    11 hrs · Like · 2
  • Badjai Namdhasse sim senhora. o Lima sabe de tudo isso?
    9 hrs · Like · 1
  • 9 hrs · Like
  • Isaias Nyamunda por causa do pao e mamteiga ninguem mais diz verdade
    9 hrs · Like
  • Jose Jeco Jeco eu discordo com sigo cambuma quando dizes que todos os jornais estao vendidos,pelo meno na empresa de ondo que sou jornalista ,nos pautamos pela verdade e nao pelos relatorios fantasmas produzido em gabinetes que nao espelha a realidade do povo.
    8 hrs · Edited · Like · 1
  • Unay Cambuma José Jeco, eu elogiei o seu jornal canalmoz acima embora eu saiba que o mesmo tem alguma "simpatia" com o Deviz.
    8 hrs · Edited · Like · 1
  • Andrè Vasco Zionjo Zionjo Aì essas coisas me doem.
    7 hrs · Like
  • Antonio Gulube Admira me quanta suposicao negativa em torno da Renamo caso governe. Pena que muitos futuristas que se apresentam aqui andam com 3 decadas de vida ou pouco mais do que osso. Portanto nao sabem como a Frente de Libertacao de Mocambique estava equipada em varios adpectos. Ninguem demonstra suas capacidades antes que lhe seja dado oportunidade. Mas pra alguns futuristas ja sabem como a Renamo pode governar, etc. Sao os mesmos que diziam que Renamo ja nao tem capacidade armada, ora os apoiantes Yan Smith, regime do apartheid ja nao existem, depois foi tudo oque se viu no centro. Afinal quem nao tem capacidade militar? Tenho vergonha de dizer quem. Os futuristas sao falsos profetas, refiro estes fanaticos nossos compatriotas e outros com mente subornada ja que em Moc tudo e passivel de suborno ou corrupcao.
    7 hrs · Like · 3
  • Filipe Junior Slmplesmente profissionas levianos
    6 hrs · Like
  • Amisse Ali Aiuba Tudo isso é a fome
    6 hrs · Like · 1
  • Gabriel Pangananhe Samson Constantino andre e o resto dos k se dizem jornalista da rádio pax a fundadora do MDM .agora mudou de farda só coração é mesmo. Ta com delírios da derrota na cidade k diziam é deles.
    4 hrs · Like
  • Paulo Besteleve Besteleve Paulo Antonio Gulube é verdade no dia que os G40 serem depenados Moçambique será um exemplo de boa governação.Porisso em pleitos eleitorais na frelimo 1+1=11 sabem o que vai ser deles na oposição.
    • Aziza Throne Bem escrito....
    • David Manganhe concordo!
    • Kruchiev Kalashinikov Bem dito, aprendamos.
    • Manhepa Chitembo Simao Sem comentario,
    • Gulumba D. Mutemba No dia da revolta popular nao sobrá nenhúm órgao de comunicaçao social,todos serao transformados em cinzas. Essa merda de que sao independentes,sao livres de apoiar este grupo ou aquele,sao livres de noticiar o que bem acharem. Nao é verdade,nao podem abusarem da nossa atençao,também do nosso indirecto financiamento. Como sabem,os órgaos de comunicaçao social,os privados principalmente,sao sustentados pelo dinheiro dos patrocinadores,que publicam os seus productos através destes órgaos ,para ouvintes,leitores e telespectadores,que é o povo. Alguns sao financiados com dinheiro dos nossos impostos,que o governo do dia paga á estes órgaos de comunicaçao social,para nos manipular. De uma forma indirecta,estes meios de comunicaçao social,sao por nós financiados, assim que nao estao a servir nos,nao podemos também permitir que continuem a poluír nossas mentes.
    • Manuel J. P. Sumbana Gulumba D. Muthemba, esta tua posição e a da Renamo? Se e quando a Renamo governar, ela irá suprimir o media independentes?

      Responda-me para que eu possa continuar neste debate.
    • Gulumba D. Mutemba Se a Renamo governar e nao servir o povo,serei o primeiro a mandar passear. Jurei na minha vida,que nao quero mais ser membro de nenhum partido politico,mas sim um cidadao vigilante,um cidado que elege um governante e volta a o remover, se nao responder as suas espectativas. Com a actual frelimo podes ter certeza que nao compactuo,o meu desejo é de a ver destruída,para saír uma nova frelimo,talvés melhor.
      11 hrs · Edited · 2
    • Manuel J. P. Sumbana Entâo Gulumba D. Mutemba estamos no mesmo barco. Nâo vamos permitir que os politicos nos passem a perna e para isso devemos é fortalecer os midia independentes a serem realmente independentes para que veiculem fielmente o sentimento do cidadâo. Para isso temos que fiscalizá-los permanentemente mas nâo combatê-los ou extingui-los. Garantir que sejam o mais imparcial possivel.
      10 hrs · 1
    • Fakir Ibrahimo E Verdade em mocambique ja nao temos jornalistas sinao escoveiros

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook