quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Governo remove ponte sobre rio Chipaca


Empreiteiro já iniciou remoção dos tabuleiros
Depois do naufrágio ocorrido, sábado passado, ao longo do rio Chipaca, em Quelimane, a edilidade decidiu remover a ponte sobre aquele rio para evitar que casos similares voltem a acontecer.
A ponte é apontada como uma das principais causas do incidente que matou quatro pessoas. A embarcação, que transportava 24 pessoas, foi arrastada pela correnteza das águas, tendo embatido na ponte que permanece no rio, desde que desabou em 2015.
Ontem, o empreiteiro iniciou com a remoção dos tabuleiros da ponte, com um cumprimento de 94 metros para depois remover a própria infra-estrutura. O trabalho deverá ser concluído em 90 dias porque a esta época do ano, a maré fica quase sempre cheia.

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.