quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Morreu a mulher de Lula da Silva


1
Morreu Marisa Letícia, a mulher do ex- presidente do Brasil, Lula da Silva. Não resistiu a um AVC. Lula da Silva já deu autorização para a doação dos órgãos da mulher.

Marisa Letícia foi primeira-dama do Brasil entre 2003 e 2010
Rahel Patrasso/AFP/GettyImages
A mulher do ex-presidente brasileiro, Lula da Silva, morreu hoje depois de lhe ter sido diagnosticada morte cerebral. O seu quadro clínico agravou-se esta quarta-feira à noite. Marisa Letícia sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) na semana passada e apesar de algumas pequenas melhorias ao início de quarta-feira, durante a noite a ex- primeira-dama sofreu uma regressão drástica no seu estado de saúde.
Na sua conta oficial de Facebook, Lula da Silva agradeceu as manifestações de carinho durante o tempo em que a mulher esteve internada, onde afirmou inclusive que a doação de órgãos já tinha sido autorizada pela família.
Minutos depois alterou a foto do seu perfil, onde surge com a mulher:
Segundo o jornal brasileiro Folha de São Paulo esta quarta-feira, fonte próxima da família tinha afirmado que o estado de saúde de Marisa tinha piorado e encontrava-se em estado grave, depois de a sua pressão arterial ter subido e o edema cerebral, provocado pelo AVC, ter também aumentado.

Quem foi a primeira-dama de Lula

Marisa Letícia Lula da Silva nasceu no Brasil em 1950. Viúva e já com um filho, Marisa conheceu em 1973 aquele que viria a ser o seu marido até aos dias de hoje, Luiz Inácio Lula da Silva.
Mãe de quatro filhos, três deles fruto do casamento com o antigo presidente brasileiro, Marisa tornou-se, em 2003, a primeira-dama do Brasil, quando Lula venceu as eleições presidenciais.
Durante a campanha eleitoral Marisa foi uma voz ativa, tendo participado na maioria das intervenções políticas do marido. Com uma voz ativa na política e militante convicta, Marisa participou em várias ações e manifestações políticas ao longo dos anos.
A ex-primeira dama brasileira teve uma iniciativa invulgar que costurou a primeira bandeira do Partido dos Trabalhadores, o mesmo partido do seu marido.
Morreu esta quinta-feira em São Paulo, aos 66 anos, depois de o seu estado de saúde se ter agravado na sequência de um AVC.
O agravamento da saúde da ex-primeira dama brasileira foi depois confirmada pelo médico de família, o cardiologista Roberto Kalil Filho, à noite que afirmou à imprensa brasileira que o estado de Marisa Letícia se tinha agravado e neste momento era já “irreversível”. Um exame realizado esta quinta-feira permitiu constatar que Marisa Letícia tinha uma circulação mínima de sangue no cérebro. Depois de Roberto Kalil Filho ter confirmado “estado irreversível” na noite de quarta-feira, a morte cerebral foi confirmada esta manhã.
Recorde-se que a mulher do ex-presidente brasileiro Lula da Silva sofreu um AVC, no passado dia 24 de janeiro, e encontrava-se internada no Hospital Sírio-Libanês. Marisa Letícia morre aos 66 anos.
Foi primeira-dama do Brasil entre 2003 e 2010.

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook