segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Paquistão proíbe celebração do Dia dos Namorados que vai “contra os valores islâmicos”


161
1
Os paquistaneses estão proibidos de celebrar o amor neste São Valentim. Um tribunal do Paquistão decidiu que a data vai contra os valores islâmicos e promove "a imoralidade, nudez e indecência".
O Dia dos Namorados está à porta mas nem todos os países o aceitam de bom grado. O Paquistão proíbe, este ano, os paquistaneses de festejar o Dia dos Namorados em público, considerando que vai contra o islamismo.
O tribunal de Islamabad, a capital do Paquistão, proibiu esta segunda feira a celebração do Dia dos Namorados depois do paquistanês Abdul Waheed colocar uma ação judicial contra o Estado argumentando que tais celebrações “vão contra os ensinamentos islâmicos e devem ser proibidas de imediato”.
Sob o pretexto de difundir o amor, de facto, a imoralidade, nudez e indecência são incentivadas, o que é contra as nossas ricas tradições e valores” declarou o paquistanês avança a ABC.
Foi ainda pedido que à Autoridade de Regulação dos Meios de Comunicação Eletrónicos do Paquistão e ao Ministério da Informação que não se promova nem se difunda nada relativo aos festejos do Dia dos Namorados nos meios de comunicação paquistaneses.
A data desde sempre foi controversa e levantou polémica no Paquistão, mas nunca antes se tinha proibido as festividades. Naquele país conservador apenas uma pequena minoria vê “com bons olhos” o Dia dos Namorados, chegando a existir até protestos contra a celebração.
O ano passado, o presidente paquistanês Mamnoon Hussain chegou a apelar para que não se celebrasse o Dia dos Namorados, defendendo que o dia não tem nenhuma conexão com a cultura do Paquistão pelo que devia ser evitado.
Álvaro Rodrigues Asr E parece-me muito bem, é no país deles é lá com eles! O que parece mal, é ver por aqui todos os dias, os desmiolados do costume a defenderem a implantação dos hábitos desta gente na Europa! Isso sim, parece-me muito mal! De tal modo me parece mal, que quase estou de acordo em que se faça um corte de barba e cabelo a esses "activistas" defensores das liberdades culturais! DAESH style evidentemente!
Gosto · Responder · 11 · 8 h · Editado
João L R Abegão
João L R Abegão É bom ver que têm as prioridades ajustadas. Agora falta só tratar da pobreza, corrupção, terrorismo, drogas, infraestruturas de baixa qualidade, violações dos direitos humanos e instabilidade política. Tirando isso tudo...
Gosto · Responder · 4 · 8 h
Gabriela Sotto-Mayor
Gabriela Sotto-Mayor Num país com uma enorme produção cinéfila e em que o tema de todos os filmes é o amor, a infidelidade, a reconciliação e tudo isto a dançar! Tenham paciência!
Gosto · Responder · 1 · 8 h
Francisco Mestre
Francisco Mestre acho que isso é bollywood na india
Gosto · Responder · 3 · 7 h
Álvaro Rodrigues Asr
Álvaro Rodrigues Asr Francisco Mestre É lá ao lado, a dois dedos!
Gosto · Responder · 7 h
Gabriela Sotto-Mayor
Gabriela Sotto-Mayor Pois tem razão, é na india mas devem ser parecidos
Gosto · Responder · 7 h
Samuel Rodrigo Pinto
Samuel Rodrigo Pinto Gabriela Sotto-Mayor São países bem diferentes e além disso inimigos, devido à questão da Cachemira.
Gosto · Responder · 1 · 7 h
Gabriela Sotto-Mayor
Gabriela Sotto-Mayor Não vou discutir consigo mas os inimigos são os governos não os povos
Gosto · Responder · 7 h
Álvaro Rodrigues Asr
Álvaro Rodrigues Asr Gabriela Sotto-Mayor - E se os governos forem eleitos pelos povos, a culpa será de quem? Também não quero discutir, só quero aprender, e nada melhor do que fazê-lo com quem sabe. Sinceramente, um servo seu admirador.
Gosto · Responder · 1 · 7 h
Maria Vargas
Maria Vargas Até faz dó tanta miséria moral! E mais ainda saber, que teem tantos mas tantos, defensores a ocidente. Que lástima de pessoas! Terao neurónios?....
Gosto · Responder · 1 · 7 h · Editado
Maria João Furtado
Maria João Furtado Esta seita religiósa vê-nos como INFIÉIS... Neles o Amor é só Alá. Mulher só para procriar até deichar de ser fertil, e tem quase sempre 3 Mulheres. Para mim nem o ar que respiram. 
Pois é temos pena.
Gosto · Responder · 8 h
Carlos Pulido Almeida
Carlos Pulido Almeida Eles lá não namoram. As miúdas com 6 anos já estão casadas. Maomé casou com Aisha aos 6 anos e aos 9 foi "devorada"
Gosto · Responder · 5 · 8 h
Augusto Henriques
Augusto Henriques Interessante.... E é a esta alegre rapaziada que querem escancarar as portas da europa...
Gosto · Responder · 2 · 8 h
Rui Jorge Martinho
Rui Jorge Martinho Não há muito a comentar , ou poderia haver mas não vale a pena ! Quem quer ser respeitado tem de se dar ao respeito , e eles fazem precisamente o contrário e baseado em mentiras para iludirem e terem o povo na mão ! Eu gostava que todos os povos fossem livres , mas para isso era preciso acabar com todas as religiões que fomentam guerras ! Atenção ! Eu digo todas , não sou racista !!!
Gosto · Responder · 7 h
Rui Jorge Martinho
Rui Jorge Martinho Todas as religiões teriam de responder por muitos crimes , desde a Católica até a Muçulmana passado por todas as outras ! Pois é !
Gosto · Responder · 6 h
Bruno E Mónica Ferreira
Bruno E Mónica Ferreira Mas existem assim tantos encalhados por lá?! 
A revolta dos solteiros :/
Gosto · Responder · 8 h
Carlos Vidreiro
Carlos Vidreiro Parece-me justo, se o islão é contra o amor só tem mesmo que proibir o dia dos namorados.
Gosto · Responder · 1 · 7 h
Tiago Silva
Tiago Silva A culpa é do Trump !!
Gosto · Responder · 4 · 8 h
John Carpenter
John Carpenter Mas quando forem aos milhões depois vou-me rir com o problema que vai ser. Esta coisa do politicamente correcto e deixa entrar que são coitadinhos vai causar grande tragédia nas gerações vindouras. Eles vão pensar, mas como foi possível terem feito uma coisa destas...
Gosto · Responder · 1 · 7 h
Amarildo Reis
Amarildo Reis Dentro da Sharia qualquer coisas da cultura dos kafirs não é aceite. É importante os não muçulmanos compreenderem o que é a lei islâmica. Principalmente a Sharia para os não muçulmanos. Quem tiver interessado ai está uma boa aula sobre o assunto. O vídeo é longo mais vale a pena. https://www.youtube.com/watch?v=kdJpiqtlEEI
Gosto · Responder · 5 h
Antonio Paulo
Antonio Paulo Paquistão proibe o sexo.com.mulheres porque vai contra as leis islamica..sexo só com animais suinos :-) :-)
Gosto · Responder · 7 h
Ana Fernandes
Ana Fernandes Com tais "costumes" o que procuram eles por esta Europa fora?
Gosto · Responder · 2 · 8 h
João Rhoza
Gosto · Responder · 2 · 8 h
Cristiano Matarazo
Cristiano Matarazo Não vai demorar muito eles impor isso na Europa.
Gosto · Responder · 1 · 7 h
Adolfo Ribé
Adolfo Ribé Quando fazem disto um assunto de estado está tudo dito sobre os "valores"!
Gosto · Responder · 7 h
António Miguens
António Miguens Temos que respeitar as tradições deles na terra deles.
Gosto · Responder · 8 h
Victor Avila
Victor Avila Que valores???
Gosto · Responder · 7 h
Miguel Pacheco
Miguel Pacheco Fora Trump!
Gosto · Responder · 8 h
Rui Alves
Rui Alves Estes gajos pararam em 235 a.c !!!
Gosto · Responder · 2 · 8 h
Albano Silva
Albano Silva No Paquistao gostamais do dia de levar no pacote. :-)
Gosto · Responder · 6 h
Joao Bento
Joao Bento Solucao final aplica se na integra a Estes mhurros !!!
Carlos Lopes
Carlos Lopes Que pobreza de espírito que estes tipos mostram.
Gosto · Responder · 8 h
Mário Blue
Mário Blue E o problema é Trump...
Gosto · Responder · 8 h
Jane Melo
Jane Melo Quem se importa??
Gosto · Responder · 7 h
Sandra Castro
Sandra Castro Palermas
Gosto · Responder · 8 h

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.