quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Empresários Moçambicanos Escrevem a Filipe Nyusi


Somos um grupo de empresários membros e não membros da CTA.

Dirigimo-nos a sua Excelência como forma de em última instância e prerrogativa, poder ajudar a contribuir para a criação de um sector privado que seja robusto e possa ajudar o Governo alavancar o país da crise que se vive, com propostas estratégicas e sustentaveis no âmbito de Parcerias Público e Privadas nos diversos sectores já devidamente identificados pelo Governo. Contudo Excelência assistimos a tudo menos a isso, temos hoje uma CTA que na pessoa do seu Presidente Rogério Manuel faz tudo menos representar o sector privado, quer a nível central quer a nível provincial muito menos a nível distrital.O senhor Rogério Manuel é tudo menos empresário se não vejamos:

A empresa que supostamente fez dele presidente da Fematro federação dos transportadores foi financiada pelo Tesouro empresa hoje falida inclusive por fuga ao fisco dinheiro nunca devolvido ao Tesouro. A empresa de Agricultura cultivo de arroz foi financiado pelo Fundo de Fomento Agrário empresa fálida dinheiro não pago ao FDA;

A empresa CR Aviation financiada pelo INSS empresa falida já a venda dinheiro não pago ao INSS.Actualmente o presidente da CTA que diz representar o sector privado e ser um grande empresário vive de fundos desviados da MCNET onde a CTA através do Governo detém 20% e do valor que através do Orçamento do Estado o Governo canaliza a CTA, Salário de representação do Fundo da PAZ,acumula funções de Administrador da MCNET e vice presidente da mesa da MCNET em representação da CTA, representa a CTA no Conselho de Administração do Fundo de Estradas e no Fundo da Paz para além de outras actividades ilícitas como tráfico de chifres de rinoceronte, gado roubado da população de Magude em tempo de cheias e fundos desviados da MCNET para uma conta individual ou seja criou um saco azul dos lucros que deviam ser canalizados para CTA parte vão para esta conta.

Excelência, depois de termos tido no mandato da Presidência do Salimo Abdula, uma CTA que muito fez pelo sector privado, pelo associativismo hoje estamos perante uma CTA ligada à escândalos sobre ofertas de Mercedes com processos no Gabinete de Combate à Corrupção, sem represtativida e sem credibilidade a nivel nacional e internacional cujo objectivo é viajar atras de Sua Excelência na primeira classe com dinheiros do hierario público , reclamar que o Governo não faz reformas, exibir que tem acesso a convívios na sua casa no Bilene,Goba, e nas suites onde hospeda quando viaja em missões de Estado. Mais não vemos.

Não conseguimos perceber como é que Sua Excelência consegue fazer se acompanhar de tantos bandidos em visitas de estado participações em eventos de Estado na Presidencia, e outras actividades correlacionadas que em nada dignificam os empresários que o país tem, muito menos a sua imagem como chefe de Estado.

Hoje vimo-nos confrontados com tentativas de alteração de estatutos da CTA, para terminado o mandato que termina no proximo mês de Março se manter no poder como Presidente da mesa da Assembleia Geral a tal ponto que o caso foi parar na procuradoria por falsificação de assinatura do actual Presidente mesa da Assembleia Geral CTA Salimo Abdula.

Poderíamos abordar inúmeros assuntos ilicitos incluído prostituição nas missões de Estado.

Temos consciência que os membros são quem devem eleger o novo presidente da CTA e os respectivos órgãos sociais mas estes por vezes tem sofrido ameaças de morte por parte do Presidente da CTA Rogerio Manuel, na medida em que estamos a falar de um bandido que inclusive já foi preso no dia do seu casamento. Por isso gostaríamos de apelar a sua máxima atenção para este processo eleitoral que tudo indica poderá não depender apenas dos membros da CTA mas de um bandido que vê na CTA a única fonte de rendimento através do Governo e que a qualquer preço quer se eleger Presidente da mesa da Assembleia Geral e por via disso continuar a beneficiar das benesses do Estado e dos convivios de Estado. Excelência o sector privado é um parceiro chave e estratégico para o Governo.Uma vez que actual CTA representa um grupo de amigos , Agostinho Vuma só pra sitar que a ser eleito não vai ser diferente do Rogério Manuel muito menos trazer valor acrescentado a causa.

Rogamos a sua especial atenção sob risco de um dia ser preso pela Interpol de tanto fazer se acompanhar por empresários bandidos e que em 6 anos de mandato apenas destruiu a CTA.

É imperioso que acompanhe este processo.

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook