quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Mulher de Fillon recebeu 900.000 euros por dois empregos fictícios

FRANÇA

31/1/2017, 17:54185


O candidato da direita às presidenciais em França, François Fillon, arranjou dois empregos fictícios à mulher que lhe permitiram ganhar mais de 900.000 euros e os dois filhos com 84.000 euros.


ETIENNE LAURENT/EPA

Autor
Agência Lusa 


O candidato da direita às presidenciais em França, François Fillon, arranjou dois empregos fictícios à mulher que lhe permitiram auferir mais de 900.000 euros e remunerou dois filhos, estudantes, com 84.000 euros, noticiou esta terça-feira o semanário Canard Enchaîné.


O semanário noticiou na semana passada que Penelope Fillon recebeu ao longo de oito anos cerca de 500.000 euros enquanto assistente parlamentar do marido, funções que o jornal afirma ninguém se recorda de a ter visto exercer. A notícia motivou a abertura de um inquérito por uso indevido de fundos públicos.


Na edição a publicar na quarta-feira, o Canard Enchaîné escreve que a mulher do candidato recebeu 831.440 euros brutos como assistente parlamentar, do marido e do seu sucessor na Assembleia Nacional, Marc Joulaud, entre 1988 e 1990, 1998 e 2007 e 2012 e 2013.


Por outro lado, segundo o jornal, Penelope Fillon recebeu ainda cerca de 100.000 euros como colaboradora da revista literária La Revue des Deux Mondes, propriedade de um amigo do marido, em 2012 e 2013.


François Fillon remunerou também dois dos seus filhos como assistentes parlamentares com 84.000 euros, entre 2005 e 2007, quando ambos eram estudantes, segundo o jornal.


As novas informações foram divulgadas horas depois de inspetores da polícia terem estado na Assembleia Nacional (câmara baixa do parlamento francês), para o que o presidente do grupo parlamentar da direita (Os Republicanos), Christian Jacob, descreveu como “buscas” no antigo gabinete de Fillon.


Na segunda-feira, o casal foi ouvido, em separado, durante seis horas pela polícia francesa no departamento responsável pelo combate à corrupção e aos crimes financeiros e fiscais.


Fillon, primeiro-ministro durante a Presidência de Nicolas Sarkozy (2007-2012), é um dos favoritos às presidenciais de abril e maio de 2017 e as sondagens colocam-no como provável adversário da líder da extrema-direita, Marine Le Pen, na segunda volta.


Os deputados franceses podem contratar familiares, desde que estes exerçam efetivamente as funções pelas quais são remunerados. Fillon, que tem assentado a sua campanha na defesa da transparência, negou qualquer irregularidade.

Guilherme Lucas Caso se prove toda esta situação, fica escancarada a porta para a neo-fascista Le Pen assumir uma posição privilegiada à direita, o que pode ser bom, pois assim há mais possibilidades de uma votação massiva contra ela.
Gosto · Responder · 14 h


Frederico Veloso Voce nao percebe nada disto
Sao todos contra a Le Pen
Isto e a esquerda no seu melhor
Gosto · Responder · 1 · 14 h


Guilherme Lucas Frederico Veloso eu sei disso, ó esperto. Lê de novo o que escrevi e pensa.
Gosto · Responder · 14 h


José Manuel Almeida Quando nas eleições em França já nem se discute a presença da esquerda, faz-me alguma impressão a súbita necessidade de algumas pessoas em apoiar um contra a outra.
Em Portugal, nos tempos em que os "saramagos" andavam à solta, também existiam eleitores dispostos a engolir sapos...
Gosto · Responder · 13 h


Guilherme Lucas José Manuel Almeida o que interessa no actual contexto global é sempre votar contra a direita e contra a extrema-direita.
Gosto · Responder · 12 h


Jorge Reis O pato acorrentado na semana passada falava em € 500 e esta semana já aumentou para € 900 mil. Cheira-me que é uma tanga da esquerdalhada desesperada Francesa mas não vai resultar e vão ter que engolir o sapo de apoiar Fillon contra Le Pen



Maria Luísa Az Resende Ladrões, vigaristas e corruptos existem em todos os países. Como normalmente são bem sucedidos, nada lhes acontece, serão cada vez mais... porque eles encobrem-se uns aos outros.
Gosto · Responder · 4 · 13 h


Manuel Segundo Já sabemos há muito, que o problema, é a nivel mundial. A corrupção, o trafico de influencias, os tachos, para os amigos, familia, conhecidos etc, há em todo o mundo. Assim continuará por muitos e muitos anos.
Gosto · Responder · 1 · 13 h


José Manuel Almeida Realmente quando se apelida a candidatura de Fillon de uma candidatura de direita, não é mais do que fugir à verdade.
Esta "suposta direita" não é mais do que a continuação da velhe política de esquerda, socialista, onde a corrupção abunda e o compadrio é prato forte.
Mas quando se referem a Marine Le Pen, a mais do que provável vencedora das Presidenciais francesas, todos tremem.
Qual será a razão de tanto reboliço?
Gosto · Responder · 2 · 13 h


Henrique Horta Claudia Raquel outra das razões pelas quais a Marine Le Pen vai ganhar, o sistema está corrupto. Da esquerda à direita.
Gosto · Responder · 1 · 13 h


Jose Carlos Valente Depois queixam-se ...
Isto é o que tem mantido a corja de políticos e afins dos últimos 20 anos .. artistas que cresceram nas horas . À sombra de Padrinhos ...
Gosto · Responder · 1 · 12 h


Joaquim Ribeiro E mesmo assim ganhou as eleições para candidato da esquerda em franca!!!! Afinal existe ainda pior do que Portugal onde os atrofiadores e gatunos andam todos sóltos!!!!!
Gosto · Responder · 2 · 14 h


Rui Pedro Santos Da esquerda? Essa é boa.
Gosto · Responder · 14 h


Tereza Correia Direita sr...direita
Gosto · Responder · 14 h


Escreve uma resposta...





Jorge Mendes Alves Duplo emprego? Na nossa assembleia há muitos que andam lá a polir a mobília e trabalham nos escritórios de advogados.
Gosto · Responder · 3 · 14 h


Joao Bento Muitos ?!! Mais de metade advogados gerentes de hospitais públicos gerentes de empresas e pior muitos deles eleitos me regiões onde nunca viveram !
Gosto · Responder · 11 h


Escreve uma resposta...





Ana Teresa Silva Afinal nao e sp ca k se arranja gabinetes e ordenados fictícios. A europa ja ta contaminada com corruptos.
Gosto · Responder · 1 · 13 h


Joao Bento Contra isto os idiotas não se manifestam agora a moda é lamber botas a muçulmano e insultar o Trump :)
Gosto · Responder · 2 · 14 h


Jorge Barata Este homem faz-me lembrar um Português que ,de acordo com a comunicação social ,procedeu da mesma forma .
Gosto · Responder · 1 · 12 h


Hermínio Ferreira Rico Autêntico Filão para os cofres da família. Mal generalizado, pelos vistos.
Gosto · Responder · 13 h


Elisabete Nobre É fartar vilanagem .....cambada de vigaristas, não se aproveita nenhum!!!!
Gosto · Responder · 2 · 13 h
1 resposta


António Joaquim Castro Ferreira ISTO É QUE É SOCIALISMO PURO. SÃO IGUAIS EM TODO O MUNDO.
Gosto · Responder · 1 · 12 h


Artur Montalvão E perguntam vocês, o que é que isto tem haver com a radicalizaçao da politica nos extremos, principalmente à direita???? Depois não se queixem.
Gosto · Responder · 1 · 13 h


Manuel de Almeida Se fizessem o mesmo por cá, havia notícias para mais de 100 anos tal é o esterco!
Gosto · Responder · 10 h


Joao Morais Mouro ...ó pá !!! querem vêr que mais uma vez a culpa é do Trump... lol...lol...
Gosto · Responder · 6 h


Miguel Mexia Vasconcelos Como é de direita e católico é um alvo a abater... Se fosse de esquerda era optimo para a comunicação social....
Gosto · Responder · 12 h


Jose Carlos Valente Isto é em Franca !
É por cá não há seguidores ?
Ou imitadores ... mesmo que menos caros ..
Gosto · Responder · 12 h


José Messias da Silva Felizmente, em Portugal, não temos políticos destes. Aqui, é tudo gente séria, pois os corruptos estão todos na cadeia. ou fugiram com receio da eficácia das nossas autoridades.
Gosto · Responder · 1 · 13 h


Fernando Paiva Estes aprenderam com os Portugueses...!!!
Gosto · Responder · 1 · 14 h


Jose Paulo Dubreuil Branco

Gosto · Responder · 1 · 14 h


Fernando Santos Grande mulher é que grande emprego !!!
Gosto · Responder · 14 h


Rogério Neiva Filão é a tradução para português de Fillon ?
Gosto · Responder · 13 h


Amélia Varandas O Carlos César lá do sítio...
Gosto · Responder · 13 h


Verónica Veiga de Faria Faz tanto lembrar a mulher do Eduardo Vitor...
Gosto · Responder · 14 h


António Tavares Também em França...
Gosto · Responder · 13 h


Jorge Costa Está ao nivel de tantos outros pilantras .
Gosto · Responder · 14 h


Rogério Pantoja Moreira Corrupção em família...
Gosto · Responder · 13 h


Daniel Guerra Ficou tudo em família
Gosto · Responder · 14 h


Carlos Cunha Não pode ser
Gosto · Responder · 14 h


Joaquim Ribeiro Dispenso retificações ok
Gosto · Responder · 13 h


Zé Cortez Sempre 'ábrir'!
Gosto · Responder · 13 h


Gil Lopes Parece os casamentos com estrangeiro em Portugal.
Gosto · Responder · 10 h


Carlos Neves .......................HÁ OS QUE GOVERNAM e OS QUE SE GOVERNAM !!!
Gosto · Responder · 13 h

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook