segunda-feira, 20 de junho de 2016

A IMPORTÂNCIA DO TRIÂNGULO DE NEGOCIAÇÕES PARA A PAZ

CONHEÇA A LEGENDA E A IMPORTÂNCIA DO TRIÂNGULO DE NEGOCIAÇÕES PARA A PAZ E À RESPECTIVA ESTABILIDADE POLÍTICA DE MOÇAMBIQUE DURANTE E APÓS A ERA DA ASSINATURA DO III ACORDO GERAL DE PAZ - AGP ENTRE O GOVERNO E A RENAMO!
1 - O que será de Moçambique, com a Renamo desarmada definitivamente? Visto que a Frelimo já nos habituou que qualquer ideia Construtiva vinda da oposição não tem relevância para o Governo da Frelimo, à não ser que seja imposta pela força das armas!
2 - Para a Frelimo qualquer ideia boa vinda da oposição, primeiro é chumbada e atirado para à lata do lixo, e meia volta os seus intelectuais vão apanhar e limpam, assumindo como ideia deles e fazem o uso, apoiados com os mídias estatais, afim de puxarem o protagonismo para o moribundo Partido no Poder!
3 - A Frelimo, não tem medo duma oposição vandalista, queira militar ou verbalmente! Pois quando não consegue vencer por via armada, recorre ao discurso da Paz, Unidade Nacional, reconciliação e defesa dos direitos humanos, entre moçambicanos para sobreviver politicamente de baixo da falsa bandeira da Paz e Democracia, para mais tarde quando recuperar forças, voltar a diabolizar à oposição, tratando-a como refugo da sociedade moçambicana, pois eles costumam pregar à quatro ventos que a oposição não têm ideias estratégicas para governar Moçambique, o que acaba coagindo os parceiros financeiros internacionais e diplomáticos à reconhecer qualquer regime moribundo da Frelimo!
O Bloco da Oposição Construtiva, acusa à Frelimo com argumentos palpáveis! Denunciamos à partir de já que o discurso e promessas da valorização das boas ideias sem cores partidárias, na chamada governação inclusiva de Guebuza e Nyusi é uma autêntica fontachada, estamos a dizer que é uma pura mentira clássica para inter ter à oposição, senão vejamos:
a) - No último quinquénio da Governação de Guebuza e no presente mandato de Nyusi, quem idealizou à importância de criação do Ministério da Gestão das Terras e da criação do Mistério da Gestão das Águas, foi o PIMO! E no espírito da Governação inclusiva, nós entregamos à Frelimo, afim de ver essas ideias boas à beneficiar aos moçambicanos em geral! Na prática primeiro rejeitaram e deitaram para o lixo, meia volta, secretamente no mandato do Nyusi foram recuperar essas boas ideias e formaram Ministérios, baseados numa pirataria roubado à oposição!
b) - Em, 1998, a Bancada Parlamentar da Renamo, criou uma proposta de lei, para atribuir o dia 4 de Outubro, como feriado nacional! A Frelimo, usando à sua maioria parlamentar, rejeitou e no segundo mandato de Joaquim Chissano, foram recuperar no lixo à proposta da Renamo e pirataram, propondo no Parlamento, como se fosse da iniciativa deles, e assim o 4 de Outubro, tornou-se feriado nacional à partir da proposta da Bancada da Frelimo!
À Frelimo tem muito medo duma oposição inteligente, capaz de desenhar um projecto de Governação Económica e Política que contempla todos pobres moçambicanos, votados de novo ao sistema de esclavagismo por Armando Guebuza!
Pior se esse projecto possuir uma imagem credível para ser reconhecido pela Comunidade Internacional, daí à Frelimo, vai ter que assinar o III AGP, com toda seriedade e honrar todo o espírito desse acordo, pois qualquer maquiavelismo, vai resultar numa derrota fatal para eles, sem restar alguém para contar à história!
Dlhakama, deve usar o Projecto de Governação Económica a ser elaborado pela Sociedade Civil + Partididos Políticos de Orientação Inclusiva, como o seu triunfo para sair à ganhar, nestas presentes negociações com o Governo da Frelimo, pois pelo contrário, a Frelimo vai lhe esvaziar à partir de falsas promessas de desenvolvimento do País que já demonstraram publicamente que excluem os cidadãos e privilegiam os seus membros para reforçar à construção de uma burguesia selvagem e capitalista partidária!
Dlhakama deve insectivar à implementação da estratégia do TRIÂNGULO DAS NEGOCIAÇÕES DA PAZ, caso ao contrário, vai se arrepender, quando voltar a assinar mais um acordo maquiavélico, pois à Frelimo, jamais entregará o poder a Renamo de bandeja aberta, pois vai sempre montar estratégia ocultas para sair à ganhar a Renamo por qualquer distracção!
O Bloco da Oposição Construtiva, não acredita nas aldrabices política bem sucedida pela Frelimo, até mesmo na estratégia eleitoral, numa negociação que envolve o vértice " C " junto com a Renamo!
Dlhakama tem dispensado sistematicamente acessoria gratuita dos moçambicanos de boa vontade, e meia volta o líder aparece a acusar, até aos intelectuais, liga dos direitos humanos, jornalistas e académicos de serem cobardes perante os atropelos e violações das regras mais elementares da democracia de direito e democrático pelo Partido no Poder!
A melhor oportunidade que à Frelimo tem para limpar à sua imagem neste momento, e livrar-se duma vez para sempre de acusações de roubar votos em todos pleitos eleitorais, passa por aceitar na mesa de negociações dos representantes da SC+PPNA, (sociedade civil + partidos políticos não armados ) como observadores directos de todas rondas de negociações, para evitar quaisquer acusações de má fé por seu adversário mais directo, sobre qualquer desentendimento no futuro!
Se da próxima vez, a Renamo voltar à reclamar sobre aldrabices da Frelimo que fique avisado desde já que os moçambicanos vão passar um certificado de incompetência permanente para a Renamo, pois esse partido luta pelos objectivos bastantes nobres para o bem de todos moçambicanos, mas infelizmente no fim ao cabo não sabe gerir perfeitamente os respectivos ganhos!
O Bloco da Oposição Construtiva, acredita que já é momento do Presidente Afonso Dhlakama, fazer-se apoiar pelo vértice "C", como indústria transformadora para lapidar os seus grandes ganhos políticos afim de lhe ajudar à gerir os grandes compromissos que ele tem assumido na arena política interna e internacional!
À Frelimo em 1977, quando se viu em apuros de responder os grandes desafios de gestão e governação do país, acabou recorrendo-se ao chamado grupo "8 de Março" para preencher todo o vazio de quadros, pois os que tinham vindo das fileiras da Luta de Libertação Nacional, já não eram suficientes para gerir o país!
É por isso que o Bloco da Oposição Construtiva, propõe que à Renamo e o Governo negoceiem à PAZ, sob observação directa da SC+PPNA (Sociedade Civil + Partididos Políticos não armados), para evitar que amanhã venha com mais reclamações sobre qualquer futuro resultado eleitorais!
Pois nós não estamos no governo, mas sabemos perfeitamente como queremos ser governados à partir de que tipo de acordo de PAZ!
Eís aí à Legenda do TRIÂNGULO DAS NEGOCIAÇÕES DA PAZ:
Um Triângulo normalmente é constituído por 3 vértices, nomeadamente:
1 - vértice A = ao Governo (Frelimo);
2 - vértice B = à Renamo e,
3 - vértice C = a Sociedade Civil mais os Partidos Políticos não armados!
O papel preponderante da vértice "C", passará por desempenhar um dever patriótico ao posicionar-se como observador exclusivamente imparcial e emitir opiniões construtivas para aconselhar os dois beligerantes à assinar um acordo de Paz verdadeiramente EFECTIVO sem lacunas que possam fazer retornar o País à mais uma presente situação semelhante da guerra, depois da amarga experiência das assinaturas do AGP e do Acordo de Cessação das Hostilidades Militares entre o Governo e a Renamo!
Vertice "C"! Estamos a falar de todos partidos políticos fora da Frelimo e Renamo + Sociedade Civil!
LikeShow more reactions
Comment
Comments
Paula Maria Raiova
Write a comment...
RECENT POSTS

News Feed

METEOROLOGIA POLÍTICA: PREVISÃO DO MAU TEMPO VISTO POR METEOROLOGISTA POLÍTICO MOÇAMBICANO JOÃO PEREIRA
20/06/2016
“Crises em Moçambique descredibilizaram a Frelimo” diz João Perreira
O politólogo moçambicano João Pereira em contacto com a agência Lusa, avançou que as crises que Moçambique atravessa descredibilizam fortemente o partido no poder, por revela-se incapaz de apresentar soluções para os problemas do povo moçambicano.
“Estas situações todas descredibilizaram fortemente a Frelimo”, disse o politólogo moçambicano, citado pela à Lusa.
Para o professor de Ciência Política na Universidade Eduardo Mondlane, os valores pelos quais a Frelimo lutou pela independência foram esquecidos e, nos últimos tempos, o partido no poder, passou de uma organização política que responde às necessidades do seu povo para uma simples máquina eleitoral, incapaz de responder às necessidades básicas do seu povo e sem reformas políticas que respondam ao dinamismo dos novos tempos.
“Se a crise económica aumentar, sem dúvida, a probabilidade de vitória é muito reduzida para a Frelimo”, acrescentou João Perreira.
Compartilhe isso:
LikeShow more reactions
Comment
Comments
Paula Maria Raiova
Write a comment...
À IMPORTÂNCIA DO TRIÂNGULO DAS NEGOCIAÇÕES DA PAZ PARA ESTABILIDADE DO FUTURO POLÍTICO DE AFONSO DLHAKAMA + GOVERNO DA FRELIMO
Dlhakama deve insectivar à implementação da estratégia do TRIÂNGULO DAS NEGOCIAÇÕES DA PAZ, caso ao contrário, vai se arrepender, quando voltar a assinar mais um acordo maquiavélico, pois à Frelimo, jamais entregará o poder a Renamo de bandeja aberta, pois vai sempre montar estratégia ocultas para sair à ganhar a Renamo por qualquer distracção!
Dispensa sistematicamente acessoria gratuita dos moçambicanos de boa vontade, e meia volta o líder aparece a acusar, até aos intelectuais de serem cobardes perante os atropelos e violações das regras mais elementares da democracia pelo Partido no Poder!
A melhor oportunidade que à Frelimo tem para limpar à sua imagem neste momento, passa por aceitar na mesa de negociações dos representantes da SC+PPNA, (sociedade civil + partidos políticos não armados ) como observadores directos de todas rondas de negociações, para evitar quaisquer acusações de má fé por seu adversário mais directo, sobre qualquer desentendimento no futuro!
Se da próxima vez, a Renamo voltar à reclamar sobre aldrabices da Frelimo que fique avisado desde já que os moçambicanos vão passar um certificado de incompetência permanente para a Renamo, pois esse partido luta pelos objectivos bastantes nobres para o bem de todos moçambicanos, mas infelizmente no fim ao cabo não sabe gerir perfeitamente os respectivos ganhos!
É por isso que o Bloco da Oposição Construtiva, propõe que à Renamo e o Governo negoceiem à PAZ, sob observação directa da SC+PPNA (Sociedade Civil + Partididos Políticos não armados), para evitar que amanhã venha com mais reclamações sobre qualquer futuro resultado eleitorais!
LikeShow more reactions
Comment
Comments
Paula Maria Raiova
Write a comment...
Antolinho André A ideia não é má espero que a renamo acolha. O governo como sempre está disposto a seguir esta base. Para o bem dos moçambicanos deve se exigir a renamo a depor as armas. Neste triângulo a renamo não deve aparecer a impor a sua vontade por ter armas.
LikeReply121 hrs
Assane Assuade Gente, a renamo tem iniciativas de persuasao, o MDM e o yakubo sibinde se. Aproveitam da iniciativa da renamo para procurarem a sorte de inclusao. Ora, MDM entrou no negocio de venda de favores.
LikeReply9 hrs
Edgar A Mazivila Mazivila A renamo que entrega todas as armas , estao a roubar o sonho d povo Moçambicano , queimar os bens d civis ,matar nossos irmaos , distuir estradas , o povo esta a sofrer , queremos a paz em todo Moçambique e ai gorongoza .
LikeReply22 hrs
Paulo Monteiro Seria uma boa ideia!
COMENTANDO O COMENTÁRIO DE AFONSO CHICUARE:
"NYUSI LANÇA UMA ISCA PARA DHLAKAMA!
Boa tarde resistentes
Informações que um nosso correspondente nas hostes frelimistas dão contas que a aceitação de mediadores internacional, é mais uma manobra do tio nyuchi de querer facilidades de assassinar o lider.
O lider da renamo Afonso dhlakama o homem mais forte de moçambique ja conhecimento tem todas manobras.
vai redundar se num grande fracasso."
******************************************************
REAÇÃO DO BLOCO DA OPOSIÇÃO CONSTRUTIVA EM RELAÇÃO À INQUIETAÇÃO DE AFONSO CHICUARE
Na verdade constitui um dever cívico, moral e humano da sociedade civil moçambicana, juntamente com os mediadores internacionais, verificarem todos procedimentos das regras de Segurança para o Líder da Renamo, de modo que não haja qualquer brecha que resulte em óbitos, escondido por detrás das negociações pacíficas propostas pelo Governo!
Só o TRIÂNGULO DAS NEGOCIAÇÕES DA PAZ, constitui a única solução de segurança que garante à presença imparcial da Sociedade Civil + Partididos Políticos não armados para afastar qualquer tipo de desconfiança entre à Renamo e o Governo!
Caso ao contrário não digam que o Bloco da Oposição Construtiva não avisou!...
LikeShow more reactions
Comment
Comments
Paula Maria Raiova
Write a comment...
PIMO - Bloco de Orientação Construtiva Meu caro Davane N. Cambala!
Eís aí à Legenda do TRIÂNGULO DAS NEGOCIAÇÕES DA PAZ:

Um Triângulo normalmente é constituído por 3 vértices, nomeadamente:

1 - vértice A = ao Governo;
2 - vértice B = à Renamo e,
3 - vértice C = a Sociedade Civil mais os Partidos Políticos não armados!

O papel preponderante da vértice "C", passará por desempenhar um dever patriótico de posicionar-se como observador exclusivamente imparcial e emitir opiniões construtivas para aconselhar os dois beligerantes à assinar um acordo de Paz verdadeiramente EFECTIVO sem lacunas que possam fazer retornar o País à mais uma presente situação semelhante da guerra, depois da amarga experiência das assinaturas do AGP e do Acordo de Cessação das Hostilidades Militares entre o Governo e a Renamo!

Vertice "C"! Estamos a falar de todos partidos políticos fora da Frelimo e Renamo!

O MDM e o resto dos partidos extra-parlamentares estariam no mesmo vértice juntamente com a Sociedade Civil!
LikeReply2Yesterday at 1:35amEdited
Eduardo Domingos Ate os tiros podem sair da "sociedade civil" ou de partidos extra parlamentares caro Yaqub Sibindy. Esqueceu quem é miguel mabote, um mercenario politico? Esqueceu que os presidentes que sempre dirigiram a CNE vem da "sociedade civil"?
LikeReply7June 19 at 7:10pm
PIMO - Bloco de Orientação Construtiva Unidade, Trabalho e Vigilância! Queremos à Paz com a presença do Dlhakama e Nyusi, ambos vivos!
Eduardo Domingos É preciso uma assembleia constituinte que sirva de crivo. Os vinte anos de falsa democracia ensinaram nos muita coisa e diagnosticamos o que nos divide e o que nos une.
LikeReply5June 19 at 7:23pm
Angustiado Descontente apoiado mano domingo e é muito certo o seu discurso kem nao acredita vai fumar lenha d mangueira estao espalhado por todas cidads ou fumar folhas d coqeiros k nada dá uma falta se alguem desejar.
LikeReply1June 19 at 7:31pm
Eduardo Domingos Nyusi nao quer a paz com Afonso Dhlakhamavive. Se quisesse nao havia de o emboscar e estaria a bombardear lo um dia depois de falarem pelo telefone. Dhlakama continua santinho senao exigiria explicaçao sobre a emboscada de mzimpinga e cerco a sua casa na beira. Neste momento quem nao ve dhlakama como grande lider e patriota deve procurar por dr Palange la no vale de infulene.
LikeReply3June 19 at 7:35pm
Angustiado Descontente mano domingo o problema destes gajos k vem aqi falando merdas d qualquer maneira sao um tipo d demonios enviados pelo regme para armar milhoes d ciladas desnecessariamente parece centopeias(wanhancalizi) cortados ao meio e ficam felizes com ensultos pior este grupo PIPINO,uma fantoche organizaçao só segue ond ha corupçao e um dia vao contar estar na gehena parece o rico vs lázaro
Antolinho André O teu comentário sr. Domingos é no mínimo um incitamento a discórdia. Como duvidar da palavra do nosso PR? Quer dizer como o sr Dhlakama nunca foi sério então tomamos todas as pessoas sem palavra? O sr. Dhlakama ja foi homem de palavra mas a partir duma certa altura devido a agenda pouco clara para com moçambicanos e Moçambique passou a ser volúvel. O nosso PR quando decidiu tomar outro caminho fé lo por convicção e certeza do que está certo. Apoiemos a iniciativa do PR.
Eduardo Domingos Ola Tolinho Andre ninguem esqueceu das emboscadas e cercos a Afonso Dhlakhama.
LikeReply2June 19 at 9:23pm
Franca Alfredo Maiava Sr.Domingos nao seja obsecado o sr Afonso Dhlakhama esta comprir com agenda dos patroes dele mas é com muita pena que os Moçambicanos de hoje nao é igual de 1930 ou 1950 e 1970 hoje os Moçambicanos estao muito preocupados com o desenvolvimento do seu pais e viver em paz com asua familia e na sociedade nao quere a guerra é de lamentar existencia das pessoas como o sr.Eduardo Domingos com agendas nao claras para Moçambique e com os Moçambicanos
Eduardo Domingos Obrigado pela descoberta sr Franca AlfredoMaiava, nao esqueça procurar o dr Antonio Palange no Infulene.
LikeReply1June 19 at 10:07pm
Franca Alfredo Maiava Porque eu faria isso?
Eduardo Domingos Dr Antonio Palange tem agenda clara pra te oferecer.
LikeReply1June 19 at 10:17pm
Custodio Sebastiao Viva general no activo e abaixo a ipocresia e roubo para o povo, abaixo falsos conpromiços da paz.
Angustiado Descontente este k vem aqi a falar d PR,é d ond afinal?
moz nao tems presient aqele baixo é um sapo no bald d agua
LikeReply1June 19 at 11:56pm
Luis Rogerio Maone A paz e muito importante na vida do cidadao
LikeReply18 hrs
Paula Maria Raiova
Write a reply...
Dionisio Gil O lider da Renamo falou naquele dia a dizer:
SE O ELE ME ENGANAR, ELE NAO VAI GOVERNAR.
e estamos a ver que ele nao esta a governar mesmo.
LikeReply17 hrs
Afzal Said Aly Muhammad Esse Cardoso Machai kkkkk! Coisa que fala também pah, não pés nem.pra bloco construtiva,é só reparar nos like que tens agora, e antes!verás que perdeste confiança por traição.
Regime Sanguinario Concordo contigo. Neste momento Dlakama não confia nenhuma instituição em Moçambique. Mesmo a própria SADC, não dá para confiar até a União Africana
LikeReply11 hrs
Custodio da Silva Ma quem a ceita nesta proposta do tal bloco costrutiva é um autentico loco desviado. Todos nos queremos a paz mas desse maneira, quem é moçambicano atento sabe que nao havera segurança sem um força da ONU
LikeReply2June 19 at 8:09pm
Inacio Xibaghahane Esse sh perdeu o seu valor como político e agora não sei em que lugar ele merece estar pelas suas atitudes
LikeReply1June 19 at 10:10pm
Zondai Tengaudzoke Deixem de ladrar. Conversa de adultos os muanas não metem a colher
Cardoso Machai E simples deixa arma e saia das matas e pare de cavar nas estradas
Matsangas
Luis Arouca Cala essa boca k cheira cocô ( lambe cu)
LikeReply21 hrs
Cardoso Machai Nanhoko amaia. Mbolo mako
LikeReply15 hrs
Paula Maria Raiova
Write a reply...
Edgar A Mazivila Mazivila Estamos cansado com esse velho pah parou tuddo nossos irmaos moterem , perdem aulas , destruiçoes . Xega sintimos yoh .
Muaza Angassi Angassi Isso so vale para o sivil nao militar este triangular mostra as viabilidades da ataque contra o lider
LikeReply9 hrs
Regime Sanguinario Na verdade eu já não confio em vocês, "Bloco da Oposição Destrutiva ". Quando tudo parecia bem encaminhado, a esperança dos moçambicanos parecia renovada, eis que decidem nos trair. Quem sabe se forem inclusos aí nesse triângulo que vocês traçaram não irão trair mais uma vez aos moçambicanos? Como diz Eduardo Domingos, o tiro contra Afonso Dlakama ainda pode sair de vocês. O líder da renamo nunca iria aceitar a vossa participação pois vocês já mostraram que são "maricas". Num desses anos Dlakama expulsou a si Yaqub Sibindy quando fazia parte de uma comissão que ia a Gorongoza para um encontro com ele, creio que foi em 2012 ou 2013. Na altura pensei que fossem maluquices do Dlakama, mas depois do Teatro que o senhor apresentau a um mês ou dois meses (com João Massango)eu acabei dando razão ao líder.
LikeReply8Yesterday at 6:06amEdited
Armenio Baloi Amigo, a verdade é a perdis quer segurança (garantias pra vir ao diálogo). Do jeito k as coisas estão nem você mesmo vinha. Apenas sou sidadao é minha opinião. Amen
LikeReply111 hrs
Paula Maria Raiova
Write a reply...
Ahmejed Komar Khan Apoiado.
LikeReply21 hrs
Regime Sanguinario Amigo França Alfredo Maiava, essa canção de que os partidos que tentam fazer face a frelimo estão a serviço dos patrões ou estrangeiros já ouvimos a muito tempo. Os que dizem isso é que pensam que ainda estamos nos anos 1930 ou 60 por aí... em Moçambique qualquer iniciativa política basta não ser a favor do partido no poder é porque está a serviço de estrangeiros. come on people! As dívidas ocultas, a guerra desnecessária, a corrupção, a exclusão política e econômica, a criminalidade, as perseguições políticas, a falta de liberdades individuais, justiça deficiente, mau atendimento nas instalações públicas... tudo isso não podemos reagir porque ao reagir estamos a serviço de estrangeiros? Kikikkkkkkk que falta de ideias de alguns moçambicanos.
LikeReply323 hrs
Nelito Da Mara BT kkkk sem duvida...
LikeReply22 hrs
Paula Maria Raiova
Write a reply...
Joaquim Antonio O unico lambecu k ficou a comentar na frelixo é esse macaco cardoso ta mal vc.
LikeReply1June 19 at 9:36pm
Davane N. Cambala Nem se percebeu uqui PIMO escreveu...qeria dizer uqe mesmo?
Calisto Ramadan Que não quer ouvir Vê e ponto final.

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook