segunda-feira, 9 de maio de 2016

Seis terroristas ligados a Bin Laden ganham caso e saem em liberdade

Após uma batalha de dez anos, seis alegados terroristas argelinos que estavam a ser julgados em Inglaterra, conseguiram sair em liberdade.

© DR
MUNDO INGLATERRAHÁ 3 HORASPOR INÊS ESPARTEIRO ARAÚJO
Foi um desfecho inesperado em Inglaterra. Seis alegados terroristas suspeitos de terem ligações a Bin Laden e à Al-Qaeda, vão poder ficar a viver em Inglaterra, em liberdade. Segundo o Daily Mail, a decisão deveu-se em grande parte à chamada ‘regra’ dos direitos humanos.
PUB
“Havia um risco bastante elevado de eles serem torturados pelas forças argelinas, caso fossem deportados”, disse um tribunal de imigração. Segundo o Artigo 3 dos Direitos Humanos, qualquer outro tipo de decisão que não esta, violaria esse princípio.
A decisão não agradou o Ministério do Interior que afirmou: “Estamos bastante desiludidos com a decisão do tribunal. A nossa prioridade continua a ser a segurança e a proteção de todos os britânicos e nós vamos continuar a tomar todas as medidas necessárias para tirarmos do país os estrangeiros que representam um risco.”
Alguns destes homens estavam associados ao líder espiritual Abu Hamza, o clérigo que está a cumprir pena nos Estados Unidos da América, enquanto os restantes foram presos por um alegado plano de assassínio em massa, com recurso a veneno, em 2003.
Os seis indivíduos continuam assim a viver em Inglaterra, sob fortes restrições.
COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook