quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Rússia revela míssil nuclear capaz de destruir países inteiros

A Rússia tem um novo míssil termonuclear e decidiu agora mostrá-lo ao mundo. Chama-se oficialmente RS-28 Sarmat, mas é apelidado de Satan 2 e pretende ser o sucessor do RS-36M, conhecido como Satan, desenvolvido pela União Soviética durante a Guerra Fria.
PUB
Segundo o canal CNBC, que cita a agência do governo russo Sputnik, esta nova arma tem capacidade para destruir completamente um território “do tamanho do Texas ou da França.”
O Guardian acrescenta que o míssil pode atingir uma velocidade de sete quilómetros por segundo (cerca de 25 mil km/h) e transportar 16 ogivas nucleares de 40 megatons, duas mil vezes mais potentes do que as lançadas sobre Hiroshima e Nagasaki em 1945.
O contrato para a produção Satan 2 foi assinado em 2011 pelo Ministério da Defesa da Rússia e espera-se que este integre as forças do país a partir de 2018.
Recorde-se que a Rússia vive atualmente um clima de tensão diplomático por causa do conflito na Síria. Segundo noticiou este mês a principal estação de televisão do país as autoridades estarão mesmo a preparar abrigos antinucleares em Moscovo, referindo que a "terceira guerra mundial já começou".

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook