quarta-feira, 1 de junho de 2016

6 OFICIAIS ESTRANGEIROS DE ALTA PATENTE ABATIDOS EM SATUNGIRA

BREAKING! 
6 OFICIAIS ESTRANGEIROS DE ALTA PATENTE ABATIDOS EM SATUNGIRA
* Escaramuças militares ainda continuam na Gorongoza
Chegam nos informações dando conta de continuação de confrontos entre as forças da Renamo e forças conjuntas da frelimo e seus aliados estrangeiros. Como já o dissemos, a operacao de grande escala levada a cabo pelas forças combinadas da frelimo e mercenários da China, Zimbabwe, Angola e Tanzania com o objectivo de matar ou capturar o presidente do partido renamo na sua residência em Satungira fracassou de forma clamorosa.
Só na parte Moçambicana morreram até ontem perto de 200 militares, entre pracas, sargentos e oficiais; várias dezenas de feridos graves que foram transportados para Beira, Chimoio e Quelimane mas alguns graúdos foram transferidos a Maputo.
Em relação aos mercenários estrangeiros, ainda não apurámos os números mas sabe se que morreram em massa mas confirma se com exactidão o desaparecimento de 6 oficiais de alta patente de nacionalidade estrangeira. Segundo fontes das perdizes, tais oficiais foram atingidos e cada um tentou correr e foram tombar nas matas. Destes oficiais estrangeiros, 3 são de cor branca e os restantes são negros. NNão sabe se estes três oficiais brancos são mesmo chineses ou de um outro país "mongoloide" mas o certo é que tinham os 'olhos em bico'. Também há dificuldade para identificar a nacionalidade dos três oficiais mercenários negros, pode ser que sejam angolanos ou tanzanianos. Mas sabe se apenas que no dia que lançaram a operação contra Satungira, o grupo dos angolanos era comandando por um brigadeiro, que está na classe dos generais.
Neste momento a frelimo está desmoralizada e desnorteada porque esta mega operação foi feita para não falhar só o tiro saiu pela culatra mas mesmo assim ainda insiste em sacrificar a vida dos filhos dos pobres mocambicanos. O estado maior general em Maputo continua a mandar efectivos a Gorongoza. As nossas fontes falam de quatro autocarros da Nagy cheios de militares chegaram ontem segunda feira àquele distrito.
Mas os militares das fadm, fir, etc, já estão fartos de morrer em vao e estão a desertar em massa, muitos atravessam as fronteiras do Zimbabwe ou Malawi. Os naturais do sul preferem fugir para a terra de Jacob Zuma.
Unay Cambuma
Like
Comment
Public Posts
FRACASSO MILITAR EM SATUNGIRA
Temos conhecimento de uma grande operação militar de tropas conjuntas moçambicanas e estrangeiras contra a residência do Presidente da Renamo localizada no Posto Administrativo de Vunduzi, Localidade de Satungira. Já tínhamos aqui anunciado que o "governo" da frelimo contratou alguns especialistas militares a China, Angola, Tanzania e Zimbabwe. E de facto veio a confirmar se que na operação contra a residência de Dhlakama estavam presentes todos...
Continue Reading
Like
CORRUPCAO NO INSTITUTO SUPERIOR DE ESTUDOS DE DEFESA
Um antro de corrupcao, nepotismo, desmandos e promiscuidade sexual, violacao dos direitos dos funcionarios, e ate dos Direitos humanos, esta instituicao e dirigida por um General promiscuo e corrupto e os seus adjuntos fieis que esta a acumular fortunas com o dinheiro do estado, o gabinete de com ate a corrupcao deveria investigar bem esta instituicao de ensino pirata, onde de cientifico nao existe nada, diplomas com grau...
Continue Reading
Like
Comment
AFINAL DIÁLOGO DELE É QUAL MESMO?
A situação ainda é "quente" na serra da Gorongoza. A operação especial das forças conjuntas da frelimo e mercenários chineses, zimbabweanos, angolanos, etc, que tinha como objectivo matar ou capturar o presidente da Renamo Afonso Dhlakama para leva lo a Maputo foi, como dissemos, um retumbante fracasso. Depois do descalabro, os militares das Fademos, FIR e os seus aliados mercenários estrangeiros andam de casa em casa para tentar capturar elementos civis para depois apresentarem como se fossem militares da renamo capturados mas mesmo assim não a conseguir apanhar ninguém, pois, as populações abandonaram as suas casas.
Continuamos a receber informacaoes de que o grupo que participa nesta operação esta a sofrer tremendas baixas nos confrontos contra as perdizes, que conhecem a montanha como a palma das suas mãos ao passo que as forças da frelimo e seus aliados mercenários precisam de pisteiros. Estes pisteiros muitas vezes conduzem os atacantes para os lados com "armadilhas" dos Guardas de Afonso Dhlakama.
No entanto, os mocambicanos questionam porque é que estão a atacar Dhlakama uma vez ele já criou a sua equipe para agendar o diálogo (termos de referência) e o Nyusi e os seus seus generais ainda continuam a planificar a morte ou captura do presidente da Renamo.
Assim, os povos do centro e norte de Moçambique estão a dizer que se o plano do Nyusi e sua camarilha é este, então Dhlakama deve ordenar que a sua equipe abandone imediatamente as negociações mas o líder da Renamo diz que uma coisa não tem nada a ver com a outra é defende a continuação do diálogo, o Nyusi que continue obcecado em matar o Dhlakama mas um dia será julgado porque ele não pode brincar com os interesses do povo. Para começar, o Nyusi não é presidente da republica como o bajulam os seus camaradas porque tanto ele como o seu partido Frelimo tiveram uma estrondosa derrota eleitoral (teve menos de 20% dos votos) mas tomou posse porque o conselho constitucional é da frelimo.
Mesmo tendo plena consciência que é um perdedor qualquer, o Nyusi ainda tem o atrevimento de querer acabar com a vida do líder da Renamo e dos seus quadros e membros. Não há dúvidas que o Nyusi é um bandido, traidor, ladrão e mentiroso e será pela renamo dentro em breve. Chega de brincadeiras, a paciência tem limites e ninguém tem a capacidade para desafiar militarmente a renamo.
Unay Cambuma
Like
GUEBUZA, O PRESIDENTE DA REPÚBLICA NA SOMBRA E CAPO DI TUTTI
[10h12 11/05/2016] : O Guebuza mafiou muita gente na frelimo. As eleicoes no comite central para escolher o proximo lider era uma farsa. O grupo Pacheco foi mafiado kkkkk.
O congresso da frelimo foi uma plataforma para o Guebuza demonstrar que ele tinha poder para fazer tudo o que quesisse. Tambem era forma de preparar ou experimentar se era possivel derrubar o congresso e evitar eleicoes do proximo presidente da ...
Continue Reading
Like
e efectivos devido a baixas avultadas e desercoes massivas quase diárias, passara a ser responsável da região centro e finalmente a brigada de Chokwe vai defender a região sul. Existem também grupinhos chamados "batalhôes independentes", igualmente com efectivos exauridos, vão perambular pela região centro.
Segundo ainda as mesmas fontes, quem dirigiu a tal reunião e o nosso já conhecido adjunto comandante do exército de Moçambique, o brigadeiro Bertolino, o homem medroso e cobarde da lendária fuga em debandada em Muxungue há pouco mais de mês, quando a poderosa coluna de 12-13 blindados em que seguia e comandava, caiu numa pesada emboscada dos rangers de Afonso Dhlakama em Zove, tendo o Bertolino abandonado a mesma e as suas tropas e fugiu para as matas com dois outros militares um dos quais ferido com gravidade que acabou sendo abandonado.
O Bertolino andou perdido pelas matas durante várias horas, tendo andado a pé dezenas de quilómetros e sobressaiu algures ao longo da EN1 onde apanhou boleia de um camião-cavalo em direcção a Maputo. Saliente se que Bertolino, um antigo comandante da guerrilha da Renamo, natural de Inhambane, é hoje membro efectivo da frelimo (possui oficialmente cartão de membro).
Na reunião da Gorongoza deviam participar importantes chefes militares do exército "governamental" mas por medo de serem mortos ou capturados pelas perdizes optaram por indigitar o Bertolino mas este também anda "tremeroso" de tal forma que dizem que nem dormiu naquela vila, só ficou cerca de hora e meia e regressou apressada e disfarçamente, tendo depois partido a Maputo. Os generais Mussa, Olimpio, o coronel Chicalango, etc, também correm sérios riscos de serem mortos ou capturados se se fizerem aos distritos nos próximos dias...
UNAY CAMBUMA

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook