quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Grã-Bretanha envia centenas de militares para a fronteira com a Rússia. É a maior mobilização militar desde a Guerra Fria





26/10/2016

A Grã-Bretanha ( ilha onde ficam Inglaterra, País de Gales e Escócia) está enviando centenas de soldados e equipamentos militares para as fronteiras da Rússia

Cerca de 800 soldados, aviões e tanques de guerra estão se movendo para a Estônia com o objetivo de fortalecer as tropas da OTAN na fronteira com a Rússia.
publicidade

A estratégia ocorre depois do aumento das tensões entre o Ocidente e a Rússia nesses últimos meses.

No início de Outubro, cerca de 40 milhões de civis teriam realizado simulações de guerra depois que autoridades russas advertiram que o Ocidente poderia atacar a qualquer momento,

A OTAN está pressionando os aliados, incluindo os EUA e a Grã-Bretanha para que fortaleçam sua presença militar em um possível conflito com Moscou.

Na último dia 19, um porta-aviões russo atravessou um canal inglês (no sentido da Síria) com o objetivo de ostentar forças militares ao longo das costas da Europa.

Os EUA já estão em negociação com países da Europa e pretendem enviar 4 mil soldados para consolidar a Aliança da OTAN.

França, Dinamarca, Itália e outros aliados também são esperados para se juntar aos grupos de combate liderados por Estados Unidos, Alemanha, Grã-Bretanha e Canadá.

Jens Stoltenberg, Secretário-Geral da OTAN, disse que será “uma clara demonstração de força promovida pela Organização do Tratado do Atlântico Norte”

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook