segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Vereador das finanças e sua equipa suspensos por desvio de fundos em Nampula


PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Nacional
Escrito por Júlio Paulino  em 22 Agosto 2016
Share/Save/Bookmark
Foto de Júlio PaulinoO vereador das finanças no Conselho Municipal da Cidade de Nampula, M. Juma, e a sua equipa estão temporariamente afastados dos seus cargos e os seus salários congelados, desde princípios de Agosto em curso, acusados de desviar fundos no Balcão de Atendimento Único (BAU) para fins pessoais.
O vereador das Finanças, que também acumulava o cargo de chefe do sistema do BAU a nível da edilidade, é considerado cabecilha da quadrilha, que falsificava talões de depósito, recibos, entre outros documentos.
Do grupo suspenso constam P. J. Daniel, chefe de serviços de despesas, e L. Dengo, chefe de secretaria dos serviços de Urbanização.
O @Verdade apurou que os visados desviavam igualmente verbas provenientes das licenças de projectos de construção, de autorização para o exercício de diferentes actividades económicas, por exemplo.
O chefe do gabinete do presidente do município de Nampula e porta-voz desta instituição, Faizal Ibramugy, confirmou-nos a informação, mas não avançou os montantes de que os visados se apoderaram, pese embora tenha dito que são milhões de meticais.
Os sectores mais afectados são os de Urbanização, Promoção Económica e Transporte, por sinal os que produzem mais receitas para os cofres da edilidade. Por exemplo, segundo Faizal Ibramugy, o pelouro de Urbanização arrecada semanalmente cerca de dois milhões de meticais.
De acordo com a nossa fonte, o esquema fraudulento arrastava-se desde princípios do ano em curso e foi despoletado através de uma denúncia, supostamente feita por um dos integrantes do grupo acusado, que aparentemente estava insatisfeito com a distribuição do dinheiro.

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook