quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Um plano de impeachment do Filipe Nyusi

Actos que não fazem bem a Moçambique

O texto que partilho a seguir circula nas redes sociais e contém informações para não serem ignoradas nem menosprezadas por pessoas de bem, e particularmente pelo Presidente da República de Moçambique, Filipe Nyusi.

------ INÍCIO DE TEXTO PARTILHADO ------

Um plano de impeachment do Filipe Nyusi

Por causa das intrigas de algumas pessoas que rodeiam o Presidente da República de Moçambique, Filipe Nyusi—pessoas essas que têm vendido a ele a ideia de que há quem quer o destruir pelo simples facto de ter trabalhado com Guebuza—, ele não dá ouvidos a quem lhe aconselha com conhecimento e propriedade quanto às soluções para pôr as empresas EMATUM, MAM e Proindicus a produzir e gerar renda para o bem do país.
Infelizmente, o Presidente Filipe Nyusi alinha inadvertidamente com essas jogadas dos seus falsos amigos, que por debaixo da mesa projectam levar ele (Filipe Nyusi) a enfrentar um processo de impeachment, à semelhança do que acaba de acontecer no Brasil, onde Dilma Rousseff foi destituída do cargo de Presidente da República, traída por falso colaboradores.
Um sinal de que o Filipe Nyusi alinha com falsos amigos é ele não tem atendido às recomendações para evitar que EMATUM, MAM e Proindicus sejam um fardo para o Tesouro Nacional. Outra prova de que Filipe Nyusi colabora com os que lhe sabotam o mandato é que ele não questiona criteriosamente as alterações se fazem nos conselhos de administração das empresas públicas. Ele permite que essas mudanças sejam feitas a bel-prazer do Primeiro-ministro e do Ministro da Economia e Finanças.
Por exemplo, mudou-se gestão do IGEPE e logo que a nova PCA tomou posse a primeira medida que tomou foi mudar a gestão da EMATUM. Porquê e para quê, se a empresa estava a produzir e a exportar? A nova Comissão Executiva tomou posse em finais de Janeiro de 2016 e em Março/Abril paralisou premeditadamente as operações da empresa, alegando motivos que Filipe Nyusi não questionou devidamente. Agora a nova gestora do IGEPE e o Ministro da Economia e Finanças defendem o aluguer dos barcos da EMATUM à Pescamoz, empresa pertencente a Afritex (com 49%), José Caldeira (com 41%) e Monte Binga (para servir de testa de Ferro com 10%).
Curiosamente José Caldeira veio a terreiro (via Stv), falar da moldura penal (2 anos de cadeia e 1 de multa) no dia seguinte ao comunicado da PGR, dos "supostos indícios criminais de abuso de cargo". A explicação é simples aqui: José Caldeira é sócio numa empresa que tem interesses em alugar os barcos da EMATUM! Se for verdade o que se diz por aí (que José Caldeira é capa da Luísa Diogo, do marido e de outros, pois não tem dinheiro para participar nesse negocio com 41%), então só se pode concluir que o ardil para o impeachment de Filipe Nyusi compreende as seguintes etapas:
1. Paralisar a EMATUM (e também MAM e Proindicus);
2. Alugar os barcos ao desbarato, para que o projecto morra e assim conseguir-se provar que foi mal concebido;
3. Desencadear um processo responsabilização que culmine com a prisão de Armando Guebuza e de todos os seus colaboradores na concepção do projecto, incluindo o Filipe Nyusi; e
4. Demonstrar que Filipe Nyusi é desonesto, por ter escondido as dívidas do projecto de protecção costeira—que ele bem conhece—e daí abrir caminho para Luísa Diogo e Tomaz Salomão assumirem o controlo da Frelimo, no XI Congresso.
Este plano está em andamento desde que Filipe Nyusi foi eleito candidato presidencial pela Frelimo. O plano ganhou mais força quando Filipe Nyusi, uma vez eleito Presidente da República, formou um Governo em que excluiu camaradas que concorreram com ele na eleição interna, fazendo parte de uma lista da iniciativa de alguns membros do Comité Central da Frelimo. (Lembrar que Filipe Nyusi foi proposto pela Comissão Política da Frelimo, naquela lista de três nomes que foi amplamente contestada.) Esperava-se que no mínimo o Filipe Nyusi chamasse a Luís Diogo—com quem foi até a segunda volta na eleição interna—para ocupar uma pasta relevante no seu Governo, por exemplo a pasta de Primeira-ministra (novamente) ou a pasta dos Negócios Estrangeiros e Cooperação. Mas Filipe Nyusi optou por formar o Governo quase sozinho, sem ouvir a ninguém. Em parte isso foi bom, porque lhe permite ter melhor controlo da situação, mas não conseguiu evitar infiltração. Algumas das pessoas que apoiaram Filipe Nyusi nas campanhas eleitorais interna e presidencial estão hoje a trabalhar num projecto de conspiração contra ele.
Quando Filipe Nyusi fazia as consultas mínimas que fez para formar o Governo, houve quem lhe sugeriu os nomes dos actuais Primeiro-ministro e Ministro da Economia e Finanças. Há indicação de que quem fez essa sugestão é o cérebro do plano de fazer falir precocemente as empresas EMATUM, MAM e Proindicus. E não está só; é uma teia de gente que disputa protagonismo tacitamente, até entre si. E o que está em disputa, afinal? São duas coisas que estão em disputa, nomeadamente o controlo do poder político real da Frelimo e do Estado, para assegurar a protecção de interesses económicos de grupo!
Alerta-se, pois, ao próprio Presidente Filipe Nyusi para que veja com quem anda. Também tem que ter muito cuidado com o que lhe dizem os lambe-botas que se fazem de seus amigos de dia e na calada da noite trabalham contra si. Aliás, que Presidente Filipe Nyusi se pergunte como se explica que os jornais "Canal de Moçambique" e "Savana" critiquem a si e vangloriem os feitos só de alguns dos membros do seu Governo.
Alerta-se também ao Presidente Filipe Nyusi para que tome cuidado com quem lhe sugeriu o nome do novo Governador do Banco de Moçambique. Existe um potencial de o novo Governador do Banco de Moçambique vir a ser usado para viabilizar o projecto de fazer falir precocemente as empresas EMATUM, MAM e Proindicus. Aparentemente o plano funda-se na ideia de que se for o novo Governador do Banco de Moçambique a aconselhar a liquidação das empresas EMATUM, MAM e Proindicus, o Presidente da República vai anuir facilmente. É aí onde parece estar a armadilha final para o lançamento do processo para o seu de impeachment.
O povo moçambicano confia no seu Presidente, Filipe Nyusi, mas o seu futuro depende dele próprio; depende dele saber distinguir entre os verdadeiros e os falsos amigos.
Unidade, Trabalho, Vigilância.

------ FIM DE TEXTO PARTILHADO ------

Depois de ler este texto, sou levado a pensar que quem está por detrás do plano de conspiração contra Filipe Nyusi é um cartel formado por pessoas que se habituaram a viver às custas do povo moçambicano, pensando que este povo é burro. São pessoas que se julgam acima de TUDO e do TODOS, e que não olham a meios para alcançar os seus fins. Desconfio até que são essas pessoas que hoje estão a usar Afonso Dhlakama como seu instrumento. Com efeito, NUNCA compreendi como é que numa sociedade de Estado de Direito Democrático se convive com um partido político armado, fora da lei. Agora já entendo que é para manipular o povo!
Claramente, a slogan de que «o diálogo é única forma de alcançar a paz efectiva em Moçambique» não passa de cantiga. Ou a Renamo desarma-se e faz política honesta ou, caso recuse desarmar-se, os moçambicanos DEVEM considerá-la um instrumento de desestabilização, agora ao serviço de um cartel formado por políticos e empresários moçambicanos que pretendem fazer do Moçambique de TODOS só seu.
Caros compatriotas (moçambicanos), o Filipe Nyusi é a nossa esperança para combater efectivamente esse cartel e estabelecer um clima de paz efectiva em Moçambique. Se Filipe Nyusi falhar corresponder à nossa confiança, então nós, inspirados no exemplo dos combatentes da luta de libertação nacional—que recentemente pediram armas ao Presidente da República—teremos que passar a ver Filipe Nyusi como fazendo parte do mesmo cartel que quer Moçambique de TODOS só para si.
Eu insto o Presidente Filipe Nyusi, que julgo que tem boas intenções, a ousar fazer mudanças que endireitem Moçambique (que está a ficar torto) e a não se deixar amarrado aos compromissos do passado que lesem a Pátria. É preciso não dar tréguas ao terrorismo e à corrupção. Há esquemas que lesam os interesses da Pátria, por exemplo, na forma como são adjudicados os concursos públicos a prestação de serviços ao Estado. Há também esquemas que lesam a Pátria na forma como os cargos para a gestão da coisa pública são atribuídos a certas pessoas. Há muito tráfico de influências, negociatas e nepotismo. É preciso reformar de forma ousada o nosso sistema de administração de justiça. A polícia, o Ministério Público e os tribunais tem que trabalhar conjunta e afincadamente na moralização da sociedade. O nosso sistema de educação também tem que assegurar a formação de homens e mulheres que respeitem bons princípio e valores de vida em sociedade. Queremos pessoas íntegras na gestão dos assuntos do Estado; essas existem dentro e fora das instituições do Estado moçambicano. Vamos valorizar essas pessoas, que actualmente andam marginalizadas por gente incompetente e arrogante, fingida gente boa e capaz! Esta gente fingida de boa e capaz é mesma que quer a cabeça de Armando Guebuza... Hoje esta mesma gente cercou Filipe Nyusi que quase não lhe permite ver para além da muralha que forma em torno dele. E faz intriga para dividir e reinar.
Este último paragrafo porta a minha mensagem para ti, Presidente Filipe Nyusi. Liberta-te, não tenhas medo; o povo está do teu lado, e do lado da Frelimo libertadora e construtora do Estado moçambicano para servir a TODOS os moçambicanos e não apenas a um cartel de políticos e empresários malandros, com tentáculos dentro e fora de Moçambique! Tu não deves NADA a ninguém, excepto à Frelimo—esta que não deve ser confundidas com indivíduos. Por isso, não deves TEMER ousar fazer as mudanças que se requer feitas para recolocar Moçambique na rota do progresso—desde que não seja ousar entregar o ouro aos bandidos. E atenção: bandidos há escondidos na Frelimo, na Renamo, no Mdm e noutras formações políticas que proliferam em Moçambique. Abre olho, Presidente Filie Nyusi!

Viva Moçambique independente e soberano, livre de cartéis do mal!

---

PS: Copiado para Alvaro Simao Cossa, Filipe RibasJuma Aiuba,Alexandre ChivaleEgidio VazMuhamad YassineIsalcio Mahanjane,Kawene de TendhayZee MavyeHermes SueiaJúlio Mutisse, Gabriel Muthisse, Calton CadeadoAntónio BoeneHomer WolfGustavo Mavie,Jaime LangaJeremias LangaOlivia MassangoRito DavaEusebio Gove,Ilauda ManalaNhecuta Phambany KhossaTélio Chamuço, ... Quero saber da vossa opinião sobre o texto partilhado, e do meu extenso comentário sobre o mesmo texto. Quem não gostar do facto de ter sido aqui chamado, pode simplesmente remover o "tag". Obrigado pela atenção e desculpas por qualquer coisa que desagrade alguém! Não é nada pessoal ou intencional.
GostoMostrar mais reações
47 comentários
Comentários
Elvira Chauque Quem avisa amigo è cabe as pessoas indicadas analisar com profunda atencao,
Elvira Chauque Camaradas tomem nota
Homer Wolf O individuo (ou grupo de indivíduos) que escreveu esse texto é que demonstra claramente ser mal intencionado. Esse (s), sim, é que está a urdir uma plano diabólico para derrubar o PR. 
Se quisesse realmente alertar ao PR para a suposta tramoia que se
...Ver mais
Gosto1612/9 às 18:15Editado
Eusebio Gove Eu acho é necessário uma análise minunciosa ,para se perceber quem é quem dentro do nosso partido para se evitar situaçoes como as que aconteceram na Africa do Sul . A tomada de algumas acçoes e o silêncio em algum momento pode ajudar.
Joaquim Armando Sambo Ja profe, a Renamo entra aonde?
Tony Ferreira A ser verdade, é muito mau o cenário dos camaradas. ..
Paul Fauvet Estou farto da cobardia, dos cobardes que distribuiam textos maliciosos sem assinar. Quando JJC nos informa - e suponho que ele sabe - quem escreveu esse texto, podemos ter uma melhor ideia dos interesses em jogo. Sobre EMATUM, e' mentira que estava a ...Ver mais
Egidio Vaz Todos os pontos nos iiis
Julião João Cumbane Paul Fauvet e Egidio Vaz, acho que o autor do texto viu os vossos comentários. Mas será que vós vos lembrais que há um direito que assiste as fontes a permanecerem anónimas? Qual é a razão de sermos nós (e e vós) a ficarmos zangados com isso? Eu vi o texto aqui e achei por bem partilhar, antes que fosse tarde. E decidi fazer isso porque o meu pobre intelecto me que diz que há alguma verdade no relato que se faz no texto. Não creio que autor do texto seja um "random number generator" ou "random text generator"!
Paul Fauvet Sim, claro que ha um direito de permanecer anonimo. Eu percebo quando um refugiado fugindo de um regime ditatorial tem medo de usar o seu nome verdadeiro. Mas Mocambiquie nao e' uma ditadura. Aqui temos os direitos de liberdade de expressao e da impren...Ver mais
André Mahanzule Carlos Agostinho do Rosário e Adriano Afonso Maleane respectivamente PM e MEF urdindo um plano pra golpear ainda q constitucionalmente o PR FJN!? Meu Deus se não há evidências claras o melhor é ficar calado Prof porque isso é uma acusação muito grave. Mas enfim se até à Renamo pode andar a atirar a torto e a direito e gozar de uma cobertura institucional q mais se pode esperar na minha terra amada. Já agora até quando vais acabar de pagar as dívidas para voltarmos a sonhar mesmo?
Efraimo Neves Parabéns pelo comentário lúcido Paul Fauvet
Julião João Cumbane Paul Fauvet, conta-se que Idi Amin Dada dizia: «You've the right to freedom, but I cannot guarantee your freedom!» So please! Eu aqui só partilhei aqui um texto que encontrei nesta plataforma de interação social, porque o achei interessante para a noss...Ver mais
Gosto112/9 às 20:20Editado
Carlos Chivambo o prof quando cita texto que encontra aqui se não me falha a memória sempre traz e faz questão de suavizar o autor do mesmo, agora não sei como vai ocultar alguém que traz coisas destas, será que este texto não teve autor identificado aqui na rede?
Lenine Daniel Bem dito!!! Obrigado Fauvet.
Tony Ferreira Senhor Paul Fauvet tenho uma dúvida que me atrapalha já a algum tempo:
Imagino o cenário de nos próximos meses haver a tal de auditoria forense a procura dos contornos e dos valores do negocio das empresas que estão a irritar algumas pessoas cá dentro 
e fora do país apesar de eu não compreender muito bem como é que alguém que não tenha te dado algo exige saber como usaste e vais pagar o que a ele não deves. 
Bom digamos que se descubra que houve um grande descaminho de valores como o senhor insinuou na sua explanação, e que se faça detenções em Moçambique, Rússia, Suíça etc porque não acredito que exista um negócio dessa envergadura que envolve pretos e brancos e só os pretos saem ganhando é uma pura mentira e o senhor sabe disso. ..ok prendemos as pessoas eu pergunto o que vêm a seguir? 
1- será que a economia em Moçambique volta ao estágio em que estava em 2011-12-13-14???
2- a guerra para imediatamente? 
3- os investidores que abandonaram o país voltam imediatamente? 
4- a minha vida eu como cidadão e o meu bolso em particular fica como era em 2012?

Digo isto porquê? Porque da forma como se exige a tal de auditoria é como se fosse resolver os problemas deste país o tal do FMI.

Já agora porque é que o tal do FMI não vai ajudar o Malawi, Zâmbia, Swaziland. ..que estão em apuros? Há ematum lá também? 
Se o senhor me garante que assim que nós prendamos os que queremos presos a nossa economia volta a ser o que era, que o preço do petróleo; gaz; carvão e outros vai subir e os investimentos voltam para Moçambique aí eu também apoio e peço a imediata prisão em caso de haver descaminho provado desses dinheiros públicos. ..agora se for mais uma daquelas cenas de virem nos pôr uns contra os outros a guerreiar para ficarem a assistir e voltarmos ao tempo das lojas francas please não me serve de nada essa auditoria. 
Aguardo a sua resposta quanto aos 3 pontos.
El Padrinho Excelente
Antolinho André Tony Ferreira, excelente reflexão. Querem eternamente nos assistir a guerrear uns aos outros.
Elísio Nhantumbo Em poucas palavras os moçambicanos não merecem saber como foram usados os recursos só porque não se vai resolver nada? Nem que seja para apenas sabermos quem empurrou o país para este caos seria uma demostração de respeito com um povo. Aliás, a mesma auditoria forense poderia servir para fortalecer o Estado e credibilizar as instituiçoes e mais, limpar os nomes das pessoas que já foram julgadas e condenadas pelo povo. Isto não é importante? Mesmo sem auditoria forense já aqui andamos aos tabefes.
Gosto223 h
Muhamad Yassine Veja que o PR vem agora dizer que não nega a auditoria forense para as dívidas públicas, tudo bem... mas será que aceitas auditoria forense para as dívidas ocultas?
Gosto23 h
Tony Ferreira Caro Elísio Nhantumbo concordo contigo há essa necessidade sim e digo mais havendo culpados que assumam as responsabilidades dos seus actos ok....mas vir alguém me impor isso como condição para continuar a ser meu amigo achas que faz sentido isso? É teu amigo esse? ??
Amigo é quem está contigo nos momentos mais difíceis da tua vida aquele que aparece só para te tramar não sei se é amigo não...quer dizer agora que eles sabem que nós mais precisamos deles porque estamos aflitos vem com essas imposições? 
Achas que é nos EUA que tudo é transparente? Sabes ou imaginas quantas operações do exército Américano estão com orçamentos fora do controlo do tesouro americano para não falar do senado? 
Sabes quantas empresas a cia criou e controla que estão fora do controlo inclusive do governo???
Sabes não brinca com brancos aqueles tipos sabem exactamente o que querem provocar comeste alarido todo.
Recordas te do projecto de estradas Rock? 
Do proagri? ..e tantos outros que foram um fiasco tremendo...irmão vamos lá nos concentrar
Gosto23 h
Homer Wolf Discordo em absoluto, com tudo o que diz o Tony Ferreira, nos dois comentários acima (por isso nem vou andar aqui numa espécie de rebater ponto a ponto)... 
Mas respeito profundamente - é a sua opiniáo
Gosto22 hEditado
Tony Ferreira Também discorda o amigo com o facto de eu não ver problema nenhum em se achar os possíveis culpados do dito desvio de valores nos negócios do ematum e outras? Então não sei o que apoias...
Gosto22 h
Homer Wolf Dizer que "não vê problema", mas logo a seguir dizer que isso é isso inadmissível porque se "trata de uma "mposição"... em que ficamos?
Pior ainda quando, a desproposito, começa a meter "brancos, pretos e monhés" no (desa)guisado...
Gosto22 h
Tony Ferreira Não concordo com a imposição porque sei de ante mão que esses tipos já sabem de todos contornos deste negócio apenas querem atiçar a nossa fogueira, tal e qual a vizinha que sabe da infidelidade da esposa do seu vizinho mais vai metendo ratoeiras numa de inocente para provocar briga no casal...aí está
Gosto22 h
Paulino Manuel Um artigo que deixa muito de desejar....agora dizer que o povo está com Nyhusi é ser grande mentiroso onde é que tiras essas provas?
Luciano Cauiane Plano de impeachment de Filipe Nyusi- era interessante saber a fonte de busca desta informação que, sendo levado avante, pode vir a agudizar a já deploravel situação económica nacional.
Antonio A. S. Kawaria Os nomes por favor!!! Os conspiradores são os que provam serem mentirosos e criminalmente mentirosos. Devem fazer parte dos que beneficiaram da dívida escondida.
Egidio Vaz O grupo é o mesmo. A estrutura do texto é a mesma. Os objectivos são os mesmos. São os mesmos que escrevem isso desde o tempo de 3/100.
Julião João Cumbane Homer Wolf, não me peças para não pensar, por favor! Não me coíbas de pensar! Quantos à velha estória de «tens provas?», podes descansar. Quem escreveu o texto tem provas e tomou medidas para se proteger. Não o faria, "otherwise". Não te esqueças que estamos em tempo de crise... Quem tem posse de informação confidencial e sensível sobre certas pessoas pode muito bem vender a um bom preço aos órgãos de comunicação social locais e internacionais. Foi o mesmo que aconteceu no caso das "dívidas ocultas": alguém vendeu informação tida como confidencial para criar problemas a outrem, nomeadamente ao Filipe Nyusi e a alguns membros do Governo em que ele serviu como Ministro da Defesa Nacional. Agora «o feitiço está a virar contra o feiticeiro», como se diz. Afinal estamos na era dos "Wikileaks" e dos "Panama Papers"... Não vai tardar que o povo moçambicano vai saber quem está a tentar tramar Filipe Nyusi, e as motivações! Eu acho que é mau que se queira tramar Filipe Nyusi; e é mau para a Frelimo. Tu pensa lá: Onde é que já se viu pessoas da Frelimoadvogarem a aceitação, por um Governo soberano, das exigências do Fundo Monetário Internacional (FMI)?...
Tony Ferreira Puxa só em Moçambique é que isso pode acontecer mesmo. ..imagino a exigirem isso a um Zé Du??
Hermes Sueia Eu particularmente não tenho interesse em discutir ideias anónimas......não tenho como contextualiza-las. O Professor virou agitador............
Ricardino Jorge Ricardo Agitador da 1ª linha...
Josue Mucauro A dias li num jornal que "haverá" uma campanha contra "Luísa Diogo", não dei valor aquela noticia... Mais este post confirma o que era manchete... E agora?
Julião João Cumbane Preguiçosos mentais! Só se limitam em exigir "provas" e "nomes", e tirar conclusões, sem analisar o conteúdo do texto. Paul Fauvet,Egidio Vaz, Antonio Kawaria, Hermes Sueia & Companhia, estais do lado dos querem a "auditoria forense" às dívidas públicas, porque não sabeis o que Moçambique perde com isso. Essa auditoria tem um só objectivo: criar nervosismo ao Filipe Nyusi e lhe induzir a erros que podem terminar com o seu impeachment e ulterior tomada do poder por um grupo de pessoas que quer perpetuar a corrupção como modus vivendi de uma pequena elite política e empresarial. Desviai as vossos atenções só um pouco "off" Armando Guebuza para puderdes ver "the big picture". O grupo que quer "auditoria forense" é o que mesmo que sempre esteve contra Armando Guebuza, porque ele recusou intromissão desse grupo na sua gestão dos assuntos do Estado, quando era Presidente da República. A esta atitude de Armando Guebuza eu chamo integridade. São as pessoas a quem ele (Armando Guebuza) negou satisfazer pedidos de "atribuição de projectos" que hoje usam as dividas ocultas contraídas para a criação da EMATUM, MAM e Proindicus para encavilhar ele (Armando Guebuza) e Filipe Nyusi. Ocorre que são pessoas MUITO poderosas e com muitas alianças dentro e fora de Moçambique. Come on guys! Wake up and don't just watch the game unfold, but do sothing about it to stop high level corruption!
Hermes Sueia Professor Cumbane que horas está marcando o seu relógio?Porque gosta de adivinhar o que vai na cabeça dos outros? O que significa para si ser preguiçoso mental?Já que é uma pessoa bem informado e sem preguiça mental pode nos dizer a nós os preguiçosos mentais para que é que se formam contabilistas e auditores? Pode-me dizer porque é que o Professor de quando em vez pede ao banco o extracto da sua conta bancária?Ou dispensa isso?Valha-nos Deus para tão insonso discurso logo no início de uma semana........
Julião João Cumbane Hermes Sueia, eu partilhei um texto que trás informações que não te parecem verossímeis, certo? Ora, a ser o caso, o tua reacção não deve ser de desafiar-me a indicar a fonte e a provar o que está escrito no texto. O que é razoável pensar no que leu e ...Ver mais
Lenine Daniel Então Professor não podemos querer auditoria independente nem? Qual é o critério que o Professor usa para dizer que deve ou não haver auditoria forense? Então, o País perde caso haja uma auditoria forense e ganha se não houver?
Professor seja metódico!!!!
Mussagy Juma Eu só estou olhando e rindo kkkkkkk.
Antolinho André Definitivamente sinto que o tamanho do texto partilhado pelo professor bem como o comentário sobre o mesmo está longe de ser entendido. A maioria dos comentários subsequentes estão derrapando, isto é, se não exigem provas procuram desmentir o professor. Será preguiça em entender o conteúdo do texto?
Hermes Sueia Caro Antoninho, já agora qual é o seu comentário ao post.......já que o meu amigo não derrapa.
Mussagy Juma Associo me a sua questão Hermes Sueia.
Azarias Felisberto Me parece mais uma mentira do FB, mas a ser verdade a FRELIMO estará a cavar a sua próprio sepultura sem ajuda da ''mão externa'' como se custuma dizer .
Jeremias Custodio Milice A sepultura da frelimo e dos seus acolitos, ja esta preparada. Se espera apenas o dia do funeral
Julião João Cumbane Josue Mucauro, eu ouvi falar dessa tal de "manchet" do semanário "Canal de Moçambique. Penso até que o que eles queriam dizer era que vão eles (do Canal de Moçambique) vão iniciar uma campanha contra a Luísa Diogo, com artigos anónimos que passariam por aqui, por saberem que eu gosto de contar o vejo e o meu pensamento sobre isso. Suspeito que o autor dessa "notícia de manchete" seja o mesmo do texto que partilho neste 'post'! Pode até ser que a Luísa Diogo não tenha a ver com o que se escreve sobre ela, mas não parece haver mais dúvida que a pretendem usar para atingir Filipe Nyusi. O "Canal de Moçambique" pode bem ser parte desse projecto de conspiração contra Filipe Nyusi: não é um jornal de verdade, mas sim um instrumento de propaganda subversiva cujos colaboradores actuais afastaram Luis Nhachote dos órgãos depois de lhe terem usado para atacar a mesma Luísa Diogo, no passado, aparentemente para criar uma intriga entre ela e Armando Guebuza [...], algo que parece que conseguiram. O "Canal de Moçambique" é um jornal de propaganda, que não olha a meios par atingir seus fins. Eu não tenho NADA a ver com essa "notícia" de manchete publicada naquele jornal!
André Mahanzule Permita-me Prof assino por baixo em tudo o q disse sobre o Presidente Guebuza, mas sua integridade, no seu patriotismo, no seu ultra nacionalismo inclusive no martírio e suicídio político a q ele aceitou submeter-se ao aceitar contrair as dívidas da di...Ver mais
Hermes Sueia Usar o tempo de forma útil desde quando é preguiça mental?
Julião João Cumbane Nem é sempre que pensamos que estamos a «usar o tempo de forma útil» que estamos a fazer isso, Hermes Sueia!
Rogerio Antonio Este texto peca por ser publicado depois do#CanaldeMoçambique ter alertado-nos que, “estaria em marcha nos próximos dias, um plano com intuito de diabolizar-se a Dra Luisa Diogo”, portanto, eu particularmente não vou nem tampouco levar a serio este post. Com o agravante de que este tipo de expedientes já vimos no passado, onde algumas figuras incomodas ao sistema, eram diabolizadas nas redes sociais.
Gosto612/9 às 20:17Editado
Julião João Cumbane Pode levar a sério o teu jornal predilecto,Rogerio Antonio. Eu eu quero pessoas que têm miolos para comentar, querendo!
Rogerio Antonio Miolos o que seria exactamente? Concordar consigo? Afinal, não deixei o meu ponto de vista em torno do post?
Julião João Cumbane Minha resposta ao teu último comentáiro, óRogerio Antonio!
Homer Wolf essse Cebolinha é meu, ntsém!
Josue Mucauro Entendido ilustre... Mais a pessoa que escreveu o texto é um "inocente" no conhecimento da política moçambicana, a não ser que o impeachment inicie com deputados da FRELIMO, o que é "impossivel". Quanto a Ematum uma auditoria forense seria uma" grande " solução, pois é a chance que o governo precisa para provar que Paul fauvet e outros milhões de moçambicanos (e não só) que estão equivocados. Quanto a mim a solução da ematum é concenssionar a uma empresa desse ramo para diminuir gastos do estado tem com esses barcos atracados. Ilustre por mim não deverias dar "power" a um texto sem autor, por exemplo, tem um tal de unay aqui no fb, como não é um pseudônimo ou "AKA" nós ignoramos o que ele diz, da mesma forma, que nós ignoramos textos não assinados
Julião João Cumbane «Quanto a Ematum uma auditoria forense seria uma" grande " solução, pois é a chance que o governo precisa para provar que Paul fauvet e outros milhões de moçambicanos (e não só) que estão equivocados». Aqui está um equívoco teu e de outros,...Ver mais
Ricardino Jorge Ricardo O Profe cada vez mais a complicar com os post's. Por que não vai direito no assunto para "salvar" o seu ex e atual PR?
Hermes Sueia Essa é a sua área Professor, a do cálculo...... . .
Hermes Sueia E da especulação....
Julião João Cumbane Não se produz conhecimento sem especular,Hermes Sueia. Em ciência, a especulação precede a experiência [...].
Hermes Sueia O boato transformado em ciência...............
Gracio Abdula E a ciência transformada em boato.
Há muito ruído...pouca substância e credibilidade nas "certezas" que o texto encerra.
Do texto de JJC gosto da afirmação de que existem bandidos na Frelimo, Renamo e MDM. Esses bandidos sim são nossos inimigos. E segu
...Ver mais
Gosto111 h
Julião João Cumbane Meu caro Gracio Abdula, estou muito habituado à obstinação dos moçambicanos em recusar usar a razão para apreciar o mérito de um argumento. Por isso, não apoquenta o jeito como como julgas e sentencias este 'post'. Eu não perco NADA com isso; mas tu sim! Sobre inimigos, sou da opinião de inimigo é inimigo; não há pior nem melhor!
Gosto10 h
Hermes Sueia O pior inimigo é o infiltrado no nosso seio, Professor Cumbane. Foi assim que nos ensinaram..............
Gosto10 h
Julião João Cumbane Hermes Sueia, eu não quero discutir contigo o que te ensinaram. Quero discutir contigo contigo o teu pensamento na base do que ensinaram. Eu não vejo utilidade em separar inimigos em piores e melhores. Para mim isso é uma discriminação que não faz sentido. Inimigo é inimigo; não é adversário!
Gosto10 hEditado
Julião João Cumbane Uma pergunta aos participantes desta conversa: Por que aceitam no se diz por aí sobre as empresas EMATUM, MAM e Proindicus, nomeadamente que aquelas empresas só representam um encargo para o Tesouro Nacional, sem explicação clara e convincente sobre porquê que não estão a produzir? Tens resposta, Hermes?... Por que não pode ser boato dizer-se EMATUM, MAM e Proindicus não são rentáveis ou têm planos de negócios mal feitos?...
Hermes Sueia Professor não tive acesso aos respectivos planos de negócios......
Julião João Cumbane Pois é! E se eu te disser que eu tive... vais dizer que estou a boatar?!...
Homer Wolf O Paul Fauvet respondeu claramente a essa pergunta, acima. O Profe é que às vezes gosta de fazer ouvidos de mercador... só para chatear!
Hermes Sueia A minha área é o agronegócio.....
Josue Mucauro Por que não pode ser dizer se ematum, MAM e proindicus não são rentáveis? 
Resposta: o governo não cumpriu com pagamento da primeira prestação, se fosse rentáveis de certeza que o governo não ia renegociar os pagamentos, se isso é boato que se permita 
a auditoria.... Tem planos mal feito? 
Resposta: sim, porque não foram estudadas hipótese "B" e "C" caso plano "A" falha se como falhou... Resultado é esse ilustre, o actual governo está a fazer arranjos, o que faz com que isso seja dispendioso para o estado... 
Ilustre uma auditória seria um grande restart da viragem...
Filipe Ribas Esta matéria ultrapassa o meu espaço de entendimento, porque pretende parecer de alguém que tem acessos acima do normal, podendo usar a informação que possui para formatar opiniões. De modo que, lido o texto e honrado com o tag, retiro-me humildemente para a cômoda situação de população.
Lúcio Langaa Tem aqui nos comentários caligrafia igual a do texto "sem autor"
ou seja o autor do texto fez vários comentários aqui.
Gosto5Ontem às 7:42Editado
Julião João Cumbane Tens pouco de espírito de detective, ó pobreLúcio Langaa!
Homer Wolf Lúcio Langaa não te deixes enganar... Está no caminho certo sim. Está bem evidente que......... "ele (o autor do texto)"...... tem estado a comentar em abundância aqui neste mesmo post, ntsém...
Lúcio Langaa Tá ver nem hum prof! foi só preciso um pouquinho de espírito de detective para desmascarar o #autó do texto. kkkk
Homer Wolf rsrsrsrs
Gosto21 h
Edio Matola Ameaça ao Presidente da República, ou miopia intelectual minha?
Télio Chamuço Filipe Ribas, permita-me que faça minhas as suas palavras reflectidas num comentário acima.
Prof. Julião, agradeço-te pelo tag mas me sinto um estranho no meio "disso tudo". Entretanto, não me retiro sem antes citar Henri Béraud: «na política é difícil distinguir os homens capazes, dos homens capazes de tudo».
Gosto212/9 às 22:47Editado
Jaime Langa Caros colegas "tagados" eu acho que o facto de o texto apresentado pelo prof. Julião João Cumbane ser anónimo não lhe retira o mérito de ser analisado e discutido se merecer. Em relação à tal da auditoria forense ouvi atentamente o PR hoje a dizer que ninguém, do governo de certeza, se pronunciou nos termos de recusa da auditoria tanto que há um trabalho em curso pela PGR e AR. Não disse se autoriza ou não... agora o resto aqui é complicado demais para meu gosto.
Homer Wolf Essa tal "auditoria forense", da PGR e da AR, nem a mim, que sou um pobre coitado, convence... quando mais aos doadores e às instituiçóes de Brenton Woods!... tsc
Gosto412/9 às 23:41Editado
Elísio Nhantumbo Se o país ja esta descredibilizado pelos doadores e pelas instituiçoes da brenton woods como se espera que elas aceitem os resultados de uma auditoria interna? Estamos a brincar ou a tentar confundir os outros. Seria aceitavel que alguém te acusasse de...Ver mais
Gosto123 h
Eliha Bukeni Se tal como o articulista "anónimo" veicula, o IGEPE e o Ministro de tutela decidiram alugar os barcos eu só posso elogiar a medida, pois trata-se de uma decisão sensata perante os factos. Quando esta empresa "fantasma" saíu pela primeira vez para dar a cara em 2014, a sua Directora Geral, a Sra Matavele em entrevista á um jornal da praça disse que o plano de negócio da empresa previa o reembolso da dívida em 7 anos. Entretanto, meses depois ficou-se a saber que os barcos não tinham tripulação e que estava a se recrutar pessoal para envio ao estrangeiro para formação. Meses depois soube-se que apesar de fabricados na França, os barcos não reuniam os requisitos técnicos para pescar para o mercado da União Europeia, pelo todos deveriam ser re-adaptados, num processo bastante oneroso. Há meses soube-se da voz do Ministro de tutela do sector que dos 24 barcos apenas 6 foram adaptados, licenciados e estavam a operar, e que uma vez que a empresa não estava em condições de suportar os altos custos da re-adaptação dos barcos na África dos Sul, a empresa estava a avaliar a possibilidade de efectuar as operações de re-adaptação na doca do porto de Maputo. De resto, os restantes barcos podem ser vistos a corroer o casco no cais do porto de Maputo ou "pescar atum no lodo", como diz o Coronel SV. Entretanto, a minha convicção de que alugar ou vender aqueles barcos é uma decisão sensata formou-se quando um dos Administradores da empresa, em entrevista á comunicação social referiu que a empresa precisa do apoio do Tesouro para resolver dificuldades de Tesouraria, porque a empresa não tinha Fundo de Maneio (Cash flow). Isto é, a empresa não tem dinheiro para comprar combustível para as embarcações, comprar redes, iscas, pagar água, electricidade, salários, contratar serviços de manuntenção, etc, etc. Esta realidade está em linha com as declarações do Ministro Maleane no Parlamento quando disse que dos 850 milhões de USD nenhum tostão entrou em algum banco nacional. O dinheiro saíu todo do Credit Suisse e VTB directamente para os fornecedores e comichoenistas, não tendo sobrado nada para constituir provisões para o Fundo do Maneio da empresa. Ora então, cadê o tal plano de negócio enunciado pela Sra Directora Geral que previa a liquidação do emprestimo em 7 anos. Com que então o Ministro Maleane iria sacar dos já minguados cofres de Estado para alimentar um nado morto!
Julião João Cumbane Tens razão de pensar como pensas e de acreditar no que pensas, Eliha Bukeni. O texto que eu partilhei tem mérito que tu não queres apreciar porque estás bloqueado por aquilo que julgas saber. Infelizmente, não posso fazer NADA por ti nessa situação!
Inacio Mario JJ não nos distrai por favor. Arriiiii
Julião João Cumbane Que quer distrair outrem aqui és tu, Inacio Mario!
Dobie Ralph Ainda assim, não estamos distraídos e temos neurônios para aclarar o trigo do joio
Julião João Cumbane Neurónios temos todos, Dobie Ralph. A questão é quantos dos teus neurónios estão ligados entre si. Isso é que faz diferença entre nós dois!
Manuel Moises Americo Pelo caminhar da nossa vida socio-económica, muito do seu argumento acaba fazendo sentido. E ultimamente é notório um esforço do nosso Presidente de caminhar para frente e com actos bem arrojados e também nota-se que existe um segmento muito influente no partido FRELIMO e na sociedade moçambicana em geral que o tem contrariado (pela via da imprensa), e isto acaba transparecendo que esta ala está em conflito com s actual governação. Concordo consigo Dr Julião João Cumbane que o presidente deve libertar-se destes falsos amigos urgentemente, antes que ele seja um fracasso (o tempo não espera por ninguém). Obrigado Dr por nos abrir os olhos e pela sua coragem de desmascara-los.
Homer Wolf Desmascarou a quem?
Kherra Mauricio Desmascarou a quem? Se não trouxe nomes atona. Amigos acho que alguns estudiosos por tanto estudarem pensam que todos nós somos BURROS, somos os SEM ESCOLA.....Esse intelectual ja virou MARIONETA desses anonimos, sabe tudo sobre eles, Homer Wolf sera que o intelectual nao é pertecente a esse grupo de anonimos, que aparece como o salvador do povo alertando-nos sobre coisas e factos redigidos na mesma grafia e no mesmo teclado? Por favor sejamos pensantes....Nem sempre o gato costuma ser gato.
Gosto20 h
Homer Wolf Eish... eh eh eh
Gosto20 h
Manuel Moises Americo Acho eu, que ele ( Julião João Cumbane) como cidadão livre deste país, é livre de opinar acerca da vida social e política desta nação.
Gosto19 hEditado
Manuel Domingos J. Cossa Acho que este post devia ser partilhado entre os membros da Frelimo. A ser assunto é assunto interno da Frelimo, são intrigas e conspirações dentro da Frelimo .
Será que não podemos discutir a sociedade, o país sem meter polítiquices e partidos?
Homer Wolf É isso aí Manuel Domingos J. Cossa... O Profe até taggou alguns (alegados) G40 mas aparentemente estes parece que não se querem comprometer... 
(É que, eish... entrar nos debates do Profe assusta-os)
Gosto2Ontem às 10:46Editado
Manuel Moises Americo Meu caro Manuel Domingos J. Cossa, este assunto não se limita apenas a FRELIMO, o Nyusse é presidente de todos moçambicanos ou seja é o pai da nação. E cabe a nós como filhos desta nação alertar ao nosso pai dos presumíveis riscos que ele corre.
NB: Os problemas da FRELIMO também são de Moçambique, disto não tenham dúvidas.
Homer Wolf Vamos alertar sobre "presumíveis riscos" que nos chegam por cartas anónimas? Quem escreveu essa carta? Quem sáo os tais lambe-botas que querem tramar Filipe Nyusi? ...
Elísio Nhantumbo A proposta do ilustre Manuel é igual a retornar uma chamada recebida de um private number. O autor da carta de certeza que deve conhecer os tais conspiradores, o mais ideal seria dirigir uma carta secreta ao PR com nomes. O PR deve-se cuidar de quem? Esta ajuda não ajuda, é o mesmo que ligar a policia a dizer que roubaram meu carro branco.
Gosto323 h
Homer Wolf Jah Yahwah MataveleAmosse MacamoLazaro Bamo, DjoneLenon... por favor, náo nos deixem aqui a falar sozinhos....
Sergio Serpa Salvador Jah deve ser ´´destituído´´. Nao esta cumprir cabalmente as suas funcoes. Nao há quem debele as chamas no lugar dele!!!
Gosto23 h
Homer Wolf Tambem acho... Jah está a meter água, mas apagar o fire que é bom, nicles!
Gosto223 hEditado
Américo Matavele Cheguei, não vi chama e fui embora. Só me fizeram carregar água de borla. Chamem-me quando é fogo de verdade! Estilo aquele da Madeira.
Gosto323 hEditado
Homer Wolf Qual é a tua opiniáo sobre a carta que o Profe publicou?
Gosto23 h
Lazaro Bamo Só vim sublinhar "Cheguei, não vi chama e fui embora. Só me fizeram carregar água de borla. Chamem-me quando é fogo de verdade! Estilo aquele da Madeira."
Gosto123 h
Homer Wolf 1. Acontece que voce Lazaro não é "o bombeiro" de serviço. Vc não é o Agente 21... Voce é Agente 25, tens outras tarefas, ntsém

2. É estranho que perante estas denúncias graves voces se mantenham impávidos e serenos. Assim vamos desconfiar que há muita verdade aí nessa missiva náo assinada... 

E olha que o Profe tem fama de ser uma pessoa recta e que nunca mente... eh eh eh
Gosto23 h
Homer Wolf Comente a carta Jah Yahwah!
Gosto23 h
Manuel Domingos J. Cossa Jah não está para comentar hoje...receio de ser conotado de ser em um dos tais
Gosto122 h
Homer Wolf Eu já estou quase certo que esses que desvalorizam o esforço do Profe Julião (abstendo-se de comentar essa carta), tem culpas no cartório... eh eh eh
Gosto22 hEditado
Manuel Domingos J. Cossa Não fazem trabalho de equipa.....são todos "Cristiano Ronaldo". Carregam a equipa as costas
Gosto122 h
Homer Wolf yah, tipo salve-se quem puder. Cada um a "Maviar" à sua maneira... eh eh eh
Gosto22 h
Homer Wolf E no meio de tudo isto náo me admirava nada (até apoio!) que o Profe, pelo seu empenho e clarividència, acabasse sendo o assessor nº1 de Sexa... Esses 40 não estão a dar conta do recado....
Gosto22 hEditado
Manuel Domingos J. Cossa Achas Homer que o prof se contentava com a posição de assessor? Isso já ele é
Gosto22 h
Homer Wolf E então porque não é convocado a participar nas "runióes" da água vumba?
Gosto121 hEditado
Sergio Serpa Salvador kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Gosto123 h
Gaide Casanova Casanova Farei das palavras de alguém que n gosto muito as minhas. Nyusi é meúdooo. kk
Gosto123 h
Homer Wolf XiSchauque, viu isto? Qual é a sua opinião?
Gosto21 h
Kherra Mauricio O nosso ilustre Prof não desmascarou a ninguem? Traga-nos nomes desses anonimos e ou sitios para tambem consultarmos. Traga as coisas e factios atona. Amigos acho que alguns estudiosos por tanto estudarem pensam que todos nós somos BURROS, somos os SEMESCOLA.....Esse intelectual ja virou MARIONETA desses anonimos, sabe tudo sobre eles, Homer Wolf sera que o intelectual nao é pertecente a esse grupo de anonimos, que aparece como o salvador do povo alertando-nos sobre coisas e factos redigidos na mesma grafia e no mesmo teclado? Por favor sejamos pensantes....Nem sempre o gato costuma ser gato.
Gosto220 h
Homer Wolf ntsém!
Gosto20 h

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook