quinta-feira, 15 de setembro de 2016

FINALMENTE A NOSSA PROPOSTA PODE VIR A PEGAR PARA SALVAR A PAZ


PIMO - Bloco de Orientação Construtiva
COMENTANDO O COMENTÁRIO DE ANTONIO MATAVEL DO QUAL CHAMA SIBINDY DE MENTIROSO E UM AMBICIOSO FRACASSADO
Palavras de Antonio Matavel "MENTIRA de ambicioso e fracassado Sibindy. Donde vem sua invencao?"
COMENTÁRIO DE YÁ-QUB SIBINDY:
Desafio público para você Antonio Matavel!
Responda-me na base dos Estatutos e Programa da Frente de Libertação de Moçambique, aprovados no I Congresso da constituição da FRELIMO, às seguintes perguntas:
1 - O que é a FRELIMO?
2 - Quais são os objectivos da FRELIMO?
3 - Definição do Programa da FRELIMO!
4 - Quem pode ser membro da FRELIMO?
Eu tenho as respostas na memória, porque fui documentalista e comissário político da FRELIMO, na Frente de Manica e Sofala, entre 1972 até a altura do Golpe de Estado de 25 de Abril de 1974!
Comandante Dik Tongande (FERNANDO MATHAVE), Francisco Ndeyo (MUTHAMANGA), Eduardo da Silva Nihia, Tomé Eduardo (OMAR JUMA) Adelino dos Santos Assikulava (FOCAS ZACARIAS ASSIKULAVA), JOHAN JEHOVA, Ângelo de Abreu (JOSÉ LABO), Nunes Gavião e outros destacados compatriotas que dirigiram a FRELIMO à partir do Interior, formaram quadros da guerrilha que não se limitavam a aprender exclusivamente a manejar às armas, mas sim também nos obrigavam a dominar à história da FRELIMO, registada nos Estatutos e Programa daquele movimento a partir do I e II Congresso!
Obrigavam nos a escutar à Voz da FRELIMO que era transmitido a partir da Zâmbia, para aprender a política!
Ainda me lembro das vozes energéticas da Camarada Rosária Tembe e do Camarada Rafael Maguni! "Escutávamos: - Serviços Termos da Rádio Zâmbia.
Caixa Postal 15W - LUSAKA"!
Nós somos da FRELIMO real, porque forjamos à nossa militância com o povo no interior de Moçambique e não só em Nachingweya e Dar El-Sallam onde residia luxuosamente a actual classe dirigente da presente Frelinegócios, totalmente contrária aos valores morais, políticos e patrióticos que iluminaram à visão dos guerrilheiros em todas frentes de combate, assim como das populações das zonas libertadas!
Comentários
Yaqub Sibindy partilhou a sua publicação.
9 h
FINALMENTE A NOSSA PROPOSTA PODE VIR A PEGAR PARA SALVAR A PAZ
O PIMO parabenaliza a disposição do antigo Presidente da República, Joaquim Alberto Chissano, caso definitivamente vir aceitar, o cargo de Mediador-Chefe, da nova equipa que vai mediar o actual diferendo eleitoral que opõe o Governo e a Renamo!
De salientar que foi da iniciativa pública do Partido PIMO, que sugeriu a figura de Joaquim Chissano, para assumir esse cargo, enquanto o Presidente Nyusi, efectue uma remodelação governamental que visa a formação de um Executivo Inclusivo que integra às forças vivas da oposição e algumas figuras de mérito, provenientes da sociedade civil!
O ex-chefe de Estado moçambicano Joaquim Chissano mostrou-se ontem disponível para mediar um encontro entre o Presidente da República e o líder da Renamo
TIM.SAPO.MZ

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook