quarta-feira, 2 de março de 2016

2 MANING NICE ATACADOS ESTA MANHA EM CAIA!

Uma transportadora com cheios de feridos deu entrada esta manha no Hospital de caia.
Maning Nice que saia de Quelimane ate agora esta em caia desde 8: horas.
segundo um amigo que esta na viatura diz que estão parados e não sabem que horas vão seguir a viagem porque a estrada esta mal.

Sms: brother a situação não esta boa.
atacaram dois Maning nice agora mesmo, Agora não sei se vamos continuar com a viagem hoje ou não. isso aconteceu na primeira coluna e ate agora estamos aqui!
Feridos acabam de dar entrada no Hospital de Caia.

Há vários textos circulando nas redes sociais que, no essencial, argumentam que a "cultura" de ilegalidade de cada um de nós nos torna todos em renamo, no sentido em que não nos surpreende nem incomoda que por aí ande um partido armado a violar a constituição. Este tipo de reflexão é, de facto, muito profunda. Senão, vejamos. Deve ser porque cada um de nós precisa de uma ajudinha perante a lei que a polícia é corrupta - se não guiassemos embriagados e com excesso de velocidade, a nossa polícia seria limpinha, limpinha. Deve ser porque alguns de nós são membros de partidos políticos que o nosso estado está partidarização - se os partidos políticos não tivessem membros não existiriam, logo, o estado não poderia estar partidarizado. Deve ser porque temos rádio e televisão em casa que temos que aguentar com os monólogos em debates em que todos os participantes têm exactamente a mesma ideia sobre as mesmas questões, ideias essas que, curiosamente, coincidem sempre com o poder e mudam tão rapidamente quanto o poder muda de ideias. Só pode, a culpa é mesmo das lojas de produtos electrónicos. E deve ser porque cada um tem ambições e aspirações a viver melhor que os nossos recursos foram entregues a multinacionais com vantagens enormes para aquelas. E também deve ser por causa da nossa cultura violenta que quem protesta contra essa entrega e contra as condições laborais e comunitárias que emergem dessa entrega é declarado violador da lei e, por consequência, obriga a nossa polícia a intervir violentamente, brutalmente (já repararam que as greves e manifestações são sempre ilegais, excepto as organizadas pelo partidão, mas a violência social, económica, laboral, ambiental e política que motiva tais greves e manifestações é sempre protegida pela brutalidade policial - sim, claro, se a greve não fosse ilegal, nossa culpa, a polícia não estaria brutalmente associada ao grande capital). Sim, é nossa culpa por protestarmos e por queremos viver melhor. Também somos nós que criamos a fraude eleitoral - ora bem, se ninguém votasse, não poderia haver fraude pois não haveria votos alguns nas urnas para falsificar. E quem nos mandou querer ser libertados do colonialismo e querer democracia? Tivéssemos nós ficado apenas metidos nas nossas vidas, eternamente de cabeça baixa, hoje não teríamos nem "libertadores" nem "pai da democracia" a reclamarem direitos históricos que nunca foram anunciados enquanto lutavam contra o colonialismo e pela democracia.
Talvez haja um ponto interessante aqui - de repente, alguns anos depois da independência nacional, a elite dos "libertadores" começou a reclamar o direito a expropriar o país e enriquecer individualmente por serem "libertadores". Mas esta reclamação não estava listada nos objectivos da luta que hoje usam para legitimar um direito que nunca disseram que queriam ter quando lutavam. Isto é mudar as regras do jogo depois do resultado, para ficarem no lado vencedor mesmo à custa do total e completo sacrifício da retórica que presidiu à luta que os legitima como elites. Este comportamento parece-me não ser dissemelhante do daqueles que após perderem as eleições (com ou sem fraude) querem "governar" - entenda-se "mandar em" - as províncias onde dizem ter ganho as eleições. Então, quem sabe, se calhar não é por alguns de nós guiarmos embriagados e furarmos bichas que por aí andam partidos armados a dizer e a fazer disparates; talvez haja uma lógica entre poder e acumulação que cria ondas gravitacionais que se espalham a todos os que têm força militar para tentarem assaltar o poder do estado.
Talvez, por isso, sejamos, de facto, culpados de algumas coisas que aqui acontecem: 1) termos demasiada paciência com os usurpadores do estado; 2) sermos demasiado cobardes e indiferentes perante esses usurpadores; e 3) passarmos o nosso tempo a discutir e criticar esses usurpadores em vez de nos organizarmos, articularmos politicamente as reivindicações sociais e mobilzarmos acção política que nos liberte dos "libertadores e dos "combatentes da democracia". Não sei se é por alguns de nós pagarem a polícias ou deitarem lixo no chão que estamos onde estamos. Talvez seja pela inércia social e política, pelo desinteresse e pela falta de coragem, que permitimos que o país se tornasse refém de forças políticas que devem a sua legitimidade a causas que elas dizem ser a sua génesis, mas que não respeitam. No dia em que percebermos que não temos que estar agradecidos a ninguém e que, por consequência, ninguém é nosso dono nem somos propriedade de ninguém, nesse dia talvez comece a caminhada para normalizar este país.

In Professor Carlos Nuno Castel-Branco.

Benedita Felix Cumbane Concordo, penso que somos demasiado pacíficos com o que é mau, talvez seja por nos ensinarem quem reclama é rebelde, perturbador, contra a paz. Há ideologias que enganam nossas mentes, o nosso modo de pensar é muito manipulado. Há necessidade de reconstrução do conhecimento.

Abel Zico Simplesmente perfeito... Inercia e cobardia social leva-nos ao fundo...

Raúl Salomão Jamisse Hehehe grande ironia, grande crítica..inércia de todos nós.

Cidia Chissungo Verdades

David Colaco Ribeiro Eu também li aqui bujardas sobre este aspecto...esse texto do prof. Nuno Castel Branco (sempre ele) vem dar bofetada aqueles que propalam por ai aspectos que nem eles próprios acreditam. Comparar o refresco dado ao trânsito a violação da constituição por parte da Renamo e, por via disso, tornar—nos todos em Renamo.

Mateus Joaquim Mutembué Melhor ficar calodo do manifestar porque nunca se sabe quêm será a proxima vitima de bala perdida desparada pela policia sob ordens dessa elite.
José de Matos
3 hrs
Os cesares da nossa desgraça
Por motivos de ordem pessoal ando menos pelo Facebook e tenho menos tempo e disposiçao para acompanhar detalhadamente o conflito politico militar em Moçambique!

Ainda assim. vou deixar aqui o meu grito de repulsa pela postura de alguns,(principalmente jovens que gostam de projectar uma imagem de intelectualidade e imparcialidade e outros insensiveis com agenda partidaria bem definida ), pela irresponsabilidade nas abordagens e banalizaçao do conflito, alguns ate fazem humor enquanto compatriotas morrem e fogem do conflito! Para alem da postura irresponsavel, esses sao cartas fora do baralho na questao da Paz e Reconciliaçao, estao a excluir-se do verdadeiro debate nacional!

Roma arde e Cesar toca a lira, impavido e sereno! Sao muitos os cesares da nossa desgraça colectiva!


UMA LUZ NO FUNDO DO TÚNEL PARA A PAZ EFECTIVA EM MOÇAMBIQUE: DLHAKAMA ABANDONA EXIGÊNCIAS IMPOSSÍVEIS PASSANDO A EXIGIR O POSSÍVEL SEM MEXER COM À CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA, DEPENDENDO DA VONTADE POLÍTICA DO GOVERNO DA FRELIMO : PARTILHA DO PODER

Escreve Marcelo Mosse no seu mural e a Dupla Construtiva passa a citar:

"outro artigo (E Dhlakama subiu a fasquia
E ai está!

Afonso Dhlakama subiu a fasquia. Ao aceno para diálogo refeito pelo Presidente Nyusi através do Conselho Nacional de Defesa e Segurança, na semana passada, ele acaba de impor uma nova condição. Qual? A Renamo tomar posse nas seis províncias onde ganhou as eleições. Posse primeiro, depois falamos, eis a sumula.
A posição esta espelhada num Boletim Informativo da Renamo, de edição recente. De acordo com o serviço em Inglês da AIM, o Boletim escreve que a Renamo esta disposta a manter o diálogo com o Governo (Nyusi) mas impõe como condição começar a governar nessas províncias. A Renamo acusa ainda o Governo de “militarizar” as províncias do centro e do norte, com contingentes de soldados treinados na Coreia do Norte.
Dhlakama subiu a fasquia. Agora já não se trata do estabelecimento de autarquias provinciais com efeitos retroactivos, através de uma reforma legal, alias, proposta chumbada na AR pela bancada da Frelimo. 
*****************************************************
Trata-se de uma partilha de poder pura e simples.
*****************************************************
As coisas estão mais pretas! Será preciso cedências de parte a parte para que o almejado dialogo tenha lugar. Não creio que seja necessário jorrar mais sangue)"


Comments


1
umBhalane said...

A ler com atenção, como usualmente.

"
Uma revolução efémera produziu um regime déspota e repressivo.
Uma democracia de aparências foi desmascarada após dispendiosos pleitos eleitorais sucessivamente viciados.
"
«
Quando o PR e o seu partido de suporte vendem a mensagem de que querem conversar com a liderança máxima da Renamo mas sem pré-condições, isso tem muito que se lhe diga.
... ressuscita-se o termo “diálogo sem pré-condições”.
»

"
Estas pessoas querem que nada se altere, especialmente quanto à sua impunidade e aos seus negócios.
"

Nunca te doa a pena, Noé Nhantumbo.

É BOM ACORDAR DE VEZ.
FUNGULANI MASSO.

LEMBREM BEM
QUEM NÃO LUTA, PERDE SEMPRE
A LUTA É CONTÍNUA
Like
Comment
Maria Colaço O governo ñ vai aceitar toda riqueza está no centro e Norte aki no Sul ñ tem nada esse é o maior problema? Mas pode se conversar sem armas? A quem confiar! Diálogo mas ninguém está interessado...

.

Simbe Alberto O que tem de riqueza no centro?O que é mais importante é o capital humano

Mas eu concordo k moz e muito grande nao vejo porke a frelimo recusa a partilha de puder, deixasem a renamo governar onde ganhou e nas proximas eleicoes o povo decidiria melhor kem lhes governa bem

Carlos Matusse Qual é a semelhança entre adepto de futebol e da política? R: discutem, lutam, odeiam-se... por coisas que lhes beneficia em nada, enquanto os verdadeiros actores ganham dinheiro e vivem bem. A única diferença é que política é mais perigosa e doentia demais. Falei!
LikeReply15 hrs
Djetta's Jeronimo tanta coisa mà tanto sangue so para um beneficio proprio.morre o povo perturba si o povo sobrevive mal o povo.fazem de nos os leitores escritores adeptos sem ganho.politica politica politica.o povo sofre por isso.
LikeReply2Yesterday at 10:05amEdited
Jonas Chauque Bom dia. O país não é propriedade do governo da Frelimo. O povo das 6 províncias quer a Renamo no poder, não há nenhum problema nisso. É democracia.
Alberto Luís Jone Com certeza...basta sangue de inocentes por interesses pessoais...e kem morre la é filho d um coitado pk os filhos dos dirigentes stao todos foraa se formarem pra ocupar cargos d chefias...basta sangue...dialogo sim. E a Frelimo nao aceitara a cedencia d governacao pra renamo pk é la onde centra-se a maior rikesa d país...mas k sedecem pra nas proximas eleixoes o povo decidir melhor...
LikeReply123 hrs
Osvaldo Zunguene Si ker dialogar pork impoe condicoes isso ker dizer k ele ainda ker nos matar ..o tomas sankar dizia k o poder nao si conquista aranca se..e o dlhakama caiu nisso .mas ele ta a brincar
Filipe Carlos Domingos Domingos Apelamos ao Nyusi aceitar o que Dhlakama está pedir como forma para acabar com instabilidade em Mocambique, para melhor construir Mocambique
Wilson Lesiba Se conversarmos depois de ter as 6 pronvicias Sera a melhor coisa porque o poder estara ma's nossas maos Como e que uma pessoa pode assinar um contrato duma coisas que nao vez com isso quero dizer terbo produto e depois avariar Meu kota nao deixa esses malandros te enganar apostamos em ti phambelyyyyy a Vitoria e nossa
Silva Manuel Matsinhe Isso é uma coisa que a FRELIMO devia ter feito quando o Chissano assinou os acordos da paz, desmobilizar os soldados mais velhos e os mais novos integrar nas FDS, e co
Nelsonpita Sauca Pois já se tem a vista o pior cenário possível, haverá de jorrar sangue, porque este governo não vai ceder em nada..
Saber Ver Copiar se falar é que a gente se entende, falemos então em linha direta. Senhor presidente da republica, e o Senhor lider da renamo, afinal de contas qual é o problema? custa alguma coisa dialogar? custa não matar o povo? custa deixar andar 
grin emoticon
 ? estou começando a achar que isso é um jogo, e cada nivel que se atinge, é um bonus terrivel, por isso esse play people, não vai acabar tão ja, pode ate expirar essa versão, mas ira se atualizar, e assim o jogo continuara.
Osvaldo Zunguene Sr..rafique..gostei do teu comentario..o meu ta caduco..mas so kero t lembrar k as eleicoes de 2015 nao era pronvicias muito menos autarquicas..o teu tio jamanta vai morrer se governar este pais si nao tirar os 11 e os 111.k tem no corpo..meu irmao ninguem doma a perdiz mesmo dar tudo .dlhakama e perdiz por isso nao pode governar si vai levar presidencia a maringue
LikeReply16 hrs
Romao Chizango Isso nao sera possivel, Dlakama esta desnorteado, o governo nunca vai ceder de bandeija estas exigencias macabras...
LikeReply14 hrs
Nelson Cristovao Chitambule Chitambule Dlakama é um falhado e corno. O k devia se fazer é pegar na familia dele toda e matar para ele sentir k perder um parente doí.
LikeReply21 hrs
Ibraimo Muleva Temos irmaos nao informado a dar o pionions nao saudavel; porq homem nao informado e perigoso! Muitos paises a fricano; foram dividido em funçao dos conflitos admiro alguem a dizer nao e possivel termos regions autonoma! Aqui na vizinha Africa d sul; a provincia d kuazul natal o governador e da o posiçao! Sudao foi dividido! Evitem comentar por imitar compatriotas!
Americo Salgado So se a FRELIMO fosse composta por loucos pra aceitar uma barbaridade dessas."Quem ker paz,prepara-se para guerra".
Carlos Ponheque Assuate Imensas desculpas, intervir. Viveu a guerra dos sem 16 anos. Querra nao ajuda excia. Peço que repense no que diz. Ufffff dscp.
LikeReply223 hrs
Americo Salgado Não vivi a guerra dos 16 anos não, mas se tens reparado xtamos em guerra não declarada e quando é assim sao inocentes que morrem, xta a se morrer irmão, é preferivel k essas duas forças politicas se enfrentem num campo proprio do k cantar se paz paz paz, a se morrer.
LikeReply223 hrs
Carlos Ponheque Assuate É por aquilo que vivi, digo que a guerra de armas nao é de fact algo a rogar que retorne. Ainda bem k nao viveu. Renamo e Frelimo sao perigosos. Matam p "caramba" , dscp mas quero lhe afirmar k isto devia se sentar e partilhar-se o que se combinou no acordo de Roma apesar de nunca ter se revelado visto k se trata a porta e janelas fechadas à armas. Eu concordo k poder nao se dá mas assim sendo devemos usar armas k nao tiram a vida daqueles que se precisam p votar. Nao sou politico mas é de lamentar o que estamos a ser feitos nest periodo sem campanha eleitoral. Isto p ambas as partes.
LikeReply123 hrs
Armando Fernando Joaquim É de lamentar bastante o que está a acontecer.temos q aprender de uma vez por todas."votar em movimentos armados dá nisso.sempre q se sentirem insatisfeitos vao recorrer às suas armas.nao quero ferir a quem quer q seja.
LikeReply17 hrs
Carlos Ponheque Assuate Nao concordo com o que o senhor Armando joaquim diz. Nao é pelo fact de se votar o movimento armado. Penso que devia pensar quando, com quem e continua esta querra. Aqueles mesms que se começaram a matar em Nachingueia. Sao os mesmos. Apenas de dividiram ao longo do tempo. Assim que os elefantes diminuiram, provocam-se e outros atiçam para continuarem a matar. Desta vez a nós, o povo. Caro amigo, enquanto os jovens continuarem a se deixar instumentalizar, assim será ate qnd jesus voltar.
Aboo Shuraim O Djakama nao tem foto actual? 

Nessa foto parece que ele ainda não tinha atingido maioridade.

Arlindo Vilanculo O governo n vai ceder pork xtao com medo d ver as provincias k a renamo vai governar a serem bem governadas e temem k a renamo descubra o saque dos fundos do estado.
Julião Carlos Biza Biza Aquestao de nao ceder , nao e por medo. So que nas condicoes como a Renamo coloca as coisas, parece que a Renamo quer fazer chantagem, e isso e inadmissivel.
Vitor Tembe Tembe Kuando alguem s sente dscriminado, menospresado e tratado cmo estrageiro n seu pais mais frustrado fica e nao ajuda pra kem ker a paz. Sao espresoes k incitao a guerra .
Admiro Fernando Wala Vala aceitar o que arenamo,quer havera eleicoes na quelas 6autarquias
Nelson Pedro Prk k postou foto d arkivo? tinhas k lh postar assim cmo ta atualmente esse Bandido feio e magro dexou boa vida p entrar n mato
Vitor Tembe Tembe O preco subiu alto dxaram d convencer Dlhakama ainda cedo, mlhor l dxar pra ver ate ond vai s n aguenta sai. O povo ker alternancia
Onésio Orlando Nhaduco Arma Partilha de poder de merda só.... Onde é k ficam os outros partidos nisto
LikeReply22 hrs
Sebastiao Bernardo Mufana Mufana Só sangue e rios de sangues é a próxima oportunidade a assistir.
Augusto Dias A Renamo poderá governar alguma região do país se for aprovado na AR esse tipo de governação. Enquanto isto não se verificar a Renamo deve esperar. Já se falou nas mídias e mesmo no FB que o regime constitucional vigente não observa isso é todos nós os cidadãos devemos concordar com isso. Os que defendem fora do ordenamento jurídico vigente são aqueles que se deixaram levar pelas declarações de Dlakhama proferidas em comícios. As leis em Moçambique ou em outros países não são decididas em comícios e muito menos por um cidadão desonesto que quer chegar ao poder á força. Em Moçambique não há espaço para divisão do pais em Sul e Norte porque quando se fez a luta de libertação foi para libertar toda a terra ou seja todo o espaço geográfico pertencente a Moçambique e os seus habitantes. Os moçambicanos. Portanto havendo alguém que queira introduzir alterações deste desiderato, deve apresentar um projecto abrangente que envolva todo o povo moçambicano do Rovuma ao Maputo porque em cada parcela deste país vivem todas as etnias. Não vai encontrar um único espaço deste país apenas ocupado pelas gentes daquele lugar e igualmente acontece com os partidos. A Frelimo, a Renamo, MDM e outros tem no seu seio moçambicanos de todos os cantos de Moçambique. A Renamo ao trazer esta falsa questão de que vai governar onde ganhou como se as eleições realizadas tiveram em vista este ordenamento, pretende camuflar as sucessivas derrotas eleitorais que tem tido desde a formação do multipartidarismo. Fez tantas promessas aqueles que foram seus acólitos que ganharia as eleições e por esta via iria governar e distribuiria altos cargos ao tais seguidores. Portanto os que estão nervosos fiquem calmos e apresentem um projecto de mudanças em Moçambique mas com contas pés e medidas. Feito para todo o povo e de certo nas próximas eleições serão sufragado
LikeReply123 hrs
Lucinda Maganga Passou o tempo agora junte teus filhos e netos e vive agora tsezaa e sai do mato
LikeReply18 hrs
Nemane Selemane Tenho dito sempre que nao precisamos de nos matar este pais e grande, vamos partilhar e viver a vontade.
Inusso Rodrigues Dramusse Eu tambem vejo assim
Doningos Henrinqes Cumbe Esses gananciosos nao vao aceitar ,pois sabem k se a renamo tomar posse nas 6 provincias,e' o fim do regime
Timoteo Denja Vale pena guerra doki a renamo governar
Juliao Gasolina Mapoda Mapoda seria mlhor mas os gananciosos e avarentos preferem guerra
Zondai Tengaudzoke Não vamos vender nosso país aos PORTUGUESES. Tudo faremos para que sejemos nós moçambicanos a tomar conta do nosso país. vocês portugueses naturalizados moçambicanos já nos deram problema que basta. tentam a todo custo criar ódio entre irmãos. vamos desarmar os irmãos da RENAMO para que percebam que o país se constrói com sacrifício e não com facilidades dos patrões portugueses. depois de desarmar os nossos irmãos? vamos a vossa trás vocês portugueses. OLHO NO OLHO. cada um manda em sua casa. esses vossos discursos vão fazer lá na vossa terra. estamos fartos de vocês.
LikeReply19 hrs
Santos Maite Silvestre Nos do centro queremos a RENAMO
Zelio Lucas Tembe Nenhum governo lucido aceita isso.
Comments
Joefarman Manjate Os tais continuadores ,robós do nosso nível!
Ariel Sonto Eu so olho.
Comments
Ishmael Da Lnes Lampiao A RENAMO deve afugentar esses caxorinhos pra o sul
LikeReply42 hrs
Vilanculos Cláudio Vilanculos Eu já disse a melhor coisa segura é passar sem escolta. Pork com a escolta?? hahahahaha.... Vão morrer k nem galinhas. Não aceitem a escolta desses marginais de pirikitos pha??
LikeReply22 hrs
Toxx Will Maylen Mudaniss deixem axim ainda n chegaram em fudza-(apagar),verao as dexgraxax
LikeReply12 hrs
Albertino Corrente Eles levam militares metem nos carros civis ,porisso sao atacados
LikeReply12 hrs
Aizeque Alfredo Yambane Aquele bandido nyusi tá acabar pessoas
LikeReply12 hrs
Manuelito Jaime que diabo, as pessoas estao perdidos onde a violencia viraou moda, o sofrimento virou alegria, burrisse virou esperteza
LikeReply1 hrEdited
Dino Antonio Dino Nao ha empregodos da frelimo ai nesta estrda?
LikeReply11 hr
LikeReply1 hr
Zeca Da Madalena Nauere ainda noa morreram os da frelimo talvez
LikeReply1 hr
António Cinco-reis Sera que esses maning nics estavam em coluna acompanhada com a tropa?
LikeReply1 hr
Dino Antonio Dino E bom o sofrimento encoraja e fortifica
LikeReply11 hr
Pedro Taremba Se acabesse com a escolta isso podera ter o fim.
LikeReply11 hr
Victor Lima Matsumane Acho que não é verdade, no início foram atacadas viaturas se escolta, e sem a fir nas proximidades. Os ataques só servem mesmo p chamar a fir, pk não atacam os carro da fir? Ou pk não vão aos quartéis? O povo é que paga.
Francisco Nsona Disse se em changara tete nao se passa esta informção é verdadeira.
LikeReply1 hr
Elder Chissale Meu irmão. Não se atrapalhe com estes que tem meta a cumprir com estrangeiros. ESTÃO a cumprir agenda de estranhos a Pátria. Eu estou agora em Changara e nada disso que te disseram. O Governo está atento e não fique na onda de desinformação. Vamos trabalhar para o desenvolvimento....Força Presidente #Filipe Jacinto Nyusi#
Francisco Nsona E verdade que nao esta se passar para Tete?
LikeReply1 hr
Carlos Domingos FORSA AI RENAMO Ja estamos em Fevereiro , eses gajus querem nos atrasar.
LikeReply31 hr
Mwiru Maseliha março irmão, é desta vez, ñ falha nada e nem pode falhar, brevemente vai acontecer um check-mate, o endgame que esperamos.
Ggomes Nhantumbo Marco phaa
LikeReply21 hr
Romeu J Maluleque Maluleque Escolta para que???
LikeReply1 hr
Fernando Quessarry Muchanga Muchanga forca rangers n deixem scapar esses marginais..... bm vndo marco bm vndo a nova geracao d governo.
Meque Vasco Zionjo Romo ao novo mandato 

É a hora d verdade força madalx
Dino Antonio Dino Maning nice e nagi estao a dizafiar a renamo e melhor canselar as viangens nao se engane os viajntes favor.
LikeReply143 mins
Magid Manjor Ijiii,ningi podho AMUNAMUE?
LikeReply134 mins
Olx Beira Boladas Tchindja makhaliro chamwali, dziko yatu iriku ipa kakamwe.
Recardo Antonio vamos moises afrente tamos quaz para ttravesar com izrael

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook