domingo, 20 de março de 2016

Xiconhocas da semana: Filipe Nyusi; Mia Couto; Oposição construtiva

Xiconhoca
Escrito por Redação  em 18 Março 2016
Share/Save/Bookmark
Os nossos leitores elegeram os seguintes Xiconhocas na semana finda:
Filipe Nyusi
Não restam dúvidas de que o Presidente da República, Filipe Nyusi, está no bom caminho para se tornar o Xiconhoca do ano. No seu primeiro ano de governação ficou claro que o Chefe de Estado é uma figura meramente cosmética não só na arena política, ou seja, é um indivíduo sem nenhum poder de decisão, razão pela qual se assiste ao país a caminhar para o abismo. A questão que não quer calar é: como é que o PR permite existência de esquadrões para eliminar opositores?
Mia Couto
Não há dúvidas de que Mia Couto é um Xiconhoca travestido de um conceituado escritor. De acordo com os nossos leitores, Mia Couto deveria evitar fazer considerações políticas, para continuar a merecer a consideração, admiração e respeito de todo público nacional. Mas o escritor moçambicano opta por ser parcial nas suas intervenções. Aliás, não é a primeira vez que Mia Couto emite verborreia do género. Desta vez, ele afirmou que a Renamo ao colocar pré-condições para iniciar o diálogo com o Governo demonstra que não deseja conversar. Não sabemos se se trata de pura ingenuidade ou o escritor decidiu deliberadamente escamotear a verdade, uma vez que é sabido que o Governo tentou por várias vezes assassinar o líder da Renamo.
Oposição construtiva
A auto-denominada oposição construtiva não passa de um bando de Xiconhocas desocupados. Aliás, a única tarefa desse grupo é bajular o Governo de turno. Porém, desta vez a colectividade, composta pelos partidos PIMO e Ecologista de Moçambique, decidiu, por alguma carga de água, agir de forma diferente. Ou seja, a oposição construtiva reuniu-se com o Chefe de Estado, Filipe Nyusi, para pedir garantias de segurança para que o líder da Renamo, Afonso Dhlakama, saia das matas para um diálogo visando a paz no país. Muito estranha essa mudança de atitude!

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook