segunda-feira, 18 de abril de 2016

CIRCULAÇÃO CONDICIONADA NA EN7 DEVIDO A CRATERA ABERTA POR HOMENS ARMADOS DA RENAMO

ATENÇÃO RESISTENTES!
NOTICIAS DE CHIMOIO
Como informamos demanha sobre a invasão da delegação provincial da renamo, temos informação de que Na delegação queimaram gabinete das finanças e gabinete do Delegado e, tambem queimaram a sede da renamo na Soalpo e espancaram o Guarda.
Triste os nossos milicias so apreveitam-se dos indefesos eish!
NOTICIAS DO GURO-PROVINCIA DE MANICA!
Na noite do passado sábado pelas 19:hrs A FIR/UIR, recolheu alguns prisioneiros que eles acham que são forte, para o lado incerto.
mas ha indicação de que foram recolhidos para o recrutamento.
Atentos resistentes e mais vigilancia.
Duas sedes da Renamo incendiadas em Manica 

Partido acusa Governo de vandalismo. 





Um grupo de indivíduos desconhecidos vandalizou com fogo na madrugada desta segunda-feira, 18, duas sedes da Renamo na capital de Manica, na província moçambicana de Chimoio , e saqueou subsídios dos membros da oposição e material informático do movimento. 
O grupo chegou durante a madrugada na sede da Renamo no bairro da Soalpo, bastião do partido, espancou o guarda e arrombou a porta com recurso a gasolina, tendo incendiado o edifício. 
Meia hora depois da primeira acção, o mesmo grupo, composto por duas pessoas e que se fazia transportar numa viatura ligeira, “arrombou as portas da sede provincial da Renamo no centro da cidade e incendiou os gabinetes do delegado provincial e da administração e finanças”, disse Sofrimento Matequenha, delegado político da Renamo em Manica e deputado pelo partido na Assembleia da República. 
Matequenha revelou também que o grupo saqueou 350 mil meticais destinado aos subsidios dos funcionários das sedes, dois computadores, aparelho de som e um arquivo institucional. 
A sede provincial da Renamo fica entre uma esquadra da polícia e uma agência bancaria, onde são também destacados agentes da Polícia para guarnição, além da guarda privada da instituição, o que tem levantado questionamentos do partido sobre o incidente. 
“Nós atribuímos ao Governo da Frelimo a culpa, que manda essas pessoas para fazer o vandalismo” acusou Sofrimento Matequenha, socorrendo-se do tempo da duração das duas operações e pelo silêncio cúmplice das duas instituições vizinhas. 
Refira-se que a polícia não se pronunciou sobre o incidente na sua habitual conferência dea imprensa das segundas-feiras. 
Em Março, a viatura protocolar do líder da Renamo, Afonso Dhlakama, foi incendiada na garagem do delegado político da cidade de Chimoio, para onde tinha sido encaminhada após permanecer por longos meses no comando da reserva da polícia. 

( VOA )
Classifique este item
(0 votos)
Circulação condicionada na EN7 devido a cratera aberta por homens armados da Renamo
A circulação rodoviária na Estrada Nacional número sete (EN7) no troço entre a cidade de Chimoio e a vila de Catandica, no distrito de Báruè, na província de Manica, está a ser feito de forma condicionada desde o princípio desta tarde, devido a uma cratera aberta na madrugada deste domingo por homens armados da Renamo.
O comandante provincial da polícia em Manica disse, este domingo à Rádio Moçambique, que apenas viaturas ligeiras podem transitar, num desvio improvisado, próximo do local onde a plataforma da estrada foi escavada.
 Armando Mude Canhenze informou que logo que a corporação foi informada do sucedido, destacou alguns agentes para garantir a segurança e contactou o sector das Obras Públicas, que está a trabalhar para repor totalmente a transitabilidade rodoviária.
 A cratera, cuja profundidade impedia o trânsito de veículos automóveis ligeiros e pesados, foi aberta no povoado de Boco-boco, acerca de trinta quilómetros de vila autárquica de Catandica.
O comandante deu a conhecer que para concretizar esta acção de sabotagem, os homens armados da Renamo mobilizaram a população local.
Canhenze afirmou que um contingente policial continua no local para manter a segurança dos automobilistas e as viaturas, que ainda aguardam pela reposição total da circulação.
“Existe a segurança, foi reposta há bastante tempo. A ordem está garantida, neste momento há uma operação de procura, perseguição dos autores daquele crime macabro, daquela sabotagem. A população deve fazer denúncia quando é assim. Até ao momento ainda não temos nenhum detido, estamos no terreno a fazer a recolha de informações “, referiu o comandante provincial da polícia em Manica.
A fonte disse ainda que na manhã deste domingo, os homens armados da Renamo incendiaram três viaturas de civis, sendo dois camiões-cavalo e um turismo que seguiam naquele troço e feriram um cidadão. (RM)

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook