ACTUALIDADE

Loading...

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Ponto de Situação das Autonomias Provinciais (veja último comentário)


Diálogo de cavalheiros!
1. Dá-me as tuas armas?
2. Para quê?
1. Para guarda-las, legitimamente!
2. São tuas e sabes como as consegui?
1. Não são minhas nem sei como as conseguiste, mas eu tenho o dever e poder legítimos para as guardar. É de lei, artigo.
2. Sou único com armas além de ti?
1. Não, há outros que trabalham nas empresas de segurança, autorizados legalmente.
2. Alguém te disse que eu não gostaria possuir empresa de segurança?
1. Para defender o quê?
2. As nossas florestas e os nossos recursos naturais?
1. Mas isso é a minha missão, como podes?
2. É que não estás a cumprir com a tua missão, as florestas estão acabar apesar de tu estares na posição de as defender.
1. E....
2. Acaso alguma vez neguei que as minhas armas fossem registadas, legalmente?
1. Não faço ideia.
2. Faz ideia, há quantos anos ando com elas?
1. Pois, há 39 anos. 
2. Porque é que tens tanto medo das minhas armas? 
1. Não é por mim que faço este pedido, é para o povo estar sossegado.
2. É esse povo que te pediu para vires levar as minhas armas?
1. Sim...
2. Diz para vir levar sozinho, eu não confio em terceiros. Lembraste que a ONU levou as minhas armas?
1. Mas, dá-me as armas.
2. É para quêê?
1. É para guarda-las, legitimamente!
2. Venha buscá-las!
1. Não quero usar da violência.
2. Então ficamos assim.
1. Dá-me as tuas armas.

Voltamos a estaca zero
Like · Comment ·  · 23441
  • 23 people like this.
  • Luciano Mapanga Eusébio A. P. Gwembe, estamos a caminho da ronda número 200. Estamos mal.
  • Eusébio A. P. Gwembe Luciano Mapanga, acho que precisamos de uma Faculdade para ensinar a resolução de conflitos. Cadeiras curriculares apenas não são suficientes.
  • Luciano Mapanga Faculdade não, Eusébio A. P. Gwembe. Já temos faculdades de ciências políticas e sociais, é só "botarmos" o curso. Hehehehehe.
  • Eduardo Domingos Um tipo ilegitimo quer guardar armas do outro legitimamente! Muita erva aqui Eusébio A. P. Gwembe.
  • Eusébio A. P. Gwembe Eduardo, vez vez, trabalhem para serem legitimos. Nada de inveja.
  • Francisco Wache Wache hahahahahah, este dialogo aqui e terrivelmente belo.
  • Eduardo Domingos Estamos a trabalhar nisso ja daqui a trinta e tais dias sera uma realidade Eusébio A. P. Gwembe.
  • Eusébio A. P. Gwembe Para quando a viagem do marechal para a capital, Eduardo. Tem que tocar a chama da unidade, de preferência na praça dos heróis. No coração do PR cabem todos.
  • Francisco Wache Wache Eduardo Domingos, ha quanto tem falam desses dias?
  • Eduardo Domingos Nao tem tempo para bobagem. Agora eh so maratona para implantacao da nossa governacao efectiva.
  • Alexandre Jemusse Martins He he he he he he! Tony and Gerry? O dialogo que sempre tem impasse.
  • Eusébio A. P. Gwembe Eduardo, acompanhe o que se falou no Parlamento. Está no cântico dos cânticos da Frelimo: avança não há recua.
  • Francisco Wache Wache hahahahahaha, nessa hora Eduardo Domingos vou ser como o ladrao arrependido> Lembre-se de mim quando estiver no seu reino, kakakakaka.
  • Eduardo Domingos Nao te preocupes Francisco Wache na zona libertada ha muito espaco ate os ladroes arrependidos terao talhoes.
  • Eusébio A. P. Gwembe Neste caso, Eduardo, os ladrões não arrependidos para onde irão? Cadeia; túmulo ou para reforçar o vosso velho exército?
  • Eduardo Domingos Os nao arrependidos serao exportados pra Kruger Park.
  • Eusébio A. P. Gwembe Lá, ao Partido Frelimo será permitido fazer a sua actividade política?
  • Eduardo Domingos Sera sim pertimido desde que se transforme em partido de facto e nao um bando de larapios e engomadores de consciencia e ainda aceite as regras democraticas universais.
  • Eusébio A. P. Gwembe Não nos insulte, Eduardo, falando de democracia quando o vosso líder é um rei camuflado em democrata, há 38 anos.
  • Eduardo Domingos O G40 e fauna acompanhante nao terao espaco porque as Radios e Televisoes serao para informar e formar a sociedade.
  • Eusébio A. P. Gwembe Parêntesis, Eduardo. Ouviu que no ensaio de Muchanga na TVM não viu bola?
  • Eduardo Domingos Tem missao a cumprir e ainda nao cumpriu totalmente. Precisamos dele para continuar a nos dirigir para mais vitorias. Com a sua direccao ja derrotamos 3 tiranos directamente e indirectamente derrotamos os que alimentavam esses tiranos.
  • Eduardo Domingos Nao entendi o que se passou com Muchanga?
  • Eusébio A. P. Gwembe Ouvi de raspão que foi, como do desejo da Renamo e porque o Governo reconhece que os impostos devem servir para todos, convidado para a TVM onde não saiu com glórias perdidas. Sim, Wache... Eu não assisti ao ebate.
  • Francisco Wache Wache eu tambem nao assisti, ouvi dizer porque o meu irmao estava la, aquele que te apresentei daquela vez.
  • Eduardo Domingos O que se espera duma televisao que se transformou em sala de transito para comite central da freliX?
  • Eusébio A. P. Gwembe Pelos vistos, na vossa região autónoma terão que importar o G40 (grupo de arrpendidos) para vos ensinar como debater em TV pública. Mas Eduardo, o assunto das armas é sério, como diz o dialogante 1.
  • Eduardo Domingos Experimente fazer se que nao es da maldita FreliX e pergunte as pessoas apartir do save ate Rovuma se o 2 deve entregar suas armas a um ladrao? As respostas que tiveres depois venha partilhar conosco aqui se nao tiveres azar de nao ser linchado.
  • Eduardo Domingos Na zona libertada os meios de comunicacao terao profissionais competentes que hoje a FreliX jogou na rua da armargura.
  • Eusébio A. P. Gwembe O que eu siba é que o povo nem quer ouvir falar de arma. Quer nomes bons como enxada, machado, anzois, barcos, Eduardo. Se o 2 insiste, o 1 será levado a ter que recorrer ao uso legítimo da força.
    Like · Reply · 3 hrs
  • Eduardo Domingos Eusébio A. P. Gwembe ninguem impede o 1 de fumar suruma, da mesma forma que os outros tambem fumaram ervas e cheiraram po. O 2 sempre continuara a defender o povo.
  • Francisco Wache Wache qual o povo que precisa ser defendido com armas Eduardo Domingos? que Povo?
  • Eusébio A. P. Gwembe Nada, quem está a defender o povo é um. Por isso, numa altura em que algumas espécies estão e extinção nas nossas florestas onde o 2 domina, não seria nada mal encarrega-lo de cuidar das florestas. Assim, o país saia a ganhar.
  • Eduardo Domingos Esse povo que a 39 anos esta ser burlado com a FreliX Wache.
  • Francisco Wache Wache e preferivel morrer humilhado pela frelix a morrer a tiros e a bazukas da renamo. recordas da conversa que tivemos sobre Mukhondezi? entao, so a pessoa que nao conhece a renamo e que anda ai a encher estadios. no dia que hao-de sentir o sabor da arma de Dlakama, como eu senti, vao aprender a licao.
  • Eduardo Domingos Quem esta extinguir as especies nas nossas florestas nao eh o grupo de 1 e seus amigos aquaticos? Na zona norte sao amigos que a freliX diz ter lhe ajudado a libertar o pais do colono. O safado esteve la semana passada nem quis falar que estao destruir nossa fauna.
  • Eduardo Domingos Vce tem o sabor das armas da Renamo eu e a maioria da zona libertada temos o sabor das armas e torturas da freliX.
  • Eduardo Domingos Eu prefiro morrer de bazuca da freliX que por humilhacao da freliX.
  • Eusébio A. P. Gwembe Já que Eduardo Domingos fala de bazuca, veja esse video recente do Estado Islâmico: https://br.noticias.yahoo.com/estado-isl%C3%A2mico...


    Em um vídeo divulgado nesta quinta-feira, membros do...
    BR.NOTICIAS.YAHOO.COM
    Like · Reply · 2 hrs · Edited
  • Eduardo Domingos Nao preciso de ver mas estou disposto a morrer com uma bazuca disparada pela freliX Eusébio A. P. Gwembe.

  • Esses irmãos de Almas de Diabo, me provocam tristeza quando leio os seus comportamentos em contra do partido heróico, que lhes libertou do opressores coloniais, para hoje possam expressar-se livremente. Um pouco de respeito! 
    O Dhlakama e a sua BANDA, nunca até hoje fez algo melhor para Moçambique, que não seja matar e destruir e Moçambicano com um juízo decente me dizer que o Dhlakama é democrata, um indivíduo que leva mais de trinta anos matando e destruindo o seu País? Eu penso que o Estado e governo, estão tardando demasiado tempo em desarmar de uma vez para sempre, essa banda de malfeitores.
  • Ramilo Da Cila Faduwek você é um poeta humorista mas vezes

  • Ponto de Situacao das Autonomias Provinciais
    1- Aumentou a presenca militar de ambos os contendores em Inhambane, Gaza e Sofala;
    2- O Governo ensaia a sua propria "autonomia" dizendo que havera autonomia financeira para redistribuicao local;
    3- E Simango, na Beira, ja exulta com a medida. Afinal, ele e o democrata "civilizado e intelectual"...
    4- A Anadarko arranca finalmente dando o "empurrao" que Nyusi precisava para mostrar as unhas (e devolver a seca no Indy Village) e justificar o porque do investimento "EMATUM";
    5 - No resto, tudo voltou a pasmaceira habitual. O G-40 foi reabilitado, mas agora nao ataca brancos, nem amarelos. So exalta as qualidades de Nyusi, mesmo se as nao tiver;
    6- Uma dupla de professores-doutores causidicos (e antigos inimigos) continua as suas tertulias administrativas na Sal & Caldeira tentando descobrir o sexo dos anjos;
    7- O dialogo no Joaquim Chissano prossegue com a anormalidade habitual. Os objectivos tem sido cumpridos: - distrair os mocambicanos, enquanto se tenta um "acordo politico a la minute" que evite um desfecho sangrento, em varias chancelarias e escritorios de advogados da capital;
    8- Finalmente, Zuma da uma saltada a Maputo e tenta desbloquear a questao das autonomias. Quer falar com os tres lideres politicos mocambicanos "as soon as possible". Cumpre-se pois a profecia de comecar a ver mais actores envolvidos no dialogo do Joaquim Chissano, que agora, porque falar de EMOCHM ja cansa, virou o seu repertorio para a "Despartidarizacao do Estado", outro assunto da treta, soluvel com algums postos de governador, de acordo com o lider do MDM.
    2B Continued.

Windows Live Messenger + Facebook