sexta-feira, 29 de abril de 2016

Segundo Congresso da Frelimo


Comments

1
Jaime Khamba said...
Felciano Gundana was not associated with formation of Frelimo in Accra, Ghana on February 2,1962. Felciano Gundana participated in the voting on June 25,1962. He was
in Accra with us Marcelino dos Santos. To those who interviwed Mocumbi and Gundana
recently, these people were in Accra, Ghana on February 2,1962. The participation of
the elections of Mondlane does not constitute theformation of Frelimo. If you good
journalist you should interview Marcelinodos Santos who was there and even selected
his on name for front. Can Gundana and Mocumbi tell you what Marcelino had selected.
I am very sorry Mozambican brothers and sisters who are being piled with lies.
2
Geracao de Mudanca e Lideranca said...
Pura pre'-campanha eleitoral para a pessoa do sr. Feliciano Gundana, uma vez o Pe. Filipe Couto, ter proposto a titulo pessoal que Feliciano Gundana seria a pessoa ideal para candidato da frelimo as eleicoes de 2014, ou seja pra a sucessao de Guebuza, ao que sou indiferente. Ja soubemos ja faz tempo. Acordamos ja faz tempo. Tudo isso visa medir o pulsar da sua popularidade e das opinioes em relacao a figura do Gundana. Engane-se quem assim pensa. Que nos esperem. Alias, desta vez o povo vos espera sentado, diferentemente de outras vezes anteriores em que o povo vos esperava de pe'. Desta vez o dito "maravilhoso povo" sera' o "maravilhoso eleitor".
De certeza que neste desespero todo que a frelimo tem com relacao as eleicoes tanto municipais de 20 de Novembro de 2013 quanto gerais (presidenciais, legislativas e provinciais) de 2014, nada mais senao um bode expiatorio como candidato: Um "Xingondo desatento", pra depois e novamente a frelimo sulista provar com "A+B" para a actual e futura "geracao desatenta" da conspiracao (traicao vs reaccionarios)dos Xingondos, como fomos desatentamente acusados no passado.
Mais uma vez e conforme as 3 hipoteses provaveis avancadas pelo um Frelo Senior, Amade Camal na sua analise (SANGUE AZUL) sobre a actual crise pre-instalada pela FRENAMO (Frelimo+Renamo) como sendo (no seu ponto nr.4) - "Criar um tampão à crescente ameaça política emergente como a do MDM ?" eu diria que concordo na plenitude e muitos certamente tambem concordariam,tendo em conta a popularidade MDM-iana e SIMANGUISMO,nao so como tambem os seus feitos (obras/trabalhos/jobs/realizacoes/mabhassa) nos 2 municipios ate agora unicos municipios dirigidos pelo MDM. Aproveitar igualmente esta oportunidade para Felicitar/ parabenizar o Engo. Daviz Simango, Presidente do Municipio da Beira e Presidente do MDM, igualmente Candidato a Presidente de Republica de Mocambique em 2014, pela mais (+1) uma distincao, por sinal a QUARTA DISTINCAO CONSECUTIVA como MELHOR EDIL DE MOCAMBIQUE DE 2013.
Le-se: "O Presidente do Município da Beira, Daviz Simango, foi eleito melhor edil do país de 2013, pela quarta vez consecutiva, pelo desempenho que este tem vindo a realizar naquela urbe. O edil da Beira arrecadou o prémio na categoria de Ouro, enquanto o seu município, as categorias de diamante e prata." Fonte: TIM- 06.05.2013. Bem haja sr. Presidente! Mudanca, Lideranca e Boa governacao precisam-se.
O caminho a percorrermos e' sinuoso e exige coragem e determinacao. E' feito de virtudes e defeitos. Em alguns momentos cairemos, fracassaremos, mas nao vassilaremos. Sabemos que pra tal estamos preparados para toda a frente, de tudo o que dele vier, porque acreditamos no futuro. Acreditamos num Mocambique melhor. Acreditamos na nossa propria esperanca. A missao e' nobre. Temos Missao. Temos valores. Temos visao e temos um objectivo. A propria PRM e CNE (bracos fortes da frelimo) que hoje nos reprimem e ontem nos excluiram macabramente, amanha serao coisas do passado. Terao vergonha de no's. A PRM braco direito dos camaradas agem como um jovem nao educado (Acusa de feiticeiros a pessoas idosas, esquecendo-se que o amanha lhe espera. Que o velho de amanha sera' o jovem de hoje): Hoje abusam injustamente seus homologos, os ex-antigos combatentes, por exemplo, como se de criminosos se tratassem, equecendo-se que amanha serao eles tambem. Os ex-combatentes de amanha sao os combatentes de hoje. Igualmente digo: A Oposicao de amanha sera' a Frelimo de hoje. Beira e Quelimane ja provou. A corrente (Mbhepo) ainda nao chegou ao fim. E' apenas o inicio. E' apenas um CHEIRINHO. Quem viver testemunhara'. Que venha quem vier da frelimo como candidato, no's estamos dispostos para o embate. No's estamos aqui. SIMANGO ja esta no ring a espera do adversario ja faz tempo. Esta dificil escolher/ Seleccionar??? Foram apanhos de surpreesa da existencia de eleicoes? Desculpe, mas estas NAO SAO INTERCALARES. Ainda ha tempo ne'? OKAY. Takhuta Maningue.
Disse e Obrigado pela atencao.
Kind regards
Geracao de Mudanca e Lideranca
3
Francisco Moises said...
Quem escreveu este artigo? Sei la. Pode ser o Sérgio Vieira. Parece ser ele. Se nao é Joaquim Chissano ou Marcelino dos Santos ou Helder Martins, se que ainda vive. Sao estes quatros que podiam gaguejar em francês naquela altura. Todos eles mentirosos incorrigiveis.
No principio, parece ser um artigo sério, mas na medida em que o articulista continua, revela-se que ele coloca questoes e nao as responde tal como sobre a morte de Filipe Magaia e nem responde a sua propria pergunta sobre quem era Lourenço Matola. E nem provou que Feliciano Gundana foi um dos pais fundadores da Frelimo, para alem de dizer vagamente que ele esteve la deste o principio.
Se ha um ponto onde ele concorda connosco é na questao de Mondlane nao foi o fundador da Frelimo. Conheci Mondlane e faei com eles muitas vezes entre nos os dias e nas nossas reunioes onde o confrontavamos. Mondlane nao queria na verdade meter-se nestas coisas de movimentos ditos de libertaçao. Foi Julius Kambarage Nyerere que sugeriu aos fundadores que ele conhecia um moçambicano nas Américas que podia dirigir o movimento que fundavam. Adelino Gwambe com ideias muito nacionalistas e comunistas estava muito bem oposto que Mondlane fosse o dirigente.
A CIA que veio a conhecer Eduardo Mondlane depois dele ser apresentado aquela organisaçao pelo senador Edward Kennedy veio depois a por pressao a Mondlane a quem assegurou fundos para si proprio e para a organisaçao a que ia se anjuntar disse lhe que a Organisaçao queria que ele fosse "os nossos olhos e ouvidos" visto que América sabia que a organisaçao se tornaria num fantoche do bloco soviético. Améerica nao podia realmente apoiar a Frelimo por causa dos seus compromissos com Portugal no contexto da OTAN (NATO).
Leo Milas1 tinha sido um amigo de colégio de Eduardo Mondlane na America. Foi Eduardo Mondlane que o trouxe para Frelimo e nenhuma outra pessoa. Mas Leo Milas, um amigo meu de Nairobi, disse-me que ele é macua e portanto orinudo de Nampula. Mas fala português com um acento espanhol.
Na medida em que o articulista continua a escrever, mete-se a deturpar os factos. O II congresso nao foi atacado depois da reuniao. Foi interrompido pela actividade militar aérea portuguesa e os congressistas sairam dai a correr, de acordo com guerrilheiros que tinham sido destacados para protegerem o congresso. Um dos guerrilheiros, o malogrado Inacio Chondzi, guerrilheiro destemido, que lutou em Tete e que tinha sido destacado para proteger o congresso, nos relatava muitas vezes sobre o que acontecera.
De acordo com todos os relatorios. Mondlane, alto e atletico com pernas compridas e pés longos e labios bem grossos com uma aparencia mais dum negro americano do que dum moçambicano, correu a bem correr até ao Rovuma para atravessar o rio e encontrar-se no espaço seguro da Tanzania. Uria Simango, curto e com uma barriga imensa na altura como resultado da boa vida que vivia em Dar Es Salaam, tornou-se na triste figura que rogava aos guerrilheiros, dizendo "ponham-me palha, ponham palha" (na cabeça, quer dizer). Era para assegurar que nao fosse visto e atacado.
O comandante general Samora Machel, que raramente se encontrava no interior e que pssava os seus dias como pavao e valentao em Nachingwea e aparecia timidamente a Dar Es Salaam por medo de confrontaçoes com pessoas educadas, aplacou num lugar aberto e começou a rastejar e a disparar a sua pistola para o ar até que um guerrilheiro foi lhe puxar dai, dizendo-lhe: "nao faça isto, camarada chefe, se nao voce vai atirar a atençao destes avioes em cima." Puxou-o para baixo duma arvore onde outros estiveram abrigados enquanto os avioes voavam acima deles.
O Alto Comando Militar português em Lourenço Maruqes que tinha assegurado a Lisboa que "os dirigentes terroristas nao sairao vivos do territorio português" falhou de matar ou dizimar os dirigentes terroristas visto que os guerrilheiros ja acostumados a bombardeamentos souberam conduzir os dirigentes para os seus esconderijos e dai os conduziram durante a noite para o Rovuma e para as suas tocas na Tanzania.

Foi tambem testemunha do acontecimento sobre o II Congresso a camarada Amélia Gouveia que hoje vive algures em Londres na Inglaterra.
Inacio Chondzi, que foi meu colega do quarto como estudantes em Nairobi afirmava sobre este II Congresso: " Quando os dirigentes fugiram, nos os guerrilheiros ficamos. Passamos mal com avioes que vinham durante tres dias consecutivos e largavam bombas incendiarias e algumas das bombas deixam grandes covas onde as vezes nos metiamos quando os avioes regeressavam."
Onde é que estive aquele tempo? Ja tinha sido exilado pelo Governo Tanzananiao com outros estudantes do Instituto Moçambicano para o campo de refugiados de Rutumba no distrito de Lindi na provincia sul da Tanzania como resultado da nosssa luta contra os lideres da Frelimo em Dar Es Salaam em 1968. O articulista que saltimbanquea e saltita aqui e acola falou do encerramento do Instituto, prometendo explicar porque é que aconteceu, mas nao chegou de explicar.
Na mesma semana em que o congresso debandou, a informaçao nos chegou em Rutamba que o congresso tinha sido interrompido e nos nos rimo a bom rir. Nos os rebeldes queriamos que o congresso se realisasse na Tanzania que era para votarmos livremente. Pois que nao podiamos ir ao interior, mesmo se soubessemos de antemao o lugar visto fazer tal teria sido um suicidio ou nos oferecermos para imolaçao no altar dos assassinos e matadores.

Como é que os portugueses souberam que haveria um congresso da Frelimo e vieram a descobrir o lugar? Três hipoteses sao avançadas. Chondzi falou dum aviao de reconhecimento, coloquialmente conhecido pelos guerrilheiros com o nome da lingua nyanja de "Kaprikoni PIDE (agente PIDE)" descobriu o lugar. Outras fontes disseram que um guerrilheiro disparou uma arma para matar uma gazela para alimentar os congressistas, apesar da ordem que ninguem devia dispar armas ou fazer fogo que era para nao provocar fumo que podia revelar ao inimigo que alguma coisa acontecia na area.
O tiro teria sido ouvido pelo quartel português que informou a força aérea.
É tambem possivel que os portugueses tinham sido informados pelos seus agentes dentro da propria liderança da Frelimo.
De qualquer maneira, os portugueses ja estiveram ao par visto que a Frelimo tinha anunciado que iria ter o seu congresso no interior de Moçambique sem dizer em que provincia nortenha e muito menos onde exactamente.
Depois da parte introductiva do artigo, o resto é pura fala e propaganda da Frelimo que até enjoa por ser aquilo que sempre ouvimos e sai da boca da Frelimo

1 comentário:

Abilio Albertina disse...

Meu nome é Albertina Abilio, Aqui é o meu testemunho !! No início deste ano, i foi testado HIV positivo e desde então eu tenho sido gastar dinheiro em todo recebendo drogas de diferentes hospitais. Isso afetou minha carreira e meu trabalho, eu estava esperando a morte chegar e me levar, porque eu estava tão impotente. Um dia fiel, eu ouvi sobre este grande homem que é bem conhecido por sua grandeza. Ele tem ajudado as pessoas sem esperança de curar seu HIV e outras doenças. Então, entrei em contato com ele através deste e-mail: aaloisio27@gmail.com, preparou e enviou diferentes ervas para mim, disse-me como usá-lo. Para minha grande surpresa, depois que eu pacientemente atravessou o tratamento conforme indicado pelo Dr. Anarldo Aloisio, eu fui para um exame médico e o resultado foi negativo. Eu pensei que era uma piada, então eu decidi ir para outro teste em um hospital diferente e novamente eles confirmaram me HIV negativo. Até o meu médico estava confuso, ele disse que nunca viu esse tipo de milagre antes. Eu realmente quero agradecer DR.ALOISIO por salvar a minha vida, eu nunca acreditei que eu seja HIV negativo hoje, por favor, meus queridos amigos, ajuda-me a agradecer DR. ARNALDO ALOISIO para o que ele tem feito na minha vida, agradeço Sir. Se você está tendo o mesmo problema, por favor contacte-lo agora através de seu e-mail: aaloisio27@gmail.com. Eu amo DR. ALOISIO e eu nunca vou esquecer dele, eu também prometem para compartilhar todo esse testemunho aqui e em todo lugar que eu sou. obrigado novamente.

Windows Live Messenger + Facebook