sábado, 2 de abril de 2016

QUANDO UM CHEFE DE POSTO POLICIAL MANDA PRENDER UMA PROCURADORA:

No quadro dos seus poderes de averiguação, quanto a situações de privação ilegal da liberdade, uma procuradora, agindo em resposta a uma denúncia, dirigiu-se ontem à noite ao Aeroporto Internacional de Maputo. Depois que fez o seu trabalho, ordenou a restituição à liberdade da cidadã, de nacionalidade espanhola, cujos direitos estavam a ser violados. O chefe do posto policial desobedeceu a ordem da referida procuradora e, como se isso fosse pouco, mandou prender a própria procuradora, que só foi restituída à liberdade depois de "intervenções superiores".
Isto não será Estado de Polícia?
GFG
Pedro Ferrao Grave isso
Luciano Mapanga Estamos em Estado de Sitio nao decretado.
Julio Lacitela Cao a murder seu dono...
Didixo Taju Kkkkkkkkkk....cão sem noção
Andre Magaia Puro estado de Polícia, a polícia age como se a constituição estivesse suspensa , depois dela não há mais nada. Só falta um dia prenderem o PR.
Sic Spirou diz-se que DHL esta nessa situacao com seus homens... como se nosoutros nao estivessemos tb entre a espada e a ...pistola!
Nelson Badaga Badaga Isso esta de pernas pra o ar
Sic Spirou afinal mesmo a senhora garante da legalidade foi posta a prova de prisao? eheheheh.... djisas.... desisto de entender.
Cremildo Bahule Melhor ir tomar chá com manteiga.
Sic Spirou eu com jam e mandioca...me convida que venho ter djo
Cremildo Bahule amanha.
Joaquim Manuel Nao viste SIC .... valeu o facto de ter sido deixada com direito a usar telefone, o que lhe permitiu pedir "apoio superior".....senão ia as celas....
Sic Spirou nao chegaram a tirar cinto e atadores dos sapatos?
Joaquim Manuel Mas também me parece a escolha de tom alto na comunicação foi de ambas as partes.....
Sic Spirou ...exacerbacao das emocoes....
Gabriela Das Neves Santos Que coisa meu Deus
Muzila Wagner Nhatsave Yu Salema o que? estamos perdidos mesmo. onde ja se viu isso? esta nossa policia pa.
Arnaldo Tembe Amigos, nao sei e nem quero dizer que foi o caso pois ja vi procuradora mandar soltar um bom ladrao(com provas concludentes) na esquadra antes de 12 horas de detencao e descobriu se que tinha sido bem molhada pela familia do dito cujo e isso foi como se uma competicao desleal aos homens trajados de cinza! Quem sabe se a dita falou um bom "portunhol" a moda da casa? E coitado do homem da "lei" que nao conseguiu provar e zas nessse andar de coisas soofrem os mais fracos.
Menel Doce Wisa Grave e vergonha
Cléo Morgan Mafu Kaka parece piada.
Eddy Waku Lombëla A nossa polícia esta mal formada eu ja venho gritando isso desd a bom tempo, na PRM so sabe-se que deve obedecer as ordems dos fulanos do partidão, por exemplo ja ouvi N vevezs menbros da PRM em conversas a afirmarem que " unga baizela a Frelimo wena, kuvê hi yona yiku holelaka?" tipo "você não pode recusar as ordems do partido pois é através dele que cai lhe o salário na conta" ah, eu aí so fikei dumm afinal pensa-se assim, emtão a nossa polícia sai d Matalane ja cm imformação carimbada ns corações dos agentes pa que não olhem pa lei alguma basta que a ordem saia da boca d um fulano da corja é tdo, não olhe pa lei
Armando Cuna Ericino de Salema multiplica por dez este episodio ocorrido em Maputo. Teras a gravidade da situacao que ocorre no resto do pais. Eh Estado policial sim!
Benedito Almeida Novele Gravíssimo...Que este assunto não fique entre paredes e muros altos, que a PGR reaja vigorosamente para que situações similares aconteçam no futuro, mergulhando o pais num caos sem precedentes...hoje é procurador que é detido, amanhã vai um juiz e depois ministro...
Naldo Felipe Ndau São tantas ilegalidades que a polícia vem cometendo à anos, e ninguém põe fim que hoje chegamos a isto. Quando Jorge khalau era comandante geral desobedeceu publicamente uma ordem judicial , e ninguém fez nada. Há necessidade de se punir exemplarmente a polícia para que os outros sejam desencorajados.
Rogerio Cuinica Epah!...nao sei porque isso nao me surpreende...
Telma Lopes Muito bem, entendo que Moçambique é um Estado sem Direito na polícia. 
Mas esse polícia deve desconher a Lei no 19/92 uso das suas Competências, como também ignorou a Lei do Processo Penal das Imunidades ao Procurador.
Ismael C. Gocaldas Esse canalha deve ser exemplarmente punido.
Ramalho Edson Paris Kkk perdeu se a nocao de subordinado
Leonildo Nhanala E esta agora. A polícia subordina-se a procuradoria?
Francisco De Assis Cossa Verdade isso? Esta mal isto.
Rafael Ricardo Dias Machalela O diabo tem muito que aprender...
Gizela Zunguze Em moçambique as exonerações no quadro do Estado acontecem de dia para noite, ela poderia não estar mais em gozo desse cargo quando se dirigiu ao aeroporto, para além de que o facto de ser Procuradora não esta isenta em seguir todas as formalidades legais de soltura de qualquer cidadão, no vídeo ela não apresenta nenhum documento para o efeito, apenas a sua pessoa como procuradora. Desta vez concordo com os policias
Elisio Faela Em Moçambique, cada um manda no seu sector, isso ja não constitue novidade para nós.
Nelson Charifo Este eh modo operandi (atuar a margem da lei) da policia ja ha bastante tempo....so eh noticia quando convem, como eh o caso... A policia mata (basta alegar que eram crimosos...como se houvesse pena de morte), atropela direitos, extorque, tortura ....e nada acontece....o pior de tudo, os superiores saem em defesa dos que violam a lei criando um clima de impunidade e atropelos a lei...
João Carlos Se alguma dúvida houvesse
Isaac Sitoe Jr. precisamos aprimorar a formaçao e reciclagem dos nossos actores d sistema judiciario
Mavuto Matias Kikiki falta de poderes em moz
Lionel Magul Quid Júris Dignissíma?
Joaquim Pita coitado,ele nao sabe quais os seus poderes quando enverga a farda da policia....confundiu ou esta habituado na impunidade..
Bruno Manhica Laice Ercílio Ericino de Salema, investigue melhor este caso e poderás ter surpresa.
See Translation
Juma Aiuba Já foi Estado de Polícia, hoje é Estado de Ninguem. Politica do mar: quem tem boca grande engole o outro.
Benedito Nhança A PRM acha-se acima das leis neste pais! Convenhamos! Será isso estado de direito?
Monica Tonhiua Ficou para mim a dúvida: Quem deve se subordinar a quem? Neste caso, o policial sabe se tem autoridade para prender a PGR?
Almeida Oliveira Dizia eu ontem a um amigo que o Governo deve negociar não só com a Renamo, mas também com a Polícia e com o Exército.
Adamo Manonga O estado de direito sendo posto em causa devido a um acto isolado????
Estão a generalizar as coisas.

Alguns procuradores são poderosos demais mais ninguém os crítica.
Antonio Nunes Se eu pudesse, gostaria de propor a condecoração ao polícia. Isolado e com tamanha bravura e coragem começou t endireitar o "estado".... das coisas
Z Chagwenne Cuvelo A maior parte dos policias nao entendem a lei, jurro alias nao se importam so se importam com as armas que carregam
Raul Baloi Nao e bem assim a pessoa em causa sabendo que è um dirigente deve ter a cultura de exibir o documento que lhe diz respeito nao basta so dizer a boca e tambem tem estruturas que comandao aqueles homens porque ela nao foi ate la falar vamos respeitar os nossos policias
Emilio Meque Yha este país anima porque quando você acha que não cabe mais nada no que ao atropelo da legalidade e independência das instituições, eis que a polícia reinventa...
Isaias Mavota Apocalipse!
Roberto Paulo Raul Baloi, eu vi um video sobre este episodio e pode se ver um policia a empurrar a procuradora. Acho que o policia poderia ter solicitado um documento para ter certeza que era ela procuradora, no lugar de aquela toda vergonhice. Recomendo que veja o video.
Adamo Manonga As pessoas quando vão nas instituições dos outros por mais que sejam superiores hierarquicamente, devem se identificar para facilitar a comunicação entre as partes.
Ismael Chutumia Não sei porquê o espanto!
Adamo Manonga Procuradora nao precisava estar presente no local devia mandar mandato de soltura.
Neste caso empedida de levar a detida tinha que tratar a nivel Ministerial em vez de amostrar abuso de poder. O policia recebe ordens dos seus superiores, ela como procuradora tinha que ir ter com comandante Geral ou ministro. Eu vi o video. Ela abandonou o posto dela e tantos processos por analisar só para ir defender uma cidadã por ser estrangeira. Pk não mandou um oficial com mandato de soltura? ?? Ela abusou o poder dela

Merece demissão como procuradora
João Guilherme A pgr, prefiro com minúsculas, e responsável por isso.claro que não vai fazer nada.
Silvio Paulo Malunga onde foram me nascer! socorrooo
Flavio Pereira Vaz Está previsto no apocalipse
Carla Silva Mabunda Imagino que a senhora procuradora nao esperava esse tipo de reaccao, por parte do chefe da policia! Esse pais esta de tanguinha mesmo!
Laimo Antonio Laimo Sao descendentes de khalou ele disse um dia que a policia nao obedece ordens de nenhum magistrado
Gabriel Jopela Nhapossa Não acredito nem tão pouco que tenha acontecido essa privacao de liberdade logo no Maputo, onde existem melhores polícias, melhores magistrados...imagine só o que acontece nos distritos e localidades!!!
Tarcísio Azevedo PRM sempre "mete água".
Eduardo Santos Mapata PRM está a serviço do Guepatos e Chipanuysi e outros frelimista não do judiciário e outros
Julião SN Nhantumbo Caso para dizer que no adágio popular cada um canta de galo na sua capoeira.
Narciso Macuacua Kakkaka... yeah... "QUE PAIS É ESSE?" Renato Russo.
Emilia Mhulana Que País é esse?
Sonya Mondlane Quando todo um sistema está adulterado....
Zainadiny Abdul Satar Hehehe esta cena esta descntrolada mesmo kkk agora quem tem arma é quem manda em moçambique. Alguem me vende uma?
Rebeca Cipriano What? ?,
Jose Ribeiro Antonio Antonio O cão morde o dono que o o mesmo dono não dá comida
Luis Raimundo Nhabanga Moçambique...Moçambique,....so da pra rir mesmo. Ok vamos a pouca vergonha q a conteceu.ya ela errou muito mas muito mesmo, ca por mim devia ter mandado la o comandante geral,ou ir la com um mandato d soltura escrito e carimbado.porque alguns policias nem conhecem o chefe. So sabem q o chefe deles e aquele q tambem usa fardamento e tem estrelas....kkkk
Luis Raimundo Nhabanga Alguem basta ser portador d uma arma d fogo julga q pode cm tudo e todos.mesmo cm o erro dela alguem deve ser demitido e mediatamente.
Luis Raimundo Nhabanga Onde esta samora meu DEUS. SOCORROOOO.
Luis Raimundo Nhabanga Isto e braço d ferro.
Felisberto Tomas Xavier so no meu pais
Cecilia Sendela coisas de vergonha so
MauelAgostinho Bata Devo antes de mais dizer q sou seu admirador pelo seu empenho no estudo de casos mas sobretudo pela dedicação que reserva a sua área. Tenho acompanhado com alguma ênfase os seu pronunciamentos(escritos) porém não tenho visto (sentido) o mesmo posicionamento no que tange a defesa dos ideais em prol da defesa do estado de direito democrático. Explico me melhor: Atendendo a veia crítica que o meu amigo apresenta, da qual bastante me orgulho e me revejo, entristece me o facto de não ter visto até aqui ( mas pode ser que seja pela minha desatenção ) algum artigo seu (teu) a repudiar o facto de um partido com representação parlamentar estar a perpetrar ataques armado dos a populações indefesas. Um amistoso abraço para si (ti).
Dino Moises Matsimbe Matsimbe Coisas de vergonha
Titos Cau Por quanto foi comprada essa procuradora?
Arnaldo Tembe Esta procudora actuou como autentica advogada
Bruno Morais O que me admira é a prontidão dessa procuradora em defesa da protestante de raça Branca em plena deportação como se de sua filha se trata-se mas nunca vimos coisa idêntica em defesa dos seus compatriotas reclusos que já cumpriram sua penas mas sem soltura, dos madjermam reivindicam seus direitos violados, a falta da sua prontidão pra prender os burlos do escândalos do zimpeto, Ematum entre outros casos mal parado, é coisa de vergonha, senhora procurado tem tanta sensibilidade pela mocinha por ser de raça Branca ou há algo mais profundo que lhe fez mover com tanta rapidez....
Arnaldo Tembe Caro Bruno Morais: Se Santo de Casa nao faz milagres...pode se dizer que assuntos domesticos nao sao lucrativos.
Arlindo Cossa Devolvam a legalidade ao nosso Moz...
Santos Trava Trava bem feito, nota 20 ao chefe do posto..... quem disse que os procuradores estao a cima de qualquer autoridade....
Helder Mangujo Mas admira-me que a procuradora nao tenha apresentado o competente despacho de mandado de soltura! Nao basta ser procuradora, a policia tinha despacho! Lei para todos!
Arnaldo Tembe Eina pah meu caro Helder Mangujo admira me que soh agora eh que vens em nosso socorro. Ponderar...ponderar!
Helder Mangujo Ilustre Arnaldo Tembe, nao vim em vosso socorro, nao precisam! A lei e clara, se nao ta certa mudem a lei, mas ate la , cumpra-se!
Arnaldo Tembe De bom tom parabenizar Ericino de Salema por um dos posts mais debatido. Ate parecemos brasileiros sobre o LAVA JATO uns desfilam a favor e outros contra. Viva a Democracia
Forbes Nhaca Meu caro postador só aparece quando algo acontece a u estrangeiro? Será que não é onde tens a maior bonança? Acha que uma procuradora que se preza se submeteria a tanta vergonha? Aquilo é não é procuradora nenhuma é sim um palhaça que apanhou um bom polícia.
Sadoque Elias Ericino de salema, tenho visto quase todos seus posts e comentarios sobre varios temas. Mas este ainda nao vonsegui entender de onde veem tanta indignacao... Pelo vidio eexposto nao está claro nada... Se a procuradora foi solicitada, porque nao apresentou o assunto e a decisao que tomou ao policia argumentando... Que identificacao foi apresentada...? Nao estariamos em mais um caso de amiguismos (ao se solicitar a procuradora para meter uma ilegal em moz)? Que procedimentos tomou para seja cumprida a decisao a nao ser ligar para a tal pessoa a explicar o caso? Porque o policia recusava que a cidadã entrasse em moz? Será que sempre que formos a ver uma procuradora temos que obedecer a todas as decisoes? Quais os procedimentos legais foram e nao foram cumpridos?
Depois de respondidas estas e mais perguntas, ai sim, poderei criticar ou nao a atitude do policia... Ajude-me a entender este caso... J.A.
Nelio Massitela hehehe.. incrível... chefes que não conhecem suas próprias competências... pra aonde vamos?
Lutécyo Carmona Salomão Lumbela Bem, cada macaco com o seu galho... acho cedo para tirar conclusões... mas é de salientar que a lei é para todos, que justiça seja feita se é que existe nessa porra de Moz.
Fidalgo Salomao Madeirao Mauai Kkkk. Polícia estava em pleno exercício das suas funções.
Edson Celso Buce Kkkkkk; moz esta mal
HA Matola Sobre este caso vou poupar os meus megas e a minha massa cinzenta, não vou mudar os CINZENTOS. GFG significa Ga Famba Gona, certo?
Arcilio Alberto Fernando o polcia agiu segundo os desposetivos legais ou seja segundo a lei que lhfoi conferida, esta a fazer trabalho,força esse policia.
Fidalgo Salomao Madeirao Mauai Eu gostei e bastante, desculpa
Mathause Fernando Parabéns Cda Chefe do Posto!!! Quem é essa Procuradora que desafia e desautoriza ordens do ministro em defesa duma cidadã ocidental que vêm ao nosso País promover Puder nas nossas Escolas versus nossa sociedade??? Parabéns Chefe do Posto e haja o Governo de Moçambique
Mathause Fernando São essas Procuradoras que andam aí a defender e a soltar criminosos que a nossa Polícia mesmo sem meios prende em flagrante delito. Viva a nossa Polícia!
Elisio Muchanga ilustre Salema, para mim vale a pena o Estado de policia do que Estado de promiscuidade. há coisas que podem ser admitidas com limites não é esta vergonha.
Saif Al Justice Pelo que acompanhei, a procuradora não esteve presa, pareceu tratar-se de algo que se trataria em algumas horas. Por outro lado, estava-se em recinto de uma instituição que também tem normas às quais deve-se sujeitar todo e qualquer cidadão (magistrado ou não), tendo em conta que ninguém está acima da lei salvo tratando-se de abuso de poder. Não sou jurista mas arrisco-me a dizer que a Excelentíssima Procuradora poderia muito bem ter-se apresentado conforme e ao invés de começar por tentar tirar a Eva do Aeroporto à força e contra o respeito pela instituição que estava com responsabilidade sobre a Eva (que é a PRM) e não só. Creio que há caminhos melhores do que aparecer a gritar que "EU DOU ORDENS" SOU MAGISTRADA/PROCURADORA. Portanto, os digníssimos juristas devem olhar para este caso sem favoritismos à profissão e de forma desapaixonada, começando pelo bom senso (embora comum, ajuda para começar).
Elisio Muchanga Ilustre acredito que se fizermos um inquérito agora vamos descobrir que mais da metade dos citadinos de Maputo estão a favor da expulsão. vamos ignorar isso..
Elisio Muchanga Esta procuradora precisa de ir a um campo de reeducação, algures no país.
Cardoso Machai Aquele agente estava a cumprir uma missão e ja havia um documento assinado pela entidade competente que ordena a deportação daquela cidadã. Informem-se antes de criticar. Aquela procuradora creio que tinha recebido um saco azul correu para o aeroporto ao inves de ir se informar junto do Comando ou Ministerio.
John Chekwa Yaa ete país pa cheio de inteligentes
Sergio Vilanculos Esse assunto vai dar de falar, eu sou muito inocente em materias ligadas ao direito, mas como cidadao comum posso dizer que nao estamos no estado de policia porque aquela procuradora fez-se ao aeroporto como cidada simples para repor a liberdade da estrangeira em troca de amizade e outros interesses mas quando desconsiguiu coromper o policial usando do cargo, ameacava dizendo eu sou procuradora... eu sou .... Mas nao querendo obscurar a liberdade de manisfestacao como fundamental, so que ela peca em solicitar a liberdade em local inserto e uso do cargo para ameava o policial em servico! Ja dixxe, fui ...
Lírio Matsinhe Ninguem é preso ou solto de forma arbitrária, há documentos que falam, ela procuradora falou, sem nada escrito, alem de que ela pode ser acusada de sua profissão beneficiar terceiros! Ela ingnou-se, deveria ter tentado perceber donde vinha a ordem e articulava junto com ordenante da deportação, haja independencia das instituições, se ela se vende que não compre a nossa policia, nossas leis são assim e ponto!!
Teixeira Teté da Silva Quando o poder político é superior ao poder judiciário da nisso.
Kenete Fernando Mabjaia Mabjaia É uma salada russa. Estrangeira querendo atropelar nossa cultura e desobedecer nossas regras. MINT agiu e disse se não se conforma com os nossos costumes, por favor volte as tuas origens. Até aqui tudo bem. Alguem local, a dizer porque minha profissão é esta e sem nenhum documento para fundamentar sua intervenção diz, estrangeira fique para nos ensinar a vossa cultura pois a nossa é inferior e as autoridades de dia no local a dizer que ordens superiores ela tem que sair. Até aqui tudo bem. A coisa fica feia quando há uma discussão banal e barata entre o policial e a procuradora em local impróprio, um a dizer vai e outro a dizer fica..... e por fim em termos de hierarquias de profissões a coisa ficou mais feia, pois policia prende procuradora. O facto é: a guardiã da legalidade foi na qualidade de uma simples cidadã, amiga da Eva Moreno (a estrangeira que diz que as alunas tem que por saias curtas nas escolas porque isso faz parte da cultura superior) ou na qualidade de procuradora? Se foi nesta qualidade, porque não usou canais apropriados para defender a legalidade constitucional/o eEstado de Direito e agiu como se de dumba-nengue se tratasse? Ou sou ignorante na matéria!
Eurice Agnella "A estrangeira diz que as alunas tem que por saias curtas nas escolas..." Ela disse isso mesmo? O problema das discussões banais começou aí mesmo, Kenete Mabjaia, quando alguém "interpretou" e disse ao público que aquelas pessoas que se manifestavam disseram isso. Então, os conscientes cidadãos deste país deixaram de discutir o assunto em discussão (passe o pleonasmo). Vamos ficar na saia curta e na nossa cultura ultrajada pela estrangeira, e deixarmos de discutir e resolver o que realmente interessa, o problema do assédio e violação sexual nas escolas.
Faizal Raimo Será que Mocambique está a caminhar ao fim. Está a caminhar ao estado protegido?
Nelson Sousa O policia estava s cumprir uma decisao administrativa tomada pelo seu superior e nao uma decisao judicial. Ja agora podem se acionar mecanismo judiciais pars o seu possivel regresso.
Hugo Dos Santos na China o imperador também e chines,ordem e sempre ordem e o policia estava a comprir....
Benedito Paulo cumpra se ,ordem é pra se cumprir.

Procuradoria de Moçambique vai investigar deportação de activista

Eva Anadón Moreno foi expulsa depois de participar num protesto contra a proibição do uso de minissaias.
Por Agência Lusa.
A Procuradoria-Geral da República (PGR) de Moçambique vai averiguar os contornos da detenção e expulsão da activista espanhola Eva Anadón Moreno, envolvida numa acção de protesto contra a proibição de minissaias nas escolas moçambicanas, anunciou ontem aquele organismo.
No início de Março, Eva Anadón Moreno, juntamente com quatro outras mulheres, incluindo uma com nacionalidade brasileira, foram detidas pela polícia moçambicana, acusadas de envolvimento num protesto ilegal contra a nova medida do Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano.
Na altura, o grupo ligado à organização Fórum Mulher, juntou-se nas imediações da Escola Secundária Francisco Manyanga, no centro da capital moçambicana, para repudiar a directiva aplicada por algumas escolas que veda o uso de minissaias por supostamente estimular o assédio nas instituições do ensino.
Na sequência do incidente, um despacho da Direcção Nacional de Migração assinado pelo ministro do Interior, Basílio Monteiro, anunciou a expulsão de Eva Anadón Moreno na quarta-feira, considerando que a cidadã espanhola violou os termos de permanência de um estrangeiro no território nacional.
Em comunicado divulgado ontem pela Agência de Informação de Moçambique, a PGR diz que vai averiguar as circunstâncias em que a medida foi tomada e o incidente relacionado com a recusa da polícia em obedecer a uma decisão de uma procuradora enviada ao Aeroporto Internacional de Maputo para travar a deportação por indícios de ilegalidade.
“Da intervenção da magistrada do Ministério Público naquele recinto para a verificação da legalidade da suposta detenção resultou um incidente na sequência da falta de apresentação da ordem de detenção e de expulsão da referida cidadã, cujos contornos importa averiguar”, refere a nota de imprensa.
O comunicado refere que a procuradora que se dirigiu ao aeroporto no dia da expulsão de Eva Anadón Moreno tomou conhecimento do caso através de uma comunicação telefónica numa linha aberta pela PGR para atendimento ao cidadão, no âmbito da actividade de fiscalização da legalidade.
Em declarações à Lusa em Maputo, a representante da Marcha Mundial das Mulheres em Moçambique classificou como exagerada a deportação de Moreno.
“Foi uma atitude exagerada por parte das autoridades”, disse Graça Sambo, sustentando que a atitude de Eva Anadón Moreno, activista espanhola que se juntou a um protesto em Maputo contra a directiva do Ministério da Educação, não representava nenhuma ameaça para o país, pelo contrário, estava envolvida na defesa dos direitos da mulher em Moçambique.
A proibição do uso de saias curtas entrou em vigor no início do presente ano lectivo em algumas instituições de ensino da capital moçambicana e, desde a sua adopção, tem dividido opiniões no que respeita à sua eficácia.
Casos de assédio e violação de raparigas nas escolas moçambicanas continuam a ser comuns, principalmente nas zonas mais recônditas do país, onde o sistema de protecção das alunas ainda é deficitário e várias organizações internacionais já alertaram para o alto nível de impunidade que acompanha estes casos.

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook