sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Bebé raptada de hospital na Califórnia encontrada 18 anos depois


Kamiyah Mobley foi encontrada 18 anos depois de ter sido raptada de um hospital da Califórnia por Gloria Williams. A mulher, de 51 anos, terá agora de enfrentar uma acusação por rapto.
Kamiyah Mobley vivia em Walterboro, na Carolina do Sul
iStockphoto/ChristinLola
Kamiyah Mobley, que foi raptada de um hospital da Florida, na Califórnia, por uma mulher disfarçada de enfermeira em julho de 1998, foi recentemente encontrada na Carolina do Sul. Era aí, na localidade de Walterboro, que vivia com a sua raptora, Gloria Williams, que acreditava ser sua mãe. Williams, de 51 anos, foi detida pelas autoridades e terá agora de enfrentar acusações por rapto e interferência com a detenção.
Kamiyah, hoje com 18 anos, foi localizada pelas autoridades graças a uma série de pistas seguidas pelo Centro Nacional de Crianças Desaparecidas e Exploradas, referiu à CNN o xerife de Jacksonville, Mike Williams. Testes de ADN confirmaram que a jovem que vivia com Gloria Williams se tratava de Kamiyah Mobley.
A jovem, conhecida por outro nome, vivia com Williams desde que foi raptada a 10 de julho de 1998 e que acreditava que a mulher de 51 anos era sua mãe. Os pais e avós biológicos de Kamiyah Mobley ficaram “extremamente contentes” com a notícia e, de acordo com o xerife, a jovem parece ser “uma mulher normal de 18 anos”. “Ela está a lidar com a situação como pode. É muita coisa para processar. Ela tem muito sobre o que pensar”, disse Mike Williams à CNN.
Artigo corrigido às 20h35

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.