segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Agente da PRM atropela criança em Magoanine



Agente da PRM atropela criança em Magoanine
janeiro 16
09:392017
Um agente da Polícia da República de Moçambique (PRM), que estava a conduzir embriagado, atropelou este domingo uma criança na rotunda do CMC Magoanine.


MAPUTO- A criança que contraiu ferimentos, encontrava-se a vender numa banca que foi colhida pela viatura do agente da polícia de trânsito.
O agente estava tão bêbado que, não conseguiu apresentar argumentos para justificar o sinistro. [FM]
Folha de Maputo
Chiça!!!
Os sistemáticos erros cometidos pela nossa Polícia destapam o abandalhamento do próprio Ministério do Interior, do topo até à base. Não se explica que todos os dias tenhamos relatos negativos sobre quem devia garantir que a ordem e a segurança públicas não constituam letra morta.
Se não é a Polícia de Trânsito, é a Polícia de Protecção, vulgos cizentinhos. O que se passa afinal? A dose de desorganização no seio da corporação é exagerada. Parece que, em Moçambique, todos os crimes hediondos têm uma mão policial. Grande número das crónicas do crime envolve a Polícia. Que se passa?
Alguns agentes da PRM parecem que a fazem a sua carreira de tiro acertando em alvos concretos, isto é, na população que juraram proteger. Até quando isto? Isto não pode continuar assim. A credibilidade da Polícia, a cada dia que passa, vai caindo vertiginosamente enquanto os responsáveis por este sector fazem vista grossa.
É urgente que os responsáveis da Polícia saiam do seu mundo de mordomias e regalias para colocar ordem. Temos uma Polícia desconfiável a todos os níveis. Até desconfiamos da sua boa intenção, em nome do que nos habituou.
O vídeo que posto hoje, retrata o sucedido à semana passada, no populoso bairro da Munhava, na Beira. Segundo o próprio conteúdo, os agentes da Polícia, pertencentes a uma esquadra local, deslocaram-se àquele bairro para recuperarem bens roubados. O gatuno era um residente do bairro.
Porque a curiosidade da criançada é aguçada, alguns rapazinhos aproximaram-se para ver o que se passava. E neste grupo estava o pequeno Joãozinho. Foi o que foi baleado por um polícia que, segundo testemunhas, estava embriagado.
Meus senhores: isto aconteceu numa terça-feira. Que agente da Polícia embriaga-se num dia da semana como este e, acima de tudo, estando de serviço? As chefias não viram que estava bêbado? Os colegas com cujos havia sido destacado não se aperceberam de nada ou porque também estavam no mesmo estado?
Matou uma criança inocente. Os porta-vozes de sempre dizem que ele continua a monte. O engraçado no meio disto, é que depois de ter levado a tareia da população furiosa (perdeu até chapéu e insígnias), ainda passou da sua esquadra para deixar a arma do crime. E deixaram-no ir? Há qualquer coisa que não está bem explicada. Alguém aqui está a imbecilizar o povo. O certo é que o pequeno Joãozinho morreu estupidamente. Foi atingido na cabeça por um polícia bêbado. Chiça! É assim mesmo meu povo moçambicano?
E acreditam mesmo que haverá um relatório digno para o consumo popular, sobre a as circunstância que rodearam o assassinato do Joãozinho? É assim, infelizmente, no país que me viu nascer!!!!!
Nini Satar
-3:00
548 visualizações

Deslocados passam fome em Vandúzi

Mangas são o único alimento das famílias

As famílias que continuam a viver no centro de acomodação de Vandúzi estão a sobreviver com base em mangas verdes, que tem sido o seu principal alimento, depois de nos últimos dois meses, segundo relataram, não terem recebido apoio alimentar do governo, através do Instituto nacional de Gestão de Calamidades (INGC).
A nossa reportagem, que escalou o local por volta das 12h00 deste domingo, testemunhou cenário de uma família que “lutava” em torno de uma bacia de mangas, o que nos levou a acreditar que mesmo perante os dias de incerteza, as pessoas preferem passar fome do que voltar às suas zonas de origem, devido à instabilidade.
“Estas mangas fomos tirar ali no mato, nas montanhas. Assim estamos a almoçar. Não temos comida desde Novembro último. Assim este é almoço e mata-bicho em simultâneo, aqui não há mesmo comida”, contou Maria Francisco que comia mangas com as suas duas filhas, enquanto outras três estavam no lume para o jantar.
Daniel José, outro deslocado que vive no referido centro, precisou que desde que se instalaram naquele local o governo vinha prestando assistência alimentar, “mas desde Novembro até agora, não trouxeram mais comida. Mas estão a prometer que dentro dos próximos dias teremos comida”.
José pediu ao governo para olhar para falta de bens alimentares como prioridade, uma vez que as famílias estão instaladas num local onde apenas podem contar com apoio das autoridades governamentais.
“Agradecíamos que o governo fosse oportuno na intervenção sobre alimentos. Veja que aqui tem muita gente aglomerada e sem outros parentes que vem cá para poder ajudar”, disse Daniel José, para quem a assistência às famílias é urgente, antes que a fome comece a provocar outras situações que podem degradar a saúde dos que ali vivem.
Além de mangas, as famílias recorrem a biscates nas machambas das populações circunvizinhas, para garantir o seu auto-sustento.
Damiao Cumbane Eis mais o que uma viatura conduzida por mais um polícia bêbado fez ontem a tarde. Era um polícia de trânsito bem grosso e.... como sempre.... atropelou uma criança.
GostoResponder42 h
Naldo Manhique Onde é que isto aconteceu?
GostoResponder1 h
Manuel Mungulume O pior de tudo trata-se duma familia humilde, talvez o pequeno Joaozinho traria um futuro confortavel nesta familia. Polícia matou a esperança da familia.
GostoResponder2 h
Albert Nhandolo Eles ja estao descontrolados mas nao basta, nos o povo mocambicano devemos se unir para termos uma voz reconhescida queira por bem ou a forca nos tambem temos o posed
Álvaro Xerinda Ninguém nos defende
Miguel Tite Migas Não estão preparados para proteger....vejo nalgumas vezes noutros países cidadãos a manifestar, até certo ponto um pouco exegerado mas o polícia nunca dispara contra pessoas indefeso, mas sim tenta manter ordem e proteger se...essa nossa polícia foi formada para atacar, ofender, maltratar pessoas que supostamente defendem..... Juramentos impocritas tlaaa....
GostoResponder13 h
Idalencio Chamusse Estas de parabéns Nini, parece me que o senhor se fosse ministro do MINT tudo andaria. Dizia todos crimes tem a mão da Polícia,aquele crime que t fez parar na BO quêm é o Polícia que esteve contigo? O Polícia bêbado na terça-feira inconcebível,,ele trabalha 24/24 quando ek deve beber? Não deve ter uma visão policiacentrista, trate as coisas com seus nomes,não Polícia no seu todo
GostoResponder1 h
Viegas Zunguene o capuz serviu.
Jonas Chavane Está claro de que os colegas do agente ainda em parte incerta também estavam em estado de embriaguez
Santos Maite Silvestre A populosa Expressão. estão em cursos diligência de modo a neutralizar o agente que se colocou em fugo na sequência do sucedido. Portanto a imprensa será convocada no final das busca e cAptura deste agente hora fugitivo .Bom dia
GostoResponder1 h
Admirado Da-tia Lucinda EM Causa esta o comsumo exsecivo de alcol e outras subistancias inlicitas
GostoResponder3 h
Albert Nhandolo Isto nao e normal esses officiais estao ase aproveitar do nosso proprio ambiente cada dia a mais batota contra o povo mocambicano e isto mesmo ate quando
Dario Marcos Agente da PRM super embriagado embate contra bancas em magoanine e aleija uma vendedora! segundo relatos, tinha até dificuldades pra se manter em pé 15/01/17

há dias o balanço geral falou-nos do agente da nossa policia que roubou rancho de uma senhora em sua casa!
GostoResponder1 hEditado
Miguel Tite Migas O que a polícia sabe fazer matar
GostoResponder3 h
Emildo Patrício Vilanculo O nosso Moçambique está podre.
GostoResponder3 h
Inácio Ernesto Nzonga Estamos assaltado pelos corruptos tomaram de não será para hoje menos amanhã ninguem vai admirar; vejamos com esta ESTRADA? Que tive azar de ser reabilitada em;!!!!!! Não me recordo o mês mais foi em 2016 hoje tampos na fase inicial da chuva até la em abril? Será o regresso de chorar para onde foi os meus impostos; nossos; vossos;deles?Dr António Furrangules disse!; que não vou citar por os demais tiveram oportunidade de escutar; quando o país tinha 99;9%de analfabetos o país tinham os pés para andar hoje dos 99;9% ja tem licenças de saber se roubar por si o país ja eram
Paul Antunes Palhaçada sim, de policias esses nossos nao tem nada
GostoResponder2 h
Jose Chirruco Triste
GostoResponder3 h
Joaquim Mavone Única coisa que sabem fazer esses agentes é Matar.
Arthur Swëëty Böy Matavele Todos tavam bebado
GostoResponder1 h
Claudio Vembane Muitíssimo triste
GostoResponder1 h
Armando Tomas Fernando Fernando Policia bandido,nao merece estar prm
GostoResponder2 h
James Jaminson Coisa de vergonha
GostoResponder1 h
Roberto Lamba Triste
GostoResponder2 h
Fayaz Muhammad So em mocambique semcometarios

Sem comentários:

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.