terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Na revolução contra a corrupção, os romenos lutam pela chance que o Brasil perdeu


A sociedade romena que finalmente tem consciência do seu progresso moral pede uma classe política à altura dos seus novos valores

Mais um domingo de protestos em Bucareste.  EFE
Meu país costuma ser um daqueles lugares sobre os quais as pessoas costumam sorrir ironicamente, às vezes disfarçando bem, outras vezes menos bem, quando ouvem que sou de lá. “Ah, você é da Romênia. O país do Drácula, né? Ah, e tem também aquela ginasta, não é? Nadia o que mesmo?” Bom, penso eu quando ouço, pelo menos não estou do Cazaquistão. Iam pensar que o Borat é meu primo. Mas, como todos os romenos, já estou acostumado. Se for entrar na Itália, o sorriso amistoso do oficial da fronteira acaba ao ver meu passaporte. Segue uma busca nervosa e prolongada no sistema para os meus possíveis antecedentes criminais. Nos Estados Unidos, quando um político americano fala “pelo menos não somos a Romênia,” nem fico muito chateado por conta disso. É um tipo de common sense knowledge, uma verdade tão bem enraizada que não faz quase nenhum sentido protestar. Não vai surtir efeito.
O trecho exato durante o qual John McCain referiu-se sobre a Romênia durante a eleição americana foi este: “Acredito que ainda temos as instituições que poderão cercear alguém que fosse exceder suas atribuições constitucionais. Temos um Congresso. Temos a Corte Suprema. Não somos a Romênia.”  McCain estava se referindo à possível eleição de Donald Trump, tentando explicar por que, apesar de se opor a sua candidatura, ninguém deveria estar tão preocupado se ele vencesse. Desde então, as coisas parecem ter mudado um pouco. Trump controla o Congresso, onde tem conseguido confirmar até suas escolhas mais extremas. Com a confirmação de Neil Gorsuch na Suprema Corte, Trump terá também uma maioria republicana na Suprema Corte. E, então McCain? Com seu “pelo menos não somos a Romênia”. É chocante ver um dos senadores mais experientes dos EUA usar esse tipo de linguagem sobre um país aliado. Ainda mais sobre aquele país aliado que hospedará a defesa antibalística da Otan no contexto de uma Rússia cada vez mais beligerante nas suas portas...
Estamos vivendo tempos estranhos. Os países historicamente guardiões da democracia e dos valores progressistas – Estados Unidos, Inglaterra, e França – estão sendo transfigurados pela ascensão da extrema direita que, precisamos reconhecer, esta acontecendo como resultado de uma crise prolongada do mainstream político e principalmente da esquerda, que nunca conseguiu se adaptar bem e responder aos desafios de um mundo globalizado. Quando a maioria de um país vota para colocar no poder um governo contrário aos valores democráticos mais fundamentais, é preciso de um otimismo desbordante e uma ignorância completa do passado histórico para acreditar que tudo está ok, porque as instituições continuam sólidas.
Estamos vivendo tempos estranhos. Os países historicamente guardiões da democracia e dos valores progressistas estão sendo transfigurados pela ascensão da extrema direita
Paradoxalmente, o que os romenos conseguiram nas ruas durante os últimos dez dias é exatamente o oposto da degradação democrática a que estamos assistindo nas chamadas democracias sólidas. Depois da revolução sangrenta que acabou com a ditadura comunista, a Romênia buscou construir as instituições que poderiam permitir sua integração na União Europeia. Para boa parte dos políticos responsáveis por esse esforço, a legislação e as instituições que estavam criando para o combate da corrupção eram, como costumam dizer os brasileiros, “pra inglês ver”. Mas a expectativa da impunidade começou a ser confrontada quando os jovens procuradores se mostraram implacáveis na aplicação da lei. Um primeiro ministro, os maiores magnatas de mídia, inúmeros deputados, senadores, e prefeitos acabaram presos. E, apesar do empenho da mídia subserviente a um partido político ou outro de denegrir essa luta, os romenos apoiaram este esforço de passar o país a limpo. Nos últimos anos, talvez porque passo a maior parte do tempo fora do país e por conta disso consigo perceber melhor as mudanças que acontecem à volta, a cultura popular parece ter evoluído. Costumava ser absolutamente natural oferecer propina a um policial por uma infração de trânsito – a expectativa era de que o policial aceitasse a propina antes que você continuava tranquilamente o seu dia. Não é mais assim. Se você for policial e solicitar propina, tem boas chances do cidadão que você parou se recusar a pagar ou até te denunciar. Se você for o autor do erro de trânsito, oferecer uma propina pode acabar complicando sua situação bem mais. A cultura cívica dos romenos evoluiu. Mas os seus líderes políticos parecem não ter reparado essa mudança ainda. E essa desconexão gerou as condições ideais para a maior explosão de protesto social já vista contra um Governo romeno eleito democraticamente.
O partido que governa hoje a Romênia, o PSD, tem muito em comum com o PMDB que hoje governa o Brasil (muito além da aparência de vampiro dos seus respectivos líderes). Como o PMDB, o PSD romeno se reivindica como um partido de origem centro-esquerdista e contra a ditadura, mas defende, de fato, valores sociais conservadores e políticas econômicas contrárias aos interesses dos mais pobres. Como o PMDB, o seu poder reside numa máquina clientelista extremamente bem estruturada pelo interior do país, com raízes no ordenamento político da antiga ditadura. Como o PMDB, o PSD não possui líderes de grande carisma. Mas nem precisa deles, pois tem seus Sarneys, Renans e Eunícios. E como o PMDB, essa máquina eleitoral do PSD tem resultados especialmente favoráveis quando as lideranças dos outros partidos mais sólidos de ponto de vista ideológico desapontam, como aconteceu na última eleição romena.
A sociedade romena que finalmente tem consciência do seu progresso moral pede uma classe política à altura dos seus novos valores
Em inúmeros aspectos, então, o atual Governo romeno é uma miniatura do brasileiro. Depois de ganhar uma ampla maioria no parlamento nas eleições de outubro passado, o PSD sentiu-se suficientemente forte para acertar algumas contas pendentes com o Judiciário. Numa versão piorada da anistia do caixa dois do Brasil, o Governo que tinha acabado de ser instalado passou um decreto de emergência que alterava a definição de vários crimes de corrupção e dificultava a investigação dos delitos. Seguindo as novas normas, por exemplo, qualquer fraude denunciada depois de mais de seis meses de haver sido cometida não poderia mais nem sequer ser investigada. O decreto foi assinado durante a noite, às três horas da manhã. Não muito diferente do que se tentou no Congresso brasileiro pouco tempo atrás.
Quando amanheceu, o Governo acordou com o povo inteiro batendo à sua porta. Com toda sua maioria confortável no Congresso e mesmo controlando as duas redes de TV mais importantes do país, o PSD conseguiu levantar contra si, e de forma quase unânime, a sociedade toda. Centenas de milhares de pessoas saíram nas ruas não somente em Bucareste, mas em cidades grandes e pequenas pelo país inteiro. Em vez de jogar pedras nos policiais, os manifestantes ofereceram chá e louvaram o seu trabalho. “Estou com pena desses meninos que estão aqui no frio para defender uns bandidos sem vergonha”, contou uma avó para um repórter independente transmitindo ao vivo pelo Facebook. Novata na arte do protesto, a multidão romena inventa seu próprio repertório. Cada um tem seu cartaz. A maioria são bem divertidos. “Isso que acontece quando a gente vota sem ler os termos de uso”, está escrito em um. De repente, surge a ideia de iluminar o prédio do Governo com os flash dos celulares. Vamos jogar luz no que vocês estão fazendo, os manifestantes parecem dizer. Vamos mostrar para todo mundo a sua podridão e não poderão fugir. A rebelião ganha um nome. A revolução da luz. E todo mundo está surpreendido consigo mesmo. Como é que um ato tão miserável de um Governo corrupto pude resultar no final das contas numa experiência tão enaltecedora? Os romenos se sentem mais determinados, mais unidos e mais fortes do que nunca antes.
O Governo romeno acabou cedendo e retirou a lei infame. Os protestos cresceram mais ainda depois que isso aconteceu, mas aquela noite foi mais uma celebração coletiva para humilhar o Governo do que a tentativa derrubá-lo. A grande maioria das pessoas entendem que o partido que acabou de ganhar as eleições deveria ter mais uma chance para governar o país, desta vez fazendo o que prometeu em vez de atacar a luta contra a corrupção. Essa atitude moderada se deve em grande parte ao desapontamento com os outros partidos e líderes políticos. Para a maioria, não existe nenhuma garantia de que uma outra coligação partidária será muito mais confiável. A ideia predominante é a de que é preciso pressionar e fiscalizar todos os partidos. Uma sociedade que finalmente tem consciência do seu progresso moral pede uma classe política à altura dos seus novos valores. Ao “pelo menos não somos a Romênia” do McCain, os romenos agora podem responder exatamente o contrário. Sim, McCain, pelo menos somos romenos! Podemos não ter as melhores leis, instituições, Corte Suprema. Podemos ainda não termos nos livrado dos políticos corruptos que infernizam nossas vidas a cada dia que lemos jornais, mas temos uns aos outros e os nossos ideais de verdade, tolerância e justiça como fundamento do nosso futuro como nação. E isso é muito mais importante.
Como o PMDB, o PSD não possui líderes de grande carisma. Mas nem precisa deles, pois tem seus Sarneys, Renans e Eunícios
A revolução da luz ainda não venceu. Em momentos como esses, os manifestantes se sentem invencíveis e não se dão conta de que qualquer vitória de natureza coletiva é vulnerável ao desaparecimento da força que os uniu. Se conhecessem o Brasil, os romenos se dariam conta de que uma revolução da luz também parecia ter sido vencedora em sua versão tropical em junho de 2013. Os brasileiros também se sentiam unidos, orgulhosos, imparáveis. Acreditavam que poderiam parar a corrupção e ganhar finalmente o direito de serem governados de uma forma digna e transparente. Acabou sendo bem mais complicado. A parcialidade do Judiciário de um lado político ou do outro, a crescente polarização política e a constante manipulação pelos extremos que acontece nas bolhas das redes sociais acabou destruindo aquele precioso sentimento de união nacional, tão essencial para que a sociedade possa continuar mobilizada na defesa dos seus ideais. Alexandre de Moraes vai virar ministro do Supremo Tribunal Federal e ninguém está nas ruas. No Brasil, a revolução da luz parece ter sido uma alucinação numa noite de Carnaval.



EL PAÍS Brasil
8 h ·


OPINIÃO | "O Governo romeno é uma miniatura do brasileiro. Como o PMDB, o PSD não possui líderes de grande carisma. Mas nem precisa deles, pois tem seus Sarneys, Renans e Eunícios", escreve o romeno Andrei Roman, do Atlas Político


Na revolução contra a corrupção, os romenos lutam pela chance que o Brasil perdeu
BRASIL.ELPAIS.COM|DE EL PAÍS



GostoMostrar mais reaçõesComentarPartilhar
Comentários principais
3,8 m3,8 m
1411 partilhas
Comentários

Escreve um comentário...


André Herculano Marçal Mas aqui, a luta nunca foi contra a corrupção, e sim pelo ódio de classe, pelo desejo que a classe média tem de "brincar de ser rico", privilégio dividido com os pobres emergentes nos últimos anos. Parece coisa boba, mas essas pessoas são movidas por valores fúteis, como por exemplo esse tipo de status
Gosto · Responder · 198 · 8 h
Ocultar 14 respostas


Guilherme Macedo O ódio é da empregada negra que viajou de avião! Um insulto a classe "A" !
Gosto · Responder · 12 · 7 h


Vitor Barros Vc é um exemplo pq não nos unificamos. Pois está plantando o ódio contra a classe média! Mas é a classe média que carrega o país nas costas, junto com os pobres. E unidos são fortes. Mas pensamentos iguais ao seu, só nos afasta!
Gosto · Responder · 8 · 7 h


André Herculano Marçal Ou da madame que perdeu a empregada porq ela passou no Enem. Ou porque "esqueceu" de pagar o FGTS.
Gosto · Responder · 12 · 7 h


André Herculano Marçal Vitor Barros Não acho que seja dessa forma. Na classe média, tem muitas pessoas que trabalham e produzem pensando em construir um país. Mas a grande maioria só pensa em si.
Gosto · Responder · 6 · 6 h


Renan Grzebieluckas Vitor Barros, quem se afasta é a classe média, que na verdade é trabalhadora mas acha que é rica, e acaba sendo a massa de manobra dos poucos ricos de verdade.
Gosto · Responder · 15 · 6 h


Allan Andrade Comentário de esquerdopata e "BOXTA" é a mesma coisa.
Gosto · Responder · 2 · 6 h


Philippe Küster Perfeito!!!
Gosto · Responder · 1 · 6 h


Oldair Oliveira Vitor Barros

Ia comentar mas você falou tudo! É isso mesmo.
Gosto · Responder · 4 h


Gustavo Junqueira Você é um exemplo de pessoa vencida pela corrupção, simplesmente desistiu de tentar apoiar alguém honesto e repousa sua consciência na crença de uma luta de classes.
Gosto · Responder · 1 · 4 h


Carlos Junior O resumo. Prevejo coxinhas chegando com xingamentos e deboches, mas nenhum argumento pertinente.
Gosto · Responder · 1 · 2 h


Leonardo Coelho O exemplo da empregada doméstica é beeem típico
Gosto · Responder · 2 h


Hamilton Correa Marinzeck Carlos Junior onde esta o seu argumento? Ou que argumento o comunista emitiu?
Deem exemplo e socializem seus pertences.
Para um empresário, classe média, o que interessa é que a pessoa possa pagar pelo que consome.
Gosto · Responder · 24 min


Hamilton Correa Marinzeck André Herculano Marçal errado, a classe média como um todo é que faz esse país avançar, mesmo a tropeços.
Para cada 1 mil reais em salário pago, o empresário recolhe aos cofres do Tesouro(Estado) outros 1,2 mil reais, valor que deveria estar no bolso do trabalhador e não no bolso de políticos.
Salário é baixo por culpa do Estado, dos políticos, que creem que são "deus", e sabem o que os indivíduos desejam possuir.
Gosto · Responder · 19 min


Hamilton Correa Marinzeck Guilherme Macedo quanto você paga para a sua secretária? 5 mil reais?
Gosto · Responder · 18 min


Escreve uma resposta...




Isaque Alves O Brasil não perdeu. Nunca o Brasil poderá dizer que teve um momento em que a nação se uniu contra a corrupção, até porque devido ao tamanho do território nacional e à vastidão do 'império' de senadores, deputados e afins, o povo acaba 'dividido' escolhendo ilusoriamente entre uma malta e uma corja.
Gosto · Responder · 76 · 8 h


Mateus Cavalcante Perfeito
Gosto · Responder · 8 h


Msoc Silva Me engana que gosto.
Gosto · Responder · 7 h


Guilherme Iannuzzi O problema é a seletividade e hipocrisia de certas pessoas e grupos como o MBL, que criminalizam apenas um partido.
Gosto · Responder · 9 · 7 h


Flávio Kawakami kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, em que Brasil esse cidadão vive?
Gosto · Responder · 7 h


Geraldo Wvv Os parlamentares brasileiros e os juízes são tão blindados que se um dia cair uma bomba nuclear aqui não vai acontecer nada com eles.
Gosto · Responder · 2 · 7 h


Paulo Perizzolo Estamos contra a corrupção?
Gosto · Responder · 7 h


Gilberto Kappes Nunca houve combate sincero a corrupção...era uma revolta fútil...ninguém tem o direito de se dizer horrorizado ou indignado com a corrupção, a suposta manifestação contra a corrupção foi o maior golpe ou 171...todos até agora que se destacaram nas man...Ver mais
Gosto · Responder · 5 h · Editado


Gilberto Kappes Guilherme Iannuzzi o mbl é sustentado por sei la quem e jamais vão revelar quem os sustenta...jamais houve combate sincero a corrupção...eu, vc e todos os brasileiros odiamos corruptos por que em muitos momentos que eles cruzaram nossas vidar tivemos prejuísos e muita dor de cabeça...neste momento deve ter muitos brasileiros sendo prejudicado como eu já fui por algum politico corrupto querendo favorecer alguém...o fundador do mbl já acumula um série de processos...não da para acreditar na sinceridade daquela gente...Brasil a regra é clara...não tem herois e nem bandido na política...
Gosto · Responder · 5 h


Escreve uma resposta...




Gustavo Chiappetta A maior diferença foi que lá, por pressão popular, conseguiram aprovar um referendo sobre o pacote anticorrupção. Aqui, em 2013, quando a Dilma propos um referendo sobre reforma política, ninguém apoiou.
Gosto · Responder · 19 · 6 h
1 resposta


Eduardo Farias Sim, tentamos mostrar aos nossos amigos de Esquerda que a corrupção era sistêmica (Direita e Esquerda). Que não poderiamos ter políticos de estimação e precisávamos nos unir para mudar a situação da corrupção no Brasil, mas nossos "intelectuais" preferiram apoiar bandidos do que dar o braço a torcer que estavam errados. Perdemos a chance de mudar o Brasil por uma questão de vaidade egoica.
Gosto · Responder · 12 · 6 h · Editado
Ocultar 30 respostas


Fábio Cardoso Eduardo Farias vc tá brincando ne? Com todo respeito..não curto nem um pouco esta briguinha de direita e esquerda, até pq me considero mais libertário, mas onde que a manifestações mostraram que a corrupção era sistêmica?...as manifestações que eu vi eram só pra tirar o PT, Dilma, Lula e louvar um pseudo herói ..Os corruptos continuam lá e não vimos mais manifestações..obs: respeito totalmente o direito do pessoal da direita se manisfestar e da esquerda também, cada um com seus jeitos.....fizeram o que sabiam ou o que foram induzidos a realizar, mas na minha humilde opinião..não tentaram mostrar nada do que você disse...Se tiver a fim de dar exemplos ok?! mas estou sendo sincero..não vi isso...Só vi uma guerra fria bem meketrefe rsrs
Gosto · Responder · 23 · 6 h


Herbert Baratella Não fala merda! Não terceirize o rabo alheio pela covardia, incompetência e incoerência de vcs.
Vcs são o motivo da nossa atual vergonha que já não tem tamanho. Esse discurso idiota de que nós não nos unimos a vcs, justo vcs, que foram os responsáveis por abrir precedentes escabrosos e sangrar a nossa democracia, fortalecendo os maiores monstros e dinossauros da nossa política.

É muito nojento ver uma manifestação como a sua. É deplorável, asqueroso.

Quem foi às ruas contra Temer e seus bandidos fiéis escudeiros foi justamente quem vc está criticando. Quem foi lá tomar borrachada, encarar PM montando ocorrência e os MBL da vida forjando e montando informações falsas. Vcs estavam fazendo o quê, enquanto isso? Criticando e falando que já tinham feito a parte de vcs. NÃO! Tentamos em vão limpar a cagada que vcs fizeram.
Gosto · Responder · 13 · 6 h


Eduardo Farias Você viu alguém que lutou pelo Impeachment da Dilma defender algum político?
A única vez que políticos tentaram participar de uma manifestação na Av paulista (Aecio e Serra) eles foram expulsos pelos próprios manifestantes. Já o Lula trazia inclusive artistas para fazer show e lutar contra o impedimento de Dilma durante as manifestações pró corrupção .
Gosto · Responder · 1 · 6 h


Eduardo Farias Mi mi mi, esses criminosos que você disse estar lutado foram aliados do governo petista por 13 anos. Agora ficam nesse chororô todo e se fazendo de vítima (como de costume). Por isso a Esquerda foi escorraçada da política nacional e infelizmente a direita extrema tem ganhado cada vez mais espaço por culpa de vocês que amam defender criminosos. #ChoroÉLivre
Gosto · Responder · 6 h · Editado


Fábio Cardoso Acha mesmo que precisa andar de mão dada com o capeta, abraçar o capeta, pra defender o q ele faz?! obs..nem acredito em capeta blz? rs Postura cara, a postura q estou analisando..
Gosto · Responder · 2 · 6 h · Editado


Fábio Cardoso Os padrões estão se repetindo...e não vemos a mesma postura...
Gosto · Responder · 4 · 6 h


Fábio Maciel Bombardi Eu me lembro da foto da "elite" do mbl com o Cunha, todos sorridentes.
Colocaram os piores corruptos no poder, gente que saqueia o Brasil faz décadas, e todo mundo calado.
A mídia dividiu a nação entre direita e esquerda, enquanto nos distraímos os verdadeiros corruptos fazem a festa.
Gosto · Responder · 6 · 6 h · Editado


Eduardo Farias O Cunha? Não vi um manifestante nas ruas protestando quando prederam o Cunha. Ele ainda está preso graças a lava jato e ao juiz sergio Moro, agora o maior aliado de Dilma e Lula, Renan Calheiros, continua solto e praticando seus crimes.
Gosto · Responder · 1 · 6 h · Editado


Fábio Cardoso o que estou analisando é: a postura do PT incomodava algumas pessoas..foram pra rua...agora, a postura do temer já não incomoda mais...se tá incomodado ..já não fazem mais as birrinhas de crianças mimadas...isso é mostrar q a corrupção é sistêmica? sorry...difícil de concordar viu?!, mesmo respeitando sua opinião!
Gosto · Responder · 6 · 6 h


Eduardo Farias Manifestação marcada contra o governo Temer e apoio a Lava Jato e Juiz Sergio Moro dia 23/03, você vai? Não adianta ficar protestando em redes sociais, tem que ir para as ruas.
Gosto · Responder · 5 h · Editado


Caio Barbosa Rs, essa manifestação não é contra o Temer. Pergunte aos organizadores e eles dirão. Não seja massa de manobra mais uma vez.
Gosto · Responder · 9 · 6 h


Eduardo Farias Massa de manobra é que ganha um sanduíche de mortadela e 35 reias pra defender bandido em manifestação. Coloca seu cabresto e pega sua bandeira vermelha amigo.
Gosto · Responder · 5 h · Editado


Fábio Cardoso Meu..podemos ficar horas e horas falando os bandidos q estão soltos...mas o q gostaria que vc entendesse é: Qdo dilma nomeou lula ministro...teve nego que quase infartou...fizeram manifestações...Qdo temer nomeou o Moreira..até acredito q alguns ficaram putinhos...mas só! isso pra mim não é mostra q a corrupção é sistêmica, apenas mostra o perfil da nossa sociedade, a famosa vista grossa qdo o amigo dá mancada, mas é amigo......E olha q nem vou citar a nomeação do advogado do PCC ...e sobre o advogado do cunha..ops..o juiz Moro, pra mim é mais uma vez o típico perfil da nossa sociedade! Só mais um pseudo herói..
Gosto · Responder · 13 · 6 h


Allan Andrade Discutir com esquerdoPaTa é perda de tempo...
Gosto · Responder · 1 · 5 h


Eduardo Farias Não sei que rodas você costuma frequentar, mas diversas pessoas que eu conheço protestaram contra a nomeação desses bandidos pelo Temer. Agora não queira que a reação das pessoas seja a mesma após 13 anos de corrupção deslavada contra os 6 meses do governo atual (que também tem se mostrado podre).
Gosto · Responder · 5 h


Fábio Cardoso Mano..com todo respeito..todas as manifestações rolam as barganhas..a diferença é que umas são visíveis e outras não..desde mortadela , filé mignon..até sabe lá o que mais...acho desnecessário ficar menosprezando as manifestações de esquerda ou direita...primeiro pq é uma forma de menosprezar o inimigo para se sentir melhor..segundo que tanto verdadeira direita quanto a esquerda...buscam a melhoria, na teoria.....porém, na prática distorcem muitas coisas...puxam mais pra um lado ou pra outro lado...o que é normal, pois são tipo seres humanos..Na minha humilde opinião..pode ser capitalismo, socialismo...se não houver uma harmonia, ética e respeito vão ser uma merda...não tem jeito!
Gosto · Responder · 1 · 5 h


Herbert Baratella Eduardo Farias, para mim, qualquer debate acaba quando se usa o imbecil termo "mimimi". Mas é bem compreensível já q esse "argumento" é típico de quem é incompetente para fundamentar raciocínios minimamente lúcidos.
Gosto · Responder · 7 · 5 h


Herbert Baratella Allan, sim, é mais fácil chamar o outro de esquerdopata do que encarar um debate alto nível, né?
Quando se é acéfalo, é assim que funciona msm
Gosto · Responder · 7 · 5 h


Herbert Baratella Eduardo, protestaram é? Onde? Em shoppings? No Galeto's? Conta p gente!
Gosto · Responder · 3 · 5 h


Fábio Maciel Bombardi Eduardo, como não esperar a mesma reação dos indignados, o partido no poder hoje foi a base de sustentação nos 13 anos do PT no governo, nada mudou, só tiraram os petistas. O que antes era intolerável agora passou a ser aceito, não tem mais mobilização. Acabei de ler as pautas da próxima manifestação, fim do estatuto do desarmamento e apoio a lava jato. Cadê a crítica às nomeações de políticos delatados várias vezes na lava jato, cadê a revolta com a nomeação de um ministro para uma cadeira no supremo. A economia não melhora, quando vão perceber que temer e sua base, de eternos apoiadores do poder, não serve para governar o país.
Gosto · Responder · 6 · 5 h


Eduardo Farias Qualquer debate acaba muito antes disso, principalmente quando o comedor de mortadela fala que o outro "fala merda" por não pensar exatamente igual a cartilha doutrinadora da Esquerda Caviar.
Sim protestaram, mas como você não lê notícia da "mídia golpista" só lê sites e blogs financiados com dinheiro roubado da Petrobras by corrupção você não ficou sabendo das manifestações.
Gosto · Responder · 4 h · Editado


Elinton Da Rocha Lembrando, o governo tem ministro indiciado na lava-jato, o cara indicou o ministro da justiça do PSDB pro STF e vai ser relator da lava-jato, o cara foi delatado 43 vezes na lava-jato, se tá vendo o nomizinho do presidente ai? não os caras preferem ir pra rua pra fazer o povo se aposentar aos 65 anos, vai engana outro trouxa pq comigo não cola. :)
Gosto · Responder · 1 · 4 h · Editado


Eduardo Farias Nomear um filiado do PSDB não pode, mas nomear Edson Fachin, filiado ao PT e o ex advogado do PT Dias Tofolli pode? Desculpe amigo mas sim, já te fizeram de trouxa antes.
Gosto · Responder · 4 h · Editado


Marklebson Santana LULA 2018
Gosto · Responder · 4 h


Eduardo Farias Lula é réu nas investigações, portanto ele não pode se candidatar.
Gosto · Responder · 3 h


Geraldo Martins Dayrell Esse Eduardo entende mesmo das coisas hem, nem conhece a lei da ficha limpa pra dizer isso.
Gosto · Responder · 1 · 2 h


Eduardo Farias ZzzzzzzZZZzZZzzzzzz
Gosto · Responder · 2 h


George Amorim Fica uma dica, sobre o protesto, não apoie o fim do foro privilegiado, peça mudanças na eleição dos q serão ministros do STF.
O supremo é a última instância do país, com o fim disso, começará da primeira, que se condenado, recorrerá, vai para a segunda.... até chegar no STF, levará décadas, sabe como é justiça brasileira lenta. O foro tem finalidade acelerar, uma pena nosso STF está corrompido, por isso da mudança, fim do cleentelismo.
O fim do foro é mais certeza ainda da impunidade.
Eu já fui a favor. Cuidado.
Gosto · Responder · 2 · 2 h · Editado


Fábio Cardoso Puts Eduardo Farias, confesso que não vi mesmo os protestos contra as nomeações... foi na av paulista ou na pagina do MBL? se foi na pagina..eu realmente não acompanho os caras....se foi na paulista..faz tempo que o pessoal que disse q ia tirar um por um não aparece por lá ne?!
Gosto · Responder · 1 h · Editado


Fábio Cardoso Herbert Baratella falou coxinha..petralha..mortadela , esquerdopata...eu nem dou atenção , a psicologia explica muito bem o que é a necessidade de destruir ou rotular o outro pra se sentir bem...
Gosto · Responder · 1 · 1 h


Escreve uma resposta...




Kleber Martins Que eles tenham mais sorte do que nós, e que os políticos não consigam dividir a sociedade em grupos que preferem jogar a culpa da corrupção um no outro do que lutar contra a corrupção generalizada.
Gosto · Responder · 14 · 7 h


Jorge Rodrigues A situação de Temer e sua quadrilha. 43 vezes citado na Lava Jato. Esse é o governo que os coxinhas ( metidos a ricos, mas que tao devendo cartao de crédito, escola dos filhos, mandado de busca e apreensão do carro, comendo na casa do sogro, devendo contas de água e luz, taxa de condomínio etc) e a midia apoiam. Kkkk Há que saudade do Lula2018
Gosto · Responder · 29 · 8 h


Gustavo Fernandes Você tá falando do temer mais seu lula também tá na lava jato você não acha que é mais um trouxa 🤔
Gosto · Responder · 7 · 8 h


Jorge Rodrigues Bati np saco de Temer e pegou na tua boca. Vc é concorrete de Marcela kkkk
Gosto · Responder · 1 · 8 h


Cosimo Henrique Gustavo Fernandes...ele tem bandido de estimação,...
Gosto · Responder · 3 · 8 h


Jorge Rodrigues Eita, Marcela tem mais um.concorrente kkk
Gosto · Responder · 8 h


Isaque Alves Estaríeis defendendo aqueles que comem às custas de vossos esforços? Caras que se aposentam com valores que pra você nem em um ano de serviço chegaria a acumular?
Gosto · Responder · 2 · 8 h


Wagner Jose Romênia passa por uma situação grave financeira e políticos roubando a bomba estava prestes a explodir.
Gosto · Responder · 8 h


Vitor Barros Jorge Rodrigues, se prenderem o Lula, o Temer e o Aecio, vc vai ficar indignado. Mas eu não! Entendeu a diferença de um coxinha e um mortadela igual a vc?
Gosto · Responder · 1 · 7 h


Gustavo Junqueira Olha eu já errei em votar em Lula em 2002 e 2006, mas não entendo porque as pessoas temem reconhecer seus erros. Vota no Pstu no PCO, mas em Lula! Errar é humano, persistir no erro é diabólico!
Gosto · Responder · 4 h


Escreve uma resposta...




Maxwell Vieira Não perdemos. Tiramos uma parte corrupta do poder e ficou outra. Ganhamos uma batalha mas não ganhamos a guerra. Porém, a guerra não acabou e 25/03 teremos uma nova batalha democrática nas ruas do Brasil.
Gosto · Responder · 6 · 8 h
Ocultar 16 respostas


Msoc Silva A verdade dói
Gosto · Responder · 7 h


Carlos Novelino Quem tirou foi o poder econômico, o povo não tira ninguém e só serve como massa de manobra (vide as manifestações populares contra o Renan e ele nem se lixou).
Gosto · Responder · 29 · 7 h


Simone Maiakkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Gosto · Responder · 22 · 7 h


Thiago Melo Não sei até que ponto defende-se o interesse de um povo apenas quando um movimento tendencioso (como o MBL) convoca alguma manifestação.

Os caras até agora não peitaram Temer, a indicação do Moreira Franco, a farsa da reforma da previdência entre outras pautas que afetam a população.

Cuidado para não ser usado mais uma vez como massa de manobra pra dar um tiro no pé e ajudar a passar as reformas que prejudicarão a todos, direita, esquerda, centro, tanto faz.

O barco é o mesmo.
Gosto · Responder · 28 · 7 h


Paulo Maia ah tiraram msm, revolucionários
Gosto · Responder · 11 · 7 h


Tiago Alcântara Síndrome de cara pintada...
Gosto · Responder · 8 · 7 h


Claudio Roseno Piada, ir a um protesto comprado por movimentos ratazanas da base do governo, pqp que bicho burro.
Gosto · Responder · 6 · 7 h


Antonio Freitas Colocaram mais corrupto pra dentro e n sabem disso! Hahahahaha verde e amarelo eh triste!
Gosto · Responder · 4 · 7 h


Ana Gláucia Pobre Maxwell! kkkkkkkkk
Gosto · Responder · 1 · 7 h


Maxwell Vieira A inveja dói né turma? Vocês que só conseguiram tirar aquele tiozinho conservador do DCE de suas faculdades, sentem uma inveja grande quando nos viram eliminando o partido líder do maior esquema de corrupção da história. Agora é só esperar que a hora do PMDB e PSDB está chegando.
Gosto · Responder · 6 h


Alerrandro Calebe Cara não viaja.... psdb cresceu muito nessas eleições, com a queda do PT... só blindou mais os maiores bandidos.. Os partidos mais corruptos são DEM e depois PSDB, e os dois só se fortaleceram com as tais """ manifestações"""
Gosto · Responder · 7 · 6 h · Editado


Thiago Melo Ihhh Maxwell, jura que política pra você é futebol?
Inveja, meu irmão!? Inveja do que?

Estamos todos no mesmo barco e não sei se você acompanha as notícias, mas estamos ferrados e ainda tem trouxa pra colocar a culpa num governo que sequer conseguiu começar o mandato (Dilma 2.0).

Invejo a ignorância de quem consegue tratar algo tão sério quanto os rumos de uma nação como um jogo de futebol. Talvez assim seja-se feliz ainda que ignorante de que MBL foi financiado por PMDB e PSDB.
Gosto · Responder · 7 · 6 h · Editado


Marcos R. Basniak Só trocaram as moscas, a merda continua a mesma haha
Gosto · Responder · 2 · 6 h


Vicente Naspolini "nova batalha democrática". sei...
Na última, pelo que eu lembro, foram adestrados a não gritar contra Temer... Grande batalha kkkkk
Gosto · Responder · 6 · 6 h


Elinton Da Rocha Tu sabe que tu está indo pra rua pra aprovar a proposta do governo de reforma da previdência que vai te fazer trabalhar até os 65 no mínimo e não pra se manifestar contra o governo né??????????????????????????????????????
Gosto · Responder · 4 · 4 h · Editado


Paulo Maia hoje eu descobri que revolução se faz batendo panelas, né com o povo na rua brigando por mudanças não.
Gosto · Responder · 1 h


Escreve uma resposta...




Newton Dibo No Brasil, a situação é diferente: a corrupção está entranhada nos poderes e o povo se encontra dividido. Já na Romênia, que não tolera corrupção, o objetivo do povo é um só: acabar com esse mal que acaba com qualquer país. E o povo romeno tem um jeitinho especial de punir político corrupto, haja vista o fim que deram no seu ditador corrupto, Nicolae Ceaususcu.
Gosto · Responder · 1 h


Nancy E Pinilla Mais que comparação esdrúxula!! Brasil nunca vai encarar uma briga contra a corrupção porque ele já é corrupta por natureza! O pais megalomaníaco até nisso '
Gosto · Responder · 35 min


Hoffemann Maia Parabéns aos romenos q estão caminhando pra evolução moral de seu país é assim msm q se luta por civilidade na política. Aqui os q foram pras ruas nunca lutaram pl fim da corrupção, foram apenas pra tirar o PT e porem outros corruptos escancarados no poder.
Gosto · Responder · 2 · 4 h
1 resposta


Antonio Freitas A diferença é que no Brasil a população n eh contra a corrupção!!! Maior exemplo e terem posto os investigados no poder o que, por sua vez, os tornou "investigadores" . Mesmo assim, n vejo uma alma verde e amarela na rua preocupada! Ou seja, no Brasil corrupção é orgulho nacional desde q seja dos seus compadres (PMDB, PSDB, globo, latifundiários, classe média, etc)
Gosto · Responder · 2 · 7 h


Tiago Alcântara A população romena evoluiu moralmente e exigiu uma classe de políticos melhor. Ai que está a diferença. A nossa populaçåo não evoluiu moralmente, e a chamada "luta contra a corrupção", só fez dividir o povo, além de abrir uma caixa de pandora com o pior do brasileiro em termos de preconceito.
Gosto · Responder · 3 · 7 h · Editado


Jorge R. T. Japur Aqui no Brasil o problema é que o "povo esclarecido" acha que o problema da corrupção são os "comunistas" e outros fantasmas que nem existem mais. As panelinhas dessa gente não enxergam mais nada além disso (e por isso são facilmente manipuláveis). Nada que um pouco de humildade, umas aulinhas de história e um pouco de terapia não resolvam.
Gosto · Responder · 5 · 7 h


Gilberto Kappes Os romenos tem uma chance maior do que o Brasil... No Brasil é muito recente o fim da escravidãol...ela terminou quase no início do seculo 20 e isso criou uma elite canalha, prepotente, corrupta e hipócrita e do outro lado pobres submissos e acuados e uma outra minoria de pobres de péssimo caráter que sonham em fazer parte desta elite...a corrupção sempre foi pratica nacional no Brasil, despe de Pero Vaz de Caminha que em sua carta fazia tráfico de influencia pedindo um emprego público para um parente...ludibriar e enganar pobres sempre foi uma arte dominada pelos poderosos no Brasil...a revolução farroupilha a maior fraude histórica do Brasil, que não passou de um revolta de coronéis que colocaram seus jagunços para lutar contra o exército brasileiro e ludibriaram camponeses pobres...enganaram escravos dando treinamento militar e os traindo da forma mais vergonhosa, mais abjeta...o massacre dos lanceiros negros...muita gente foi nas ruas vestir a camiseta da cbf que tem inúmeros casos de corrupção e fraudes...ludibriados...embora um brasileiro que tem um pouco de inteligência não há desculpa por ser enganado...todos sabem martirio que é quando se depara com um corrupto ou um desafeto que conhece muitos politicos...ir para as ruas seguir grupos que não conhece e que nem sabe quem os financia...por favor...A romenia tem uma chance pois não tem a conjuntura brasileira...é uma país pequeno e basta a população se unir como foi feito na pequena Islandia...
Gosto · Responder · 5 h


Acássio Oliveira Matéria interessante, mas não acho que é uma chance perdida para o Brasil. Ainda acredito que as pessoas possam ir com tudo pra cima, tal qual o minuto que marcou a passagem da calmaria para as primeiras agitações daquele junho de 2013.
Gosto · Responder · 8 h


Cici Kaneyuki Depois dos resultados das eleições para prefeitos e vereadores em todo o BR, sei não. Podemos dizer que perdemos a chance sim.
Gosto · Responder · 7 · 7 h


Acássio Oliveira Se tomarmos São Paulo-SP e Rio de Janeiro-RJ como parâmetros, os prefeitos eleitos dessas cidades não venceram necessariamente com apoio de votos válidos, e sim por eleitores que deixaram de votar (os números do tse são provas disso. Votos brancos, nulos e abstenções representam um percentual monstruoso). E nisso reside a hipótese de cansaço do brasileiro em relação à esfera política, e uma ponta de esperança de que ainda façamos valer aquela máxima constitucional que diz que o poder emana do povo.
Gosto · Responder · 7 h


Escreve uma resposta...




Eric Rios Aquele pessoal de verde e amarelo NUNCA ligou pra corrupção, queria só o fim da ascensão da classe C.
Gosto · Responder · 10 · 7 h · Editado


Rafael Em 2013 houve uma tentativa, que "se virou" contra nós, a elite corrupta brasileira se apropriou do processo de indignação para realizar o impeachment, o Brasil e o povo brasileiro precisam repensar sua ideia de nação.
Gosto · Responder · 1 · 3 h


Richardson Fox Semelhança entre Romênia e Brasil, é que ambos são países latinos.Território mínimo e população menor do que a do estado de São Paulo.A origem da corrupção do Brasil remonta a sua formação,acentua-se com a concentração patrimonial de terra e de bens e consequentemente de poder. Numa sociedade com o escravagismo às portas do século XX,as formas de acesso ao andar de cima incluíam a venalidade como chave. E esse modus incorporou-se na sociedade, desde as pequenas coisas.O atraso brasileiro exibiu-se pela burguesia tardia que se formou e com todos os seus cacoetes como a luta de classes que surge com a igualmente tardia industrialização,em meados de século passado.
Gosto · Responder · 1 · 7 h


Ingrid Ferreira Os que não concordam com a matéria, em sua maioria, são os mesmos que sempre estão nos comentários mostrando seu ódio, partidarismo e indignação seletiva.
Nada novo sob o sol.
Gosto · Responder · 7 · 8 h


Vitor BoaNova Revoluções coloridas, da luz, primaveras, "combate à corrupção"...tenho lá minhas dúvidas, afinal, nem tudo que reluz é ouro.
Gosto · Responder · 7 h


Miriam Mendes No Brasil o pessoal saiu aas ruas pra aumentar a corrupção no governo. Agora que a corrupcao alastrou mesmo o pessoal tá feliz e não sai mais nas ruas. Vai entender
Gosto · Responder · 4 h


Melina Terra E ele termina com um "pelo menos a Romênia não é o Brasil" rs
Gosto · Responder · 5 h · Editado


Camila Nascimento Que matéria incrível! Inspirador para o Brasil. O caminho é esse: mudar a sociedade para depois cobrar a mudança de seus políticos
Gosto · Responder · 6 h


Jader Bortoluzzi Bortolazzo Se a "chance que o Brasil perdeu" significa o golpe socialista que estava em andamento pelo PT, então Graças a Deus !
Gosto · Responder · 2 · 8 h
Ocultar 16 respostas


Ingrid Ferreira Kkkkkkkkkkkkkkkkkk 13 anos pra fazer isso e não conseguiram, que incompetência!
Gosto · Responder · 6 · 8 h


Jader Bortoluzzi Bortolazzo Stalin está se revirando no túmulo com essas táticas Trotskistas
Gosto · Responder · 8 h


Thiago Melo Hahahaha jura que vc acredita nisso? Golpe socialista com bancos lucrando, empresas lucrando, povo mais pobre ascendendo socialmente.

Cara, contaram alguma história da carochinha de comunistas comendo criancinha e vc acreditou de besta.

Para de acreditar em lenda, vai.
Gosto · Responder · 8 · 8 h


Daniel Borges Golpe socialista com lucros e mais lucros do Itaú e Bradesco? Para, mano.... Só para, pfvr
Gosto · Responder · 6 · 7 h


Jader Bortoluzzi Bortolazzo Exatamente ! Literalmente um pastor roubando suas fiéis ovelhas militantes... a grana sempre ficará com quem tem poder... e a sociedade igualitária se realizará de fato... com todos na mesma classe social.. todos pobres...
Gosto · Responder · 7 h


Thiago Melo Vixi Jader.
Assim não dá pra discutir.
Argumentos bem fracos.

O risco de um golpe foi rasgar a constituição como foi feito, ou censurar notícias, como aconteceu ontem. Ou "ensaiar" sabatina de futuro ministro do STF, como ocorreu semana passada. Os exemplos poderiam continuar extensamente, mas acho que de nada serve quando a pessoa já escolheu a narrativa em que prefere acreditar.

Mas contra fatos não há argumentos, e a história ainda é (e será) o melhor juiz.
Gosto · Responder · 4 · 7 h


Felipe Martins E tem gente que leva a sério e responde o peão com filtro "Eu luto pela zuera"... Golpe comunista, moleque?
Gosto · Responder · 5 · 7 h


Jader Bortoluzzi Bortolazzo Não justifico erros com erros... todos os erros após a alteração presidencial também devem ser combatidos... alteração presidencial meia boca tbm graças ao lewandowski que não caçou os direitos políticos da presidente afastada abrindo precedente. Não tem de haver esquerda ou direita.. tem de ter Brasil com responsabilidade.
Gosto · Responder · 7 h


Tiago Alcântara Gente que vê socialismo em tudo...
Deve ser parente da tia da bandeira japonesa comunista.
Gosto · Responder · 2 · 7 h


Thiago Melo Jader, já parou pra pensar que não caçaram os direitos políticos da Dilma (péssima governante, aliás) pq não conseguiram provar a culpa de um crime?

Ela foi deposta politicamente, e não foi penalizada juridicamente pq não cometeu nenhum crime. Isso endossado até pela câmara que a depôs.

Você justifica erro com erro quando se revolta contra um golpe comunista que sequer existiu, mas se finge de planta com uma retirada de direitos que ainda está acontecendo.

Lembrando que o PMDB está no governo desde a redemocratização, inclusive em planos econômicos desastrosos da Dilma.

As diferenças são inerentes a uma democracia.
Se você não consegue conviver com as diferenças, você prefere um regime totalitário onde todos pensam igual.
Neste caso talvez não mereça viver num regime democrático mesmo, a não ser se sentar e torcer para que uma nova ditadura seja instituída e as diferenças perseguidas. Mas o que você faria se você o diferente e o perseguido? Tenso.
Gosto · Responder · 2 · 7 h · Editado


Jader Bortoluzzi Bortolazzo O Brasil já foi monarquia.. Ditadura e República... e desde sua redemocratização se mantém uma característica péssima do Estado Brasileiro que é seu engessamento burocrático.... tudo no país é demorado... é inficiente e caro .... independente do sistema de governo.... esse é o câncer do país... independente de ideologia... voltando ao tema da matéria... ela passa um ar de que é contra a lava jato...é isso mesmo ?
Gosto · Responder · 7 h


Ingrid Ferreira E ele não para...
Gosto · Responder · 2 · 7 h


Tiago Alcântara A matéria ser contra a Lava Jato...
Caralho, da onde ele tira essas coisas?
Gosto · Responder · 2 · 7 h


Jader Bortoluzzi Bortolazzo Bom.. são vcs que estão respondendo ao MEU comentário.. então...
Gosto · Responder · 7 h


Thiago Melo Jader, não achei nada de a matéria ser contra a lava jato. Na verdade o que se cobra é maior imparcialidade de nosso legislativo e da nossa mídia.
Eles exemplificam como os romenos se rebelaram para enfrentar os desmandos do governo, como foi nosso 2013, que desaguou no desastroso impeachment de 2016.

Espero que eles tenham mais maturidade para lidar com a contra-ofensiva do legislativo e da grande mídia, algo que não acredito que fomos capazes, vide nosso silêncio com a imoralidade extrema que se vê em nossos três poderes.
Gosto · Responder · 1 · 6 h · Editado


Jader Bortoluzzi Bortolazzo De fato espero q consigam obter um sucesso mais célere q nós... mas pelo q li na matéria capaz de caírem na mesma adversidade q nós ... vão substituir uma ineficiência por outra.... e com relação título nao concordo que tenhamos perdido a chance.... sempre haverá e será um processo contínuo de tentar melhorar...
Gosto · Responder · 6 h


Escreve uma resposta...




Luiz Coelho Discordo da tese q perdemos , o jornalista não conhece nosso país . Raras vezes nos últimos 30 anos tivemos tantos pilantras de colarinho branco e políticos sendo preso. O momento do país é tenso, sem duvida . Mas, sairemos dele maiores que entramos, isto eu não tenho dúvida !!!
Gosto · Responder · 6 h


Leiman Code o povo brasileiro só sabe lotar estádios de futebol e sambódromos. O brasil nunca será uma verdadeira nação.
Gosto · Responder · 1 h


Cosmo Silva Patrícia Paixão mais uma dica de leitura para seus pupilos!
Gosto · Responder · 6 h


Alfredo Leitão Neto Todas as vezes q vejo essa notícia, eu sinto vergonha de ser brasileiro !!!
Gosto · Responder · 2 h


José Francisco Martins Staudt Aqui temos algo que a Romênia não deve ter, e por isso pode aumentar suas chances de sucesso: o "cidadão de bem" verde-amarelo.
Gosto · Responder · 1 h


Ciro Mauricio de Cristo Aqui luta contra corrupção? Haha isso é o qur o povo gosta de falar pra nao se sentir desinformado
Gosto · Responder · 6 h


Valter Rosa Chance que o Brasil perdeu? Duvido que a Romênia tenha um Sérgio Moro.
Gosto · Responder · 4 h


Flavio Renato Freitas Tem também seus; Lulas, Dilma, Dirceu, Vacarri, Aecios, Temer, Alquimista s, Pallocis..., Tem de tudo.
Gosto · Responder · 5 h · Editado


Luciano Nunes de Sousa Vivemos em um país corrupto, e hoje mais que nunca a corrupção impera.
Mas o partido que esteve na presidência da republica nos últimos 13 anos, ninguém deste partido tem MORAL de criticar a atual presidência e os marginais de seu partido.
Só vemos Petistas apontando o seus dedos imundos para os outros imundos do PSDB e PMDB.
Então nenhuma MORAL e RAZÃO TEM.

Querem protestar contra o PSDB e PMDB, então renuncie ao PT.
O PSDB e PMDB são antros de marginais e o PT não está atrás, alias um pouco a frente.
Digo isso em relação ao que houve no Mensalão e Petrolão.
Gosto · Responder · 5 h


Vicente Naspolini Mensalão e petrolão não teve gente só do PT. Muitos partidos estiveram e estão envolvidos e outros ainda aparecerão. E ainda tem o eletrolão... Então, ficar achando que um partido é mais corrupto que outro é apenas escolher a Geni dá vez.
Gosto · Responder · 4 h


Luciano Nunes de Sousa Vicente Naspolini, você tem toda a razão, não só o PT, mas os outros partido tambem..
Mas eu digo o PT não está atrás dos outros, por causa do Mensalão e Petrolão, o PT assumiu a ponta da corrupção.
Poxa os dois maiores casos de corrupção da história do Brasil, onde o PT foi sim protagonista, porque este esteve na presidencia, este aparelhou todo o estado..
Gosto · Responder · 4 h


Escreve uma resposta...




Stanley Costa A cagada aqui é que o povo brasileiro é tão corrupto quanto seus governantes.
Gosto · Responder · 6 h


Amadeus Bismark Brasileiro é manipulado igual a massa de pizza. Assado no forno das instituições e servido ao crime estatal republicano e suas seitas.
Gosto · Responder · 32 min


Allan Andrade E lá deve ter os seus "Lulas" também...dissimulados, cínicos e cheios de idiotas úteis para defendê-los
Gosto · Responder · 1 · 6 h · Editado


Claudio Roseno O Brasil é um circo, comparado a outros Países.
Basta ver os protestos modinhas meia sola, corruptos contra a corrupção.
Aqui só vão as ruas quando são chamados pelos movimentos comprados ou intimados pela mídia ratazana.
Gosto · Responder · 1 · 7 h


Thiago Mero Brasil perdeu chance, ou o El País perdeu a mamata?

É diferente a perspectiva.
Gosto · Responder · 2 · 8 h


Fábio Maciel Bombardi Danilo Bravo Meneghette, vai muito de encontro sobre o que conversamos ontem.
Gosto · Responder · 6 h


Fabio Pedro Ta vendo não tem ninguém batendo panela nem tomando champanhe nem dançando com trio elétrico, é assim que se luta contra a corrupção
Gosto · Responder · 2 h


Msoc Silva O povo ainda não aprendeu, ta comecando a sentir na carne, so faltar sangrar para vê a besteira que fez.
Gosto · Responder · 7 h


Rodrigo Façanha Lá eles realmente não têm "bandidos de estimação". Aqui dizem que uns têm, quando na verdade são esses que dizem que realmente possuem os seus, e assim segue o país, pior do que antes.
Gosto · Responder · 5 h


Miguel Silva A quadrilha do PMDB é bem articulada, têm especialistas em dobrar togas.
Gosto · Responder · 7 h


Marcos Vinicius Bello enquanto nao derrubarmos o legado romano tudo o que vamos continuar vendo eh isso, que ja se estende por séculos e ainda é vangloriado e vendido!
Gosto · Responder · 5 h


Marciano Felinto O Brasil acabou e esqueceram de avisar.
Gosto · Responder · 3 · 7 h


Caio Pereira Maria Chanca muito interessante esse texto, da uma olhada
Gosto · Responder · 1 · 7 h


William Dunne Os protestos no Brasil foram a favor da corrupção da direita e contra os programas sociais do PT.
Gosto · Responder · 2 · 7 h


Tamara Crema Viva a Romênia ! Viva o povo romeno!
Gosto · Responder · 4 h


Eduardo Elias Pereira Da Silva Perdemos o bonde da história... de novo.
Gosto · Responder · 7 h


Elderson Gomes da Cunha Texto mais que perfeito
Gosto · Responder · 1 · 8 h


Diego Gomes Aqui nunca foi pela corrupção, não passou de um movimento classista.
Gosto · Responder · 3 h


Dario Lenza Será que lá também existe um partido santo, o PSDR?
Gosto · Responder · 6 h · Editado


Lincoln Setter Maneiro ver os super esclarecidões daqui
Gosto · Responder · 7 h


Marcelo Carlos Com certeza.
Gosto · Responder · 7 h


Dimitri Cordeiro Coelho Livia Prates ainda há esperança
Gosto · Responder · 6 h


Eder Franco Pereira So lutou para tirar o PT .. mas contra a corrupção, nunca ...
Gosto · Responder · 2 h

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook