sábado, 11 de fevereiro de 2017

Jovem assassina amigo com recurso à uma garrafa em disputa por boné


Acusado encontra-se fugitivo

Os moradores do bairro Zona Verde acordaram surpresos por causa de um crime hediondo. Trata-se de um caso em que um jovem morreu no sábado após ser picado várias vezes com uma garrafa numa barraca onde estava a divertir-se com amigos. A vítima foi atingida por vários golpes desferidos por um amigo após uma discussão acesa por causa de um chapéu. O malogrado, com 19 anos de idade, foi atingido sobretudo na garganta e cabeça, e morreu no hospital de Ndlavela, local para onde foi socorrido pelos vizinhos após os golpes.
Os familiares, vizinhos e amigos da vítima estão inconsoláveis e queixam-se de criminalidade na zona. Os mesmos dizem que tem sido frequentes assaltos com objectos contundentes sobretudo à noite. Aliás, alguns moradores revelaram que, por exemplo, é arriscado caminhar a partir das 19h00 pelas ruas daquela zona. Entre as principais vítimas dos criminosos constam estudantes do curso noturno que tem sido surpreendido quando voltam da escola.
O indiciado que era vizinho e amigo mais próximo do malogrado fugiu após o crime. Momento depois do crime, por volta das 08h00 horas da manhã a Polícia deslocou-se à casa da vítima e depois a do indiciado para apurar os contornos do caso.
O crime provocou fúria popular
O assassinato provocou fúria dos familiares, amigos e vizinhos da vítima. Horas depois um grupo deslocou-se à casa do indiciado para fazer justiça pelas próprias mãos em forma de retaliação pela morte do jovem. Mas o indiciado já tinha fugido de casa e o grupo confusionou a mãe para revelar o esconderijo do filho. O pior (agressões) não aconteceu porque os moradores enfurecidos foram aconselhados a abandonar o local para evitar confusão.
 “Essa senhora sabe muito bem onde o filho se escondeu. Assim, estamos a espera dos outros familiares e voltaremos para interrogar bem a senhora até nos dizer onde o filho está. Sabemos que ele (indiciado) depois do crime veio falar com a mãe e acreditamos que revelou para onde vai”, referiu um dos familiares da vítima.

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook