quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Trump anuncia "grande investigação" a "fraude eleitoral"


Consoante os resultados da investigação, o Presidente norte-americano quer rever as condições de voto.
Vários especialistas já desmentiram a hipótese de fraude, mas o Presidente norte-americano não desiste
Foto
Vários especialistas já desmentiram a hipótese de fraude, mas o Presidente norte-americano não desiste LUSA/RON SACHS/POOL
Vencedor das eleições presidenciais norte-americanas, Donald Trump insiste na tese de que houve uma "fraude eleitoral" para justificar a derrota no voto popular e anunciou esta quarta-feira que irá ordenar uma investigação.
“Irei pedir uma grande investigação à fraude eleitoral, incluindo aqueles [eleitores] que estão registados em dois estados, aqueles que estão ilegais… e até aqueles que estão mortos (há muitos anos)”, afirma o Presidente norte-americano.
I will be asking for a major investigation into VOTER FRAUD, including those registered to vote in two states, those who are illegal and....
“Dependendo dos resultados, iremos reforçar os procedimentos [de segurança] para votar”, prometeu o Presidente, no Twitter. O anúncio surge na sequência do encontro entre os líderes do Congresso e o novo Presidente dos EUA e um briefing da Casa Branca esta terça-feira no qual o porta-voz, Sean Spicer, insistiu na tese (já desmentida até pelo republicano Paul Ryan, líder da Câmara dos Representantes) de que “milhões” de imigrantes ilegais votaram nas eleições presidenciais de 2016.
even, those registered to vote who are dead (and many for a long time). Depending on results, we will strengthen up voting procedures!
O senador democrata Bernie Sanders já reagiu e acusa Trump de estar a dizer aos republicanos “para acelerarem a supressão eleitoral, tornando o voto mais difícil para os pobres, jovens, idosos e pessoas de cor”.
Trump chegou à Casa Branca depois de conquistar 304 votos no Colégio Eleitoral, apesar de Hillary Clinton ter registado quase mais três milhões de votos do que o Presidente norte-americano nas urnas.
Trump is telling Republicans to accelerate voter suppression, to make it harder for the poor, young, elderly and people of color to vote. https://twitter.com/realdonaldtrump/status/824228768227217408 

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook