segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Polícia suicida-se em Manica


Agente da PRM terá introduzido uma arma do tipo AKM na boca
Chamava-se Damião Abdul Gani, primeiro-cabo da polícia, na corporação há 12 anos. São desconhecidas as motivações, mas, por volta das 5h deste Sábado, cumprindo com mais uma jornada de trabalho, levou cano de uma AKM à boca e accionou o gatilho, tirando a sua própria vida.
O País tentou perceber junto dos familiares da vítima se haveria algum problema que teria conduzido o agente a pautar pelo suicídio, ao que estes disseram que Damião agia com normalidade.
Os restos mortais do polícia suicida vão a enterrar esta Segunda-feira.

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook