quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Departamento de Justiça vai investigar alegada má conduta pré-eleitoral do FBI

ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA


EM ATUALIZAÇÃO
O FBI e funcionários do Departamento de Justiça norte-americano vão ser investigados a propósito da reabertura da investigação a Hillary Clinton a 11 dias das eleições presidenciais.
Getty Images
O inspetor geral do Departamento de Justiça norte-americano, Michael Horowitz, vai investigar a alegada má conduta do FBI relativamente à investigação a Hillary Clinton, por esta ter violado as regras de segurança informática quando era Secretária de Estado. O diretor do FBI, James Comey, reabriu a investigação a Clinton 11 dias antes das eleições presidenciais.
Segundo um comunicado de imprensa emitido esta quinta-feira por Horowitz, e citado pelo Washington Post, a investigação vai debruçar-se sobre as várias declarações públicas sobre o assunto feitas pelo FBI, mas também sobre os funcionário do Departamento de Justiça, que poderão ou não ter divulgado informação confidencial.

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook