terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Barack Obama utilizou as últimas horas do seu mandato para enviar 221 milhões de dólares à Palestina.

Último ato de desafio a Trump.

Último  ato de desafio a Trump. Barack Obama utilizou as últimas horas do seu mandato para enviar 221 milhões de dólares à Palestina.
janeiro 24
13:402017
Era um braço de ferro com o Partido Republicano, que continuava a impedir a transferência do dinheiro no Congresso, mas Barack Obama terá aproveitado as últimas horas no poder para dar o conflito político por terminado. Esse e outros.


Uma fonte do departamento de Estado e várias fontes do Congresso indicaram à Associated Press, de forma anónima, que a administração de Barack Obama notificou o Congresso que ia enviar 221 milhões de dólares (205 milhões de euros) à Autoridade Nacional Palestiniana na sexta-feira de manhã, no dia da tomada de posse de Donald Trump.
John Kerry, antigo secretário de Estado, terá informado internamente da decisão pouco antes de deixar o seu escritório pela última vez, na quinta-feira. A notificação da transferência do dinheiro data de 20 de janeiro, horas antes do novo presidente ser empossado.
Para além dos 221 milhões de dólares à Palestina, a administração Obama avançou ainda com a libertação de mais 6 milhões de dólares: 4 milhões (3,7 milhões de euros) destinados a programas ligados às mudanças climáticas e 1,25 milhões (1,1 milhões de euros) para organizações ligadas à Organização das Nações Unidas, uma organização que Donald Trump já definiu como “obsoleta”.
Por:Noticias ao minuto

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook