segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

TROPAS TOMAM AS RUAS DA CAPITAL DE GÂMBIA

 APÓS PRESIDENTE REJEITAR DERROTA NA ELEIÇÃO

Pérola das Acácias
POSTED ON DEZEMBRO 11, 2016, 7:04 AM
ADD TO FAVORITES 2 MINS
Militares tomaram as ruas de Banjul, capital de Gâmbia, após o presidente do país, Yahya Jammeh, rejeitar o resultado da eleição que o tiraria do cargo após 22 anos de poder.
O presidente eleito Adama Barrow afirmou ter o apoio das Forças Armadas. Vencedor do pleito realizado no último dia 1, ele disse à AFP que o próprio ministro da Defesa ligou para ele para dizer que seria leal ao novo chefe de Estado da mesma forma que foi ao atual.
“Ele disse que a segurança da nação é garantida pelas Forças Armadas. Ele disse que foi leal ao presidente Yahya porque ele havia sido eleito, e agora que eu fui eleito para o cargo pelo povo de Gâmbia, ele vai me apoiar”, declarou Barrow.
De acordo com o presidente eleito, citado pelo Channel 4, “o atual presidente não tem autoridade constitucional para rejeitar o resultado da eleição e ordenar que um novo pleito seja realizado”.
O Conselho de Segurança das Nações Unidas exigiu neste sábado que o presidente em fim de mandato de Gâmbia, Yahya Jammeh, entregue o poder ao presidente eleito depois de o primeiro rejeitar o resultado das eleições.
Em uma resolução aprovada por unanimidade, os 15 membros do Conselho de Segurança pediram a Jammeh que “respeite a decisão soberana do povo de Gâmbia, como fez em 2 de dezembro de 2016, e entregue o poder, sem condições, nem postergações, ao presidente eleito, Adama Barrow”.
O presidente foi derrotado nas eleições com placar de 45,5% dos votos a 36,6%.
Há 22 anos no poder, Jammeh chegou a reconhecer o resultado da eleição, mas voltou atrás. Ele aponta ter descoberto fraudes graves na comissão eleitoral.

Malam Mane · 
Nada de criar conflitos entre os africanos atraves das informacoes falsas e incentivadoras de violencias. Os africanos devem comecar a perceber que as referencias sao necessarias, mesmo com passado nao muito apreciavel de ponto de vista dos Direitos Humanos. Portugal teve Salazar e Caetano, os americanos teveram Nixon ETC,.e os franceses e alemaos, mas lhes trataram como pretendem que nos os africanos tratassemos os nossos dirigentes saidos de puder.
Like · Reply · 43 mins
Hilário Garrido · 
Esse é mais um lixo africano que tem de ser banido. São os que dão cabo dos povos. que saia imediatament e que o Conselho de Segurança das Nações Unidas o expulse sem mais..acabou a pródida diplomacia em que se feicha os olhos a esses bandidos. Que Deus salve esse Povo desse demónio. Amém!
Like · Reply · 2 · 12 hrs
Souleymane Zio · 
Para tirar um lixo como Yaya Jahmeh....e preciso ter uma oposição consciente .....o cara Barros nem chegou e já queria aceitar a CPI e outros organizacao imperialistas. .....
Like · Reply · 1 · 12 hrs
Benedito Neto DAlva · 
Até quando precisaremos que entidades outras nos digam o que temos que fazer? Felizmente alguém de peso no país se predispõe a fazer cumprir o resultado do pleito eleitoral. Preferível seria que não fosse necessário e que tudo "rolasse" normalmente sobre os carris. Infelizmente a "entourage", e aí não inocento o presidente, só v~e o seu umbigo e à tudo recorre para manter ou impõr o "statuos quo" reinante, assestando golpe à alternãncia, virtude primeira da democracia!.
Like · Reply · 9 hrs
Martel Vivaldo Cruz · 
Com estas cabeças vazias onde estão fucadas typo reinado perpeto são um virus tão perigosos que só peejudicão a Nação e o POVO!

ESTA IMAGEM SERVE PARA ANGOLA, QUE BREVEMENTE VAI TER ELEIÇÕES GERAIS, MAS HÁ PARTIDA COM 55% DE FRAUDE !
Like · Reply · 3 · Dec 11, 2016 12:48pm
Sahandzane Macie · 
África não desenvolve por causa dessas palhaçadas
Like · Reply · 2 · Dec 11, 2016 11:25am
Jacinto Clemente Neto Clemente
ESTA É ADESGRAÇA DE ÁFRICA
Like · Reply · 2 · 14 hrs
Julio Uamusse · 
Tipico comportamento dos lideres africanos, gostam de vitaliciedade
Like · Reply · 1 · 3 hrs
Egberto Pinto · 
Diabo que leve todos esses mais velhos p inferno
Like · Reply · 8 hrs
Ângelo Peissí Da Adélia · 
Entrega o poder sem confusão sr Presidente Sessante
Like · Reply · 1 hr
Meck Dezy Delio · 
Vergonha...
Like · Reply · 1 hr
Da Ny L · 
Africa Africa Africa..... Até quando? 22 anos não chegam?
Like · Reply · 1 · 2 hrs

Sem comentários:

Ocorreu um erro neste dispositivo