domingo, 18 de dezembro de 2016

Polícia duvida das tentativas de sequestro aos donos do Tiger Center


Bernardino Rafael diz que os proprietários do Tiger Center devem revelar à corporação os verdadeiros motivos da perseguição
Em menos de um mês, dois proprietários do Tiger Center, um centro comercial de venda de electrodomésticos, escaparam a duas tentativas de sequestro na cidade de Maputo. Aliás, um dos membros da família entrevistado pela nossa equipa de reportagem há dias disse que desde 2012 já sofreram quatro tentativas de sequestro.
Entretanto, o Comandante da Polícia ao nível da capital do país, Bernardino Rafael, diz que os proprietários do Tiger Center devem revelar à corporação os verdadeiros motivos de perseguição.
Questionado sobre a possibilidade de alocação de segurança especial àquela família, o comandante justificou que não é necessária e que a polícia está a proteger as pessoas de forma normal. Na mesma ocasião, Bernardino Rafael mostrou-se duvidoso quanto à veracidade do alegado sequestro de Danish Satar, que actualmente se encontra em parte incerta. “Não encontramos os dados que nos pudessem dar fundamentos que houve sequestro de Danish Satar. Mas estamos a trabalhar com outras instituições para apurar a verdade sobre o assunto”, explicou o comandante da cidade.
Recorde-se que Danish Satar, sobrinho de Nini Satar, é indiciado de ser um dos principais indiciados de ser mandante dos raptos.

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook