sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Homem morto em Milão pode ser suspeito do atentado em Berlim

BERLIM

Berlim. Principal suspeito do ataque iludiu as autoridades

Durante largos meses, as autoridades alemãs tiveram sob vigilância Anis Amir, o principal suspeito do atentado de Berlim. Deixaram de o fazer meses antes do ataque por falta de evidências.
O perfil violento de Anis Amir era há muito conhecido pelas autoridades
Numa altura em que as autoridades alemãs continuam a tentar perceber como é que Anis Amir, principal suspeito do ataque em Berlim, conseguiu escapar aos radares dos serviços de informação, começam a surgir as primeiras evidências de que o sistema de segurança alemão efetivamente falhou. Desde há muito identificado pelas autoridades como radical islâmico, a polícia alemã acompanhava-o de perto. Até deixar o de fazer, em setembro deste ano, dois meses antes do atentado que vitimou 12 pessoas num mercado de natal.
Como lembra o jornal El Español, Anis Amir esteve sob vigilância das autoridades alemãs durante largos meses. No entanto, a legislação alemã não permite que essa vigilância se prolongue por tempo indeterminado. Sem acusação formada, a polícia deixou de acompanhar os passos de Amir.
Mais: o suspeito chegou mesmo a ser detido pelas autoridades, durante uma operação de controlo de segurança, perto da fronteira da Alemanha com a Áustria. Esteve dois dias num centro de detenção para deportados, mas acabou por ser libertado porque o limite legal para estas detenções na Alemanha é de quatro dias.
Amri chegou à Alemanha em julho de 2015, depois de ter estado em território italiano, onde já tinha tido problemas com a justiça — em outubro de 2011, foi condenado a quatro anos de prisão por roubo, agressão e fogo posto. Era mais um episódio de um cadastro que começara a construir-se ainda na Tunísia, a sua terra natal, altura em que foi condenado a cinco anos de prisão por roubo violento.
O processo de radicalização de Amri terá começado durante o período em que esteve detido em Itália, num centro de detenção em Palermo. Quando cumpriu a pena imposta, tinha uma ordem de expulsão emitida em seu nome. No entanto, as autoridades tunisinas e italianas não chegaram a acordo em relação ao destino a dar ao jovem, porque os dados sobre a identidade do individuo não coincidiam.
Este pormenor é importante para perceber como é que Anis Amri conseguiu iludir as autoridades de vários países europeus, como sublinha o El Español. Em diversas ocasiões, Amri foi identificado como sendo um cidadão egípcio, libanês ou tunisino. A data de nascimento também não coincidia: ora declarou ter nascido em 1992, ora em 1994. As informações contraditórias impediam a identificação correta do suspeito.
Mas o maior obstáculo ao acompanhamento de suspeitos com o perfil de Amir é a própria legislação alemã. “A expulsão de imigrantes que não se comportem de acordo com a lei é praticamente impossível na Alemanha. Temos 270 mil imigrantes ilegais na Alemanha que têm de ser expulsas”, explica Joachim Krause, especialista em segurança e professor na Universidade de Kiel, ao El Español.
Rolf Tophove, diretor do Instituto de Investigação de Terrorismo e de Segurança, acrescenta outro detalhe ao mesmo jornal: existem “cerca de 550 pessoas” com o perfil de Amir. De resto, poucas horas depois do ataque no mercado de natal, o suspeito foi captado pelas câmaras de vigilância a circular calmamente junto de uma centro identificado como local de radicalização, como revela o ABC.
A discussão sobre a necessidade de reforçar o quadro legal e as competências das autoridades alemãs ganhou uma nova dimensão na Alemanha, depois de revelados os detalhes sobre o caso de Amir. Durante a madrugada, o suspeito foi morto a tiro pela polícia italiana, quando foi abordado num controlo de segurança numa estação de comboios na comuna de Sesto San Giovanni, em Milão, confirmou esta sexta-feira o governo italiano.
BERLIM

EM ATUALIZAÇÃO
A polícia italiana abateu um homem durante um controlo de segurança perto de uma estação de comboio de Milão que poderá ser o atacante de Berlim, avança a imprensa italiana.

MICHAEL KAPPELER/EPA
A polícia italiana abateu a tiro um homem entre 20 e 30 anos durante um controlo de segurança perto de uma estação de comboios em Milão que poderá ser o atacante de Berlim, avança a imprensa italiana. Ainda não há confirmação oficial.
ÚLTIMA HORA

Tiroteio em Milão terminou com a morte de Anis.
CMJORNAL.PT

Notícia

Suspeito de Berlim morto em Itália

Anis Amri foi abatido pela polícia italiana em Milão. Veja o vídeo.
09:30
  • partilhe
Anis Amri, suspeito do atentado num mercado de Natal em Berlim no início da semana, foi abatido num tiroteio com a polícia em Milão, Itália. A notícia foi confirmada oficialmente pelo ministro do Interior de Itália, Marco Minniti, numa conferência de imprensa que ocorreu pelas 10h15 desta manhã. "Não temos dúvidas de que o homem abatido é Amri", disse o governante.

O tiroteio aconteceu durante uma operação policial de controlo de identidade perto de uma estação de comboio dos arredores de Milão.

Ao ser confrontado por polícias que lhe pediam a identificação, Amri, de 24 anos, terá começado a disparar contra os agentes enquanto gritava 'Allahu Akbar', a saudação muçulmana que significa "Deus é Grande". Um polícia foi ferido no peito, com gravidade. Os agentes ripostaram e abateram o agressor.

O ministro do Interior diz que o agente alvejado não corre perigo de vida.

O site do jornal Reppublica conta que o homem abatido junto à estação de comboios de Sesto San Giovanni, em Milão, tinha acabado de sair de um comboio oriundo de França. Ao ser confrontado com os agentes da polícia que lhe pediam a identificação, disparou contra eles e foi abatido na praça Pimo Magio.O La Stampa adianta que a polícia descobriu um bilhete de comboio com origem em França na mochila de Anis Amri.

O confronto com a polícia aconteceu esta madrugada, perto das 03h00, hora local (2h00 em Portugal).

A  polícia alemã enviou à sua congénere italiana as impressões digitais de Anis Amri, tendo confirmado a identificação do terrorista que é o principal suspeito dos ataques de Berlim. A polícia italiana desmentiu, entretanto, a notícia avançada por vários jornais de que as autoridades transalpinas teriam sido avisadas da presença de Amri em Itália. A polícia de Milão diz que este foi abordado por uma patrulha que suspeitou do homem acabado de sair do comboio, durante a madrugada.

O jornal Corriere della Sera divulgou um vídeo que mostra os momentos que se seguiram ao tiroteio, com a polícia a vedar a área onde o corpo do terrorista tombou.




As autoridades italianas procuram agora apurar porque motivo Anis fugiu para o país onde já esteve preso por quatro anos. Cumpriu pena de quatro anos nas prisões de Catânia e Palermo por atos de vandalismo. Quando saiu da Tunísia, há quatro anos, Anis Amri foi viver para a Itália, onde gozou do estatuto de refugiado.

O local do tiroteio:


(Em Atualização)
Patricia Duarte Lavareda
Patricia Duarte Lavareda Fico mais descansada por saber que a Europa está em alerta máximo contra o terrorismo e que as pessoas são controladas e tem bastante dificuldade em circularem rapidamente de uns países para os outros.
Expliquem me só um pequeno detalhe que me está aqui a escapar, como é que alguém pega num camião faz o que faz é visto na Dinamarca e no dia a seguir morre em Milão abatido pela polícia num tiroteio numa operação stop?
Gosto · Responder · 35 · 4 h
Manuel Manços
Manuel Manços Aprendeu com o Pedro Dias.
Gosto · Responder · 20 · 4 h
Antonio Carlos Ribeiro
Antonio Carlos Ribeiro Con tanta dificuldase que foi morto em italia? Voce acha para chegar a italia ele tem k passar por varios paises depende por onde ele entrou no minimo ele tem k atravesar a franca toda
Gosto · Responder · 4 h
Sónia Castro
Sónia Castro Dinamarca? 😂😂 foi na Alemanha!!
Muito fácil as fronteiras não são todos os dias controladas.
As únicas que estam à muito tempo em "estado de urgência" é as francesas e não todas 😉
Gosto · Responder · 4 h · Editado
Patricia Duarte Lavareda
Patricia Duarte Lavareda Deve ser outro Pedro Dias, deve...
O problema é mesmo esse, haver cada dia mais "Pedros Dias"
Gosto · Responder · 2 · 4 h
Patricia Duarte Lavareda
Patricia Duarte Lavareda O Atentado foi na Alemanha, em Berlim, foi visto segundo fontes jornalísticas, na Dinamarca, hoje morre em Milão...
A Europa toda está sob ameaça terrorista logo tem de ser tomadas medidas para que os cidadãos não circulem com tanta facilidade entre países.
Gosto · Responder · 4 h
Manuel Manços
Manuel Manços Se tem fugido , ali para os lados de Arouca ,tinha de esperar que se entrega se.
Gosto · Responder · 9 · 4 h
Patricia Duarte Lavareda
Patricia Duarte Lavareda 😂😂😂😂
Gosto · Responder · 4 h
Luís Ribeiro
Luís Ribeiro Segundo fontes jornalísticas... lol
E qual a veracidade dessas fontes???
Há muita contra informação a rolar por aí...
Gosto · Responder · 2 · 4 h
Manuela Reis
Manuela Reis Dizem que foi visto na Dinamarca. Os Dinamarqueses para identificar terrorista são do melhor que há. Aqui há tempos, estava o meu irmão tranquilo na vidinha dele, quando de repente tem dois polícias a manda-lo ao chão, algema-lo e com uma pistola apontada á cabeça. Alguém se lembrou de telefonar á polícia e dizer que o assassino Turco que estava a ser procurado pela polícia Dinamarquesa, estava naquele momento abastecer o carro numa bomba de gasolina, só que não era Turco, era Português!! O mais incrível a única coisa que o meu irmão tinha parecido com o Turco, era o cabelo escuro... E assim se prega um valente susto!!
Gosto · Responder · 8 · 4 h
Patricia Duarte Lavareda
Patricia Duarte Lavareda Aí Manuela Reis que grande susto...
Gosto · Responder · 1 · 3 h
Rui Sá Carneiro
Rui Sá Carneiro Manuela Reis o seu irmão já falou com a CMTV??? 😂😂
Gosto · Responder · 3 · 3 h
Manuel Sampaio
Manuel Sampaio Sou como Tomé tenho que ver o cara , pra ver ser dorme ou tem o olho fichado ?
Gosto · Responder · 2 · 3 h
Manuela Reis
Manuela Reis Rui Sá Carneiro por acaso não, mas como não é figura pública, passou ao lado. LOL
Gosto · Responder · 3 · 3 h
Manuela Reis
Manuela Reis Patricia Duarte Lavareda pode crer, coitado, não ganhou para o susto. O mais engraçado, é quando repararam no mal que fizeram, nem sabia onde se haviam de meter. Aprontaram-se a preencher os papéis da indemnização..
Gosto · Responder · 1 · 3 h
Xanita Madeira
Xanita Madeira Tretas ! Acham mesmo k foi morto e logo em Italia ? mais uma noticia pra destrair o povo 😅
Gosto · Responder · 3 · 3 h
Nuno Cobra
Nuno Cobra Boa pergunta Patricia Duarte Lavareda... 😕
Gosto · Responder · 2 h
Rui Sá Carneiro
Rui Sá Carneiro Indemnização? ??? Já não me importava de apanhar esse susto. Imagino quanto será uma indemnização na Suécia... lol
Gosto · Responder · 1 h
Manuela Reis
Manuela Reis Rui Sá Carneiro foi na Dinamarca :) também não sei de quanto foi!!
Gosto · Responder · 57 min · Editado
Gino Lopes
Gino Lopes Uma boa montagem,para tal ser façil de acontecer só mesmo os politicos e a igreja o sabe,são eles que vivem daquilo que o povo produz
Matin Sabin

Escreve uma resposta...

Filipe Lucas
Filipe Lucas Isto é para aqueles que falam que a nossa policia trabalha mal e tal... o pedro dias andava ai sem ser apanhado...foi o que se viu! E este?? que sai da GIGANTE Alemanha para Italia como homem mais procurado da Europa? Onde andavam essas grandes policias dos outros paises (aquelas que sao mesmo boas)? Mania do ze tuga desvalorizar o que é nosso...
Gosto · Responder · 22 · 4 h · Editado
José Pinto
José Pinto Mas isso foi um "false flag" acreditam mesmo nessa estória? lolz
Gosto · Responder · 4 h
Manuela Carrusca Franks
Manuela Carrusca Franks Com muita ajuda dos seus amigos. O homem não estava sózinho. Inspecionam as bagageiras?
Gosto · Responder · 4 h
Helder Elias Sacuainio Sapi
Helder Elias Sacuainio Sapi da italia para a lemanha näo é a mesma coisa sair dé luanda para o Huambo,em que a pessoa leva 3 a4 dias de viangem!
ém 3 dias você é capaz de viajar em varios paizes.
sera que o nosso metro de cor vermelha é capaz?
Gosto · Responder · 2 h
Manuel Manços
Manuel Manços verdade ,este em 2 dias foi morto , o Pedro Dias ¨acho¨ que mal chegou a sair de casa ,demorou umas semanas e foi porque se entregou ,bela comparação.
Gosto · Responder · 1 h
Matin Sabin

Escreve uma resposta...

Ana Maria Farinha
Ana Maria Farinha OK, eu traduzo.: às 3 da manhã, perto de Milão, uma patrulha da polícia italiana abordou um individuo que, lhe pareceu suspeito. Imediatamente, o homem puxou de uma pistola e alvejou o polícia, os outros polícias imediatamente dispararam sobre o homem. Eram polícias jovens. Quantas pessoas mais terão que morrer para que a UE acabe e se fechem as fronteiras?????
Gosto · Responder · 9 · 3 h
Ana Maria Farinha
Ana Maria Farinha O homem foi apanhado em Itália POR ACASO!!!!!!!!! Nada funcionou nem funciona. Em directo o tal professor, ministro do sócrates faz crer que em Itália o esperavam à saída do comboio. Não foi assim. Vejam a RAI, Traduzam,mas façam boa informação!!! Falhou tudo, não existe segurança na Europa. Esse comboio é o meio quem tas familias apanham neste tempo de férias entre França e Itália. Enquanto não fecharem as fronteiras, quantas pessoas têm que morrer mais?????????
Gosto · Responder · 6 · 3 h
Paulo Mestre Cegonho Cegonho
Paulo Mestre Cegonho Cegonho A europa presisa de que os servicos de inteligencia facam algo pois todos os posiveis terroristas estao identificados mas andam a solta e ainda recebem do governo k lhes da abrigo, a prevencao comeca por deter imediatamente todos os individuos referenciados como forma de fazer-se conhecer k os servicos de seguranca nao andam a dormir, em caso de risco imediato e retirada de titulo de refugiado e expulso imediatamente para o pais de origem, com as suas familias. Pode parecer radical mas e assim que devia ser.
Gosto · Responder · 3 · 2 h
Teresa Almeida
Teresa Almeida Ainda há pouco estava na Dinamarca e é morto em Itália.. ok
Gosto · Responder · 10 · 4 h
Vitor Speedy
Vitor Speedy Dinamarca pois também foi isso que eu tinha visto na tv loool
Gosto · Responder · 1 h
Matin Sabin

Escreve uma resposta...

Artur Pereira
Artur Pereira As polícias nem conseguem proteger todos os políticos,coisa onde mostravam alguma eficácia,quanto mais o cidadão comum.Está em discussão em Estrasburgo uma Directiva para desarmar mais cidadãos europeus.Em Portugal esse desarmamento começou em 2006.Eu cidadão com experiência de combate,com licença de uso e porte de arma desde 1977,vi retirada uma licença apenas porque sim.Sempre tive bom comportamento e idoneidade para portar armas.Ainda posso fazê-lo desde que descarregada e sem munições por perto.ahahah.
Gosto · Responder · 2 h
Anny Heiser
Anny Heiser Caro Sr. E para que precisa de arma? Para um dia perder a cabeça e matar quem lhe aparece pela frente? Sou contra o uso de armas. Só a policia deve ter. Retiraram.lha? Ainda bem
Matin Sabin

Escreve uma resposta...

Max Boxer
Max Boxer Já vai tarde ASSASSINO. Ainda há pouco vi no cm que era provável que estivesse na Dinamarca e já foi abatido em Itália É O QUE FAZ AS FRONTEIRAS ABERTAS.
Gosto · Responder · 1 · 4 h
Antonio Silva
Antonio Silva Morreu o Anis ???? Eu gostava tanto dele... Estou que nem posso...Mas nao tem mal.. bebo bagaço simples.
Gosto · Responder · 15 · 4 h
Matin Sabin

Escreve uma resposta...

Cassamo Abu Saad Bikha
Cassamo Abu Saad Bikha Que Allah akbar eles gritam?é tudo confusão que eu que sei o significado de Allaho akbar perguntei a um jovem líbio,que explicação me pode dar da situação aí na líbia ????um pega na arma e dispara gritando Allaho akbar e o alvo grita lá ilaha illa llah.()na verdade a nuvem negra é tão escura que todos corremos o risco de atirar para um inocente ou ser alvejado. O mais prudente é ser vigilante .
Gosto · Responder · 3 h
Gonçalo Rodrigues
Gonçalo Rodrigues Pronto.esta tratado!
Assim com todos os que matam inocentes e o mundo seria bem melhor.
Gosto · Responder · 4 · 4 h
Tomi Almeida
Tomi Almeida Morre um....
Mas temos tantos ainda prontos para mais terror.....
Um inferno sem fim
Gosto · Responder · 3 · 4 h
Nuno Jorge
Nuno Jorge Ainda bem que não foi em Portugal senão os nossos polisias ião presos e a tribunal...!!!
Gosto · Responder · 7 · 3 h
Hermínio Sousa
Hermínio Sousa Espero que a noticia seja verdadeira ,morreu quem nunca devia ter nascido , menos um javardo mal agradecido ao cimo,da terra
Gosto · Responder · 4 · 4 h
Sara Rocha Hörnstein
Sara Rocha Hörnstein Depois mandam estes amendoins para o povo descansar....nem sabem onde anda o homem!
Gosto · Responder · 3 · 4 h
Carlos Santos De Almeida
Carlos Santos De Almeida Mannu Coutinho, lá se foi a recompensa dos 100 mil!!!!😂😂😂
Gosto · Responder · 1 · 3 h
João Paulo Matos
João Paulo Matos Palhaçada global ... a encenação continua, aguardem as cenas dos próximos capítulos !
Gosto · Responder · 1 · 3 h
Fernando Monteiro
Fernando Monteiro Nao e justo!! Morre martir e recebe 70 virgens....a partir de agora e que vai ver o que e sofrer!!!
Gosto · Responder · 2 · 4 h
Eugénia Maria Araújo Santos
Eugénia Maria Araújo Santos Atras deste virão outros. Abriu se uma caixa de Pandora quando se pensa mais nos direitos humanos de criminosos e deixa se uma população à mercê de actos terroristas.
Gosto · Responder · 1 · 3 h
Ana Paula Silva Frias
Ana Paula Silva Frias depois deste vêm outros iguais. são como clones.....nascem do inferno!
Gosto · Responder · 1 · 2 h
Maria Silva
Maria Silva Boa noticia...a ser verdadeira! tinha sido visto na Dinamarca.....
Gosto · Responder · 7 · 4 h
Joaquim Paulino
Joaquim Paulino ... a estória continua assim um bocado mal contada ... mas de qualquer maneira ele não vai deixar de ser um "refugiado bem vindo" da Merkel.
Gosto · Responder · 1 h
Sofia Martinho
Sofia Martinho Mais uma identidade deixada para trás... Mais um "terrorista" abatido....
Gosto · Responder · 1 · 4 h
Cláudio da Silva
Cláudio da Silva Se fosse cá os polícias iam presos. Feliz Natal.
Gosto · Responder · 5 · 3 h
Marta Vieira Da Cunha
Marta Vieira Da Cunha Filipe Lucas, o sojeito da Alemanha foi para Franca , da Franca chegou a Italia de Torino a Milano ...... ok . Boas festas 🎅
Gosto · Responder · 2 h
Joao Anastacio
Joao Anastacio o meu coração exultou de alegria ao saber que mais um bode de alah foi eliminado da face da terra. todos os musculmanos serao eliminados da face da terra. religiao do demonio e morte.
Vitorino David
Vitorino David Se fosse em África, seria violação dos direitos humanos pois, a polícia não pode atirar para matar
Manuel A. Costa Oliveira
Manuel A. Costa Oliveira Mas era mesmo esse o autor do atentado? O tal que deixou a identificação no camião, não é?!!!
Makka Dramatis Personae
Makka Dramatis Personae Eu tenho os dois extremos , controlo-os
Tenho cardápio do problema mas também da o solução , o que preferes ...
Agora diz lá quem é o herói ?!!
Gosto · Responder · 4 h · Editado
Francisco Chora
Francisco Chora Fizeram muito bem so teem e que acabar com esses fanaticos.....
Gosto · Responder · 1 h
Osvaldo Capita Onze
Osvaldo Capita Onze “Antigamente, pensávamos em termos de terrorismo com apoio do Estado, mas hoje é preciso encarar a nova face do terrorismo. Cada vez mais enfrentamos o terrorismo promovido por aqueles que defendem uma causa.”
Gosto · Responder · 1 h
Osvaldo Capita Onze
Osvaldo Capita Onze “Os terroristas atuam numa sociedade em que a privacidade deles é protegida. Se forem necessárias algumas invasões de privacidade para desmascará-los, a maioria das pessoas dirá ‘OK, vá em frente’.”
Gosto · Responder · 1 h
Paulo Jorge Silva Sousa
Paulo Jorge Silva Sousa Boi 🐂 já foste
Gosto · Responder · 4 · 4 h
Tom Tom
Tom Tom Li bem?! Suspeito! E se não for! Mataram um inocente! Espetáculo!
Miguel Ângelo Correia
Miguel Ângelo Correia A Europa precisa realmente de uma força policial especializada e conjunta isto assim não pode continuar... As comunicações entre países está provado que não funciona
Gosto · Responder · 4 h
Manuel Ferreira
Manuel Ferreira Vai para " paraíso"
Cumprimentos
Gosto · Responder · 1 · 4 h
Rúben Cruz
Rúben Cruz Um serviço bem feito! De louvar
Gosto · Responder · 2 · 3 h
Rui Cunha
Rui Cunha Sò é pena não terem sido mortos todos os outros terrorista que andam a espalhar o terror pela Europa fora!!!
Gosto · Responder · 3 · 3 h
Carmo Nolasco
Carmo Nolasco Não devia ter nascido! Assim não teria causado tanto mal...😨😵
Gosto · Responder · 2 · 4 h
Margarida Pequeno
Margarida Pequeno Se for verdade..................... que assim seja, menos um !!!!!!!!!!!!!!!
Gosto · Responder · 4 · 4 h
Carlos Borrego
Carlos Borrego Não se perdeu nada mas se fosse em Portugal havia um polícia que ia preso
Gosto · Responder · 1 · 1 h
João JMiranda
João JMiranda FOI TARDE...CONSUMIU MUITO OXIGENIO
Gosto · Responder · 1 · 3 h

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook