quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Exército sírio recupera controlo de Cidade Velha de Aleppo


A Cidade Velha de Aleppo estava nas mãos dos rebeldes e foi recuperada totalmente pelas forças governamentais da Síria. Os ataques feitos nesta zona da cidade já fizeram a morte de um oficial russo.
Pelo menos 80 mil sírios fugiram nas últimas semanas de Aleppo devido à intensificação dos ataques das forças do regime sírio
LOCAL COORDINATION COMMITTES LCC HANDOUT/EPA
Autor
  • Agência Lusa
As forças governamentais da Síria recuperaram o controlo total da Cidade Velha de Aleppo, que estava nas mãos de rebeldes, disse, esta quarta-feira, o Observatório Sírio dos Direitos Humanos.
Segundo esta organização, baseada no Reino Unido, os rebeldes abandonaram as últimas áreas do centro histórico da cidade depois de o exército ter entrado nos bairros vizinhos de Bab al-Hadid e Aqyul.
Pelo menos 80.000 sírios fugiram nas últimas semanas de Aleppo devido à intensificação dos ataques das forças do regime sírio à zona da cidade controlada pelos rebeldes.
As forças governamentais, apoiadas pelas forças russas, controlam cerca de dois terços do leste de Aleppo, a parte outrora nas mãos dos rebeldes, e prosseguem a ofensiva para recuperar toda a zona oriental da cidade.
Mais de 300.000 pessoas foram mortas e milhões obrigadas a fugir desde o início da guerra na Síria, há quase seis anos.

Oficial russo morre em Aleppo durante ataque de artilharia

De acordo com o Ministério da Defesa da Rússia, os ataques da oposição síria já provocaram a morte de um coronel russo em Aleppo.
O oficial foi identificado como Ruslán Galistski e, segundo Moscovo, fazia parte de uma equipa de “conselheiros militares” russos destacados na Síria.
“O oficial ficou ferido durante um ataque de artilharia lançado pelos guerrilheiros da chamada oposição armada e que atingiu os bairros da parte ocidental de Aleppo”, referiu o Ministério da Defesa russo através de um comunicado que confirma a morte do coronel.

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook