sábado, 17 de dezembro de 2016

Epístola de S. Guebas aos Plebeus



Vassili Vassiliev
11/12 às 20:01 ·

Confesso que nunca imaginei esta situação. Entrar para o Facebook e não encontrar um único post sobre a nossa política quotidiana. Até pensei que não haveria net. Ou que estivessem todos apavorados com as engenhocas chinesas do SISE...

Mas não. É porque depois do volte-face da famosa descentralização já não há mais nada “político” neste país que seja para levar a sério. Porque nada mais há por criticar se tudo segue o mesmo mau exemplo. Porque o roubo se tornou desculpável, a todos os níveis e em todas as cores partidárias. O assassinato, também e pelas mesmas razões. E porque a simples condição de se ser conotado como político passou a ser o melhor subsídio de desemprego do mundo. Você não precisa fazer mais nada. Basta fazer de conta que faz política nas redes sociais que o seu futuro está certamente assegurado com um cargo, dois ajudantes de campo, uma estenógrafa e o inevitável 4X4.


Palavra da salvação?

Oremos ao OGE!

O País
5 h
Família Guebuza não perdeu a fé com morte de Valentina. Ver mais em: goo.gl/N5SRJF

Os temas que fazem a actualidade Moçambicana e Internacional em várias áreas de interesse. Os destaques do dia.
OPAIS.SAPO.MZ
Osman Mozfashion Nada contra a morte da Valentina! 

Mas ando muito indignando com este órgão de informação "O PAÍS" desde que se fala da morte da Valentina.


1- Não conseguiram nos mostrar nenhum imagem ou filmagem do local do crime.

2- Não conseguiram entrevistar o
Diretor do Instituto do curaçao pra falar sobre esse incidente macabro.

3- Não conseguiram fazer uma tentativa de entrevista ao Zofimo ou mostrar-lhe ele já detido na Cadeia de Maxima segurança.

4- Não conseguiram entrevistar nenhum membro da família Guebuza pra se pronunciar sobre o caso.

5- Só conseguiram por esses polícias mafiosos que não conseguem dar-nos a tranquilidade pública se não saber aparecer na última hora quando se trata do Povo.

Lembro-me que quando o procurador Vilanculos foi baleado mortalmente a Mídia conseguiu mostrar-nos devidamente com as filmagens, conseguiu provarmos a morte dessa queima de arquivos.

Lembro-me que quando Manhendje foi preso mostraram-nos na TV, conseguirão ficar horas e horas na porta da cadeia da máxima segurança à espera da saída dele pra o filmarem e mostrarem o povo Moçambicano, isso também aconteceu com Nini Satar e outros, que realmente quando estavam presos os órgãos de informação conseguiu nos provar com A+B.

Sem querer prolongar muito, hoje um membro da Renamo foi baleado mortalmente é tão incrível como a STV consegui ir até ao fundo para nos por informados devidamente.

Já não vejo profissionalismo nos órgãos de informação a não que a Mídia só nos mostra e fala o que são ditos pra os dizer. 

Sobre esse caso da morte da Valentina confesso que estou a ficar com algumas dúvidas. 

Os jornalistas não conseguem ir atras de muitos casos mal parados, não conseguem fazer seu trabalho como jornalistas profissionais, porque que não conseguiram estar presentes quando se fazia o inquérito ao Zofimo? 
Porque que quando são outros indivíduos vocês jornalistas conseguem fazer uma entrevista? 

Sejam mais transparentes e evitem transmitir somente o que são ordenados a nos mostrar.
GostoResponder2605 h
Dionísio José Lopes Muito muito certo.
GostoResponder5 h
Nilton Fernando A muitos pontos a levantar se sobre este caso
GostoResponder5 h
Hernani Nhatinombe Questões sábias!
GostoResponder4 h
Djaha Dzaka Tembe Recordas do famoso caso do esfaqueiamento na Escola Josina Machel? depois da legalização da detenção do jovem envolvido, a STV monstrou-nos o jovem no carro celular a ser transferido para cadeia Civil, mas hoje apenas dizem-nos que já foi legalizado e transferido.
GostoResponder54 h
Ryan Dillyto Paruque Concordo plenamente contigo meu caro.
GostoResponder4 h
Nhanaby Johane Bem dito, este caso tem tudo pra dizermos que há aqui uma montagem de factos
GostoResponder4 h
Solange Fernandes Para mim é a história de Nyimpine a se repetir
GostoResponder14 h
Castiano de Moisés Coserteza..... Sao mafiosos ....
GostoResponder24 h
Stelio Gonsalves Deixemos de especulações valentina faleceu meus caros irmãos com morte não si brinca
GostoResponder4 h
Xavier Malandzele Este caso ainda precisa de #jornalistas formados na #área da #imformacao, mas acontece que #jornalistas que temos ate agora estao formada na área de compra e #devulgacao da #noticiassem #contesto pra a #sociedade. Isso falo porque muito dos nossos#jornais temtam #testemunhar em casos que nem eles sabem que é#Falsa. Eu pergunto qual é a funçao de um #jornal? Ou #jornalista? E os donos das #emprensas o que dizem com isso? Por favor queremos#transparencia e #igualidade de #direitos no #jornalismo#Moçambicana.
GostoResponder64 h
Solange Fernandes Stelio Gonsalves vc acompanhou caso de Nyimpine? ?? Quer seja ou não verdade a morte da Valentina, há muito k se duvidar pk até agora são só fotos e nada mais k isso.
GostoResponder44 h
Braizo Germano Os lampe botas nunc vao a mostrar alg k prov ess mort.
GostoResponder14 h
Jeremias Albino Aminosse Comentário inteligente
GostoResponder4 h
Jeremias Albino Aminosse Devemos chamar os repórteres da TV Record Brasil para esclarecer devidamente o caso. De certo que eles trarão mais detalhes.
GostoResponder14 h
Ca Sefaz La Sepaga É realmente duvidoso que ela esteja morta porque tratandose de um acto macabro o normal seria mostrar o local do incidente como tem sido com outros corpo da vitima sendo levada na morg ou o assacino sendo levado a prisão mad nada disso aconteceu. Ha muito que duvidar
GostoResponder4 h
Ernesto Emmanuel Paulo MaQueen Estamos num país onde a nossa opinião é como ligar o ar condicionado em um grande e longo campo... Onde estamos a viver com a nossa livre e espontânea pressão.😑
Sinto muito moçambicanos, mas o que se foi dito as 00horas do dia 25 de Junho de 75, jamais viver-se-á, até que chegue um erroi verdadeiro
GostoResponder33 h
Momade Momade Alfredo Exacto! É lamentável como a mídia se distanciou deste caso, nota-se claramente que a mídia foi compromitida, nao fez absolutamente nada, sinal que alguma coisa sabe correlaçao o assunto! Enffffffffiiiiimmmm!!!!!!
GostoResponder3 h
Adolfo Caetano o Caixao nao foi aberto porque , esta moça nao morreu nada , so fugiu das dividas que a familia dela tem
GostoResponder2 h
Kulula Chiboleca Tou contigo nesta observação. Só não entedį a sua introdução, onde dizes "Nada contra a morte da Valentina". Quem não está contra,está a favor. Será o seu caso... (?) Se não, edite a introdução do texto. Mas,mesmo assim, parabens pelo mesmo!!!
GostoResponder12 h
Altenor Machabana Bela observação ilustre, existem muitas penumbras com relação a suposta morte d menina de ouro, os factos apreesenados não são convincentes
GostoResponder2 h
Gessyca Eduarda Muito obrigada, alguém me ouviu.
GostoResponder1 h
Beu Marrengula Rose B. D'Santos Matlonhana
Hortência Nhanombe E simples o sr. Como ta muit preocupado em ver os fermento teria ido a morgue pidir pra te amostrar o corpo dela pra ficar feliz ñ achas?
Osman Mozfashion Kulula Chiboleca nada contra a morte, porque no texto acima eu não afirmo apenas mostro meu sentimento de dúvida, e o meu ponto de vista está mais direcionado pra Mídia que não consegue nos provar o que diz. Obrigado
GostoResponder13 min
Matin Sabin

Escreve uma resposta...
Dorps Patrick As únicas imagens que provam que ela faleceu que até aparecem nas tv's e jornais são as fotos d casamento dela..."ser palhaço é uma coisa, ser feito palhaço é outra."
GostoResponder564 h
Julia Bia Eu também me sinto palhaça! Parem o mundo eu quero descer.
GostoResponder33 h
Matin Sabin

Escreve uma resposta...
Ester Felix Se realmente morreu meus pêsames a família, e descanse em paz, mais essa história ta bem xtranha, nenhuma reportagem em nenhum canal a cerca disso. Em outras situações iam transmitir em direto, pela posição k ela tinha
GostoResponder73 h
Carlos Artur Chume Chume Morte ñ é espectáculo
GostoResponder3 h
Delita Bento Chichango Haa mano hoje em dia forjam pior esses takudos dps vao morar no estrangeiro
GostoResponder33 h
Matin Sabin

Escreve uma resposta...
Assane Ali Ali Muitas figuras que morreram e foram mostradas publicamente apartir do precorrer ate o inteiro!!!!!Porque estes dois familiares nao mostram pelmenos minimas partes?Nem!!!!!!Quem quer acretidar pode,mas nao aconteceu nada.Apenas trata-se de querer vingar o dorminhoco povo Moxambicano como eles pensam!!!!!!
GostoResponder53 h
Chamotho Ntikamaogenuino Descanse em paz, que Deus lhe conseda o descanso eterno. E quero indiressar a famílias Guebuza os meus sentimentos, vida politica não se pode confundir 
Com a vida privada, esse e o momento de dor e todo aquele que ainda e realmente ser humano, sente a vossa dor.
GostoResponder13 h
Celestino Valoi Solidarizo-me com a família e muito decepcionado com a comunicação social mostrou parcialidade e está claro que são telecomandados . no balanço geral de hoje quando questionado o apresentador do facto de não estarem informando quase nada este deu uma justificação que nem convenceu a ele mesmo e até a sua expressão facial o desmetia. Lamentável!
GostoResponder74 h
Helder Bahule São bando de incompetentes.
GostoResponder4 h
Matin Sabin

Escreve uma resposta...
Assane Ali Ali A familia fero sao mais azaradas assim posso dizer!!!!Quando ja ker sair a verdade os filhos morrem!!!!!Quem lembra do Nhimbine?Foi a mesma historia!!!!!Este filosofo que ensinou esta filosofia era bom na altura,mas por continuar a mesma filosofia passa a ser um mentiroso!!!!!!
GostoResponder103 h
Abel Manjaze Jr. Paz a sua alma , minhas sentidas e condolências a familia enlutada. "Valentina Guebuza" descansa em paz!
GostoResponder53 hEditado
Deo Joaquim Yeah, não é fácil aceitar a morte de uma pessoa que amamos.
GostoResponder45 h
Valter Chiziane Assim como a guerra promovido pelo pai desgraça famílias todos dias
GostoResponder135 h
Assane Ali Ali Nao discanxara em paz,nem tao pouco!!!!!!Qualker k faz tulman a um outro ser humano nunca discansa em paz!!!!!!
GostoResponder43 h
Basilio Nipwesa Mesmo indo contra os meus pontos de vista na figura de Guebas enquanto ex-presidente, me solidarizo com sua família nesta dor que um dia todos ja experimentamos ou havemos de experimentar, portanto, meus sinceros pesares neste momento de consternação e minha indignação e protexto contra o marido assassino
GostoResponder3 hEditado
Ernestina Kampala Osman Mozf...acho que estais dentro da sua razao, mas fazer o quê?
GostoResponder4 h
Gusmão Peixoto Um abraço solidário à família da malograda pela perda e endereço as minhas mais sentidas condolências.
GostoResponder15 h
Assane Ali Ali Nao passam de ser mentirosos,devolvam o dinheiro do povo.Nao é bom matar alquem enquando esta vivo!!!!!!!
GostoResponder33 h
Zetuna Zeituna Zhety "Família Guebuza não perdeu a fé com a morte da filha". Como ia perder a fé se ela vai ressuscitar na Europa?
GostoResponder139 min
Paula Santos Deus os conforte. Não existe pior momento na vida de uma mãe ou um pai.
GostoResponder2 h
Adolfo Caetano O Caixão nao foi aberto p ? Proibiram a entrada dos jornalistas , excepto os da TVM e RM , desculpem - me mas essa nao morreu coisa nenhuma
GostoResponder33 h
Johane Khoza Khoza Pexoal nem ta morta exa,tao nux fazer uk eles ja abtuarao.
GostoResponder1 h
Horácio Conjo Estamos a espera das imagens dele no tal estabelecimento penitenciário de máxima segurança, mostrem que são profissionais e não lambe-botas porque a imagem que mostram no vosso link é do casamento deste homem. Quando se trata de um ze ninguém vocês mostram a imagem
GostoResponder185 h
Ofelia Ferreira hahaha.. essa nao morreu jurro...
GostoResponder64 h
Stelio Gonsalves É triste
GostoResponder14 h
Lola Xiba Buene Poxa a mae teve tempo de ser maquilhada no inteiro da sua única filha
GostoResponder63 h
Lucia Hallen Wiya Paz à sua alma a família Guebuza. Descansa em paz
GostoResponder2 h
Ibraimo Jamú Paz a sua Alma. Muita força nesse momento de dor.
GostoResponder24 h
Raymundo D. Rafael Força a família
GostoResponder15 h
Brigida J. Malamule Não entendi a maquiagem! !
GostoResponder54 h
Yvy Deligthfull Muito certo.
GostoResponder14 h
Eufélio Paulino Ajuda Ajuda Meus sentimentos a família Guebuza nada da política
GostoResponder1 h
Ismaraida Ngulele Paz á sua alma.muita força para a familia
GostoResponder14 h
David Jose Vasco Segundo a midia, ela não foi atingida na cabeça porque provavelmente teria morte na hora. Ela perdeu a vida a caminho do icor. Logo a cabeça não tem nenhum ferimento, abram a urna. Isso aconteceu com um dos filhos de um ex presidente envolvido no caso Cardoso e Macuacua, agora com a filha do rei dos patos para que não seja confiscado o dinheiro de robaheira o dinheiro e as dividas ocultas e o caso Ematum. Essa foi uma história muito mal arquitectada. Parem de enganar o povo.
GostoResponder154 h
Bero Beni Concord contigo, esses gajos são bandidos, preguiçosos e malandros.
GostoResponder13 h
David Jose Vasco E eu vou lamentar depois de abrir urna e vr a cabeça
GostoResponder3 h
Andre Angelo Zunguze Outros comentarios nao ajudam sinceramente!
GostoResponder23 h
Serafim Khossa Concordo plenamente o rei dos patos mandou a filha para China como fazia negócio com eles
Serafim Khossa Concordo plenamente o rei dos patos mandou a filha para China como fazia negócio com eles
Matin Sabin

Escreve uma resposta...
Paula Pamela Malate Triste mesmo.
GostoResponder1 h
Macuacua Massiquele Roberto Será possível a mente humana imaginar e sequer diabolizar de forma tão absurda um acto tão macabro e tão solene como o de testemunhar o enterro por parte de uma família tão desolada com um acontecimento tão trágico como este...as imagens do velório não vos dizem nada? . Chega a ser tão doentia a falta de sensibilidade humana nas pessoas...cuidado esta atitude consubstancia um quadro clínico de transtorno mental que afecta a esfera cogniscitiva e afetiva típico de personalidades sociopatas...aconselho a procurarem um psiquiatra ... pode não parecer nada ...mas os nossos actos dissociativos de uma conduta comportamental normal são sinais de um transtorno mental grave latente...não me admira se um dia ver alguma destas pessoas cometendo crimes idiondos ...pois falta-lhes esta atitude racional...se a família guebuza é assim tão poderosa e intocável como muito se diz, não seria uma contradição acharmos simultaneamente que tenham de se socorrer a algo tão vil como o de simular perante o mundo a morte de um ente tão querido...em psiquiatria atitudes controversas na ideacao das coisas constumamos descrever como sinal de transtorno mental grave...definimos essa atitude de discurso delirante desagregado, pois é surreal e sem enquadramento lógico...portanto aconselho a consultar um médico. Uma pessoa normal perante uma situação tão seria como estas não vem ao público expor de forma tão ostensiva um discurso tão desagregado como este...logo as pessoas que se comportam assim ...não tem sequer critica da sua situação patológica ...isso é ainda mais grave. Por estes três sinais e sintomas de transtorno mental grave: insensibilidade e falta de emoção pelo sofrimento alheio, desagregação e ausência de crítica do seu estado mental... associam-se a um transtorno esquizoide...uma pessoa com essas caracteristicas pode sofrer de esquizofrenia latente...torna-se ainda mais proximo o diagnostico quando no meio desse transtorno delirante, à vista de todos parecem pessoas normais pois outros distúrbios ligados a doença mental ainda não são manifestos...se é que não o São...mas se associado a esse quadro estas pessoas tem tendência ao isolamento...descuido nos hábitos alimentares... transtornos de sono...tendência a mudarem de personalidade, isto é se são pessoas que estão perdendo o interesse com as coisas normais num indivíduo normal, tal como estudar, trabalhar , sentir afeto e outras coisas pelas quais uma pessoa normal tem...então aqui vai um alerta as familias: não se trata de rebeldia e irreverência ...trata-se do início insidioso do florir de uma doença mental grave e cronica: a esquizofrenia, prestem muita atenção à atitude dos vossos familiares...a esquizofrenia é uma doença típica de jovens e adultos jovens de cujo início insidioso muita das vezes é negligenciado...exatamente pela forma sub aguda como na maior parte das vezes se manifesta. Prestem muita atenção pois este doença mental e muito comum em Moçambique e no mundo...posso até arriscar a dizer que é a mais frequente e a menos diagnosticada no nosso dia a dia.
GostoResponder23 hEditado
Simões Alberto João Tenha um cérebro e para de fingir que nada vê...

Parabéns pela aula de "português"... 


E...Use melhor teu cérebro!
GostoResponder23 h
Macuacua Massiquele Roberto Não é aula de português é um aconselhamento em saúde... a não ser que tenha como provar que este acontecimento seja tão macabro e esse ponto...então o que tenho a fazer é virar os canos da análise de orientação diagnóstica para o outro lado...uma pessoa quando não tem como provar o que diz perante uma situação tão grave ou é sociopata ou sofre de algum transtorno delirante...no mínimo pode se tratar de alguém que tem um outro transtorno não menos grave ...também associado a um quadro mental e que chamamos de confabulacao...este transtorno é manifesto no alcoolismo crônico do qual resulta a demência alcoólica...por isso de uma ou de outra forma acaba sendo patológico. ..isso é complicado. E o mais grave é que a falta de crítica à sua doença torna-os indivíduos socialmente inconvenientes...por isso compreende-se a persistência desse discurso...pois o seu delírio torna-se para eles tão real que só a medicação com anti-psicóticos os pode trazer a realidade. ..por isso no estou em condições de discutir ideias delirantes...mas permanece o aconselhamento: é preciso consultar um médico.
GostoResponder3 hEditado
Macuacua Massiquele Roberto Podemos fingir tudo nesta vida...menos a morte , pela morfofisiologia que a caracteriza e também pela sua implicação legal...pois com a morte o organismo sofre a autolise até chegar a um ponto que não mais se possa reconhecer pela inumação do seu corpo...e, legalmente e juridicamente com a própria morte advém a perca da personalidade jurídica do individuo. ..isto é a sua personalidade em termos de nome...posse e propriedade se extinguem a favor ou, de estado se haver algum contencioso não sanavel pela sua perca de personalidade jurídica ou para os descendentes ou ascendentes desde que legalmente a isso podem estar habilitados...não vejo o porque de tanta intriga e ignorância ao conhecimento básico e obrigatório que todo o cidadão deve ter como o mínimo de Cultura geral para saber ser e estar numa sociedade civilizada...esta é a grande fraqueza do povo do meu moz...a falta de educação e Cultura verdadeiramente informada...quando a pessoa é dada como morta legalmente...não só perde a vida , como também tudo o que lhe deu a sua personalidade jurídica em vida...perde direito a tudo que o liga ao mundo dos vivos. Por isso caros irmãos parem de demonstrar tanta ignorância. ..ainda que supostamente tanta dúvida vos inquiete ...um morto legalmente não se beneficia de nenhum outro direito, senão o que os adquirir com a própria morte...fiquem tranquilos e serenos neste momento de pesar e saiam daquela atitude típica desta nossa sociedade inculta de levantar problemas e questionamentos sempre que o infortúnio bate a porta das famílias...deixem de lutar e se degladiar por cima de cadáveres ...pois um morto reclama sempre o respeito e consideração de toda a pessoa viva..pois isso rsulta da própria sabedoria humana. A morte é tão dolorosa para a pessoa morta, como para os que continuam vivos pois é uma dura ralidade pela qual todos nós passaremos. Respeitem os mortos e o infurtunio das famílias neste momento solene de muito pesar e tristeza não fica bem gozar e congratularmo-nos do sofrimento do nosso próximo. isso é pecado...uma pessoa que assim age peca tanto quanto o próprio pecador.
GostoResponder12 hEditado
Simões Alberto João 😀😀se fosse logo ao ponto e me chamasse de "louco" até que teria lhe agradecido...

Eis a questão: tens prova que ela está morta?


Porquê a mídia não publica todo o cenário desde a cena do crime até as imagens reais do sucedido?? 

Como disse: tenha cérebro ao invés duma memória sem interesse...
GostoResponder12 h
Macuacua Massiquele Roberto Para os que tentam criar desinformação e boatos pelo simples facto de não aparecerem imagens que testemunham este acto macabro vai aqui um lembrete: todo o cidadão tem o direito de privacidade dos assuntos ligados a sua vida e imagem desde que para isso o manifestem a quem de direito e que a notícia da qual resulta o facto não tenha ocorrido em ambiente público e que seja público ainda que tenha sido amplamente publicitado...isso é de lei..informem-se antes de expecularem...quem assim age , fa-lo por mero Império da Santa ignorância devido a sua inculturalidade...
E triste ver essa triste imagem nos nossos jovens cidadãos decorridos mais de 40 anos de independência e ainda num país com mais de 30 universidades... é o que da esta falta de academicidade e civilidade da nossa sociedade...
Não é portanto, por aí que as pessoas devem com base em meras suposições levantar falsas suspeitas e acusações ou declarações infundadas...temos visto fotos horríveis de situações de sofrimento e dor humana ou mesmo não humana a serem postadas de forma tão hipocraticaments sádica nas redes...isso só reforça a minha tese de que o face esta cada vez mais a se transformar numa grande montra de exposição de mentes doentias pela espaço e publicidade que os sociopatas encontram de expor de forma doentia os seus distúrbios de conduta...infelizmente este canal funciona como um catalizador do desfrenamento das suas psicopatias agudizando-as...é lamentável.
GostoResponder2 hEditado
Simões Alberto João Muito lamentável...Faça um livro irmão!
GostoResponder2 h
Simões Alberto João "Se escolhessem Moçambique para contribuir com alguns acontecimentos marcantes para enriquecer as cenas da série " ciência da estupidez", o que escolheriam vocês dentre todos acontecimentos públicos absurdos deste ano no nosso moz?...
Responda agora é ganhe um like!"
GostoResponder2 h
Simões Alberto João Sábias palavras...
GostoResponder2 h
Macuacua Massiquele Roberto É por isso que volto a fazer a mesma pergunta a si no sentido contrário : que provas tem o amigo Simões de que defacto a falecida não esteja supostamente morta? Tem como prova-lo por factos? É o que ganharia a falecida ou mesmo a própria familia com uma morte simulada, se tiver em conta com o que descrevi acima como implicação médico legal da morte?...um morto pode perder a sua personalidade jurídica mas isso não quer dizer que perante actos de dolo sujeitos a avaliação pecuniária a terceiros, seja inimputável pecebe? Quer dizer que perante uma morte não confirmada não se pode inimputar um indivíduo mas se confirmada a morte, ha dolo sujeito a avaliação pecuniária , reserva-se ao estado o diereito de ressarcir as dívidas legalmente não sanaveis com a perda personalidade jurídica do indivíduo, principalmente quando se trata de ilícitos lesivos ao próprio estado...por isso não podemos de forma tão groceira tentar encontrar motivos por mera subjectividade das nossas suposições e relacionar esta tragédia de uma família moçambicana com declarações tendenciosas acusatorias infundadas...isso não fica bem Simões. ..ponha te no lugar desta família sofredora por respeito, no mínimo à dignidade humana...sejamos adultos e pessoas maduras.

Edgar Barroso
Ontem às 8:13 ·

Quase que não temos, em Moçambique, uma só referência de pessoas que se guiam pelos mais supremo valores éticos e morais, em todos os níveis sociais. Temos gente que desvia fundos e recursos do Estado porque "têm direito de ser ricos", temos pessoas que atropelam a Constituição e que assumidamente dizem que voltariam a fazê-lo porque "libertaram este país", temos pessoas insensíveis às causas e consequências da vigente tensão político-militar porque os outros "são bandidos armados" ou porque o conflito "é localizado", temos pessoas a andar de carros topos de gama e a viverem em mansões do primeiro mundo bem ao lado da miséria colectiva... temos tudo, menos referências éticas e morais. Não temos um sistema nacional de educação que forma cidadãos que sabem ser e estar. As nossas igrejas são autênticos viveiros de hipocrisia e de exibicionismo materialista. Uma geração (ou mesmo duas) cresceu nesse contexto de imoralidade e depravação, de consumismo e de competição, de gana e de privação, de inveja e de intolerância... Culpa de quem?


Não se plantam laranjeiras para se colher morangos. A reacção "bárbara" e "desumana" das pessoas à notícia do assassinato da Valentina Guebuza, não só nas redes sociais, é reflexo de algo mais conjuntural e macro. Há responsáveis por isso. As pessoas não são más por si só... elas aprendem a ser más. Aprendem a odiar. Comecem desde já a pensar sobre as causas que fazem com que tanta gente celebre tamanha tragédia. É aí onde encontraremos o caminho para a sua solução. Acusar por acusar, denunciando, censurando ou lamentando consequências... não nos vai levar a lado nenhum. Nem nos deveria surpreender. Estamos a colher o que se foi plantando ao longo de décadas de políticas públicas falhadas na redistribuição de riqueza e na formação de cidadãos.


Sergio Z Sitoe Culpa de quem ?Boa pergunta
Gosto · Ontem às 9:18


Fernando Costa Subscrevo quase integralmente porque temos em Moçambique pessoas de grande integridade moral e cívica...
Gosto · 2 · Ontem às 9:21


Láilo Machava Como quem?
Gosto · Ontem às 9:36


Fernando Costa Láilo Machava por todas as razões apontadas pelo Edgar, citar aqui nomes seria motivo para discórdia e discussão. .. mas eu e tu e todos nós conhecemos muita gente integra e honesta...
Gosto · 1 · Ontem às 9:39 · Editado


Schauque Spirou Óbvio que existe gente de irrepreensível honestidade moral e ética. Meu pai por exemplo...
Gosto · 1 · Ontem às 10:43


El Patriota Excelente... Na verdade, eu queria dizer isso ontem, naquele meu post sobre a necessidade de reiventarmos este país. O com que sonhamos é um fiasco. Falhou. Muito bem dito Edgar.
Gosto · 4 · Ontem às 9:24


Sergio Z Sitoe concordo, Mas tenho que dizer algo, independentemente da sua origem, educação ou qualquer outra coisa, nos ainda podemos fazer a diferença, o facto de escolhermos fazer o mal ou o bem não pode ser atribuído a nossa família, isto é uma escolha pessoal, cada um colhe o que planta
Gosto · Ontem às 9:26


Xavier Chirrime As escolhas pessoais são feitas a partir de um leque de elementos/critérios que os indivíduos adquirem ao longo do seu processo de formação. Em alusão a isso Edgar Barroso faz referencia a um problema que diz ser (e eh) estrutural, com ênfase particular as politicas publicas [ineficazes] para um objectivo que seja formar as pessoas para o pleno exercício de cidadania e, a discursos e posicionamentos (incluindo atitudes) de governantes. Ja acrescento, por exemplo, a imoralidade eh aprendida, e as pessoas não poderão escolher algo diferente ou distante do que sabem fazer a partir do que aprenderam. Os que veneram, idolatram e defendem algumas figuras que proferem os dizeres que aparecem entre as aspas no post de Edgar, fazem-no aprenderam a fazer assim e na estrutura das coisas que informam seu modo de pensar e fazer essa eh uma das coisas que sta na grelha de opções. A insensibilidade da maior parte das pessoas perante a trágica morte da Valentina Guebuza tem suas raízes e também encontra fundamentos na forma como a vida alheia tem sido publicamente banalizada tanto pelas elites politicas quanto pela media (veja a forma como são apresentadas as reportagens sobre assassinatos nas nossas TV), principalmente nos últimos 7 anos... Ha muito que se diga ainda.
Gosto · 6 h


Linda Fernando Bem dito rapaz!
Gosto · Ontem às 9:28


Nelson Badaga Badaga Eu acho que a culpa é toda nossa por temer começar tudo denovo, por medir muito as consequências e ter o mesmo resultado.
Gosto · 1 · Ontem às 9:29


Américo Matavele Eu acho que a questão da educação não é institucional, mas é do íntimo foro familiar. O Estado não educa, ensina. Quem educa é a família. A má-educação é produto do ambiente familiar e não da sociedade, esta é somente receptáculo das deformações que são criadas nas famílias. Frustração como essas coisas que disse é legítima, mas a forma de encará-las vai depender da educação que cada mãe e pai deu ao seu filho. Não é justificação essa de dizer que porque fulano matou eu também tenho que matar. A maldade nunca é moda, e a boa educação leva isso como primeira e insistente lição. O que acontece, é que mergulhamos (pais, mães e educadores), numa socialização materialista narcisista que, pensamos que tudo o que o outro tem, eu tenho que ter. O verbo "ter" veio introduzir sentimentos que chocam de frente com toda a educação que os pais receberam dos seus pais, e transmitem aos seus filhos que um rico nunca é honesto, e daí que se cria esta cultura de ódio e perdição que se culpa outras pessoas pela nossa desgraça. A educação parte do berço. E se alguém festeja a morte de outra pessoa, é porque lá em casa já viu o seu encarregado a fazê-lo. Eu não acredito que a educação é feita por decreto.
Gosto · 15 · Ontem às 10:14 · Editado

Ocultar 16 respostas



Elsa Do Rego Nao e nada cultura de odio e perdicao ...christmas baby jesus is born into u to make u fearless defying every gov ...its a time of celebration to make the people happy ...so ur people is happy now celebrating though u should celebrate everyday of ur life ...pls celebrate
Gosto · Ontem às 9:42 · Editado


Osvaldo Maria A escola tem sim grande influência na educação, o q passa na TV, rádio, Facebook, etc têm também grande influência. Não é a toa q mesmo de famílias com costumes rígidos e com bons princípios "éticos" saem filhos completamente desviados devido a influência do mundo exterior.
Gosto · 6 · Ontem às 9:44 · Editado


Elsa Do Rego Anda se na vida c o q e loyal e verdadeiro ...c o mais noble dos guerreiros rsrsrz.

A melhor edc is not from school or from home ...the best educ is to know when to stop what is wrong ...is to know to say No when its needed n to be brave for his people ...or u want more decades with no humildade caridade compaixao .
Gosto · Ontem às 9:49


Elsa Do Rego Fundos e propriedades do estado a serem roubados a olho nu ..Deus as vezes faz actos tortos pra por caminhos direitos ...o meu povo beirense e o dono do porto da Beira entendes ...os lucros das minas deve ser entregue ao povo esfomeado do centro pra q nao haja enchentes a 40 anos ...e nao e e pra uma duzia de indevideos celebrarem o natal enqto o povo nao esta feliz
People prayed the entire yr no teu pais let them celebrate christmas
Gosto · 1 · Ontem às 9:58


Elsa Do Rego Sabes q a nossa mae disse o tiro deveria ter sido ao pai e nao a filha enfim so Deus sabe porq nao a protegeu
Pai e genro devem estar ambos na prisao ou ambos soltos ...
Gosto · Ontem às 10:05


Elsa Do Rego Sabes q o significado dum alivio ? E por pao na mesa qdo ja nao ha esperanca de o ter ...e a obrigacao dos gov de levantar o austral do povo por mais dificel q seje pra a familia ...we need people celebrating n happy
Educacao is nothing when the people are off
Gosto · Ontem às 10:18


Muzila Wagner Nhatsave Mas a escola ajuda Americo. Nos somos do tempo que apartir da creche aprendiamos a historia e principios de sacrificio e respeito a dor dos outros. somos do tempo que na escola ensinavam as danças e cultura de todo pais. Somos do tempo que a historia e geografia do teu pais eram dados na primaria, independentemente do regime que viviamos. Os livros escolares tinha estorias que nos transmitiam valores e principios. Isso ajuda sim senhor a moldar os pais de amanha. O berço melhora com uma educaçao moralizadora tanto dos pais como da escola. Este pais perdeu valores e principios e doa a quem doer nao ha referencias morais que inspirem as pessoas. Mesmo sendo controverso para muitos, os discursos de samora hoje tem um peso grande, crianças perguntam , mas esse tio que estava falar morreu porque. vivemos numa sociedade corrompida e desprovida de valores. Somos africanois e nos regemos por formas peculiares de ser , a verdade doi, mas quando o mau exemplo vem de cima o povo segue. O que vivemos em parte e o reflexo dessa perda de valores e do mau comportamento de quem deveria ser o guardiao. A sociedade mudou para pior , somos materialistas, imediatistas, nao temos principios, nem valores e principalmente disciplina.
Gosto · 3 · Ontem às 10:28


Muzila Wagner Nhatsave o nosso sistema nao forma cidadaos
Gosto · 1 · Ontem às 10:28


Jay Cee Malôa Americo devia fazer um pequeno estagio em Cuba para ver como a educação institucionalizada faz muita diferença.
Gosto · 4 · Ontem às 10:38


Schauque Spirou Um dirigente disse a poucos anos que nao devemos ter medo de ser ricos
Gosto · 2 · Ontem às 10:46


Elsa Do Rego True but nacoes q foram ricas nao tiveram poor people ...levantar o nivel do povo only needs two yrs not decades
Gosto · Ontem às 10:53


Américo Matavele Schauque Spirou , o que tem a ver isso com o que escrevi?
Gosto · Ontem às 11:00


Schauque Spirou Ohhh. Se não vê nada, deixa.
Gosto · 1 · Ontem às 11:01


Américo Matavele Jay Cee Malôa , Tenho que ir mesmo para perceber. Às tantas eu sou antiquado (mas gosto disto). Eh eh eh eh eh eh...
Gosto · 1 · Ontem às 11:01


Elsa Do Rego True but nacoes q foram ricas nao tiveram poor people ...levantar o nivel do povo only needs two yrs not decades
Gosto · Ontem às 11:02


Sisolhano Tovela "Eu acho que a questão de educação não é institucional, mas é do íntimo foro familiar". Concordo em parte porque acredito que o Estado tem o dever de dar continuidade a educação que deveria ser obrigatoriamente passada no seio da família. Uma nação que "instrui" e não educa é um verdadeiro ninho de seres humanos que constantemente atropelam simples valores de convivência...
Gosto · 3 · Ontem às 11:05


El Patriota Mano. A questão da educação é sim institucional, social. País educados fazem filhos educados. É um ciclo.
Gosto · 12 · Ontem às 9:32


Américo Matavele Pais educados por quem? Se olhar para o seu comentário, está a falar da família. É um ciclo sim, de pais. E pais estão na família e não no Estado.
Gosto · Ontem às 9:34 · Editado


El Patriota Por um sistema de educação eficiente. Um Estado funcional. Este país já teve disciplina, bro. As pessoas eram educadas aonde?
Gosto · 1 · Ontem às 9:35


Américo Matavele Nas famílias mano. Não era na escola. A sociedade, como disse, é um receptáculo da educação familiar.
Gosto · Ontem às 9:37


El Patriota Então vamos eliminar o sistema de educação. Porque a família cobre essa parte.
Gosto · 1 · Ontem às 10:09


Américo Matavele A educação é um desenvolvimento social. As família são primordiais à educação, e é por isso que o sistema de educação ensina, e a família educa. Há analfabetismo (sistema de ensino) e há falta de educação (família).
Gosto · 1 · Ontem às 10:13 · Editado


Muzila Wagner Nhatsave El Patriota concordo. quando e que os valores se começaram a perder. eu fui desse tempo.
Gosto · Ontem às 11:04


Eurico Rogério Roque Muito bem colocado, Edgar.
Gosto · Ontem às 9:33


Eurico Rogério Roque Ou também pode ser uma mesclagem de institucional e social. Ao ponto de quando um estiver deficiente, o outro não estará na sua totalidade.
Gosto · 1 · Ontem às 9:37


Américo Matavele Mano Eurico, o social não é automático. O social é uma cosntrução. A célula base do social é a família, assim o diz a CRM. Se a família está podre, idem a sociedade. Não há sociedade boa com famílias más.
Gosto · 4 · Ontem às 9:39


Eurico Rogério Roque Entendo o seu ponto. Mas não é impossível que seja um sintoma de falta de educação familiar (que é, por si, muito importante), mas também da outra componente importante que é a educação provida pelo estado.
Gosto · 2 · Ontem às 9:45


El Patriota Por isso a coisa chama-se educação... É para educar pessoas. Assim nós nem precisaríamos ter o sistema educacional, as famílias fariam essa parte.
Gosto · 2 · Ontem às 10:08


Linette Olofsson Libertaram e destruíram a pátria amada!
Gosto · 3 · Ontem às 9:42


Mario Albano Talvez seja "bom" estas reações para percebermos que estamos sentados num baril de pólvora. Este murro que estamos a construí na nossa sociedade não nos servirá de nada.
Gosto · Ontem às 9:43


Nadinho Mate Muito bem ilucidado Edgar Barroso, que geração espera se amanhã se hoje os valores éticos foram atrofiados?
Gosto · 1 · Ontem às 9:44


Myke Machava Sabia reflecao....
Gosto · Ontem às 9:46


Alex Paulo Dos Anjos Surpresa pelo texto com verdades absolutas mas não sei se vai de encontro com o seu interior visto que nos seus últimos posts denotamos algo de vangloria perante a tragédia que domina a atualidade moçambicana. Mas pelo sim pelo não é deveras importante que salvemos a sociedade moçambicana dos males que as causas já identificadas estão a destruir este povo. A culpa é de todos os moçambicanos. Todos.
Gosto · 1 · Ontem às 9:50


Martha Baloi Eu me pergunto porque? Mocambicano nao tira licoes de aAfrica do sul, nosso visinho, bem pertinho de no's. Cheio de corrupto sem vergonho. O Estado devia responsabilizar esses gatunos, mas enfim que Estado temos? Eu queria ter nascido em mocambique de hoje, de ontem sim.
Gosto · Ontem às 9:51


Martha Baloi Falam falam e por fim votam errado


Cris Kadima Muito certo Edgar Barroso, por isso eu pergunto qual é o nosso legado? Deixar para as futuras gerações o exemplo de que porque libertamos o país temos direito de saquear o estado ao belo prazer?
Gosto · 1 · Ontem às 9:54


Julio Lacitela O que a Kroll & The Gang nos traz?!!! Vao morrer misteriosamente muitos. Aguademos.
Gosto · Ontem às 9:58


Cléo Marley Mafu Gostei
Gosto · 1 · Ontem às 10:02


Elsa Do Rego Q tamanha tragedia ...q eu saiba a maior tragedia q o meu pais teve so foi a guerra de 20 e tal anos .
Gosto · 4 · Ontem às 10:09


Miguel Santos Falou e disse.🔝
Gosto · Ontem às 10:10


Mito Devesse Jr. Obrigado ilustres por estas nobres palavras, que colocar a cada um de nós a refletir. De quem é a culpa? Boa pergunta. Pra mim não mais vale a resposta tipo é de todos nós, deviamos ter a vergonha na cara em dizer isso, porque se alguém começou com todo isto, sabendo que depois seria capaz de distrair nossas mentes e perder o foco! Assim a melhor resposta é aceitarmos que a culpa é de todos nós. Isso é batota. É Verdade que a família é a célula base de uma sociedade, sendo portanto onde começa a educação duma sociedade como um todo. Então porque existe ESTADO.
Gosto · 2 · Ontem às 10:12


Mario Albano Mas não disse.. alguns querem subsistir o estado com família.
Gosto · Ontem às 10:24


Belísio Aniceto Gunga knowlodje MUNDALAI
Gosto · Ontem às 10:17


Vick Maverick Truth been told home boy....
Gosto · 1 · Ontem às 10:20


Jeck Alcolete Falou tudo. 👏👏👏👏👍👍👍👍👍


Dino Sattar Alguma dúvida? ???corretíssimo. ...
Gosto · Ontem às 10:26


Altino Mandlaze Edgar Barroso
Gosto · Ontem às 10:29


Augusto Macie Bayeti texto para uma boa e profunda reflexão. Até onde chegamos celebramos tragedia alheia e com toda a pompa.
Gosto · Ontem às 10:34


Ntsua Obus Neuara Edgar essa coisa de brincar de estatísticas já não está a ter graça.

Assim para ti todos os moçambicanos são políticos, frelimistas, gananciosos e etc. ...Ver mais
Gosto · 1 · Ontem às 10:40

Ocultar 12 respostas



Mito Devesse Jr. Verdade existem pessoas honesta, mas porque o sistema ta podre.... para sobressair tem que ser lambebotas. As empresas estão apartizadas ao partido no poder mano. Tem que ser amigo de chefe para não morrer auxiliar. Progressão nas carreiras não são atribuídas pelo mérito mas pelo apelido ou pagar mola
Gosto · 2 · Ontem às 10:48


Mito Devesse Jr. Em Moçambique as pessoas não estão empolgadas, mas sim a phandar para viver.
Gosto · Ontem às 10:50


Edgar Barroso Releia lá o que eu disse.
Gosto · 2 · Ontem às 10:52


Ntsua Obus Neuara Meu caro Mito Devesse Jr. Vocês devem deixar de ter os Chipandes como vossas referências. Bem perto de vocês há moçambicanos de valor e não com valores.
Aquela simples professora da 2a classe com 18 anos de experiência não deixa de ser uma referência.
Gosto · Ontem às 10:56


Edgar Barroso O post está contextualizado, Ntsua. Existem nele palavras-chave: crise de valores, assassinato da Valentina, "celebração" das pessoas.
Gosto · 5 · Ontem às 11:02 · Editado


Mito Devesse Jr. Mano Ntsua Obus Neuara, quero eu acreditar que tem a felicidade ou a sorte de ter se dado bem na tua vida. Contudo eu também tou bem, embora talvez não como era de desejar. Acredite irmão o grosso modo de MOÇAMBICANOS, bem falaste cerca de 25milhões e...Ver mais
Gosto · 2 · Ontem às 11:04


Ntsua Obus Neuara Então Edgar. Achas que todos celebraram a morte da Valentina como eu e o Eddy Lumasai.?
Porque generalizar!

Nesta sociedade existe algo chamado liberdade de expressão. As pessoas são livres de mover o sentimento que lhes convier, em relação a um certo acontecimento. E isso não faz delas pessoas sem valores.
Gosto · 1 · Ontem às 11:18


Edgar Barroso É o que eu estou a dizer desde ontem, bro. Veja os meus posts de ontem. Quanto às "estatísticas", baseei-me apenas no que ando a ver no meu Facebook e no meu Whatsapp.
Gosto · 1 · Ontem às 12:24


Cristiana Cuamba Está no post errado
Gosto · Ontem às 12:25


Aida Bahule Acho que não se está a querer perceber este post.
Gosto · Ontem às 12:25


Eddy Lumasai Heheheh
Gosto · Ontem às 12:34


Omar Barros para mim, nos últimos anos, todos os políticos moçambicanos frelimistas são gananciosos e etc.
Gosto · 1 · 22 h


Tsutsi Fumo TF Ainda a colocar dinheiro em primeiro lugar nas nossas vidas viveremos isso. Ja não ha o Humanismo dentro da gente.
Gosto · Ontem às 10:43 · Editado


Óscar Domingos Sitoe Bem colocado ilustre Edgar Barroso. Contudo, a nossa saciedade não é tão insensível quanto se pode imaginar, o é quando "necessário". Uma reação igual verificou-se, se estiverem recordados, quando Chang acidentalmente perdeu a sua esposa. Não é obra do acaso. A mesma sociedade foi sensível à tragédia de Tete, a recente explosão do Carro que transportava combustível. A questão seria: O que move está sociedade ser sensível e ou insensível, dependendo dos casos, onde há perdas de vidas humanas? Já temos a resposta.
Gosto · 4 · Ontem às 10:58 · Editado


Avelino Namarrocolo Perfeito!
Gosto · Ontem às 10:43


Homer Wolf Acima de tudo, eu chamo a isto sentido de oportunidade... lol
Gosto · 4 · Ontem às 10:51


Paulo Ricardo Pereira Tina É por isso os países do primeiro mundo investem na educação.
Gosto · 1 · Ontem às 10:53


Nilza Laice E verdade sim que um pequeno grupo de pessoas sem bom senso (talvez) exagerou na criacao de algumas msg, entretanto nao 'e a 1a vez que isto acontece nem nesta nem em qualquer outra sociedade, sao pessoas mais extrovertidas, criativas, que sublimaram e procuram atraves da satira se expressar. 'E de mau gosto, 'e sim sra. mas nao deixa de ser gosto estao so a usufruir da sua liberdade de expressao. Agora o que eu nao compreendo 'e porque tem que se chamar a um grosso de pessoas de maldosas, barbaras, etc etc porque simplismente nao estao sensibilizados com a morte de mais uma cidada mocambicana? Ai 'e que estamos a ser quadrados e intolerentes, o pais nao pode estar todo de luto 'e preciso trabalhar. Ate onde eu sei o conhecimento 'e resultado de reflexacao, analise, discussao, entao deixem nos crescer. 'E preciso sim ter ideais divergentes para chegarmos a algum lugar. Para aqueles que so sabem dizer debates imaturos bla bla...lembrem-se que 'e assim assim que a nossa sociedade se encontra, como bem disse o Edgar nao esperem Morangos!
Gosto · 4 · Ontem às 11:00


Jorge Garfo Bem colocado irmão, vendeu-se a pátria a qualquer preço!
Gosto · Ontem às 11:05


Ntsua Obus Neuara Nilza Laice obrigado.

Até porque nem todos saíram por aí a manifestar alegria pela morte da Valentina.
Gosto · 1 · Ontem às 11:06


Inaiate Mansur Muito bem dito. Espero que os políticos ponham a mão na consciência e analisem a situação em vez vitimizações e aproveitamentos políticos
Gosto · 1 · Ontem às 11:10


Affonso Guerreiro Nem é só por isso, meu caro.
A finada, se é que morreu mesmo, beneficiou de tudo o que o pai alienou em seu nome e ainda usou-a como testa de ferro a ponto de ela ser uma das mulheres mais ricas de África.
Não é insensibilidade por causa de uma revolta paralela contra o governo cleptocrata da FRELIMO, mas porque ela faz ou fazia parte desse grupo de cleptocratas desprezíveis.
Milhões vão pagar de forma criminosa por causa das roubalheiras do pai e do clube de amigos dele.
Quisessem os céus que fosse toda aquela família a morrer.
Não resolveria nada, mas eles já não estariam neste mundo a desfrutar de toda a desgraça dos moçambicanos.
Família lixo!
Gosto · 1 · Ontem às 11:18 · Editado


Salimo Normomade TEXTO FABULOSO, Edgar Barroso....
PARABÉNS, em poucas palavras disse e bem...
Gosto · 3 · Ontem às 11:20


Chitukulu Mucumba Essa senhora esta viva e a ver tudo em tela gigante.
Gosto · Ontem às 11:22


Tina Franco Bem dito!
Gosto · Ontem às 11:23


Lenine Daniel Muito bem dito Edgar Barroso!
Penso que esta tragédia e a morte violenta da esposa do anterior ministro das finanças deviam fazer soar os alarmes do poder político e da sociedade em geral. Não é de bom tom e de boa educação festejar-se a morte de quem quer que seja. Até onde me educaram sempre foi-me dito que mesmo que não gostes de alguém quando esta pessoa morre só deves falar das boas coisas da mesma, é só elogiar! O que acontece em parte da nossa sociedade é festejar a morte da esposa do ministro Chang (as pessoas que festejaram nem se quer conhecem a senhora), ou seja, festejaram simplesmente a morte da mulher de um ministro…. Hoje, os mesmos festejam a morte da filha do Ex- Presidente, e é claro que o objectivo tanto num ou noutro caso é festejar a dor do ministro Chang e do PR Guebuza.
Agora, que é feio e desumano, não restam dúvidas. A questão que se coloca é: Porque é que o cidadão comum festeja estas mortes? O que fez com que os angolanos há meses festejassem a morte do irmão mais velho de Eduardo dos Santos? O que fez com que os Iraquianos festejassem a morte de Saddam? Porque é que os Cubanos principalmente os que estão na diáspora festejam a morte de Fidel Castro?
As figuras acima são todas da arena politica, ou seja, o cidadão comum está a manifestar repúdio a liderança dos políticos em causa. E, não nos enganemos em pensar que o ódio é somente por estes políticos. No caso moçambicano se não pararmos para repensar o Pais, acredito, infelizmente que assim será daqui para frente.
Alguns dizem que é um problema de educação familiar, não penso que isso explique tudo. A educação familiar pode ser 10% da razão. As pessoas que festejam as mortes num e noutro caso são as mesmas que ficaram semanas a chorar a morte de Samora Machel e da Zaida Chongo…então, essas pessoas desaprenderam os princípios da boa educação? Claro que não!!!
Enfim, é lamentável que tenhamos chegado ao ponto de festejar a morte de um ser humano...a morte deve ser um momento de colocarmo-nos no lugar do outro e imaginar o que é perder um familiar. O que significa para aquela criança recém nascida perder a mãe…
Pessoalmente conheço pessoas da família Guebuza que são um exemplo de ser e estar!
Gosto · 6 · Ontem às 11:26


Eurico Rogério Roque Eu estou completamente indiferente a morte dela, foi injusto sim, mas não me afecta em nenhum sentido.
Mas desde ontem venho observando alguns comentários feitos por Moçambicanos de várias camadas e posso afirmar com segurança que a maior parte deles não está a celebrar a violência perpetrada pelo marido, e nem o acto macabro que sucedeu. Estão a celebrar o possível sofrimento que a morte dela irá causar a família Guebuza em particular. Para muitos Moçambicanos a família Guebuza encarna a causa do nosso sofrimento nestes últimos anos, logo, testemunhar o sofrimento dele é algo prazeroso.
"Respeitar o sofrimento" dos membros da família Guebuza é apropriado se alguém é amigo deles, mas os protocolos são fundamentalmente diferentes quando se trata do resto do público Moçambicano.

Presidente Guebuza é odiado pelos danos que infligiu no povo durante seu mandado - pelo seu legado de desigualdade, ganância e ruptura social que nos afecta até os dias de hoje. É difícil separar ele da sua filha, até porque a imagem que temos da Valentina é de alguém que compactuava com as malandrices do pai.

Exigir que tudo isso seja ignorado neste momento só porque eles estão em dor, ou porque não devemos rir da morte de alguém é meio injusto e irrealista.
Gosto · 13 · Ontem às 11:31


Eddy Lumasai #interessante
Gosto · Ontem às 13:32


Eurico Rogério Roque O que é?
Gosto · Ontem às 14:31


Amelia Firmino O MEU MUITO OBRIGADO VAI PARA SI Edgar Barroso...venho lendo textos e+textos de pessoas que+parecem estar a engraxar sapatos...dest ontem que so vejo bla,bla,bla.o seu texto sim...é digono de ser comentado...percebi que o ser humano em fracccao de segundos muda de ideias pois"é politicamente correcto"a minha opiniao nao mudou...simplesmente encontrei no seu comentario o que em mim venho sentindo em relacao ao assunto...APLAUSOS.
Gosto · 3 · Ontem às 11:34


Chitukulu Mucumba Kkkkkkkk
Gosto · 1 · Ontem às 11:35


Danilo da Silva Colhe-se o que se planta. Semeiam cinismo e ódio ao outro, colhe-se o cinismo e ódio para si mesmo.

Não venham dizer que é um problema "da família" em casa. Na casa de ninguém se ensina a celebrar a morte de alguém.

O problema é da família moçambicana que não se reconcilia, resultado da forma de estar de quem detém o poder. É resultado do
culto a exclusão, do desprezo, e do ódio para com o outro... isso é feito todos os dias, seja pelas instituições, seja na midia, seja nas escolas.

Ha um problema muito sério em Moçambique que as pessoas não querem prestar atenção,e conforme já disse outro dia, para andarmos as catanadas não falta muito.
Gosto · 18 · Ontem às 11:36


Chitukulu Mucumba Falta pouco mesmo.
Gosto · Ontem às 11:41


Anny Zunguze muito certo
Gosto · Ontem às 13:14


Mario Albano Ruanda a moda Moçambicanos não falta muito , principalmente os políticos que gostam pintar Moçambique a cor de Rosa.. vão acordar contando mão externa por que vivem com óculos de madeira..
Gosto · 8 h


Ellmana Jone 👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏
Bravo.
Sinto pela família enlutada, ninguém merece enterrar um filho, pai, irmão....Ver mais
Gosto · 2 · Ontem às 11:36


Amelia Firmino Hahaha..neste mesmo texto vejo likes de pessoas que nap pensam assim pois,postaram coisas e textos que sao o oposto do seu Edgar Barroso...é triste...sao do tipo deixa a vida me levar...melhor me calar se nao ofendo...
Gosto · 3 · Ontem às 11:37


Chitukulu Mucumba Se aquela está viva. Kkkkkk
Gosto · Ontem às 11:42 · Editado


Amelia Firmino Ivano.kkk
Gosto · 1 · Ontem às 11:45


Holden Macuapa A gajos só põem o tal like não lê nem entende oque se pretende dizer apenas quer dizer eu deixei o meu like kkkk
Gosto · 2 · Ontem às 11:48


Chitukulu Mucumba Totadizer eu
Gosto · Ontem às 11:49


Ntsua Obus Neuara Kkkkkk
Gosto · Ontem às 11:59


Holden Macuapa Falou bem falado... não se exibe Caviar Pra kem não tem carapau
Gosto · 1 · Ontem às 11:46


Nicette De Amor Que o fabrico da nossa sociedade está doente...sem duvidas! Acho que para muitos é bom ver que os tais intocáveis afinal também são afeitados pelos problemas humanos ...ser humano é o complexo e não existe dinheiro neste mundo que vai mudar as atitudes imprevisíveis que nos tornam seres imperfeitos
Gosto · Ontem às 11:47


Lameck Gama falou tudo irmão.
Gosto · Ontem às 12:14


Melody Obc Nem mais meu caro. Está tudo dito.
Gosto · Ontem às 12:21


Aida Bahule Eu já tinha dito que sou indiferente a esta tragédia e é verdade. A mim não me abala em absolutamente nada. RIP Valentina, mas não me peças que chore por ti querida. Não me lembro de alguma vez o teu pai, o Ladrahoudin Al Gatune Guebuza ter se importado com a dor dos moçambicanos.
Gosto · 9 · Ontem às 12:28


Paula Martins Os teus Amores que me desculpem mas eu " rendo-me" ao teu intelecto. Este post é SUBLIME deveria ser publicado em jornal e lido muitas vezes. Parabéns, parabéns Edgar, por decifrares tão bem muitos dos teus irmãos😘😘😘
Gosto · 7 · Ontem às 12:33


Thony Yarles Deus para todos e cada um por si! Aí está o fim da leitura das palavras, thank you good day
Gosto · Ontem às 12:38


Valter Madogolele Disse tudo,
Gosto · Ontem às 12:40


Cidadão Comum Argumento super! Intelectum homo est!
Gosto · Ontem às 12:42


Lecuanhane Wa Mutxopi Este texto do Edgar é o melhor que li sobre esta tragedia Guebuziana. Não comentei sobre o assunto porque me chocou a carga de ódio visceral nas redes... mas este texto, sim Sra, é um exercicio útil porque tenta encontrar explicações para este vil fenómeno social. Parabéns, Nigga!
Gosto · 6 · Ontem às 12:57 · Editado


Dimas Jose Minha felicidade é qui você já começa a ser referência nA análise e abordagem de assuntos de Moçambique isso significa qui ainda ha algo por aproveitar, sendo assim caminhemos juntos desse lado da margem para reaviver essa referência.
A mudança começa contigo.
Gosto · 1 · Ontem às 12:45


Toms Gray Bem dito!
Gosto · Ontem às 12:52


Yola Nhassengo Grande reflexão. Concordo que tamanha violência nao deve ser celebrada,porem hoje o pai da jovem pode sentir o que muitos moçambicanos tem sentido quando o sangue de seus filhos e derramado por razões inexplicáveis. Que sirva de aprendizado para todos que estamos susceptíveis a este tipo de violência, nao só os pobres, os da classe social mais baixa. Que a partir de agora as leis sobre violência domestica sejam levadas a serio, que haja vontade política e dos moçambicanos para combater qualquer tipo de ameaça para nossa paz.
Gosto · Ontem às 13:01


Anny Zunguze Grande Reflexão Edgar Barroso...!Um abraço
Gosto · Ontem às 13:15


Milagre Cumbe Cumbe É incrivel que algumas crianças acreditam no pai natal e certos adultos acreditam num partido politico.... F
Gosto · 1 · Ontem às 13:20


Eusebio Jose Nao precisaste de mtos lencois brancos para dizer o certo parabens pelo texto...
Gosto · 1 · Ontem às 13:26


Artur Manuel Artur Puxa pa gostei muito é assim Deus nos deu a massa cinzenta para faze- la funcionar pensando, analisando, opinando, comentando coisas reais da vida, mais infelizmente tamos numa sociedade em que a massa cinzenta ta sendo refrigerada pela ignorância.
Gosto · 1 · Ontem às 13:26


Edgar Francisco Cumaio Todos somos iguais perante a lei. Somos diferentes segundo os recursos e oportunidades. E voltamos a ser iguais perante um sentimento de perda como a morte por exemplo. E somos iguais no fim, prostrados num caixão ou não descendo a terra e enterrados. Vivemos ilusões apenas e perdemos tempo com elas! Muita pena o estágio a que chegamos. Foi nossa escolha? O tempo sempre dá respostas.
Gosto · 5 · Ontem às 13:33


Amandyo Leo Mundlovo Parabens Edgar por mostrares que concordas connosco e entendes porque isto està assim a aconter .
Gosto · 1 · Ontem às 13:46


Massing Jaq Concordo, alias disse isto em outras palavras ontem! Este povo ja foi sensivel e respeitador. Foi ensinado a ser insensivel, a nao se importar com o proximo. Ficou sem referencias para fazer o bem. Tudo que ouviamos e tentar ser rico a qualquer custo! Hehehehehehe
Gosto · 3 · Ontem às 13:46


Re Bila parabens Barroso ...bem dito
Gosto · Ontem às 13:51


Raul Chambote citando, ispu verbi..."As nossas igrejas são autênticos viveiros de hipocrisia e de exibicionismo materialista. Uma geração (ou mesmo duas) cresceu nesse contexto de imoralidade e depravação, de consumismo e de competição, de gana e de privação, de inveja e de intolerância.." Edgar Barroso....
Gosto · Ontem às 14:16


Giro da Fonseca Olha que os que pedem contenção são na sua vasta maioria membros daquele partido mas que aquando das mortes/cádaveres em Vundúzi não tugiram e nem mugiram. Na opinião de muitos moçambicanos esta família é a personificação da sua desgraça, acredito que alguns estão a repetir o hit do Alberto Machavela, (...ukumekile...wa devouu...)
Gosto · 3 · Ontem às 14:36


Cristina Ussene O tecido social do Moçambicano encontra-se bem beliscada. Nos últimos tempos senão hoje ou ontem só se ouve morreu matamos. A vida já não tem valor parece que nos tornamos objecto. Pior ainda se o pensar e o olhar for diferente dos mais fortes aí tens o que mereces - o Mundo da escuridão. Só Deus pode salvar as nossas almas imploremo-Lo a Sua Misericórdia.
Gosto · Ontem às 14:42


Zeiss Lacerda Well done bro. Texto bem conseguido. O que vivemos hoje é a ponta do Iceberg, existe uma base de podridão acumulada que precisa ser resolvida.
Gosto · Ontem às 14:44 · Editado


George Mabuza Já lí, qual é a solução concreta para eu começar a "trabalhar" a mudança em "mim"? parece-me que, é mais fácil reclamar e criticar.
Gosto · 2 · Ontem às 15:05 · Editado


Tatiana Mavume A crítica incomoda e gera uma consciência que nos prepara para a mudança. Nunca vi mudança sem consciência "cutucada" e motivada a tal. Acho eu.
Gosto · 1 · Ontem às 14:57


George Mabuza "A crítica incomoda e gera uma consciência que nos prepara para a mudança" eu aceitei a crítica, agora quero a solução.
Gosto · 1 · Ontem às 15:01


Tatiana Mavume Edgar Barroso. Não se esqueça da multidão de seguidores "desinformados" que acreditam piamente nos seus ideais sem Questionar, Criticar ou mesmo Discordar quando convém, por medo, ignorância ou apatia social. Arf ninguém aguenta! 😒
Gosto · 3 · Ontem às 15:09 · Editado


George Mabuza a partir do momento em que se proferem palavras pejorativas e/ou injuriosas já deixa de ser debate, porque um passa um (ofendido) passa a responder á ofença e não á questão central (solução)
Gosto · 2 · Ontem às 15:04


Tatiana Mavume Tem razão George Mabuza. Vou reformular a frase.
Gosto · 1 · Ontem às 15:05


George Mabuza obrigado pela atenção
Gosto · 1 · Ontem às 15:06


Nito L. Manhice Com sua licença Edgar Barroso, peço pa compartilhar seus pensamentos com os do meu mundo, porque este texto sim me fez pensar e pensar muito sob o rumo das nossas geraçoes ja que é uma
Gosto · 1 · Ontem às 15:17


Arsenia Mate Bravo
Gosto · Ontem às 15:49


Xavier Antonio Existem muitos para servirem de referências , porém não tem oportunidade. Na verdade os que detém o poder hoje não temos.
Gosto · 1 · Ontem às 16:22 · Editado


Maria Lina Matule Excelente!
Gosto · Ontem às 17:39


Elton Roque Pm Rapper Verdades duras
Gosto · 23 h


Marcos Langa essa e a realidade
Gosto · 22 h


Eugénio Camilo Nihonale Meus parabens! Tinha que ser portavoz da Frelimo na Assembleia da República. Substituir o.
Gosto · 19 h


Roberto Julio Tibana Obrigado Edgar! Respirei fundo! Estava a apanhar uma asfixia!...
Gosto · 4 · 19 h


Alfredo Macuácua O país está doente...
Gosto · 9 h


Francisco Junior disse tudo
Gosto · 6 h


Fernando Costa Edgar olho à tua volta geracional e vejo uma ilha de esperança, cercada de ódio por todos os lados.
Penso saber quem foram os responsáveis por termos chegado aqui. Até encontro algumas das razões. Mas não sei como vamos sair desta. E isso me provoca...Ver mais
Gosto · 2 · 5 h


Bone Waka Deus disse: COLHERAS O QUE PLANTARES... Estamos em festa... Boas festas ... Feliz quadra Festiva... Nao vai ser a morte de uma cidada e nem a CRISE que nos vai tirar a vontade de festejar as coisas boas da vida...Eles sempre disseram... "Problemas existem em todo MUNDO"
Gosto · 1 · 2 h


Dercio Nicolau So hoje pude ler este texto. Parabens moputo como sempre falou bonito👌👌👌
Gosto · 2 min







Edgar Barroso partilhou a foto de Freedom House.
15/12 às 21:36 ·



Sobre Moçambique, refugiados da "tensão político-militar" e derivados...


Freedom HouseGostar da Página
15/12 às 21:03 ·


NEW REPORT: Violence from political rivalry becomes source of refugees in southern Africa #Mozambique http://freedomhou.se/2gPI7DH



GostoMostrar mais reaçõesPartilhar

88
Comentários


Paula Maria Araujo Partilhei
Gosto · 1 · 15/12 às 22:42


Eurico Rogério Roque São refugiados de guerra.
Gosto · 1 · 15/12 às 22:47







Edgar Barroso
15/12 às 10:32 ·



Aos que têm estado a censurar a liberdade de opinião dos outros, sobre o assunto do assassinato da filha do antigo Chefe de Estado moçambicano... Deixem as pessoas falar, por favor. Pessoalmente, estou a gostar do debate e dos rebates, nesse assunto. Forças vibrantes a esgrimirem argumentos e contra-argumentos (com os normais excessos, obviamente). O que seria estranho é a indiferença. Afinal, não morreu qualquer pessoa. Morreu uma das pessoas mais protegidas de Moçambique...




GostoMostrar mais reaçõesPartilhar

202202
1 partilha
Comentários


Jeremias Chilaw Morreu uma das pessoas mais protegidas de Mocambique? Esta aqui um enorme disparate...... Em que consiste essa proteccao?
Gosto · 3 · 15/12 às 11:34


Mauro Steinway Dinheiro=poder=proteccao. Melhor ainda quando e dinheiro do povo.
Gosto · 11 · 15/12 às 11:35


Marcelo Machava Ja viram filmes de cowboys em que os ladroes e bandidos matam-se entre si
Gosto · 2 · 15/12 às 11:46


Neide Txuma Jone Afinal o inimigo estava ao lado. Muito triste a forma barbara como lhe foi tirada a vida. Sinto muito....quanto ao resto, nao e mais importante que a vida de uma pessoa..Devemos ser solidarios e deixemos de partilhar 'memes'. A dor da perda e igual sejamos ricos ou pobres.
Gosto · 1 · 15/12 às 11:54


Marcelo Machava Essa gente mata todos os dias crianças recem nascidas privadas de assistencia medica, escola e muitas coisas, porq apoderam do dinheiro do Estado
Gosto · 10 · 15/12 às 11:55


Nairinho Mabote Gostaria de saber a tua opinião, Edgar
Gosto · 15/12 às 11:35


Edgar Barroso Você sabe, Jeremias.
Gosto · 15/12 às 11:36 · Editado


Filho Do Cinzentinho Ya.
Gosto · 15/12 às 11:36


Osh Macamo Ntsém.
Gosto · 2 · 15/12 às 11:36


Tony Langa NNN
Gosto · 15/12 às 11:36


Dimas Jose A morte dela parece ser um facto isolado enquanto Não é Mas pela personalidade qui represetava a malograda razão pela qual o debate.
Gosto · 1 · 15/12 às 11:36


Prince Jo Someone is writing a comment...
Gosto · 1 · 15/12 às 11:38


Cal Barroso Falou!
Gosto · 1 · 15/12 às 11:38


Milton de Messi Vão sentir a dor de uma perda!
Vão sentir a dor que sentimos nós o povo quando perdemos nossos entes queridos ao tentar atravessar o Save!
Gosto · 20 · 15/12 às 11:39 · Editado


Diva Dessai Concordo e defendia precisamente o mesmo a pouco. Deixem o povo falar. O contrário é que seria anti-natural.
Houve tempestade, agora os rios estão lamacentos e revoltos. A calmaria retornará por si....
Gosto · 5 · 15/12 às 11:42


Filho Do Cinzentinho Ya.
Gosto · 15/12 às 11:44


Hi Mina Esse nao pode morrer agora,tem que perder todos os filhos para sentir bem a dor de perder um filho
Gosto · 3 · 15/12 às 11:44


Claudia Julaia Eish!
Gosto · 15/12 às 11:51


Saquina Hayuba Bem falado
Gosto · 1 · 15/12 às 12:53


Elsa Do Rego Um Puxao de orelhas Aos rapazes mocambicanos ... Brincadeira de mau Gosto . It's the second person most protected to be victima de assalto e este a tiro
Gosto · 2 · 15/12 às 11:51 · Editado


Tsutsi Fumo TF Aqui se faz, aqui se paga.
Gosto · 1 · 15/12 às 11:52


Filho Do Cinzentinho

Gosto · 2 · 15/12 às 11:55


Prince Jo 😂😂😂😂😂
Gosto · 15/12 às 12:59


Malhanganipane Malhanganipane Ca se faz, ca se...
Gosto · 15/12 às 11:55


Osh Macamo ... faz de novo.
Gosto · 1 · 15/12 às 11:55


Chitukulu Mucumba Estou a rir. Nem sei porque. E se ainda estiver viva?
Gosto · 2 · 15/12 às 11:57


Filho Do Cinzentinho Já é bom. Liedson já foi dado como morto, só para citar exemplo bai. Ñ seria primeira vez makweru, relax.
Gosto · 15/12 às 12:00


Chitukulu Mucumba Ha muitas historias sobre a morte dos vivos. Caso esteja morta, paz a sua alma, se estiver viva, Deus a proteja
Gosto · 15/12 às 12:03 · Editado


Sonia Mboa Mboa Kkkkk
Gosto · 15/12 às 12:20


Hi Mina Acabo de passar da casa dos pais da finada
Gosto · 15/12 às 12:03


Chitukulu Mucumba Mentiroso
Gosto · 15/12 às 12:04


Hi Mina Problema seu
Gosto · 15/12 às 12:23


Elvino Dias Concordo
Gosto · 15/12 às 12:03


Augusto Gildo Buanaissa No matter what, we all going to...
Gosto · 15/12 às 12:06


Muchuquetane Guenjere Pois, estive num transporte publico com umas senhoras MUKHERISTAS e elas estavam felizes, pois diziam que a tipa (representantes das empresas dela) lhes barrava muito na fronteira com RSA. Para elas, esta se a escrever uma nova pagina na historia.
Gosto · 2 · 15/12 às 12:11


Bone Waka Os rumores nos bastidores dao conta k Zofimo agiu em legitima defesa pois depois de Valentina pegar n1 AKM47 comecou a disparar e o Pai tbm estava armado. La dentro foi um autentico tiroteiro e Zofimo conseguiu fugir dali ate a um quarto da casa onde fica armamento pesado do filho de guebas. Pegou 1 pistola do tipo makarove e comecou a disparar em ligitima defesa. E dai pimba atingiu a empresaria c 4 tiros e mesmo assim ela o atingiu na perna c 1 tiro. Guebas vendo a filha n chao desmaiou. Zofimo fugiu p esquadra pois vinha 1 forca da intervencao rapida para o aniquilar!...Yah foi autentico bang bang a moda hollywood...
Gosto · 4 · 15/12 às 12:12


M Griffe Nhamposse Mas então quem contou essa versão estava presente e saiu ileso do bang bang é isso?
Gosto · 1 · 15/12 às 14:41


Nelo Junior 4 tiros certeiros em legítima defesa!!! Estranho! Isso parece uma execução.
Gosto · 3 · 15/12 às 15:13


Mugaza Waka Machel Kkkkkkkkkk. Niku dummm! !!
Gosto · Ontem às 7:08


Bone Waka Sera meeeeesmooo???? Hummm Nada... Com toda akela proteccao???? Ou foi a mesma proteccao que a matou???? Kkkk
Gosto · 15/12 às 12:13


Sergio Serpa Salvador É mesmo isso, Egar Edgar Barroso! Vamos opinar.
Gosto · 1 · 15/12 às 12:15


Elsa Do Rego If the son in law goes to jail the father in law will be jailed too . So Deus sabe o q faz , povo meu remos mais
Gosto · 15/12 às 12:16


Alzira Magalhaes Ela é mais uma vitima da violencia domestica, esse mal está enraizado na nossa sociedade e nao escolhe estrato social,esse devia ser o foco do debate.
Gosto · 8 · 15/12 às 12:17


Nertia Urnilia Boca Pois
Gosto · 15/12 às 14:39


M Griffe Nhamposse Mas então aqui em Moz ja viste uma mulher com bweeeee de larjam ser vítima doméstica?
Gosto · 15/12 às 14:43


Nzira Sofia de Deus Correctissimo Alzira! Nao temos os dados mas ela agora passa a fazer parte das estatísticas!
Gosto · 1 · 15/12 às 17:11


Elsa Do Rego or will be a new era to the justice system to be introduced asap with no jail sentences at all... So the jail does not end up w des human acts as its for past decades.
Gosto · 15/12 às 12:25 · Editado


Sonia Mboa Mboa Uma das menias jovem mais rica em Africa. E como se nao bastasse a tiro
Gosto · 1 · 15/12 às 12:19


Homer Wolf Quem sáo esses que andam a tentar algemas as palavras?...
Gosto · 1 · 15/12 às 12:24


Elsa Do Rego Trying to upgrade their origins with a previous presidency ? O povo Todo no FB esta feliz , o Povo sofreu immenso nas decades that have gone .
Gosto · 15/12 às 12:29 · Editado


Elsa Do Rego I seen the suffering e o esbanjamento de capital into military ...does it make sense
Gosto · 1 · 15/12 às 12:33


Elsa Do Rego may the soul of my dad rest in peace . Estas a perceber o q Sao oracoes pela Justice her dad put a portg woman in power in mz till this couple is out of mygov .
Gosto · 1 · 15/12 às 12:41 · Editado


Re Bila if is true...rip
Gosto · Ontem às 8:47


Alex Paulo Dos Anjos Ya Edgar Barroso você não tem coração... Poça pah.
Gosto · 1 · 15/12 às 12:29


Edgar Barroso Alex, então não tenho coração porque discordo dessa tendência que se pretende generalizar de colocar as pessoas em silêncio ensurdecedor perante situações do género, apenas porque desta vez há uma celebridade como vítima? O que é mais acertado, nestes casos, as pessoas concordarem umas com as outras em falas mansas e palavras falsas? Todos os dias morrem pessoas vítimas de violência, armada ou não, por vários motivos. Anonimamente e sem debate sobre os contextos e as causas. Pretendes que assim continue? As pessoas que têm estado a falar disso, em todo o Moçambique e na diáspora, explorando todas as interpretações e "julgamentos" possíveis, não têm coração? Quem é que tem coração, você e o teu silêncio?
Gosto · 25 · 15/12 às 12:42


Essineta Gungulo Palmas para ti.
Gosto · 15/12 às 12:52 · Editado


Germano Milagre Correcto Edgar ... esta e uma das coisas boas das redes sociais
Gosto · 15/12 às 13:21


Alex Paulo Dos Anjos A forma aparentemente vingativa como te expressas é demostrativo de ódio e rancor.
Gosto · 15/12 às 13:35


Edgar Barroso onde é que está o ódio e rancor no que escrevi? estaria a vingar-me de quê, com a morte da Valentina?
Gosto · 5 · 15/12 às 15:09


Hibraymo Manuel Jamal M,Edgar Barroso,,,,,bato aplausos pelas sabias logicas palvras sua diante de todos,,,,,,,,,,,,,,,,orgulhosamente seu Face ###FRENDY((###
Gosto · Ontem às 0:41


Mugaza Waka Machel O dia que morrer guebuza iremos comentar, bem ou mal. Todos os dias morrem filhos de pobres em gorrongoza e mesmo assim nunca nos calamos!
Gosto · Ontem às 7:14 · Editado


Alex Paulo Dos Anjos Depois aos Domingos vão às igrejas... Fazer o que mesmo?
Gosto · Ontem às 7:34


Elsa Do Rego Was a huge sacrifice of the people. To work a decade into profit without good wages n extreme bad conditions pos war for a her dad to indulge the profit spending into military. When is the gov going to compensate the people ? Anyway may she rest in peace now . Alleluia as my dear husband said
Gosto · 1 · 15/12 às 12:49 · Editado


Chivalhane Tembe QUEM COM FERRO MATA COM FERRO MORRE
Gosto · 6 · 15/12 às 13:16


Cristina Ussene Eu serei como Tomé ver para crer. É impossível morte de Magnatas.
Gosto · 15/12 às 13:21


Edu Humbane Para mim o que é tragico é transformar uma morte trágica num caso de humor, a pretexto de uma vingança contra Guebuza. Nao me revejo nisso. Uma das diferenças entre nós, humanos, e outros animais é a forma como lidamos com a morte dos nossos semelhantes. Nao nos animalizemos. Nao nos desumanizemos. Meu apelo!
Gosto · 16 · 15/12 às 13:28


Edgar Barroso De acordo. Agora, inibir as pessoas de opinar... não.
Gosto · 6 · 15/12 às 13:29


Julio Da Wilka Edwin "Uma das diferenças entre nós, humanos, e outros animais é a forma como lidamos com a morte dos nossos semelhantes. Nao nos animalizemos"

Dizes isto porque as pessoas devem expressar o que lhes vai a alma?????
Gosto · 15/12 às 16:21


Edu Humbane Me recordo dos acidentes de aviao. Quando ocorre um, faz-se uma aturada pesquisa para perceber o que falhou e, sobretudo, evitar futuros acidentes. Penso que se está a perder o foco neste caso. As pessoas estao focadas no fator "filha de Guebuza". O foco devia ser outro. O que falhou naquela familia? Qual a qualidade do dialogo/comunicaçao que se exige numa familia? Como nao se geriram os conflitos que aparentemente existiam. outro eixo: porquê a posse de arma? A arma em casa traz segurança ou insegurança? Sera que o homem tinha condiçoes psicologicas para ser portador de armas de fogol? Como é a nossa legislaçao sobre isso? Tal como nos acidentes de avião, a abordagem deveria ser essa, uma abordagem mais construtiva, para evitar que na nossa sociedade ocorram casos idênticos. Em vejo uma familia teve um fim tragico. Outras famílias podem ter sorte igual. Ser filha de Guebuza nao é relevante. Podemos fazer deste triste caso um aprendizado social. A minha solidariedade a familia enlutada! Nao estou coartando a fala de ninguém. Estou dando o meu olhar!
Gosto · 12 · 15/12 às 13:42


Muzila Wagner Nhatsave liberdade nao e sinonimo de libertinagem, e malcriadezEdgar Barroso
Gosto · 4 · 15/12 às 14:30


D Sousa Maluah concordo em género, número e grau
Gosto · 15/12 às 14:46


Nilza Laice Concordas com o que primo??
Gosto · 15/12 às 14:50


D Sousa Maluah que devemos deixar as pessoas se expressarem, nao é todos os dias que as coisas das novelas acontecem na vida real
Gosto · 3 · 15/12 às 14:51


Grácio Dos Inguanes Também estou em completo desalinho com o pensamento(?) de que há que deixar as pessoas opinarem a qualquer custo, mesmo que isso vá em contra-mão em relação aos nobres valores de convivência e decência humana... Daí que não concordo de todo com o conteúdo deste post, do mesmo modo não concordo com os que opinando livremente, como nos é sugerido aqui, procuram satirizar a morte de alguém...
O mais comum dos mortais não pode aplaudir a morte do outro como se estivesse alheio a este escrutínio, pode é ser lhe indiferente... Mas já que andam(os) às avessas, palmas!!!!
Gosto · 2 · 15/12 às 18:14 · Editado


Emmanuel Rassul Don't blow all the fire works just yet

Gosto · 15/12 às 15:44


Emmanuel Rassul

Gosto · 15/12 às 15:45


Rafael Titosse Pessoalmente, penso que estamos diante duma situação bastante delicada. Concordo terminantemente que as pessoas têm o direito assistido de comentar sobre tudo que circunda esta morte trágica. Afinal, e conforme foi muito bem aludido, não se tratou de qualquer pessoa que morreu. Tratou-se de alguém relacionado com Guebuza. O que significa falar de Guebuza hoje, ao nível da sociedade moçambicano, na sua multiplicidade e diversidade? Obviamente, todas as representações e/ou percepções que as pessoas têm sobre esta figura política incontornável, vão influenciar a forma como estas (pessoas) abordarão a morte da sua filha.

Neste diapasão, das duas uma: ou transformamos isto numa Corea do Norte e proibimos as pessoas de falar do assunto (e as obrigamos a chorar o suficiente como forma de mostrar o amor que obrigatoriamente teriam que ter pela filha de Guebuza) ou nos conformamos com a ideia de Estado de Direito Democrático, que observa a liberdade de expressão como um dos seus principais pilares, e deixamos as pessoas se posicionarem de como as apetecer, sem pôr em causa a moral social de que se espera nestas situações - mas também sem esquecer que quase todos os posicionamentos estariam, inevitavelmente, relacionados como a forma como estas pessoas concebem a figura do antigo Chefe do Estado.
Gosto · 3 · 15/12 às 23:16 · Editado


Fatima Mimbire So acho que estamos a gastar muita energia num assunto que nao muda em nada a nossa vida e que nos diminui. No dia que eu vir essa energia numa marcha ou em posicionamentos publicos, com rostos a mostra, contra a injustica, contra a guerra, contra a corrupcao, contra a hipoteca do nosso futuro, contra deputados "come-dorme-e-agendas desviantes e desviadas", acreditarei que os meus concidadaos crescera, criaram consciencia e emancipara-se. Do que adianta destilarmos o nosso "desamor" pela jovem, jogarmos na cara da familia da jovem que 'e bem feito "aqui se fz aqui se paga" se no final do dia o fazia estara no coracao deles, mas a falta de medicamentos afectara a si e directamente, se a crianca que sentara no chao ou nao podera estudar porque nao ha vagas porque nao podemos contratar mais professores 'e seu filho, irmao, sobrinho ou neto, se quem nao podera dormir tranquilo e descansar merecidmente depois de longas horas de trabalho porque a policia nao tem meios e por falta de opcao ou mesmo por ma-conduta ha bandidos a solta 'es tu? So acho que essa energia e vigor tod@s bem empregues dariam um resultado muito melhor e revolucionario que este, que no fim se multiplicara por zero. Mas como dizem: cada cabeca uma (in)consciencia.
Gosto · 6 · 15/12 às 16:53


Inocencia Massango Falou tudo.
Gosto · Ontem às 8:08


Raul Feliciano Pedro Daqui alguns dias vams a panhar noticia da filha de Eduardo Dos santo que partiu tambem pah o ceu ta mal isso
Gosto · 15/12 às 16:57


Celso Mapsanganhe Falamos de valas comuns e esquadroes da morte ainda este ano, e tudo ficou em surdina, como se de caes se tratasse. Se houvem um sentimento desta natureza para quem de direito e para uma parte da populacao, entao nao ha motivos de alarme para uma e pessoa e uma familia. Estamos a falar de uma virgula em uma biblia.
Gosto · Ontem às 8:18


Re Bila para mim ,a ex-princesa esta vivinha da silva
Gosto · 1 · Ontem às 8:58


Raul Feliciano Pedro concordo contig isso chama se truques
Gosto · Ontem às 10:13


David Jairosse Alfredo As Pessoas De Toda Classe Social Estao A Opinar Cada Um Da Sua Maneira! Mas Oqui Leva As Sociedade De Todo Mundo A Falar Desse Tragica Morte! Équi A Discuçao Desses Casais Começa Quando O Esposo Pediu A Sua Esposa Para Falar Com O Seu Pai Para Retirar O Dinheiro Roubado Qui Esta Guardado Na Conta Do Ozófomo! Por Isso As Pessoas Dizem Aquilo Qui Pensam, Porki O Nosso País Ja Faliu!
Gosto · Ontem às 11:43


Re Bila fonte?
Gosto · Ontem às 12:32







Edgar Barroso
15/12 às 6:44 ·



Proposta de debate aos barulhentos teóricos especialistas em desarmamento da Renamo: só a Renamo? à sério?

Compreendo o vosso silêncio e estado de choque, por essas alturas. Espero que se recomponham o mais urgente possível e saiam às tribunas de sempre para actualizar algumas premissas no vosso quadro teórico-conceptual. A academia e a opinião pública moçambicana agradecerão.




GostoMostrar mais reaçõesPartilhar

8686
Comentários


Honorio Isaias Massuanganhe A maioria das instituicoes mocambicanas estao armadas...a PGR, a PRM, a FRELIMO, o MDM, a RENAMO, as ONGs, as igrejas...incluindo o proprio povo...estamos todos armados...a "RENAMO armada" e apenas um sintoma visivel do mal estar da nossa sociedade.
Gosto · 17 · 15/12 às 7:55


Bone Waka Ate.... Os.....
Gosto · 15/12 às 10:46


Bone Waka Cade a Minha AKM???!
Gosto · 1 · 15/12 às 10:47


Bone Waka Os rumores nos bastidores dao conta k Zofimo agiu em legitima defesa pois depois de Valentina pegar n1 AKM47 comecou a disparar e o Pai tbm estava armado. La dentro foi um autentico tiroteiro e Zofimo conseguiu fugir dali ate a um quarto da casa onde fica armamento pesado do filho de guebas. Pegou 1 pistola do tipo makarove e comecou a disparar em ligitima defesa. E dai pimba atingiu a empresaria c 4 tiros e mesmo assim ela o atingiu na perna c 1 tiro. Guebas vendo a filha n chao desmaiou. Zofimo fugiu p esquadra pois vinha 1 forca da intervencao rapida para o aniquilar!...Yah foi autentico bang bang a moda hollywood...
Gosto · 15/12 às 10:57


Edgar Barroso É precisamente isso que espero que se debata, prezado Honório. Chega de silêncios convenientes e de culpabilizar exclusivamente o vizinho.
Gosto · 9 · 15/12 às 7:58


Honorio Isaias Massuanganhe o nosso grande problema foi sempre de ter no OUTRO o alibi para nao nos implicar ou responsabilizar...o outro e sempre o carasco...aquele que nos impede de progredir...creio que falta um exercicio de nos confrontarmos continuamente sobre o nosso papel e responsabilidade face a tudo que e jogado para o consumo publico...Nao podemos nos deixar domesticar ou doutrinar...vamos debater seriamente sim...
Gosto · 5 · 15/12 às 8:09


Edgar Barroso vamos "aguardando com serenidade" que isso comece... temos agora um vigoroso pretexto.
Gosto · 3 · 15/12 às 8:18


Nelson Badaga Badaga É normal, pertinente e compreesível que reflitamos sobre o desarmamento.
Gosto · 1 · 15/12 às 8:03


Edgar Barroso urgente e holisticamente, acima de tudo.
Gosto · 15/12 às 8:19


Honorio Isaias Massuanganhe O Estado mocambicano funciona de uma forma promiscua com o partido FRELIMO, que ate torna deficil delimitar as suas fronteiras...O uso dos recursos do Estado por parte da FRELIMO nao constitui segredo para ninguem...e isso faz da FRELIMO o partido mais armado deste pais...por isso o discurso do desarmamento deve iniciar pela construcao d e um verdadeiro Estado mocambicano...
Gosto · 4 · 15/12 às 8:34 · Editado


Edgar Barroso Há muitas "pessoas especiais" com armas, em Moçambique... por que é que têm tratamento diferenciado dos restantes?
Gosto · 2 · 15/12 às 8:47


Jose Guerra Tembe PAPO NO CHAPA

Scoob
Zofimo a Valentina Guebuza, achas que o pai dela merece pena?

FRANK
Pena! É a lei de Deus “e visita a iniquidade dos pais sobre os filhos até a terceira e quarta geração."
Números 14:18

Em Êxodo 20:5 diz: “porque eu sou o SENHOR, teu Deus, Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos até à terceira e quarta geração daqueles que me aborrecem…”.

Scoob
O que quer dizer com tudo isso?

Frank
- Os filhos pagarão pelos erros dos pais.

Scoob
Frank, quero saber se há pena do Guebuza?

Frank
- Ah, pois. Guebuza merece pena de morte também sim. Já que ele não teve pena de roubar o povo, pena balística sim.

Scoob
Há possibilidade do envolvimento do Trio-do-Mapiku nessa morte?

Frank
- Ainda correm investigaçoes e, neste momento todos são suspeitos...tudo indica que Edu pagou ao Zofimo o dobro do que pagou a Euclé em um ano para distrair o pacato povo da Beira e esquecer as suas orgias sexuais em grupo, embora essa última tenha desviado uma boa parte para o Luck afim de organizarem a festa de pé na area

Scoob
- Frank você não consegue levar nada a sério, nem!?!

Frank
- Ok Scoob. Sinceramente, acho que Zofimo tem sangue bom, sangue prestativo, valente e Bravo... Se os seguranças do Guebuza fossem irmãos do Zofimo certamente os 24milhões de moçambicanos voltariam a ter esperanças na eliminação do abutre da ematumpatinhas.

Scoob
Desisto Frank, paragem cobrador.

Frank
Espera Scoob, entrega ao Zofimo isto 🎁🎗🏅🎖🏆🕴

Scoob
🤗🤗🤗
Só se for para entregar a título póstumo

Frank
- Hum, não me digas que já massacraram o Zofimo?
O tio ematumpatinhas parece mesmo da Munhava, ASSIM FEZ JUSTIÇA COM AS PRÓPRIAS MÃOS!

Scoob
Frank, se é para morrer pela boca vá sozinho...DISTRAS
Gosto · 4 · 15/12 às 8:34


Chitukulu Mucumba Kkkk
Gosto · 1 · 15/12 às 8:53


Chitukulu Mucumba Estou a pedir este comentário no PVT. Kkkk. Nao consigo copiar
Gosto · 1 · 15/12 às 9:12


Leila Perci Kakakakakakakakakaka
Gosto · 1 · 15/12 às 18:51


Dercio Amos Nhansue Justiça divina??????
Chang ainda este ano perdeu a esposa ali no acidente em tchumene
Agora é a valentina???????
Gosto · 1 · 15/12 às 8:49


Uriel Menete Enquanto continuarmos a fazer analises Politizadas de fenomenos que de Politicos têm pouco...continuaremos a contaminar todos os tecidos da nossa Sociedade com a podridão que é caracteristica na nossa Politica...algumas analogias completamente inapropriadas deixam me triste!
Gosto · 1 · 15/12 às 8:50


Edgar Barroso Todos os dias são dias apropriados para discutirmos sobre os nossos problemas de interesse nacional. Sempre com novas achegas, perspectivas e inputs. Se tu, prezado Uriel, não consegues ver o nexo de causalidade entre o "fenómeno" de proliferação indiscriminada de armas de fogo no nosso país (incluindo não só partidos políticos sobejamente conhecidos, como também o crime organizado e até nas nossas elites político-empresariais) e a prevalência da criminalidade violenta, o problema é teu. Eu vejo. Não poderia ser mais oportuno.
Gosto · 9 · 15/12 às 8:55


Uriel Menete A Criminologia é uma ciencia, e como tal, para que se apresente teses é preciso que se tenha feito algum estudo, seguindo metodos concretos... Esse sua suposta conclusão sobre o "Nexo de causalidade" tem algum alicerce...ou é uma opnião sua?
Gosto · 15/12 às 9:01


Uriel Menete Se falarmos da Renamo...da PRM, empresas de Segurança...estaremos no mesmo barco...no que tange as elites...honestamente é preciso apresentar dados.
Gosto · 15/12 às 9:08


Edgar Barroso Vou explicar melhor: mais armas (nas mãos de quem quer que seja), maior probabilidade de ocorrência de criminalidade violenta... seja por motivos ou políticos, ou económicos, ou passionais... espero ter sido suficientemente claro agora.
Gosto · 6 · 15/12 às 9:09


Augusto De Almeida Interessante! Faz-me pensar no termo "justiça poética"...
Gosto · 15/12 às 9:03


Melody Obc Disseste o que eu pensei, no limiar do teu post. :D
Só a Renamo?
Gosto · 1 · 15/12 às 9:06


Vassili Vassiliev Mortal!
Gosto · 15/12 às 9:29


Adrian Magoo Uma vez eu escrevi aqui. Antes de 2012, era mais seguro ter um carro avariado na EN1, no troço Inchope - Caia, onde homens armados da Renamo estão desde 1992, do que na Av. Joaquim Chissano na capital do país.
Gosto · 1 · 15/12 às 9:41

Homer Wolf

"A MORTE DO ANO"?...

Acabo de ler isso num comentário (infeliz).
Diz assim: «...há necessidade de se combater a violência contra a mulher, falando concretamente da morte do ano»


Eish, há gente sinistra pah!...




Gosto


Gosto

Adoro

Riso

Surpresa

Tristeza

Ira

Partilhar

3232
Comentários


Iva Mugalela Sinistra é favor...!
Gosto · 1 · 1 h


Cristiana Cuamba Eish povo que já não sente nada.
Gosto · 1 h · Editado


Jeck Alcolete Valores!
Gosto · 1 h


Homer Wolf Sociedade hiper consumista: tudo virou evento. Tudo virou motivo de classificaçáo do status social...
Gosto · 3 · 1 h


Ilidio Malunguisse Ya, é preocupante!
Gosto · 54 min


Ricardino Jorge Ricardo E as mortes que acontecem um pouco por toda pérola, o que "eles" têm a nos dizer? Sinistralidade demais!...
Gosto · 1 · 1 h


Mussá Roots Tsc...
Gosto · 1 h


Belarmino A. Lovane Não vejo nada de "sinistro" Mano Homer Wolf. Realmente, é preciso incentivar a nossa sociedade para ser mais tolerante nos casos de violências domésticas. Sabes, nós os homens ainda andamos com "manias" de pensar que as nossas namoradas/esposas são nossas prioridades. Pior ainda com este negócio do homem ser o "porta voz" ou variante dominante na relação. Muitos não estamos ainda preparados para conviver com uma mulher com mais "Txeda", "poderosa", com "fibra", etc. A sociedade precisa refazer o sentido de "mulher" que dominou—nos durante muitos anos e reconstruir o espaço desta nas relações e nos anseios da própria sociedade.
Gosto · 3 · 1 h · Editado


Homer Wolf Sim, mas isso náo implica que a morte da Valentina (RIP) seja "mais morte" - ou mais "importante" - que a morte de uma outra pessoa falecida no presente ano...
Gosto · 2 · 1 h


Belarmino A. Lovane Temo em dizer isso mas vou ter que dizer: há situações de referência nas nossas sociedades que são tidas como referência pra suscitar alguma reflexão ou para servir de instrumento de educação da sociedade, pela grandeza do acontecimento. Não há morte maior ou menor mas há aqui uma abrangência qualitativa da informação que torna está morte de "referência". É isso, que faz —nos refletir sobre os diferentes casos, não que sejam menos importante mas "são menos conhecidos" e não do domínio público.
Gosto · 1 h


Belarmino A. Lovane Por isso, há situações que são punidas na sociedade como "exemplo" por vezes com um pouco mais de exagero comparando com um "Zé ninguém". NB: não estou a dizer que seja certo ou errado, simplesmente clarificando como os "factos sociais" são tratados na sociedade.
Gosto · 1 h


Maria João Marques Belarmino A. Lovane são sim do dominio publico, e estão mais próximo do que imagina, não se quer é ver , nem "mexer" no assunto. Em Portugal o ano passado morreram 43 mulheres , pelas mãos dos seus companheiros , espancadas, foram mais de mil , o Belmiro acha que isto não é do dominio publico? É sim. Daqui a 15 dias, já pouco ou nada se falará... e daqui a 6 meses ninguém se vai lembrar ,é um assunto que não interessa mexer... e nada se vai fazer ... Infelizmente ,estou absolutamente convicta disso .
Gosto · 1 h


Homer Wolf Desculpa lá, mas mesmo quando morreu Samora, não ouvi ninguem a dizer que era "a morte do ano"...

PS: para mim, esse rotulo dá ideia de um "evento festivo"...
Gosto · 2 · 1 h · Editado


Belarmino A. Lovane Maria João Marques, São com certeza casos mais próximos porque aconteceu na sociedade em que estamos inseridos. Aliás, há vários casos destes que acontecem a cada dia mas a verdade é que alguns destes casos não mexem com o plano Nacional (como um TODO). Diferentemente do referido caso em Portugal ou da FILHA DO EX—PR—/UM DOS HOMENS MAIS RICO, PODEROSA DO PAIS que o ângulo de análise desperta atenção Nacional e invade o Todo o "plano Nacional" pela dimensão da pessoa.
Gosto · 1 h


Belarmino A. Lovane Neste aspeto concordo meu caro Homer Wolf... Foi uma tentativa de "dizer o bonito pronunciando o feio". "MORTE DO ANO"— é uma reflexão pobre mas é um acontecimento que carece de uma reflexão como uma "amostra" — muito mais nos referidos casos de violência doméstica.
Gosto · 1 h


Person Dai Aurelio Tens toda razão respeitado Homer Wolf, mas peco para nao se limitar em analisar os pronunciamentos sobre esse acontecimento, mas procurar analisar o porque dessas reações. Niguem nasceu odeiando o outro, a pessoa desenvolve esse tipo de comportamento atraves de certos instimulos que lhe sao bombardiado. ja imaginou qual foi a reacçao da familia do jovem morto pela segurança da Valentina na discoteca? nem quero imaginar. A Valentina esta sendo alvo do comportamento que ela mesma desenvolveu nos mocambicanos ainda em vida. Num pais pobre como o nosso, onde a maioria vive na miseria, é inadmissivel alguem afirmar que sua familia de uma riqueza que pode comer 100 anos sem precisar trabalhar.
Gosto · 25 min


Person Dai Aurelio A vida é como uma casa, temos que saber construir para que amanhã vivamos nele com segurança.
Gosto · 24 min


Maria João Marques 300.000 mortes do ano , entre Siria e Mar do Mediterraneo ... Just saying :-(
Gosto · 1 h


Antonio Júnior opinioes sao opinioes, mas acho k o mano esta tentar nos puxar para aquilo que sao as suas paixonites, sinceramente ha mortes k podiam soar mais k esta e k o irmao poderia se posicionar desta forma pelo que acho infeliz esse post quando morreu pondeca um.tipo que estava.a tratar o assunto da nossa paz nao houve esse alvorosso todo, entao penso k ha cores aqui
Gosto · 3 · 1 hGildo Hotflava Mabote É pertinente
Gosto · 15/12 às 9:50


Dércio Tsandzana Na verdade esses analistas possuem mentes armadas mais do que as pessoas que tem as armas em punho. Todos sabemos que o debate de culpabilizar o vizinho é falso e não é de hoje, exemplos não faltam...eis mais um.
Gosto · 8 · 15/12 às 12:12


Marcelo Mosse

Do balanço do ano dirão que ele pende para o norte quando fornicamos todos os sóis da nossa esperança...com sangue a tiracolo e um desfile de escondidas onde o coito é um apeadeiro desabando. Que balanço mesmo? Do sangue que nos suga o arfar vital?...e no palco um trapezista taciturno acenando com seu discurso de paz quando o enredo é uma tragédia fervilhante em sua sanha assassina. Paz falada? Deixem-no ir sucumbindo lentamente, envolto em sua mortalha belica. Mas que balanço dum ano aos ziguezagues nos "my loves" dessa malfadada dívida que desnudou esta ganância fedorenta? E uma teimosia debitada a cada um dos nossos pobres. Pois ao Estado da Nação só a poesia pode safar.


Ilidio Da Silva Nunca simples palavras tiveram um significado tao profundo para mim.
Gosto · Responder · 3 · 6 h


Manuel Matola A sua prosa ja diz tudo. Que balanco!
Gosto · Responder · 2 · 6 h


Ilidio Malunguisse Se bem que o PR poderia se servir da linguagem poética no seu discurso hehehe...
Gosto · Responder · 1 · 6 h


Filimao Matiquite MM, o balanço do ano resume-se exactamente nas suas sabias palavras: guerra,fome,dividas ocultas e infundadas. Morte lenta ou acelerada?
Gosto · Responder · 1 · 5 h


Abdul Magide Sidi Hassam Chego a pensar que melhor fazer de conta que 2016 não existiu...vamos fazer um balanço conjunto no fim de 2o17. O que será que vamos ter no discurso na 2a feira?
Gosto · Responder · 1 · 5 h


Teo Nhangumele ... a não ser que queiram falar de um outro estado, pois para falar deste vai ser necessário muita criatividade poética.
Gosto · Responder · 3 · 5 h · Editado


Helder Morgamo Culumba Naquela época dos Fariseus e Saduceus ficou registrado, o seguinte: "Porque há muitos de sordenados, faladores, vãos e enganadores, principalmente os da circuncisão, Aos quais convém tapar a boca; homens que transtornam casas inteiras ensinando o que não convém, por torpe ganância. Um deles, seu próprio profeta, disse: Os cretenses são sempre mentirosos, bestas ruins, ventres preguiçosos. Epístola do Apóstolo Paulo a Tito 1:10-12. E quais foram as recomendações de Samora Machel ao POVO MOÇAMBICANO? Os "CRETENSES" do seu partido são sérios? O este ano o Estado da Nação foi petiscada do FMI, em virtude de sido atípico para alimentar ás família moçambicanas.
Gosto · Responder · 1 · 4 h · Editado


Tininha Samuel Mbaila Pesado. ..sem deixar de referir a riqueza literária
Gosto · Responder · 1 · 3 h


Daniel Costa Não há balanço próximo da urdidura esquzofrénica que carpe um estalido ungido pro sopé aritmico do sucumbe da turba sentada. Vocivera no seu balbúcio palavras do desbalanço em que se nos encalhamos e na mesma barca nus cuspimos para de bruços tentar à margem e aí amejamos suspiros de borco. 2017 vai prenhe deste acénico ano, porque já debilitadoa ninguém nos vé ao de longe, nossa mão a clamar por melhores dias.

Marcelo Mosse
Ontem às 15:17 ·
A maior tirada sarcástica do ano foi o auto retrato de um certo modo elitista de estar em Moçambique que Mr Zimba pintou nomeando assim a famigerada empresa das comissões da LAM. Nao é preciso entrar no subconsciente mais profundo do homem para lhe capturar sua genialidade macabra. Ele deve entrar para os anais...quando um dia se fizer a arqueologia da ladroagem em Moz ele terá seu mérito como aquele que numa só palavra nomeou e mostrou como se faz... como se empobrece o povo...por isso não tem como escapar a indignação e julgamento popular ... aqui bem retratado pelo persistente Neivaldo Nhatugueja. E o Sacana se vai aguentando. Perdeu a assertividade do Machado mas continua na mesma linha de comentarismo politico e denúncia social. Gosto



Edmilson Neves Mais que palavras tão bem proferidas.
Gosto · Responder · 3 · Ontem às 16:20


Michaque Tembe Tembe Pessoalmente, mais do que genialdade é, como diriam os Brasileiros, ser cara de pau para dar nome ao que as coisas são realmente. O nome de xihivhele é maia ou menos dispensario, repositório, lugar ou recipiente ESPECIFICAMENTE para guardar produto de roubo ou furto. Tamanha ousadia, não esperava.
Gosto · Responder · 2 · Ontem às 17:02


Homer Wolf E tu, num parágrafo, arremataste melhor ainda... eh eh eh
Gosto · Responder · 4 · Ontem às 19:42


Vaz de Sousa Também ...Gosto.
Gosto · Responder · 1 · Ontem às 20:37


Carlos E. Nazareth Ribeiro EISH! Marcelo Mosse, viu o que deu ser directo?! Gostei!
Gosto · Responder · 21 h


Faustino Sigavane Ler e reler. Muito profundo. Abraço
Gosto · Responder · 10 h


Jorge Carlos Cavele Tenho uma pergunta, talvez alguem me esclareça. Fala se de 800mil dolares , MAs feitas as contas ninguém diz onde foram parar os 580mil dolares deste negocio fraudolento, há gato Escondido com o rabo de fora. Ajudem me a entender...


Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook