segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Desconhecidos roubam único computador da Assembleia Municipal de Quelimane


Instituição é assaltada pela terceira vez
A Assembleia Municipal de Quelimane, na Zambézia, foi assaltada pela terceira vez, Sexta-feira. Os malfeitores arrombaram a porta traseira das instalações e levaram um computador completo, que, segundo informações, era o único da assembleia.
O computador possui informações relevantes das sessões, relatórios das comissões de trabalho e transcrições de petições e queixas dos munícipes.  
A instituição é guarnecida pela polícia municipal, mas esta só se faz presente durante o dia, ficando de noite abandonada.
Consta que a segurança municipal não tem sido eficaz na protecção das instalações, e os membros da Assembleia Municipal estão indignados com a situação.
“Nós já estamos cansados desta história de roubos desta natureza. A pessoa entra sempre pela mesma porta, e como resposta sempre que acontecem estas coisas eles arranjam uma chapa de madeira e colocam lá na porta e tapam. Sinto que há uma necessidade de se reforçar a segurança do próprio estabelecimento”, disse o chefe da bancada do MDM, Abrão Macete.
Edifício da Assembleia em elevado estado de degradação
O edifício que decide a vida dos munícipes de Quelimane está no autêntico abandono sob olhar impávido das autoridades municipais. O tecto está a ruir aos pedaços, dificultando trabalho dos membros da assembleia municipal sempre que chove.
O Presidente da Assembleia Municipal, Domingos de Albuquerque, diz que o edil abandonou por completo este órgão deliberativo.
“Quando tomamos posse, fez-se um levantamento de todos os bens para se fazer as devidas substituições do que estava estragado, submetemos uma carta ao Conselho Municipal a pedirmos a reabilitação do edifício e até hoje não tivemos resposta”, disse Albuquerque.
A luz no fundo do túnel para recuperar estas instalações poderá vir do programa para o desenvolvimento municipal, parceiro do município que mostrou interesse em reabilitar o edifício.

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook