sábado, 31 de dezembro de 2016

“Aquela loucura de andar a prolongar a vida não vai ser feita”

Eduardo Barroso sobre Mário Soares:

O sobrinho do antigo chefe de Estado falou aos jornalistas sobre o estado de saúde do tio.
Eduardo Barroso revelou nesta sexta-feira que a família e a equipa médica que acompanha Mário Soares decidiram que a vida do ex-Presidente da República não será prolongada com recurso às máquinas.
"Aquela loucura de andar a prolongar a vida não vai ser feita", disse Eduardo Barroso, em declarações aos jornalistas.
“Essas decisões em relação aos doentes são tomadas pelos médicos em conjunto com as famílias e foi o que aconteceu”, declarou. O sobrinho do antigo chefe de Estado, que diz que a equipa médica está “a fazer tudo o que é correcto”, afirmou ainda que Mário Soares passou bem a noite.
Conforme José Barata, porta-voz do Hospital da Cruz Vermelha, tem vindo a referir em todos os boletins clínicos durante esta semana, Mário Soares não necessita de “suporte externo”.
“Não se vai fazer diálise, não se vai ventilar porque não é preciso. Ele respira melhor que eu”, disse ainda Eduardo Barroso.
O antigo chefe de Estado, de 92 anos, encontra-se internado desde o dia 13 deste mês, onde permanece nos cuidados intensivos.
No boletim clínico emitido nesta sexta-feira, o porta-voz do Hospital da Cruz Vermelha afirmou que Mário Soares continua em situação "muito crítica", embora tenha havido uma estabilização face a quinta-feira, dia em que o estado clínico do ex-Presidente se agravou.

Sem comentários:

Ocorreu um erro neste dispositivo