sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Alimentos que podem ser mortais se não forem bem cozinhados



Alimentos que podem ser mortais se não forem bem cozinhados
dezembro 30
17:262016
Cozinhar é a melhor forma de tornar os alimentos mais suaves e fáceis de comer, mas também para manter a sua salubridade.
O site The Daily Meal destacou uma lista dos sete alimentos que o podem matar se os comer sem cozinhar:
1. Brotos de bambu. Antes de poderem ser consumidos é preciso cortar as partes fibrosas , e em seguida os brotos precisam de ser fervidos. Quando consumido cru, o bambu contém uma toxina que produz cianeto no intestino.
2. Mandioca. Embora seja um dos hidratos de carbono mais consumidos no mundo, é perigosamente tóxica quando consumida crua porque contém glucósidos cianogénicos, que desencadeiam a libertação do cianeto de hidrogénio. A mandioca deve ser mergulhada e fermentada por pelo menos um dia antes de ser cozida, mas algumas variedades doces de mandioca contêm menos glicosídeos cianogênicos e são seguras para comer depois de cozinhadas completamente apenas.
3. Frango. Esta carne pode ser perigosa se não for aquecido até à temperatura interna adequada de 73,8ºC. A carne de frango ou galinha crua é especialmente suscetível a salmonela, bactéria que provoca a salmonelose, levando a diarreia severa, cólicas abdominais, náuseas e vómitos. Embora a salmonelose não ponha necessariamente a sua vida em risco, é especialmente perigosa para mulheres grávidas, crianças, ou qualquer pessoa com um sistema imunológico comprometido.
4. Favas e feijão manteiga. Podem ser verdadeiros ‘assassinos’ quando consumidos crus, pois podem conter altos níveis de cianeto. Se cozinha os feijões cruos certifique-se de que os ferve a descoberto para permitir que o gás cianeto se escape.
5. Feijão vermelho. Deve ser cozido durante 30 minutos para assegurar que as elevadas quantidades de fito-hemaglutinina, uma proteína encontrada em leguminosas que pode ser tóxica quando consumida em excesso, é destruído.
6. Peixe-balão. Várias partes do peixe-balão, e especialmente o fígado, contêm tetrodotoxina, uma toxina 1.200 vezes mais mortal do que o cianeto. A fim de ser certificado para preparar o peixe-balão (conhecido como fugu no Japão, o seu principal país de consumo), os chefs devem passar por treino especial que pode durar até três anos.
7. Folhas de ruibarbo. As folhas deste alimento contêm uma elevada percentagem de ácido oxálico, um agente corrosivo que está presente em concentrações menores em várias plantas. As hastes têm consideravelmente menos ácido oxálico e são completamente seguras para comer.

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook