quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

A versão de Zofımo sobre o baleamento da Valentina Guebuza


Marcelo Mosse

"Então Zofimo foi em direcao a atiradora e tentou arrancar a arma, numa algazarra, e Valentina Guebuza continuava com o dedo no gatilho e , por um mau jeito, na tentativa de arrancar a arma, o cano virou se para a propria Valentina e quatro tiros mataram-na." In Canal de Mocambique, edicao de hoje.
Meu comentário: uma agressão ao jornalismo e ao bom senso dos leitores.

Kaldır
Adrian Magoo Eu nao duvido que isso tenha acontecido assim como vem no Jornal. Estando em Moçambique, é Normalíssimo.
5 · 10 saatKaldır

Kaldır
Iz Dimande E não se devia ler esse artigo! Em pericia qualquer incauto verá que não se dá 4tiros por erros ou por defesa corporal, ou por tentativa de sacar a arma. Isso sim é um jeito de tirar uma agulha no palheiro.
3 · 10 saatKaldır

Kaldır
Eliha Bukeni Kkkkklll.....os advogados ja entraram em cena. 1. Legitima defesa, 2. Homicidio involuntario, 3. Homicidio voluntario!
1 · 10 saatKaldır

Kaldır
Altino Macauze Macauze Toda historia relatada a esse respeito nao acredetido nem que houve morte. a unica coisa que tenho certeza e que existe um homem e sua familia que pilhou este paz e nos deichou na penuria
3 · 10 saatKaldır

Kaldır
Mussá Roots Sei...Hitler está vivo, e está na serra de gorongosa...há,sim Fidel castro não morreu...karl marx, está entre nós ajudando a saír da crise.

Aquela senhora daquela esquina, que levou tiros na cabeça, também não morreu.
5 · 10 saatKaldır

Kaldır
Joaquim Gove Nwina mahlanya. Aloko minga loyi, antximba madla... Pfutsekani... N'thlaaahhh... Mussá Roots, Altino Macauze Macauze e gang toda de insensatos e insensíveis.
Com o respeito que tenho por vós...
9 saatKaldır

Kaldır
Mussá Roots Joaquim Gove, se você não percebe, ironías, problema teu...eh eh eh eh

2 · 9 saatKaldır

Kaldır
Joaquim Gove Paz, Mussá Roots
1 · 9 saatKaldır

Kaldır
Egidio Matsinhe Parece que estas fora do contexto. Reveja o post e comente
1 · 8 saatKaldır

Kaldır
Joaquim Gove Lí o 'post' e reagi ao comentário do Altino Macause Macause.
7 saatKaldır

Kaldır
Edmundo Galiza Matos Mussá Roots Boa Mussá. Há com cada gaju de uma estupidez olímpica. Hewena......
3 · 5 saat · DüzenlendiKaldır

Kaldır
Vaso Ruim Mussá Roots Boa licão de Português!
2 saatKaldır

Kaldır
Mussá Roots Canal de Moçambique, #Firme na sua agenda...
5 · 10 saatKaldır

Kaldır
Nguila Nyangulane Ficçao!
4 · 10 saatKaldır

Kaldır
Cristiana Cuamba Nguila Nyangulane bota ficção.
10 saatKaldır

Kaldır
Cristiana Cuamba

10 saatKaldır

Kaldır
Schauque Spirou só posso provocar-vos senhores jornalistas: Matias De Jesus Júnior defenda-se com FIRMEZA!
6 · 10 saatKaldır

Kaldır
Cristiana Cuamba Filmes só.Matias please esse filme não está nada bom.Então o pulso da malograda está quebrado?
2 · 9 saatKaldır

Kaldır
Francey Zeúte Missão impossível M18.
8 saatKaldır

Kaldır
Matias De Jesus Júnior Ja comentei neste mesmo post. Só Marcelo Mosse pode explicar porquê deturpou o conteúdo do Canal de Moçambique. Já coloquei neste mesmo post o que o Canal escreveu. Podem ler e tirar as vossas conclusões.
3 · 8 saatKaldır

Kaldır
Francey Zeúte Obrigado Matias, não li ainda o prestigiado Canal de Moçambique e, espero nao ler como vem na nota acima.
1 · 8 saatKaldır

Kaldır
Kyd Figueira he he he eh eh
10 saatKaldır

Kaldır
Rui Costa Mas que palermice.!
1 · 10 saatKaldır

Kaldır
Rui Helder Guilaze Marcelo Mosse
Ainda prefiro aquele que proferem insultos a minha mãe do que aqueles que INSULTAM A MINHA INTELIGÊNCIA...
8 · 9 saat · DüzenlendiKaldır

Kaldır
Euclides Flavio Qualquer estudo/interpretação deve ter um ponto de partida. O CANAL FEZ A SUA PARTE COMO JORNAL. ACHO QUE MESMO AS CONCLUSÕES DA PERÍCIA SERÃO ALVO DE QUESTIONAMENTO. Portanto, não vejo nenhum problema no que o jornal descreveu.
4 · 9 saat · DüzenlendiKaldır

Kaldır
Rui Helder Guilaze Para mim, o problema não é esse. Tem de haver alguma lógica no que é escrito. Ao mesmo tempo, fica claro, sendo o jornal que é, o seu posicionamento no assunto, o que de per si, não ajuda.
9 saatKaldır

Kaldır
Euclides Flavio Claro em termos de rigor jornalístico há problemas nesta construção. Pois, emitiu-se juízos. Mas saluto pelo facto de trazer uma informação que pode ser tubo de escape para se chegar a veracidade dos factos. Veja que todos desde a morte só se limitam em falar do número de balas apenas.
9 saat · DüzenlendiKaldır

Kaldır
Rui Helder Guilaze Mas, o problema está aí...no jornalismo não existe espaço para isso...NUMA PEÇA DE REPORTAGEM.
A emissão de juízos de valor é num...ARTIGO DE OPINIÃO porque aí, o articulista leva para si a responsabilidade da escrita...
1 · 9 saatKaldır

Kaldır
Euclides Flavio Infelizmente mesmo em géneros noticiosos o nosso jornalismo é construído de presunçoes.
9 saatKaldır

Kaldır
Ido Alfred Firme em legítima defesa
9 saatKaldır

Kaldır
Adriano Biza Escolas jornalisticas em peleja...
2 · 9 saatKaldır

Kaldır
Marcelo Mosse Não se trata de escolas. Trata se lógica....é possível alguém disparar contra si quatro vezes de forma involuntaria?
7 · 9 saatKaldır

Kaldır
Nguila Nyangulane A nao ser que os tiros tenham saido pela culatra...
2 · 9 saatKaldır

Kaldır
Adriano Biza Entendo seu ponto mas noto igualmente que desde uns meses para ca ja andas nisso apontar lacunas jornalisticas e logicas ao 'Canal' e o proprio responde ou manda indirectas tambem. Somos leitores ha muito e adultos; nao nos usem porque gostamos do que ambos escrevem. Ou se encontram e sanem as diferencas ou ambos deixem de ser cobardes
2 · 9 saatKaldır

Kaldır
Nguila Nyangulane Mata sim Marcelo Mosse. Eu ja vi uma cena dessas num filme de bonecos animados...
5 · 9 saatKaldır

Kaldır
Marcelo Mosse cobarde? he he he he....
9 saatKaldır

Kaldır
Marcelo Mosse Não desço a esse nivel insultuoso de conversa. passe bem
3 · 9 saatKaldır

Kaldır
Carlos E. Nazareth Ribeiro Adriano Biza é lamentável o seu post, espero que o reconheça!
6 saatKaldır

Kaldır
Edmundo Galiza Matos Adriano Biza Desde quando um individuo é "cobarde" por emitir uma opinião?
4 · 5 saatKaldır

Kaldır
Edmundo Galiza Matos Nguila Nyangulane é verdade. O Bill The Kid era bom nisso. Ki ki ki ki ki....
1 · 4 saatKaldır

Kaldır
Zenaida Machado Não se encontrem nada. Continuem a expor em público mesmo... queremos ler.
1 · 4 saatKaldır

Kaldır
Fausto Quinhas Neste caso....tem de tudo um pouco... Como as varias versoes que surgem dia a dia... Mas a verdade sempre surge...
9 saatKaldır

Kaldır
Fausto Quinhas So na questao de posse de armas...quantos jovens filhos de graudos postam fotos e exibem armas de fogo? Ha muitos que tem pistolas mas nao tem uso e porte...
1 · 9 saatKaldır

Kaldır
Abdul Jabaru denuncie
8 saatKaldır

Kaldır
Ismael Chutumia Se a Policia não relata os factos, o resultado é este
3 · 9 saatKaldır

Kaldır
Donaldo Chongo Isso foi sim, mano MM, um insulto à inteligência dos leitores que pagaram para ler trafulhices.
9 saatKaldır

Kaldır
Antonio Gulube Oxa la que alguns tenham oportunidade de ver canal CI (criminal investigation), ai vai chegar a conclusao diferente. Quatro tiros mesmo que nao atinjam orgao vital nao e possivel ainda disparar tres vezes contra si.
9 saatKaldır

Kaldır
Sergio Jonas Namashulua Sabes ó Marcelo Mosse, vós que sois profissionais de informação deveis pugnar por tostão de lógica na abosrdagem das coisas sob pena de nós "outros" não acreditarmos no que dizem mesmo quando paira a verdade. Gostei da tua abordagem. Cresçamos todos (na lógica)
4 · 9 saatKaldır

Kaldır
Rui Helder Guilaze Pimba...o resto é conversa
9 saatKaldır

Kaldır
Macamo Thendai Eu tenho minha opniao e acredito nisso o comando agiu por legitima defesa.Mas a Deus entregou a justica.forca zofimo
9 saatKaldır

Kaldır
SMabote Simbine Concordo plenamente Mosse, é um atentado à inteligência dos leitores e e ao jornalismo Moçambicano
1 · 9 saatKaldır

Kaldır
Sura Rebelo Marcelo Mosse, é impossivel esse cenario?
1 · 9 saatKaldır

Kaldır
Francey Zeúte Amiga, faxavor!!!!!!!!
8 saatKaldır

Kaldır
Sura Rebelo Faxavor digo eu. Por mais absurdo q pareça muitos "absurdos"acontecem por este mundo fora.. ou não?
8 saatKaldır

Kaldır
Francey Zeúte Este é definitivamente de outra galáxia. SfFv!!!!!!
8 saatKaldır

Kaldır
Sura Rebelo Francey Zeúte com toda a franqueza: é impossivel este cenario?
8 saatKaldır

Kaldır
Muzila Wagner Nhatsave Baixaria total e completa.
2 · 9 saatKaldır

Kaldır
Imtiaz Vala O CSCS deve regular a actividade dos Orgaos da Comunicacao Social!Escreve-se tanta babuseira e esquecem o lado racional do Ser Humano(Leitores).
4 · 9 saat · DüzenlendiKaldır

Kaldır
Sura Rebelo Schauque Spirou numa disputa de arma esse cenario nao é impossivel. Agora o numero de tiros depende de outros factores...
1 · 9 saatKaldır

Kaldır
Schauque Spirou ta dificil perceber essa cena e ate complica o marido.... eu achava que estavam numa especie de duelo a far west, cada um com sua Gun e quem saca primeiro tawas....
1 · 9 saatKaldır

Kaldır
Sura Rebelo Para dares 4 tiros assim de rajada... tem q ter um cenario melhor explicado..
9 saatKaldır

Kaldır
Geraldo Manjate Mas tambem quem nos garante que foram 4 tiros? uma arma pode matar mesmo que seja um tiro desde que a bala va para uma zona sensivel...agora o resto do relato do canal é outra conversa a minha leitura dos trabalhos da Agatha Christie não é suficiente e nem me permite entrar nesse atalho, ha muita coisa escondida aqui, talvez Sherlock Holmes pode ajudar .
6 saat · DüzenlendiKaldır

Kaldır
Chico Nuvunga Oh já que ele trinava artes marciais... quem sabe
9 saatKaldır

Kaldır
Camilo da Silva Eu não vou opinar o sucedido, o que sei é que alguma coisa n está a bater certo, tds falam até hj de quatro tiros, o carregador só tinha cinco balas, a autópsia falou em cinco tiros na vítima... tudo isso põe m confuso
1 · 8 saatKaldır

Kaldır
Chico Nuvunga Hummm hummm hummm...
8 saatKaldır

Kaldır
Chico Nuvunga Vamos ouvir a versão do acusado autor
1 · 8 saatKaldır

Kaldır
Percina Machava Que para piorar não lhe dão chance de dar as caras aos médias....
Não compete ao ser humano julgar, pois vejo que a justiça dos homens não se fará sentir.
Mas a de Deus com certeza prevalecerá!!!
6 saatKaldır

Kaldır
Jeck Alcolete O que diz a perícia em relação a distância do tiro em relação ao alvo. A resposta a esta questão rebate a tese aqui do CanalMoz
1 · 8 saatKaldır

Kaldır
Antonio A. S. Kawaria Muito importante isso.
3 saatKaldır

Kaldır
Paulo da Conceição CSI Maputo
1 · 8 saatKaldır

Kaldır
Sura Rebelo O canal esteve la? Ou são as palavras do Zofimo? Para perceber o dito atentado ao jornalismo..
2 · 8 saatKaldır

Kaldır
Chico Nuvunga Balística, criminalística... gostaria de ouvir comentário do meu padrinho Antônio Jorge AJ Frangoulis
3 · 8 saatKaldır

Kaldır
Camilo da Silva Eu acho que este assunto está protegido, tornou se assunto de Estado, todas versões não passarão de especulações.
Na minha opinião se fosse um caso comum, já teríamos a versão verdadeira ou aproximada.
Assim estamos a opinar em torno de um texto jornalístico e vai ser assim por diante
7 · 8 saatKaldır

Kaldır
Linette Olofsson Sem dúvida!
6 saatKaldır

Kaldır
Ach Chauque Protegido?? Assunto do Estado (de que categoria)??

Para mim tem coisas maiores a serem escondidas por detrás desta morte (?) ou ainda, desta farsa de morte (!).


Quando uma pessoa morre em circunstâncias idênticas há um mar de vestígios que mesmo sem uma oficialização superam as especulações!
Infelizmente desta vez temos um misterio!!!
1 · 5 saatKaldır

Kaldır
Bernardino Tomo Eu não vejo razões de fundo para se considerar esse "trecho" de "uma agressão ao jornalismo e ao bom senso dos leitores". Em que sentido se refere (abordagem/estrutura? Infelizmente não vi toda publicação no jornal em causa, mas caso haja citação da FONTE (que forneceu todo historial apresentado), penso que o repórter cumpriu o seu dever (que consiste em transmitir os factos directa ou indirectamente), portanto cabe ao leitor fazer o JUIZO DE VALOR. O referido trecho ajuda-nos a fazer um cruzamento de informações que recebemos de outros órgãos de comunicação social e mesmo os conteúdos de esquina. Vamos ter muita calma em analisar conteúdos de âmbito jornalístico. Desculpa qualquer coisa! Não sou jornalista de Canal de Moçambique.
11 · 8 saatKaldır

Kaldır
Gilberto De Jesus Nguenha A fonte desse jornal foi sempre "anónima", assim. .?
1 · 8 saatKaldır

Kaldır
Rui Costa E ouviu o fontanário a explicar, telepaticamente em braile.... não é qualquer um que decifra.
7 saatKaldır

Kaldır
Bernardino Tomo kkkkk
7 saatKaldır

Kaldır
Bernardino Tomo Meu caro Gilberto! A preservação das fontes em jornalismo é muito importante. Se a pessoa não quiser ser identificada na noticia, o jornalista deve respeitar o seu posicionamento. O anonimato serve em jornalismo, mas atenção, é preciso ter muito cuidado com este tipo de fonte de informação. Não é tudo que o jornalista recebe...deve publicar de imediato. Todo cuidado é pouco. O repórter deve questionar sempre que receber uma determinada informação não só das fontes anónimas. Se o Canal de Moçambique diz que se "trata de uma fonte anónima", significa que está respeitar o principio da ética jornalística. Mas atenção, nunca se deve confundir esse princípio com "mentiras"/viciação de dados para depois dizer que foi uma fonte anónima que disse.
1 · 7 saatKaldır

Kaldır
Carlos Jordão Depende muito do tipo de arma, se estiver na posição de atirar rajadas, pode muito bem soltar 4,5,2,ou mais balas.
4 · 8 saatKaldır

Kaldır
Marcelo Mosse A Polícia fala em pistola ...ao segundo tiro você esta mortoo ou se não forem fatais você estaria se suicidando
8 saat · DüzenlendiKaldır

Kaldır
Abdul Jabaru Marcelo Mosse , durante uma disputa, se o revolver for automático e possível.
2 · 8 saatKaldır

Kaldır
Bernardino Tomo kkkkk
1 · 8 saatKaldır

Kaldır
Matias De Jesus Júnior

7 · 8 saatKaldır

Kaldır
Schauque Spirou Faltam nos dizer tipo de arma era (o revólver ) pra esse mau jeito ter se dado a ponto de haver 5 tiros pra ela. e mais : deviam perseguir o documento resultado da autópsia pra saber a distância dos tiros, a direcção das balas, e a profundidade dos ferimentos.
Pra dizer que neste caso pode acontecer tudo desde que analisados todos factos que foram investigados.
3 · 8 saatKaldır

Kaldır
Fernando Veloso Repondo a verdade do que vem realmente na edição de hoje do seminário Canal de Moçambique
1 · 7 saatKaldır

Kaldır
Ser - Huo Se a Valentina falhou o alvo, isso pode indicar que este estava há uma dada distância, de onde poderia se esconder e sumir, mas o alvo ora falhado decidiu por ir encarar a atiradora para arrancar a arma, e tufa, por mau gesto 4 tiros certos...
Tudo indica que as testemunhas, a assistente da casa da bebé, e o ajudante de campo, estavam lá na plateia do falha nao falha acerta. Okkkkk. Haaaaahhhh.
1 · 6 saatKaldır

Kaldır
Joao Cabrita Grato por ter reproduzido o que Canal de Moçambique noticiou, citando fontes que dizem ter estado no tribunal, Matias De Jesus Júnior. Sabe se houve um tiro fatal apenas? ou se os restantes 3 tiros teriam atingido partes não vitais do corpo da vítima durante a alegada briga?
5 saatKaldır

Kaldır
Ser - Huo Tentando traduzir, "se os restantes 3 tiros não teriam atingido partes vitais do corpo da vitima", então, a intenção era matar, daí a necessidade de um tiro fatal, neste caso, o quarto. Okkkkk
1 · 4 saatKaldır

Kaldır
Rodrigues Junior A arma que matou o embaixador da Rússia na Turquia me parece uma pistola e se for quantos tiros foram disparadas?
3 saatKaldır

Kaldır
Heleno Bombe A Guerra das fadas, quem pegou a arma e quem defendeu se eis a questao
8 saatKaldır

Kaldır
Egidio Matsinhe Derepente phannn todos facebookistas sao criminalistas. Eu amo o meu Pais. Lol
6 · 8 saatKaldır

Kaldır
Antonio A. S. Kawaria Na sua opinião, ninguém podia mais falar sobre o que sabe da arma?
3 saatKaldır

Kaldır
Ach Chauque Cade os criminalistas para nos tirar das especulacoes!
= O.
2 saatKaldır

Kaldır
Gulumba D. Mutemba O Canal Moz não pode escrever notícia desta natureza sem fundamentos,agora cabe a justiça acreditar na versão do acusado,porque acredito que isso tenha saído da sua boca,o que não sei é: será que foi o próprio Rofimo quem contou a Canal Moz ou foi uma das pessoas mais próxima dele?

Nesta altura de campeonato jornais anti regime são os mais procurados pela família,advogados,etc. do réu,para transmitir aos interessados a versão do réu.

4 tiros,aqui temos que saber que tipo de arma foi usada,porque tem daquelas armas automáticas,que só num puxão de gatilho tira mais de um tiro.
Agora no trabalho da perícia,se calhar independente não da Frelimo,é possível apurar a veracidade dos factos.
Mas pode se dar ao caso de ter disparado 4 tiros em jeito de nervosismo de quem escapou a morte.

Virou o cano e deu 4 tiros?
É possível?
Sim,é possível,o homem tem mais forças e coragem que a mulher,mas o marido aqui carrega a culpa,por que ao invés de usar a sua força para arrancar a arma usou para virar em direcção á ela e a assassinou.
3 · 8 saat · DüzenlendiKaldır

Kaldır
Camilo da Silva Afinal a arma disparada a quem pertencia?
3 · 8 saatKaldır

Kaldır
Camilo da Silva Essas (in)versões... com disse alguém tds somos ex perts na matéria
1 · 8 saatKaldır

Kaldır
Gulumba D. Mutemba Pertencia a toda família Guebuza,ainda não viste imagens desta família na exibição de material bélico?
Tenho certeza que estas armas não estavam registradas.
8 saatKaldır

Kaldır
Camilo da Silva A polícia disse que a arma era do Zófimo, o canal diz q era da malograda....
1 · 8 saatKaldır

Kaldır
Zé Capitini Porra realmente esse Canalzinho...é nojento.
1 · 7 saatKaldır

Kaldır
Uric Raúl Mandiquisse SÓ NOS FILMES
7 saatKaldır

Kaldır
Camilo da Silva Se fizermos uma análise comparativa, noutros países, chamavam peritos de área como, criminalistica, psicologia, direito, até investigadores forenses para programas televisivos, p darem sua opinião em relação a este caso.
Ops! Vou ali, meu chá está arrefecer
4 · 7 saatKaldır

Kaldır
Carolina Da Conceiçao Machate Nao entendo nada mas so no primeiro tiro a malograda largaria o gatilho...
3 · 7 saatKaldır

Kaldır
Zé Capitini Parece-me óbvio!
1 · 7 saatKaldır

Kaldır
Abdul Jabaru Existe uma área chamada de balística, para poder perceber. Sem dar apoio ao presumível assassino, por exemplo uma pistola glock automática dispara vinte tiros por segundo. A policia tem peritos que vão estudar todas hipóteses.
4 saatKaldır

Kaldır
Abdul Jabaru O angulo de penetração dos projecteis também vão dar a verdade do que terá acontecido na fatídica noite
4 saatKaldır

Kaldır
Joao Vembane Esses jornalistas também pah! !!!
7 saatKaldır

Kaldır
Décio Pedro Gomes Caro Marcelo Mosse, éu já não leio alguns jornais, prefiro ler os comentários dos que têm a verdade notícias nas redes sociais.
6 saatKaldır

Kaldır
Dias Carlos Ao estilo dos cowboys. Kkk
6 saatKaldır

Kaldır
Ser - Huo Chakuatika Nzero ainda faz aquele programa de humor que fecha com "a última incanbável da vida de um gajo"?
É que isso é humor da pesada.
6 saatKaldır

Kaldır
Laurindo Machado Esse jornal é uma desgraça!
1 · 5 saatKaldır

Kaldır
José de Matos Pelo que percebi o Canal reproduziu as declaraçoes de fontes que dizem ter estado no Tribunal e garantem que foi essa a versao de Zofimo! Por mais inverosimil que pareça, os peritos de balistica rejeitam essa versao ? Alguem que tenha estado no Tribunal ja desmentiu que o Zofimo disse isso ? Se a resposta é negativa, como podem atacar o Canal se nao ha contraditorio ? Estao a sugerir que o Canal ou as testemunhas mentiram , que o Canal nao devia publicar essa noticia ou que devia ter investigado mais?
1 · 4 saatKaldır

Kaldır
Americo Pinheiro Não li o artigo por isso não vou fazer comentários nem juízos de valor por um pequeno excerto aqui transcrito. Como pessoa abalizada na área em referência, e do que tenho lido sobre o assunto, ressaltam algumas questões: a primeira é que tipo de arma foi usada? A segunda é quantas pessoas estavam empunhando armas. A terceira é qual o calibre dos projéteis encontrados no corpo da vítima ou encontrados nos objectos e paredes circundantes na trajetória dos que atravessaram o corpo da vítima? Sabendo-se a resposta concreta a estas perguntas saber-se-à que arma matou a vítima. No caso de ter havida luta corpo a corpo, e tratando-se de arma automática de cano curto tipo Uzi ou similar, o suspeito pode, por ser do sexo masculino e conhecedor de artes marciais, pode ter feito rodar a arma na direção da vítima, esticando assim o braço da mesma e o tendão do dedo indicador que aperta o gatilho a disparar a arma contra si própria. Tratando-se de arma automática de grande cadência de tiro, tipo Uzi ou similar, 4 projecteis são disparados numa fração de segundos, imobilizando instantaneamente a vítima.
1 · 3 saatKaldır

Kaldır
Carlos Viegas Nunes Não fizeram autópsia nenhuma.nao houve peritagem forense ao local do crime e não há nenhuma if oração sobre a arma do crime . Portanto tudo e especulação !
2 saatKaldır

Kaldır
Americo Pinheiro Carlos Viegas Nunes neste caso a morte da presumível vitma também é especulação? Baseei-me nas declarações do suspeito e viúvo da vítima à polícia que constam da imprensa. Por ser esta teoria que mais se aproxima das suas declarações. Para mim a única incógnita é a marca o calibre e o tipo de arma utilizada. Como é que o senhor sabe que não houve intervenção e autópsia da medicina legal? Como sabe que não houve peritagens efectuadas pela Polícia de Investigação Criminal, que é a autoridade competente? Neste caso parece saber muito mais do a generalidade de nós sabe.
1 · 2 saatKaldır

Kaldır
Ser - Huo O Carlos vai nos fornecer um pouco do que sabe.
1 saatKaldır

Kaldır
Joni Schwalbach O artigo apenas cita declarações. Não é nenhuma opinião. Qual é o problema?
2 · 3 saatKaldır

Kaldır
Momade Assife Abdul Satar jornalistas de meia tigela
chamo eu.
1 · 3 saatKaldır

Kaldır
Necas Langa Quando o Marcelo Mosse escreve, eu gosto, e gosto porquê? Porque na sua escrita, nas suas análises ñ sinto "encomendas", ñ sinto amor nem ódio, sinto sim um jornalismo poético e verdadeiramente imparcial....Congratulations....
1 · 1 saat · DüzenlendiKaldır

Kaldır
Ach Chauque Neste assunto (em relação ao jornalismo): eu colocaria um grande martelo em cima de todo o jornalismo investigativo deste Pais! Onde anda afinal, para nos trazer a verdade dos factos???

Eu até me arrisco a dizer que a Valentina não morreu! Bateu uma retirada do cenário político, económico e social do Pais, a moda Nhympine!

Os factos inexistentes (além do que alguém veio a tv dizer) abrem o campo de questionamentos, especulações e hipoteses!

- Será que morreu mesmo?
- Se morreu, terá sido morta mesmo pelo marido?
- A estranheza dos 4 tiros?
- como é o marido consegui sair de uma casa bem guarnecida após soarem 4 tiros??
- Quem testemunha tudo isso??
- Há vestígios ou não??
- Por que o mistério à volta desta morte ( ...privações ligadas a abertura do caixão; etc)?
- Qual é a versão do Marido??
- De quem era a arma??
- dentre outras questões...
1 saatKaldır

Kaldır
Antonio Messias ate os escribas dos canais fieis ao partido no poder o nosso partido de vanguarda em algum momento exibem cenas como nos filmes de terence hill e bud spencer ,,,,, ha muitas armas ilegais com muitos filhos de papais com conhecimento e consentimento destes coitado de nos que nos envolvemos com as filhinhas que ficamos portadores elegais quando a estes nao convem......
1 saatKaldır

Kaldır
Suneida Gafur Epah mentiras tem limites!
27 dk.Kaldır

Kaldır
Álvaro AP Cortesão Casimiro Estimado Marcelo Mosse é essa versão contra aquela que decorre do pedido desculpas público da familia Muiuane apresentado durante a cerimónia fúnebre que teve lugar na Paróquia de Chamanculo, da Igreja Presbiteriana de Moçambique.
3 dk.

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook