sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Quatro indivíduos nas mãos da Polícia em Gaza e Maputo por abuso sexual de crianças



PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Nacional
Escrito por Emildo Sambo  em 16 Novembro 2016
Share/Save/Bookmark
Três cidadãos encontram-se privados de liberdade e do banho do sol, desde a semana finda, na cidade de Xai-Xai e no distrito de Chongoene, província de Gaza, acusados de abusar sexualmente de igual número de crianças de nove anos de idade, na ausência dos pais.
Os presumíveis estupradores, de 18, 29 e 60 anos de idade, aproveitaram-se da ausência dos pais e/ou encarregados de educação das vítimas para abusarem delas.
Segundo o Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM), o cidadão de 18 anos, por exemplo, residente no bairro Inhamissa e responde pelo nome de J. Bila. Ele foi preso a 07 de Novembro em curso.
Sem avançar números nem detalhes sobre as violações em alusão, a PRM em Gaza considera que a violação sexual de crianças é um problema constante em alguns daquela parcela dos país, por isso, apela aos progenitores a prestar maior atenção nos filhos e a aprimorar as medidas de seguranças.
Para além disso, nunca se deve deixarem as crianças sob os cuidados de pessoas de conduta duvidosa, sobretudo porque os predadores sexuais são indivíduos próximos das famílias das vítimas.
Já na província de Maputo, um outro indivíduo identificado pelo nome de A. Zandamela, de 37 anos de idade, esta a contas com as autoridades, indiciado, também, de violação sexual de uma menor de 12 anos de idade.
O visado, residente no bairro da Liberdade (Matola), caiu nas mãos dos agentes da Lei e Ordem a 09 do corrente mês. A Polícia não revelou os contornos do crime.
Refira-se que, em Setembro passado, outros dois cidadãos, entre os quais um ancião, foram detidos também em Gaza, acusados de abusar sexualmente de crianças com idades que variam de três e 12 anos.
Um dos casos deu-se em Manjacaze, onde um idoso de 69 anos de idade estuprou a neta de oito anos de idade, na ausência dos pais da vítima.
Ainda na mesma província, no bairro Patrice Lumumba, na cidade de Xai-Xai, um adolescente de 16 anos de idade foi encarcerado por violar sexualmente uma criança de três anos.

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook