terça-feira, 29 de novembro de 2016

PONTO DE SITUAÇÃO DAS NEGOCIACÕES

O processo negocial ainda esta estagnado porque a frelimo não sabe o quer e nem sabe defender se, ou melhor, não consegue apresentar argumentos plausíveis que justifiquem a sua postura apática no processo negocial mas queremos acreditar que o impasse será ultrapassado porque há muita pressão interna e externa.
A renamo continua a exigir que a frelimo clarifique a sua posição. Também a renamo já fez saber que caso a situação continue como está, irá lançar operações militares de grande escala que culminarão com a ocupação das 6 provincias e assim resolver definitivamente este assunto. Por isso, é de esperar que o impasse negocial venha a ser ultrapassado a breve trecho porque se a renamo enveredar pela estratégia militar a frelimo sentir-se - à acuada e terá que fazer algo para evitar a derrocada.
Na cabeça da frelimo, a próxima reacção da renamo ao fracasso do processo negocial será a intensificação dos ataques nas estradas das regiões centro e norte e aos comboios da vale (que por acaso já recomeçaram a circular, eventualmente ao abrigo da trégua unilateral decretada pela renamo). O que a frelimo não sabe é que logo depois do fracasso desta ronda, a renamo vai transferir as operações militares para a zona sul paralelamente à tomada de todos os distritos e cidades capitais. A trégua que Dhlakama aceitou é apenas para permitir que os mocambicanos passem a quadra festiva num ambiente de paz e quiçá, para fazer um compasso de espera até chegar o momento ideal para ofensivas militares (as matas ficam mais densas a partir de finais de Dezembro).
Neste momento a frelimo está a sentir forte pressão internacional devido às dívidas. Muitos países dizem que enquanto o conflito militar não terminar em Moçambique, nada podem fazer para ajudar o país a resolver o problema da dívida. A dívida que estamos a falar não é a divida externa do estado mocambicano. Existe a dívida que o estado mocambicano andou a contrair, esta é a chamada dívida externa embora os dinheiros tenham sido mal e porcamente aplicados mas é nossa dívida soberana.
A outra dívida é a famosa dívida que alguns dirigentes da frelimo contraíram secretamente burlando os bancos internacionais e usaram este dinheiro para os seus negócios privados, só uma pequena percentagem foi usada para comprar armas para destruir a renamo e também para a vigilância electrónica aos mocambicanos através da empresa chinesa ZTE, bem como para melhor apetrechar os orgão de repressão do regime.
Então os donos dos bancos credores que deram dos milhões de dólares querem o seu dinheiro de volta e os ladrões da frelimo já não têm o dinheiro e estão a tentar transferir esta dívida ao estado mocambicano, isto é, uma dívida de alguém que foi enganar os bancos no estrangeiro e depois de "comer" todo o dinheiro quer que está dívida seja paga pelo estado. Quando dizemos "estado", estamos a dizer que será o povo moçambicano a pagar esta dívida e isto é uma brincadeira intolerável e a renamo jamais irá deixar passar este tipo de absurdo. O povo moçambicano unido do Rovuma ao Maputo e do Zumbo ao Chinde não pode aceitar este tipo de ultraje.
O pior é que na verdade mais de 70% deste valor ainda existe mas os ladrões transferiram este dinheiro para bancos de Hong Kong e outros paraísos fiscais e os autores destes actos andam por aí impunes. Dois deles são de Gaza (Guebuza e Manuel Chang), outros tantos são de Mueda (Nyusi e Chipande) e o último é de Inhambane (Ernesto Gove). O normal seria prender estes indivíduos e congelar os seus bens. Os ladrões estão a tentar transferir a dívida para o ministério da defesa para evitar a auditoria internacional mas isto não vai resultar em nada. A frelimo agora vai ter que escolher entre perder todo o poder ou prender Guebuza e seus apaniguados.
O país assiste hoje a este tipo de aberração por falta da democracia e as instituições não funcionam porque estão ligadas ao partido frelimo, então os ladrões e déspotas da frelimo passeiam a sua classe e não querem que haja a paz e democracia, pois, desta forma, o governo pertenceria ao povo e a justiça poderá responsabilizar todos os tubarões e corruptos da frelimo. É por isso que a comunidade internacional quer que o conflito militar termine em Moçambique para que haja de facto a verdadeira democracia em Moçambique porque só assim haverá segurança para os interesses económicos estrangeiros e muitos outros investidores afluirao ao nosso país com garantia de segurança, isto é, sem guerra.
Com a democracia a funcionar plenamente e lei a ser cumprida por todos, os interessados em investir em Moçambique irão fazê lo sem receio. Por isso a paz e a democracia são a chave para o bem estar do povo mocambicano e o desenvolvimento económico. Mas nós como mocambicanos acreditamos que todas as manobras da frelimo terão o seu fim e a paz será encontrada para permitir que a democracia seja uma realidade.
Unay Cambuma
BREAKING NEWS!
MILITARES DA FRELIMO ESMAGADOS EM 15 ESCARAMUÇAS SEPARADAS, NUM PERÍODO DE 7 DIAS!

Os comandos das Revolucionárias de Moçambique são melhores guerrilheiros do mundo. Contra factos, não há argumentos. Estes são bons tanto no tempo assim como no espaço. Por exemplo, na última semana conseguiram esmagar as tropas da Frelimo em todas frentes e a tempo record.
Veja como aconteceu:
MANGHOMONHE.
1-> Hoje pela manhã, mais um grupo das tropas da Frelimo tentaram lançar mais uma ofensiva de larga escala contra uma base das Forças da Renamo situada no interior das matas de Manghomonhe, algures de chibabava e foram bem trucidadas. Houve registo perdas humanas, abandono de armas a favor das perdizes.

2-> RAPALE.
Foi exactamente isso o que aconteceu na dia 26/11/16, em Rapale, um grupo das tropas da Frelimo tentou uma vez mais taça a base de Napucu, no distrito de Rapale, província de Nampula. Mas as perdizes já tinham conhecimento dessa operação e foram bem esmagados. Durante os confrontos e debandadas houve perdas humanas e materiais.

3-> GORONGOSA.
Desta feita, um outro grupo foi atacado no mesmo dia no rio Nhanguo, distrito acima. Estes foram atacados quando guarneciam um equipamento de uma empresa de exploração faunisticas. Houve também baixas por parte dos atacados.

4-> CHITO-MAVONDE
2 companhias tentaram lançar uma ofensiva de larga escala no último dia 24/11/16, numa das minas localizadas no interior de Chitho, no distrito de Mavonde, província de Manica e estes também foram sacudidos. Os sortudos foram subsair em Zimbabué. Nestas escaramuças as perdizes recolheram uma boa quantidade de armas. Algumas viaturas ficaram destruídas no local, incluindo um BTR.

5-> MANGHOMONHE.
Na última terça, uma companhia tentou atacar a terrível base de Manghomonhe e estes deram se mal, pois, as perdizes já tinham a conhecimento da ida dos mesmos e foram de novo massacrados. Estima se que a metade deste grupo foi posto fora de combate, entre os feridos, mortos e desertores. Uma quantidade de armas ficaram na posse das perdizes.

NTOPA (CAIA).
6-> Ainda na semana passada, um grupo das FIR que tentava resgatar um equipamento dos chineses em topa, caiu numa emboscada pesada que culminou com a morte de 4 militares. As máquinas foram reduzidas a cinzas.

DE NZERO A CHIMUARA.
7-> Em várias escaramuças separadas que duraram 7 dias, no troço Nzero-chimiara, 94 militares foram mortos e 138 armas do AK-47 foram apreendidas pelas perdizes.

8-> MAVONDE.
Antes dos 400 acima, uma companhia tentou lançar mais uma operação contra a mina de Chito, no distrito de Mavonde e mais de 80 militares ficaram no terreno. Um BTR foi foi destruído pelas perdizes.

9-> CHATALA (CAIA)
Mais um grupo foi interceptado pilha do recursos florestais, dos quais 8 eram militares e estes foram mortos. Várias máquinas ficaram destruidas.

10-> NTOPA (CAIA)
As perdizes surprienderam de novo um grupo pilhando recursos florestais a mando do Boss Chicalango e estes levaram umas boas porradas. Mais tarde, as perdizes desceram até à casa do chefe do posto local e este foi encaminhado para além.

11-> NHAMITANGA.
Um grupo das tropas da Frelimo foi atacado em Nhamitanga, durante uma missão de patrulha. A intenção destes, era de fazer um "check up" na linha de Sena antes da passagem do comboio da vale. Segundo os dados, 6 militares tombaram no local e 12 ficaram feridos.

12-> MATOMBO- MFUDZA.
Desta feita, um grupo das tropas conjuntas da Frelimo foi surpriendido no interior das matas de Matombo, aguarcenecendo mais um grupo que pilha vá recursos florestais. Não houve vítimas mortais, apenas 4 militares é que contraíram ferimentos graves. Várias máquinas foram destruidas.

14-> TSANGANO.
Um grupo das tropas conjuntas da frelimo foi alinhado para desmantelar a terrível base das perdizes, localizadas no interior de Nkondedzi. Mas para o espanto dos comandantes, este grupo sumiu no ar sem deixar rastos. Foi no total um grupo composto por 26 militares.

Nestes contra ataques, as Forças da Renamo apoderaram se de uma quantidade considerável de armas e desastre foi de grandes proporções. Centenas de militares foram mortos e dezenas feridos e vários ficaram perdidos nas matas. Foi capturado um número considerável de armas de fogo, cartucheiras e capacetes. Diversos tipos de viaturas militares incluído BTR's foram destruídos em todas frentes. E pena que os jornalistas têm receio de morrer pela Frelimo, podiam ir secretamente em todos locais acima, para testemunhar as baixas que reportarmos dia pôs dia. As populações também podem contar para os jornalistas.
Nota:
As tropas da Frelimo não tem nenhuma capacidade de enfrentar os temíveis Rangers da farda verde. Filipe Nyuse e seus generais já tem conhecimento da superioridade militar dos comomandos da verde verde, razão pela qual, acabaram entendendo que vale a pena mandar os meninos aos campos de produção agrícola. Digo é repito: Ninguém está em altura de desarmar a Renamo à Força.

General Nitafa e seu grupo de trabalho.
29 de Novembro de 2016.
GostoMostrar mais reações
Comentar
30 comentários
Comentários
Regan Domingos
Muhove Tata
Muhove Tata Eu sempre espero victoria com os meus homens rangeres
Nitafa Nitafa Nomo
Nitafa Nitafa Nomo Com perdizes não se brinca. Agora vamos ver se vão aguentar nas machambas, visto que no campo de batalhas só vão entregar as armas de bandeija.
Gosto · Responder · 5 · 4 h
Muhove Tata
Muhove Tata Kkkkkkk. Estao mal
Sergiomachava Calton Maluzane Machava
Sergiomachava Calton Maluzane Machava Uma forca organizada e seguro.
Chimica Sossoto
Arsenio Renato
Arsenio Renato Parabéns perdizes
Helio Joao Afonso Afonso
Helio Joao Afonso Afonso Nao acabam oqué? Yuh
Francisco Joao Moiana
Francisco Joao Moiana Os rangers não brincam com o gatilho,aos piriquitos da frelixo bem feito arroz com feijão como animaaa.
Rafa Barroso
Rafa Barroso Bom trabalho
Cufa Acuna Memba Nguenha
Cufa Acuna Memba Nguenha O nyusi é muito temoso ,oque lhe custa entregar o q é d dono as provincias autonomas ,o q ta espera entao ? É so pra aver mais mortes dos filhos zem ningen ? E ainda o marchal dhlakama bondosament lhedeu mais uma provincia d niassa o q nao êle nao ganhou mas com isso ainda quer disafiar os rangers uma coisa q ele sabe d antemao d q nao aguenta .
Sergio Maguidja Muhlanga
Sergio Maguidja Muhlanga Nao rendem porquê?!
Lurdes Joao
Lurdes Joao Isso tudo é por causa de pessoas serem radroes
Amilton Jacinto Januario
Pedrocas De Ana Kadzombe
Pedrocas De Ana Kadzombe Nitafa,o povo ja perdeu esperança pelas promessas do dhlakama.sempre com promessas e os anos vao indo ate desaguar nas proximas eleiçoes sem nada de governar as 6 provincias.Vcs mesmos dizem k os militares da farda verde sao os melhores e pk k nao assaltam o pais duma vez por todo.Esse dhlakama ker k sinal pra saber k na mesa de dialogo a frelimo nao vai ceder as 6 as provincias?
Gosto · Responder · 1 · 3 h · Editado
Rosa Avelino Alane Alane
Rosa Avelino Alane Alane Mas ta morrer, smpre, continua a ir, cm uma coisa, k ñ tm resultad
Benedito Cangela
Benedito Cangela wata wutua a munhuuu
Mr'Peter Casimiro
Mr'Peter Casimiro Rangeres são imbativeis pessoal
Nelson Arnaldo Arnaldo Arnaldo
Pedro Jose Formigao
Pedro Jose Formigao Kkkklklkkklklklkkkkl burice, todas zonas que mencionou são matas. Nós numa boa. Estariamos preocupados se fosse uma das cidades do país.
Simao Simango
Simao Simango Viva , viva
Muhove Tata
Mario Mapossa Mapossa
Mario Mapossa Mapossa VIVA MEUS RANGER.
Jeremias Daiman Chombo
Jeremias Daiman Chombo Bandos dos assacinos sempre amentir pra o povo mozcno
Mangane Mangane
Mangane Mangane Resenha semanal isto podemos chamar
Muhove Tata
Muhove Tata Aqui passa noticia fresca e verdadeira
Mbalame Xiqueleto Xiqueleto
Mbalame Xiqueleto Xiqueleto Tudo claro, esses piriquitos são muinto teimosos até ao ponto de continuarem a sacrificar as suas vidas
Fernando Fernando
Fernando Fernando Nos somos da perdiz. Mesmo q sejam da frelimo mas somos irmaos legitimos por sermos do mesmo pais.
A minha pergunta e, porque e qui sacrificam vossas vidas defendendo um bando de ladroes que estao bem relaxados nos gabinetes e filhos dele no exterior a
...Ver mais
Joao Jone Jone
João Augusto Checuda
João Augusto Checuda VIVA RENAMO
Muhove Tata
Muhove Tata A Renamo e o seu povo não aceitara nada de bobagens da frelimo.
Gosto · 1 · 16 min
Goncalves Chunga
Goncalves Chunga A renamo não tem planos concretos nem agua vai e nem agua vem. Tamos cansado dessas porcarias de informação ou deixem esses ladrões da frelimo nos materem devez, falavam do dia 5-15 de Dezembro, hoje tão a falar outra coisa, pora pa! Estamos cansados.
Gosto · 2 · 4 min
GS Ndlovu
GS Ndlovu Aguardando pelo desfecho...

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook