terça-feira, 29 de novembro de 2016

Jornalista António Zefanias ameaçado de Morte


Jornalista António Zefanias ameaçado de Morte

Antonio Zefanias Foto: (DZ)
Antonio Zefanias
Foto: (DZ)
Quelimane (Txopela) –O Jornalista moçambicano António Zefanias, foi neste domingo amaçado de morte por indivíduos até então desconhecidos, que estão na cidade de Quelimane.
Zefanias pertence ao Jornal Diário da Zambézia, um órgão de comunicação independente sedeado na cidade de Quelimane.O Jornal Txopela tomou conhecimento deste episódio na manhã desta segunda-feira (28) e junto da vítima apurou como tudo terá acontecido.
De acordo com Zefanias, os indivíduos teriam feito uma ligação telefónica e o informaram que teriam sido mandatados por alguém que não o revelaram para que pudessem o matar, sem no entanto avançar os motivos.
Aliás, a Reportagem do Jornal Txopela, pode ouvir a gravação da conversa entre a vítima (Zefanias) e os mercenários, e estes disseram claramente que teriam sido mandatados por alguém cuja identidade omitiram e como não queriam uma vez mais sujar suas mãos (matar) preferiram negociar sua morte ou seja, que António Zefanias os desse dinheiro acima do que teria sido prometido pelos seus mandantes e assim o deixariam livre.
Como forma de os enfrentar, Zefanias explicou-os que devia lhes passar o dinheiro em mão, mas estes recusaram. Os meliantes, disseram ao Jornalista que estava nas suas mãos a sua vida e que tudo dependia de si dando dinheiro ou não. “Irem dizer esse que vos mandou que eu já morri, portanto não tenho medo da morte” – disse Zefanias, para depois acrescentar que se morre-se, morreria por uma causa justa.
A fonte foi mais longe ao afirmar que não iria mudar de hábitos e que poderia fazer tudo com normalidade, pois segundo disse, quem não deve não treme.
Segundo apuramos ainda da fonte, os indivíduos mandatados enviaram fotografias para Zefanias, sendo estas imagens de pessoas crivadas por balas, armas e sua própria imagem retirada a tempo nas redes sócias, para darem a conhecer que o conheciam perfeitamente.
Questionado sobre o que o facto representa do ponto de vista de liberdade de imprensa que o país se predispôs a melhorar, aquele comunicador, defendeu que a liberdade de imprensa em Moçambique nunca foi tão má mas também nunca foi melhor, portanto esta na media, mas tem possibilidade de melhorar muito mais, se não fossem coisas como estas que nos últimos tempos tem vindo a acontecer.
Refira-se que até ao momento desconhece-se o real motivo pelo qual António Zefanias é perseguido disse. (Jacinto Castiano)

Mozambican journalist António Zefanias gets death threats in Quelimane, Zambezia

1:16 CAT | 29 Nov 2016
antonio-zefanias
Jornal Txopela

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook