terça-feira, 15 de novembro de 2016

Assaltante morre no hospital após ser ferido pela Polícia no Chimoio



PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  em 15 Novembro 2016
Share/Save/Bookmark
Um cidadão cuja identidade não apurámos perdeu a vida e outro encontra-se em tratamento médico no Hospital Provincial de Chimoio (HPC) em consequência de terem sido alvejados a tiro pela Polícia, quando assaltavam um estabelecimento comercial na cidade de Chimoio, província de Manica.
O caso deu-se por volta das 09h40 do último domingo (13) e os meliantes foram surpreendidos no local do crime.
Eles partiram uma parede da casa de banho e através de um buraco dirigiram-se à loja, onde apoderaram-se de mais de mil telemóveis e 150 mil meticais, segundo as declarações de um dos funcionários da mesma loja. A fonte disse que um outro grupo da mesma quadrilha está a monte com os aparelhos e dinheiro em alusão.
O dono do estabelecimento invadido dispõe de um sistema de segurança ligado ao seu telemóvel e em caso de roubo emite um alerta. Foi assim que ele conseguiu pedir a intervenção da Polícia da República de Moçambique (PRM) afecta a uma esquadra mais próxima.
Na operação, a Polícia baleou dois elementos do referido bando, tendo um perdido a vida já sob a assistência médica no HPC.
As imagens veiculadas por via das redes sociais mostravam alguma desumanidade com que os presumíveis assaltantes, já feridos, foram tratados pelos agentes da Lei e Ordem. Aliás, tal crueldade não é novidade em casos similares e outros envolvendo supostos delinquentes.
O sobrevivente declarou-se inocente e alegou que os seus comparsas pediram para transportá-los até ao local do crime, mas não sabia que pretendiam roubar. Segundo o mesmo cidadão, o dono da loja assaltada e o malogrado têm alguma relação.

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook