quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Suposta disputa de terra termina em morte em Pemba


PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Newsflash
Escrito por Redação  em 27 Outubro 2016
Share/Save/Bookmark
Um cidadão que respondia pelo nome de Hamade Gulamo, de pelo menos 50 anos de idade, foi assassinado por pessoas ainda não identificadas, na terça-feira (25), na cidade de Pemba, província de Cabo Delgado, após supostamente se envolver numa disputa de terreno.
O homicídio aconteceu no bairro Mahate e, segundo testemunhas, presume que o malogrado encontrou a morte no princípio da noite daquele dia e o seu corpo foi descoberto pelo filho, por volta das 19h00.
O cadáver apresentava sinais de maus-tratos e vários golpes desferidos com recurso a armas brancas. Os vizinhos e os familiares acharam facas e catanas ao corpo de Hamade, que fora abandonado no interior da sua casa.
Um dos familiares do finado disse que dos irmãos ameaçaram a vítima de morte. Num belo dia, eles chegaram ao ponto de informar ao filho do malogrado que caso este morresse os seus parentes deviam saber foi por causa de um terreno.
O @Verdade apurou ainda que na altura em que o filho do finado chegou à casa, apercebeu-se de um movimento estranho e escondeu. Um grupo de pessoas desconhecidas encontra-se no quintal da vítima mas quando percebeu que tinha sido visto fugiu sem deixar rastos.
Enquanto isso, na capita moçambicana, um cadáver foi achado na manhã de quarta-feira (26), na Avenida Marginal, nas imediações do Clube Naval.
A Polícia removeu o corpo, mas não sabe ainda a identidade da vítima nem as circunstâncias em que morreu.

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook